Parceria
SIGMA CAMISETAS
Votação

Quem você quer entrevistar?

64% 64% [ 9 ]
36% 36% [ 5 ]

Total dos votos : 14


Love Never Dies

Página 4 de 28 Anterior  1, 2, 3, 4, 5 ... 16 ... 28  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Love Never Dies

Mensagem por SweetDream em Qua Ago 03, 2011 8:50 pm

Keroll, quer matar sua maninha do coração é?
eu amei demais, amiga! sério, ficou mto fofo!
o Damonzito ficou cuidando da Elena de longe! awnnn!
e a Margareth? q fofinha ela! ela e a Barbie Elena! kk'
a cena Delena foi tudo! e o Damon nem tem motivos pra se achar o máximo, né? #ironia
amo o Ego grande e merecido do meu vampirinho! é tudo de bom!
quando tem mais maninha? me diz que não demora!
ansiosa!
amuce maninha!
avatar
SweetDream

Mensagens : 1311
Data de inscrição : 08/07/2011
Idade : 22
Localização : Caxias do Sul, RS

Ver perfil do usuário http://booklies.blogspot.com.br/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Love Never Dies

Mensagem por Miriam Salvatore em Qui Ago 04, 2011 9:35 am

OMG que hot esse Delena hem..kkk Twisted Evil
E ela diz que ele é nada mal..garota louca é tudo de gostoso que existe.. kkk

É impresão minha ou eu fui transformada pela Kath ?
O Tetefan vai ta no proximo cap EBAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA
Vo espera de plantão..
avatar
Miriam Salvatore

Mensagens : 3362
Data de inscrição : 29/03/2011
Idade : 25
Localização : Caxias do Sul RS

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Love Never Dies

Mensagem por Keroll Salvatore em Qui Ago 04, 2011 10:59 am

Laala saalvatore Wink escreveu:A loira atak de novoo, continuo a achar que é a Kath *--* Para gostar do cheiro de cemitériioo, só pode! CREDO#

A Margareth é mt fofa, nãoo? Pena que não tem ela na série, mas ao contrárioo, ela dá lugar a um Jeremy gostoso Very Happy

Aiiin que cena Delena super master, mas quem foi que apareceu na porta?? Tua Judith?! Curiosa aqui!

Pois é vó, essa loira tá com td né? Ah, tá na cara quem é! Pra gostar de cheiro de cemitério, só pode. tongue
Eu adoro a Margaret, ela é msm uma fofa né?
Q bom q vc gostou da cena Delena!! Quem apareceu na porta? Logo vcs saberão... clown
Bjins, te amoooooo
avatar
Keroll Salvatore

Mensagens : 1194
Data de inscrição : 12/06/2011
Idade : 20
Localização : Banheira do Damon com o Damon, claro =D

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Love Never Dies

Mensagem por Keroll Salvatore em Qui Ago 04, 2011 11:03 am

SweetDream escreveu:
Keroll, quer matar sua maninha do coração é?
eu amei demais, amiga! sério, ficou mto fofo!
o Damonzito ficou cuidando da Elena de longe! awnnn!
e a Margareth? q fofinha ela! ela e a Barbie Elena! kk'
a cena Delena foi tudo! e o Damon nem tem motivos pra se achar o máximo, né? #ironia
amo o Ego grande e merecido do meu vampirinho! é tudo de bom!
quando tem mais maninha? me diz que não demora!
ansiosa!
amuce maninha!

Own, que bom q vc gostou amr!! Very Happy Fiquei toda feliz aq!!!
Amei escrever sobre a Margaret, ela é msm muito fofa. E a Barbie Elena? Achei fofinho pela inocência dela.
Pois é amore, o Damon tem tds os motivos pra se achar. Ele pooode!! Twisted Evil
Não vai demorar mt ñ amore!! Logo tem mais. Bjinssss
Amooooooooo vc maninha do I love you
avatar
Keroll Salvatore

Mensagens : 1194
Data de inscrição : 12/06/2011
Idade : 20
Localização : Banheira do Damon com o Damon, claro =D

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Love Never Dies

Mensagem por Keroll Salvatore em Qui Ago 04, 2011 11:06 am

Miriam Salvatore escreveu:OMG que hot esse Delena hem..kkk Twisted Evil
E ela diz que ele é nada mal..garota louca é tudo de gostoso que existe.. kkk

É impresão minha ou eu fui transformada pela Kath ?
O Tetefan vai ta no proximo cap EBAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA
Vo espera de plantão..

Hm, gostou do cap Delena né Miriam? Twisted Evil
Pois é, a Elena é louk. Como pode dizer q aquele deus grego é "nada mal"? Aff... Rolling Eyes
Vc foi pega pela Kath, transformada ñ. Acho q ela se aproveitou da situação né? tongue
Rsrs, seu Tetefan vai aparecer sim amr.
Bjinssss
avatar
Keroll Salvatore

Mensagens : 1194
Data de inscrição : 12/06/2011
Idade : 20
Localização : Banheira do Damon com o Damon, claro =D

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Love Never Dies

Mensagem por Keroll Salvatore em Qui Ago 04, 2011 8:02 pm

Capítulo 8- His Shield From The Storm
Seu escudo contra a tempestade


Quando estou perdida na chuva
Nos seus olhos seu que irei encontrar
A luz para iluminar meu caminho
Quando estou assustada, perdendo o chão
Quando meu mundo fica louco
Você pode transformar tudo ao redor, sim

E quando eu caio você está lá para me levantar
Você sempre está lá, me dando tudo o que tem...


Elena sentiu seu rosto esquentando altamente. Não, não podia ser. Isso não estava acontecendo com ela, não estava!

Não era aquela pessoa. Não era aquela pessoa que havia visto isso! Não podia ser! Qualquer um, menos ele.

-olá irmãozinho. –a voz de Damon era um pouco rude. –noite agitada não?

Stefan sentiu seu coração apertar ainda mais contra o peito. Nem sequer sabia por que estava ali. Só começou a andar sem direção até chegar ali, na casa de Elena. Havia procurado por Miriam á tarde inteira, mas não encontrou nada. Nem um sinal da garota. Ele estava desesperado, e achava que Elena era a única que poderia ajuda-lo.

Bem, deve ter se enganado nisso. Ela estava ali, com Damon por cima dela, as pernas envolvendo a cintura do vampiro. Sem blusa, com os lábios vermelhos, os belos cabelos loiros desgrenhados...
Stefan sentiu nojo por um breve momento. Damon, sempre Damon. Ele tinha tudo, mas não merecia nada. Ele era um assassino frio e impiedoso. No entanto, ele tinha aquilo que Stefan mais amava nesse mundo.

-eu... Perdão. Não sabia que estavam...

E então Stefan parou de falar, encarando Damon com uma fúria imensa. Ele não ia mesmo se desculpar ia? Não, ele tinha um plano melhor em mente: socar aquele rosto que atraía tanto as mulheres como um imã. Ele só queria destruir aquela face tão odiada por ele, fazer aquele sorriso tão irritante sumir para sempre.
E então a visão de Stefan era vermelha de fúria. Uma fúria intensa e tão forte que ele sequer sabia de onde vinha. Ele só queria destruir aquele rosto, enfiar uma estaca com todas as suas forças no coração dele. Fazer com que aqueles olhos negros e insondáveis nunca mais vissem o dia nascer de novo.

Damon sentia a fúria do irmão mais novo. Sentia-a de tal forma que talvez pudesse até tocá-la. Era forte, intensa e primitiva. Não era só por Elena. Era por tudo. Por todos aqueles séculos, pelas conquistas, por Katherine, por tudo. E isso o irritou mais ainda. Se não fosse por Elena, ele não se importava. Nem um pouco.

-não estou interessado em matar você agora Stefan. Só pra deixar registrado.

-onde está Miriam? –Stefan trancou a porta e se aproximou.

Damon Saiu de cima de Elena e ficou em pé, frente á frente com o irmão.

-tá me achando com cara de GPS? Ou um mapa talvez?

Aquilo irritou mais ainda Stefan. Lá vinha ele com suas ironias ridículas. Seu sarcasmo patético e irritante. Ele avançou pronto para começar a briga.

Elena, que até aquele momento tinha-se mantido calada, apenas observando o desfecho da cena
que se seguia, levantou e ficou entre os dois, as mãos estendidas sobre o peito dos vampiros.

-calminha aí! –Elena encarava Stefan. –como assim “onde está Miriam”?

Stefan vacilou. Deveria contar? Por um momento ele achou que Damon poderia tê-la levado para algum lugar. Mas isso parecia impossível.

-Stefan? –Elena insistiu. –como assim “onde está Miriam”? Quem é ela?

-‘ela’, Elena, é a garota que meu irmãozinho agarrou no estacionamento. –Damon riu satisfeito.
–quem diria! Nosso garotinho está crescendo!

Stefan quis enfiar a cabeça em algum buraco, ou talvez pulverizar Damon com o olhar. Como ele podia saber disso? Em que momento ele vira isso? Então era possível que Damon tivesse pegado Miriam para incriminá-lo certo? Sim, deveria ser isso. Damon era bem capaz disso.

-agarrou? Stefan! –Elena se sentiu furiosa. –como você sai por aí agarrando as garotas?

Ela sentiu Damon se mover incomodado e encará-la como se estivesse dizendo: Hei garota! Aqui!
Eu sou seu namorado, tá lembrada? Você deixou esse daí por mim! Que diabos você tem a ver com as pessoas que ele agarra ou deixa de agarrar?

Elena sentiu-se corar apenas com aquele olhar. Sim, o que ela tinha a ver com Stefan? Seu namorado agora era Damon e não Stefan! Damon. Era isso que importava para ela. Damon. Ela mordeu o lábio, reprimindo a vontade de xingar Stefan até a morte.

-e porque diabos você acha que peguei sua baranga? Prefiro as loiras está bem? –Damon revirou os olhos. –qual é Stefan, não roubei sua nova distração não. Aquilo já é figurinha repetida.

-como é que é hein? –Elena virou-se lentamente para encarar Damon. –“Aquilo já é figurinha repetida”? Que história é essa hein Damon Salvatore?

-ah amor, histórias velhas. Bem velhas. Liga não, eu amo você tá bem? –Ele a puxou, beijando-a com vontade, sem se importar com o fato do irmão estar ali.

Elena manteve seus lábios fechados, sem querer ceder por uma resposta tão vã. Mas Damon era insistente, ela tinha que admitir, e então ela desistiu e deu passagem para que ele aprofundasse o beijo.

Ela só sentiu quando Damon a jogou na cama, afastando-a dele. Ela olhou o olhou confusa e percebeu que ele e Stefan apertavam o pescoço um do outro com força. Ela estava confusa, como isso aconteceu? Ou melhor, quando aconteceu?

Ela se levantou da cama, ainda sem blusa, e se meteu de novo entre os dois. Eles alternavam grunhidos irritados e xingamentos que ela preferia tentar nem entender. Quem visse pensaria que eram dois animais selvagens.

-parem já com isso! –ela tentava em vão fazê-los se acalmarem.

-você vai pagar por isso Damon! Vai pagar! Como ousa tocar nela com seu dedo imundo?

-ah, vai à merda Stefan! Está falando isso porque sabe que ela me prefere! Que ela sente coisas comigo que nunca sentiu com você! Que ela quer a mim! E sempre vai ser assim! Perdeu Stefan!

-mentiras! Elena só está se iludindo achando que você é o que ela quer! Ela vai acordar e perceber quem você é! E quando isso acontecer eu quero estar por perto, só pra ter o prazer de rir muito da sua cara!

-parem! Parem! –Elena ainda pedia. Ela sabia que a qualquer momento sua tia subiria as escadas e perguntaria o que estava acontecendo.

-ah vai? Antes ou depois de eu pisar em você como se fosse um inseto? –Damon riu sinistramente, tentando se aproximar.

A única coisa que o impedia era o corpo da garota entre os dois. Mesmo furioso Damon sabia que era Elena ali. Ele jamais a machucaria, jamais. Ela era tudo para ele. Se ela se ferisse... Se alguém a machucasse... Bem, digamos que a morte seria um alívio para tal pessoa.

Stefan o estava tirando do sério. Damon simplesmente não o queria perto da sua garota. Stefan o irritava demais, só pelo fato de ainda achar que ela era dele. Não mesmo. Agora ela pertencia á Damon, e estava na hora de seu irmãozinho aprender com quem estava lidando.

-Damon, por favor. –ele olhou para baixo, se deparando com duas esferas azuis repletas de lágrimas. –por mim?

Ele vacilou. Era um golpe bem sujo o que ela estava usando. Elena sabia que ele ia desistir de uma boa briga por ela. Damon suspirou, e se afastou, encostando-se á parede.

Elena deu um longo suspiro de alívio. Um foi, faltava o outro.

-Stefan, por favor, sem brigas tá bem? O que aconteceu com você? Você odeia violência!

Stefan a encarou de cima, um olhar frio e magoado. Elena se encolheu sob aquele olhar tão acusador. Era como se ele estivesse falando o quanto ela o havia feito mal só com aquele olhar. Era como se ele dissesse que ela não valia nada. E aquilo fazia o coração de Elena se apertar.

-aproveite bem Elena. Quando você perceber o erro que cometeu, e o quanto foi tola... Talvez seja tarde demais para reparar sua vida. –Stefan continuava com o tom de voz frio. –sempre achei que você fosse melhor que a Katherine, que tomaria as decisões certas e que jamais me trairia como ela fez. –ele soltou uma risada sem humor. - erro meu. Você é pior do que ela! Não é digna do amor que eu dei á você, é só mais uma garota qualquer que engana para seu próprio prazer. Você não se importa com ninguém além de você mesma, Elena Gilbert.

Elena sentiu as palavras duras de Stefan como se fossem um tapa na cara. Doía muito ouvir aquilo dele, porque ela sabia que merecia aquilo que ele estava dizendo. Merecia cada palavra, cada gesto rude e frio que ele lhe lançava. As lágrimas começaram a escorrer pela face rosada da garota.
-agora já chega! – a voz de Damon era carregada de ódio. –ninguém, ouviu bem Stefan? Ninguém
faz Elena chorar! Muito menos alguém insignificante como você!

Vê-la chorar tinha despertado uma espécie de instinto protetor em Damon. Como Stefan ousava fazer aquele anjo chorar? Isso era algo inaceitável, tanto que forçou Damon a se lançar para frente e dar um soco com toda a força no rosto do irmão caçula.

-não se trata, sobre circunstância alguma, uma mulher dessa forma. Muito menos Elena. Se você ainda não aprendeu a ser homem, eu faço você se tornar um Stefan.

Damon deu ás costas para o irmão, abraçando Elena com força e murmurando palavras doces para que ela se acalmasse. Ela se agarrou á ele, como se ele fosse seu bote salva-vidas, ou quem sabe, seu escudo contra uma enorme tempestade.

Stefan levantou do chão ainda cambaleando, o soco que havia levado tinha o ferido de verdade, mas o pior era ouvir aquelas palavras de Damon. Ele não queria mais ficar ali e ver o amor dos dois, não queria ter que vê-la nos braços de outro...

Elena nem viu quando Stefan pulou pela janela para a escuridão da noite. Não importava para ela, contanto que Damon jamais a soltasse. Porque com ele, ela se sentia segura. Com ele, ela podia encontrar o caminho de volta, sempre e sempre. Ele era sua luz. Os olhos dele eram o que podia guia-la para casa no meio de uma tempestade, os olhos dele eram o que podiam leva-la de volta para os seus braços.


Última edição por Keroll Salvatore em Dom Out 09, 2011 7:26 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Keroll Salvatore

Mensagens : 1194
Data de inscrição : 12/06/2011
Idade : 20
Localização : Banheira do Damon com o Damon, claro =D

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Love Never Dies

Mensagem por Keroll Salvatore em Qui Ago 04, 2011 8:09 pm

Taí gente, se tiver alguma coisa errada, me avisem tá? Vcs ñ sabem o sufoco q foi pra postar aq!! Enfim, o cap já está postado e espero q gostem tá? Amanhã virá um cap Delena novamente!! É um presente d aniversário pra mim e pras Delenas!! Rsrs... Bjins, amo vcs.
E Stelenas lindas do meu coração... Não me matem tá? kkk bjins
avatar
Keroll Salvatore

Mensagens : 1194
Data de inscrição : 12/06/2011
Idade : 20
Localização : Banheira do Damon com o Damon, claro =D

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Love Never Dies

Mensagem por SweetDream em Qui Ago 04, 2011 9:19 pm

AHHH MANINHAAAAA! EU AMEI, SÉRIO MESMO!
DAMON FOFO MEW, AÍ DEFENDENDO ELENA, ENQUANTO STEFAN FOI RUDE E GROSSEIRO COM ELA!
AWNNNNN! DAMON FOFO, AMEI! *-*
EU NECESSITO DE MAIS, MANINHA DO <3!
TE AMO AMIGA!
avatar
SweetDream

Mensagens : 1311
Data de inscrição : 08/07/2011
Idade : 22
Localização : Caxias do Sul, RS

Ver perfil do usuário http://booklies.blogspot.com.br/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Love Never Dies

Mensagem por Miriam Salvatore em Qui Ago 04, 2011 9:30 pm

Tadinho do Tetefan..
Fiquei com mpeninha dele ver a Elena com Damon na cama e tal..
Mas compara-la com Kath foi duro eu se fosse ela me debulhava em lagrimas..Ainda bem que tinha o Damon pra proteger..
Espero mais..
avatar
Miriam Salvatore

Mensagens : 3362
Data de inscrição : 29/03/2011
Idade : 25
Localização : Caxias do Sul RS

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Love Never Dies

Mensagem por Keroll Salvatore em Sex Ago 05, 2011 11:30 am

SweetDream escreveu:AHHH MANINHAAAAA! EU AMEI, SÉRIO MESMO!
DAMON FOFO MEW, AÍ DEFENDENDO ELENA, ENQUANTO STEFAN FOI RUDE E GROSSEIRO COM ELA!
AWNNNNN! DAMON FOFO, AMEI! *-*
EU NECESSITO DE MAIS, MANINHA DO <3!
TE AMO AMIGA!

Own, que bom q vc gosrtou maninha!! Fiquei td feliz aq!!!
Pois é, o Tetefan foi mt rude com ela né? Mas ñ se esqueça q ele está meio descontrolado, e ver a mulher que ele amava se agarrando com outro foi um pouco demais pra ele. Smile
Eu tb gostei d ver o Damon tão fofinho com ela!! Enquanto eu estava escrevendo oq o Stefan estava falando com ela, eu pensei tipo: "O Damon não vai deixar que ela faça isso com ela né?" Aí fiz ele dando aquele ataque. Wink
Logo tem mais, amr. Antes eu tenho q digitar.
Bjins, te amooooooo!!!!
avatar
Keroll Salvatore

Mensagens : 1194
Data de inscrição : 12/06/2011
Idade : 20
Localização : Banheira do Damon com o Damon, claro =D

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Love Never Dies

Mensagem por Keroll Salvatore em Sex Ago 05, 2011 11:37 am

Miriam Salvatore escreveu:Tadinho do Tetefan..
Fiquei com mpeninha dele ver a Elena com Damon na cama e tal..
Mas compara-la com Kath foi duro eu se fosse ela me debulhava em lagrimas..Ainda bem que tinha o Damon pra proteger..
Espero mais..

Pois é Miriam, ele devia ter cuidado melhor d vc né? Assim ele ainda teria alguém. Agora vc está com a maluk!! pale
Realmente, compará-la com a Katherine foi um pouco demais, eu tb me debulharia em lágrima se fosse ela, mas ainda bem q o Damon estava lá né?
Logo tem mais amr, e vc vai saber o q a Kath vai fzer e pq.
Bjinss, te adolllooooooooooooooo!!
avatar
Keroll Salvatore

Mensagens : 1194
Data de inscrição : 12/06/2011
Idade : 20
Localização : Banheira do Damon com o Damon, claro =D

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Love Never Dies

Mensagem por Mariana Pierce em Sex Ago 05, 2011 11:52 am

Keroll leitora nova
Estou amando sua fic
Posta logo
Hj é seu aniversário?
Se for Parabéns
Se não for desculpa meu erro Embarassed
avatar
Mariana Pierce

Mensagens : 7422
Data de inscrição : 07/06/2011
Idade : 18
Localização : Belo Horizonte - MG

Ver perfil do usuário http://weloveit.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Love Never Dies

Mensagem por Keroll Salvatore em Sex Ago 05, 2011 12:13 pm

Mariana Pierce escreveu:Keroll leitora nova
Estou amando sua fic
Posta logo
Hj é seu aniversário?
Se for Parabéns
Se não for desculpa meu erro Embarassed

Own, seja bem-vinda á fanfic flor!!!
Q bom q vc está gostando, vc já leu a outra? (Make My Heart A Bettler Place)
Sim, amr, hj é meu niver. Very Happy
Obg, pelo carinho!!
Logo tem mais tá? Bjins


Última edição por Keroll Salvatore em Sex Ago 05, 2011 12:28 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Keroll Salvatore

Mensagens : 1194
Data de inscrição : 12/06/2011
Idade : 20
Localização : Banheira do Damon com o Damon, claro =D

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Love Never Dies

Mensagem por Vaanny em Sex Ago 05, 2011 2:16 pm

Filhaaaaaaaaaaaaa

Parabéns meu amor !!!
Mtos, mtos e mtos anos de vida.
que todos os seus sonhos se realizem.
que sua vida seja repleta de conquistas, vitórias e tudo o que existir de bom.
Que conheça o Ian e encontre uma loja em que tenha Damon. (Ainda te digo: se achar essa loja, me avisa que eu vou fazer plantão na frente. KKKKKKKKKKKK)
E tb continue escrevendo essas histórias incríveis que me fazem flutuar (principalmente nos momentos Delena's).
Enfim filha, toda a feliicidade desse mundo pra vce.
e saiba que pode contar com a mamis aqui pra tudo, ok?

te amo amr.
sz

avatar
Vaanny

Mensagens : 2024
Data de inscrição : 04/02/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Love Never Dies

Mensagem por Laala saalvatore ;) em Sex Ago 05, 2011 3:56 pm

Neta, linda, parabénns Very Happy
Faz niver no mesmo mês que a vovó einn !
Muitos anos de vida, muitas felicidades, tudo de melhor para você!

Sobre o cap, eu fiquei mt triste com o que o Stefan falou para a Elena, realmente magoou... Mas claro que ele também está magoado não é? ..
avatar
Laala saalvatore ;)

Mensagens : 716
Data de inscrição : 05/04/2011
Idade : 21
Localização : São Paulo - SP

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Love Never Dies

Mensagem por manuoc em Sex Ago 05, 2011 6:22 pm

Nossa! o Stefan passou dos limites hein, mas ainda bem que a Elena tem o Damon pra defendê-la, eitá sortuda kkk
AH, Parabéns Kerol, td de bom linda
avatar
manuoc

Mensagens : 747
Data de inscrição : 08/05/2011
Idade : 27
Localização : Feira de Santana - Bahia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Love Never Dies

Mensagem por Keroll Salvatore em Sab Ago 06, 2011 10:45 am

Meninas, mil desculpas por não ter postado ontem!! #Sorry!!
Tive um probleminha com a net aq, por isso não postei.
Desculpem-me tá? Bjins amo vcs
avatar
Keroll Salvatore

Mensagens : 1194
Data de inscrição : 12/06/2011
Idade : 20
Localização : Banheira do Damon com o Damon, claro =D

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Love Never Dies

Mensagem por Keroll Salvatore em Sab Ago 06, 2011 11:10 am

Vaanny escreveu:
Filhaaaaaaaaaaaaa

Parabéns meu amor !!!
Mtos, mtos e mtos anos de vida.
que todos os seus sonhos se realizem.
que sua vida seja repleta de conquistas, vitórias e tudo o que existir de bom.
Que conheça o Ian e encontre uma loja em que tenha Damon. (Ainda te digo: se achar essa loja, me avisa que eu vou fazer plantão na frente. KKKKKKKKKKKK)
E tb continue escrevendo essas histórias incríveis que me fazem flutuar (principalmente nos momentos Delena's).
Enfim filha, toda a feliicidade desse mundo pra vce.
e saiba que pode contar com a mamis aqui pra tudo, ok?

te amo amr.
sz


Own, mãe, mt obg pelo carinho!! Fiquei td feliz aq pelo seu coment!!
Hm, gostei desses votos tão maravilhosos para q eu conheça o Ian e encontre uma loja onde venda o Damon. kkk (pode deixar, se eu encontrar essa loja eu te aviso)
KKK, histórias incriveis? Fiquei me achando aq!! kkk. Que bom q vc ama os momentos Delena!!!
Eu sei q posso contar contigo. Te amooooooooooo
avatar
Keroll Salvatore

Mensagens : 1194
Data de inscrição : 12/06/2011
Idade : 20
Localização : Banheira do Damon com o Damon, claro =D

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Love Never Dies

Mensagem por SweetDream em Sab Ago 06, 2011 11:42 am

Maninhaaaaaaaa
Desculpa o atraso, amooor, eu tive uns probleminhas aqui....
mas enfim: parabéns lindaaaa! tudo de bom pra ti, amiga!
você merece o mundo, garota!
muita paz, felicidade, amor, Damons, Ians, histórias pra contar, anos pra viver....
quando precisar, eu to aquii amiga! conta comigo sempre!
te amo, maninha do <3
avatar
SweetDream

Mensagens : 1311
Data de inscrição : 08/07/2011
Idade : 22
Localização : Caxias do Sul, RS

Ver perfil do usuário http://booklies.blogspot.com.br/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Love Never Dies

Mensagem por Keroll Salvatore em Sab Ago 06, 2011 4:50 pm

Laala saalvatore Wink escreveu:
Neta, linda, parabénns Very Happy
Faz niver no mesmo mês que a vovó einn !
Muitos anos de vida, muitas felicidades, tudo de melhor para você!

Sobre o cap, eu fiquei mt triste com o que o Stefan falou para a Elena, realmente magoou... Mas claro que ele também está magoado não é? ..

Obg vovó!!! No msm mês q vc?? Q legal!! Td d bom pra vc tb!! Te amooooo
-----
Sobre o cap, sim vovó, o Stefan está muuuuito magoado com td oq aconteceu. E ver a Elena com o Damon só piorou a situação!!
Bjins!!
[center]
avatar
Keroll Salvatore

Mensagens : 1194
Data de inscrição : 12/06/2011
Idade : 20
Localização : Banheira do Damon com o Damon, claro =D

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Love Never Dies

Mensagem por Keroll Salvatore em Sab Ago 06, 2011 5:00 pm

Capítulo 9- Heart Dreams




Quando você está caindo, você está batendo
Quando seu fogo se transformou em cinzas
Quando você está gritando, seu coração está sangrando
Quando você está sentindo como se não hovesse razão

Eu não vou deixar você ir
Não, eu, eu não vou deixar você ir

Porque quando você está sozinho
E está frio
E não ninguém para abraçar
Quando se sente perdido
E não há nenhum lugar, nenhum lugar para ir
Quando se sentir triste não se esqueça que pode pegar minha mão
Quando estiver mal, apenas lembre-se
Eu não vou deixá-lo ir
Eu não vou deixá-lo ir
Eu não vou deixá-lo ir

Quando você está despedaçado
Quando está confuso
Não desista, não se entregue
Quando você está se afogando
Sempre saiba que estou sempre esperando

E eu não vou deixar você ir
Não, eu, eu não vou deixar você ir

Porque quando você está sozinho
E está frio
E não ninguém para abraçar
Quando se sente perdido
E não há nenhum lugar, nenhum lugar para ir
Quando se sentir triste não se esqueça que pode pegar minha mão
Quando estiver mal, apenas lembre-se

Eu não vou deixá-lo ir
Eu não vou deixá-lo ir
Eu não vou deixá-lo ir

Lembre-se
Lembre-se
Lembre-se
Quando eu disse "para sempre"
Eu sei que quis dizer "para sempre" de verdade
E eu não vou te decepcionar
Eu sempre posso ser encontrada
Eu sempre estarei por perto
Quando você está sozinho
E está frio
E não ninguém para abraçar
Quando se sente perdido
E não há nenhum lugar, nenhum lugar para ir
Quando se sentir triste não se esqueça que pode pegar minha mão
Quando estiver mal, apenas lembre-se
Eu não vou deixá-lo ir
Eu não vou deixá-lo ir
Eu não vou deixá-lo ir
Eu não vou deixá-lo ir



Damon estava sentado na cama, observando sua amada dormindo. Era tão bom vê-la tão serena e calma. Fora muito complicado fazê-la parar de chorar por causa das palavras duras que o idiota de seu irmão havia lhe dito. Mas ele havia conseguido, felizmente.

Nem jantar a garota queria, mas ele falou com jeitinho e acabou convencendo-a. Que idiotice compará-la com Katherine. Elena não era igual á Katherine, dava para ver isso até na aparência.

Elena era mais alta que Katherine, e seus cabelos eram um ou dois tons mais escuros. O de Katherine era quase branco, num tom dourado meio prateado. Os olhos de Elena variavam de cor, passando ás vezes para um violeta, e quando ela chorava mudava para um azul-claro. A pele dela tinha um tom de pêssego bem claro, já Katherine era branca como a neve. Os lábios de Elena eram rosados e pequenos, os de Katherine não tinham aquela cor.

Era tão estranho para ele lembrar-se de Katherine. Do que ela o fazia sentir. Parecia outra vida, vivida á muitos e muitos séculos. O que de certa forma era verdade. Ele passara por várias vidas. Via as pessoas nascerem e morrerem, via seus descendentes fazerem o mesmo processo repetitivamente, e assim foi durante mais de cinco séculos.

Ele via a tecnologia evoluindo, a vinda dos celulares modernos, câmeras fotográficas. As roupas diminuíam até chegar ao que se conhecia por “minissaia” ou “shorts”. As mulheres se maquiavam, usavam calças, trabalhavam, namoravam. Coisas que na época em que ele nascera seriam inaceitáveis.

Damon havia viajado por todo o mundo. Não havia um só lugar do planeta onde ele já não tivesse estado. Lugares remotos, desconhecidos, bonitos ou não. O mundo não era grande coisa para ele agora. Tantas mulheres que ele havia conhecido, tantos tipos diferentes de belezas. Pegajosas, ou liberais, morenas, loiras, ruivas. Nenhuma delas o satisfez.

Damon andava pelo mundo á séculos, sem um real motivo para viver. E então a conheceu. Aquela que iluminou todo o seu mundo e o virou de ponta á cabeça. Em toda a sua vida, seu único propósito era matar o máximo que conseguisse, ficar forte, ter muito poder. Dominar á tudo e á todos.

E agora, ele se via ás duas e dez da manhã, sentado na cama de uma garota apenas zelando por seu sono e olhando para seu rosto completamente fascinado. Estava mais do que certo quem disse que o amor te deixa idiota. Como alguém tão poderoso como ele, poderia ter uma fraqueza tão frágil?

Ele riu consigo mesmo. Como poderia estar apaixonado por uma humana? Durante séculos ele só os via como fonte de alimento e poder. Coisas insignificantes, descartáveis. Que não mereciam atenção alguma. E agora ele se via perdidamente apaixonado por uma humana.

Damon não negava que sentia uma vontade imensurável de transformar Elena em uma vampira. Dar a ela tudo o que ainda fazia-lhe falta. Dar a ela poder, vida eterna, sensações nunca sentidas antes. O prazer da liberdade, de não ter que se preocupar nunca mais com o amanhã, porque o amanhã dela seria a eternidade.

O verdadeiro vampiro era o tempo. Ele é que sugava a vida, sem piedade e sem a opção da escolha. Damon não queria ter que ver Elena morrer. Ou até mesmo, perder aquela beleza de deusa. Ele era egoísta o bastante para querê-la para sempre ao lado dele. Não, não era egoísmo.
Era amor. Um amor tão grande e tão profundo que ele não tinha como lutar contra. Perder Elena seria assinar sua própria sentença de morte.

Poderia soar até clichê, mas ela era tudo para ele. Com ela, Damon se sentia invencível e ao mesmo tempo vulnerável. Sentia-se forte e fraco ao mesmo tempo. Sentia-se um herói e um vilão. Coisas tão opostas, mas que com ela, ele conseguia sentir.

Por um lado, ele odiava Stefan, mas por outro o compreendia. Se ele perdesse Elena também ficaria certamente louco.

Mas algo o incomodava. Havia algo chegando, e ele sentia isso. As coisas estavam muito estranhas para ele. Calmas até demais. Ultimamente até os animais se mantinham afastados, o clima mudava de um modo suspeito, até porque não era ele que estava fazendo tais alterações.

Embora o inverno estivesse chegando, o sol estava quase sempre brilhante naquela cidade. E ontem ele viu a mudança no clima. O vento gélido que fez todos tremerem, as nuvens acinzentadas indicando uma chuva forte. Talvez fosse Stefan, mas ele não tinha poder o bastante para isso.

Damon havia visto o irmão mais novo se alimentando de Miriam. Dentro da escuridão do bosque, a garota pedia, implorava para que ele parasse, mas Stefan parecia meio alheio ao que estava acontecendo ao seu redor. Ele poderia ter impedido, mas estava mais preocupado com a outra garota que viu. Uma linda garota de cabelos meio encaracolados e num tom de bronze meio loiro. Ele não vira seu rosto direito, mas dava para ver que sorria.

E então a garota sumiu. Do nada. Simplesmente evaporou como fumaça. Daí em diante, Damon não tirou os olhos de Elena por nem um só segundo. Ele não se importava com a alimentação de Stefan. Sequer achava ruim o fato de ele estar se alimentando do jeito certo. Não era por nada, mas na opinião dele, seu irmão manchava o nome dos vampiros. Onde já se viu se alimentar de coelhos? Isso era vergonhoso até para ele.

Elena se moveu, respirando profundamente. Uma idéia tentadora passou pela mente de Damon: Entrar na mente dela e compartilhar seus sonhos. Ele já fizera isso antes, o que lhe custava fazer de novo? Pelo menos dessa vez ele sabia que ela não acordaria gritando.

O vampiro deitou-se na cama ao lado da garota adormecida, acariciou o rosto dela de leve e fechou os olhos. Entrar na mente dela era muito mais fácil agora. Sem a verbena, nada o impedia de invadir a mente da garota. E claro, tinha o fato de que ela mesma não queria impedi-lo.

Uma pequena parte da mente de Damon se ocupava em criar os detalhes. Não era preciso que o vampiro se esforçasse para nada, sua própria mente criava um cenário quase que por vontade própria, como se tivesse vida própria. Não era preciso que ele pensasse em nada. Apenas se concentrasse o bastante para manter o sonho estável.

Em pouco tempo ele via uma linda mansão antiga. Um jardim encantador e árvores para todos os lados. A luz do sol iluminava tudo, enfeitando a paisagem com tons de violeta, verde e amarelo.
Damon deduziu que aquilo deveria ser o fundo da tal casa. Havia um pequeno lago que passava por ali, cercando a propriedade inteira. Havia uma ponte para quem quisesse passar para o outro lado e se deliciar com o mais lindo jardim que qualquer um já pudesse ter visto.

E então ele a viu, linda como sempre. Os cabelos estavam meio encaracolados, e havia uma linda tiara de esmeraldas na cabeça dela. Ela vestia um lindo vestido antigo, na cor verde-esmeralda, combinando com a tiara e as jóias que a enfeitavam.

Elena corria, brincando e sentindo a brisa suave que lhe tocava o rosto. Sentia-se linda, deslumbrante.

Um corvo passou voando por ela e pousou delicadamente numa árvore bem nos fundos daquele lindo jardim. Ela ergueu o vestido e correu, atravessando a ponte. Ela sabia quem era aquele corvo tão belo. Tinha plena certeza de que era ele. As penas do corvo cintilavam na luz fazendo um arco-íris em suas penas longas.

O corvo mantinha-se num galho alto da árvore, sem querer descer. Elena se sentiu enfurecida por um breve momento. Por que ele não vinha logo e a beijava? Mas por outro lado, ela sentia que era um desafio para ela. Ele queria ver se ela conseguia, ou se teria coragem de ir até lá em cima pegá-lo.

Ela sorriu, aceitando o desafio imposto á ela. Aproximou-se da árvore, e puxando a bainha do longo vestido, começou a subir. Não era uma tarefa fácil. O vestido só dificultava a tarefa, e ela se preocupava em derrubar sua linda tiara. Mas dentro de si ela sabia que ele não deixaria que nada acontecesse. A tiara não ia cair, e ela não se ferir.

Elena estava quase no topo, enquanto via o corvo olhando para ela com curiosidade, como se duvidasse que ela fosse capaz de subir. Ora, é claro que ela era capaz! Elena colocou um pé num galho um pouco mais acima, e sentiu quando se desiquilibrou e seu corpo caindo no chão.

Ela fechou os olhos, esperando pela queda que nunca veio. Ao invés disso, ela sentia braços fortes a segurando. Ela estava no colo de alguém, e não foi preciso abrir os olhos para saber quem era.
Um riso baixo e debochado soou acima dela.

-deveria tomar mais cuidado senhorita. Poderia ter se machucado.

Ela abriu os olhos, sorriu docemente e sussurrou:

-ambos sabemos que você não permitia que tal coisa acontecesse.

Damon sorriu abertamente, adorando o fato de tê-la em seus braços.

-o que fazia nessa árvore senhorita Gilbert? –perguntou com um falso tom de repreensão. –poderia ter morrido daquela queda!

-eu estava tentando pegar um pássaro meu caro senhor Salvatore. –ela riu, saindo dos braços dele.

-um belo pássaro, espero. Para quase ter se acidentado, tem que valer á pena.

Elena fez uma breve careta.

-era um corvo.

-hum, corvos não são belos senhorita. –Damon pegou gentilmente a mão dela.

-esse era. –Elena sorriu abertamente. –era o pássaro mais lindo que eu já havia visto em toda a minha vida. Eu o queria para mim. Eu nunca mais o soltaria. Ficaria com ele para sempre!

Damon sorriu novamente para ela. Era delicioso estar ali com Elena. Ele sentia que nada poderia alcança-lo estando ao lado dela. Era como se ela fosse sua maior fonte de poder, sua vontade de vencer e de viver. Se é que ele estava vivo.

-não é preciso se ferir para ter o que deseja. –ele se aproximou do rosto dela, seus lábios ficando á centímetros um do outro. –ele já pertence á você. E é para sempre.

Elena sorriu, os lábios dele estavam tão perto... E então ela se afastou. Dando as costas á ele e se aproximando do lago, vendo seu belo reflexo nas águas cristalinas. Ela não olhou para ver se Damon vinha ou não atrás dela, ela sabia que ele viria.

-isso é maldade sua. –Damon puxo-a pela mão, grudando os corpos um do outro. –sabe que não
resisto á você.

Elena sorriu, inclinando a cabeça para frente. Damon não pensou duas vezes antes de grudar seus lábios aos da garota, esse beijo era diferente. Não era feroz como os demais. Era mais calmo, possuía toda a delicadeza do mundo. Eles não tinham pressa. Mantinham-se num ritmo que parecia que só os dois conheciam.

Damon tinha suas mãos no rosto de Elena, como se estivesse com medo de que ela pudesse fugir novamente. Ele tinha medo de perdê-la, pois sabia que não a merecia. Ele não era bom, não fazia o bem de maneira alguma. No entanto, ele possuía o bem mais precioso de todo o universo. Damon temia que tudo isso se espatifasse algum dia. Que tivesse um tempo de duração, e que a ampulheta que marcava seu tempo já estivesse nas últimas.

Elena sorriu contra os lábios dele, aquilo sim era um sonho. Um sonho de verdade, vivido pelos dois. O mundo dos sonhos era bem mais feliz para ela do que seu sombrio mundo real. Ali, com Damon ela não temia nada, mas quando acordasse na manhã seguinte teria de voltar para seus problemas, sua vida.

Mas se Damon permanecesse ao lado dela, não havia obstáculo que não pudesse ser vencido, não havia problema que não pudesse ser solucionado, não havia escuridão que não se pudesse encontrar uma luz. Tudo ficaria bem, contanto que aquele que ela tanto amava, estivesse sempre ao seu lado.

***
A loira andava apressada, arrastando a garota ruiva. Ah, que garota lenta e chata! Não era pra tanto! Sem falar é claro, de que aquela exagerada não parava de chorar e gritar por socorro. De onde ela acha que o socorro viria? De dentro das árvores? Ou quem sabe ela estava esperando pelo Batman.

-para de chorar! – a loira rosnou irritada. –se eu soubesse que você era tão chorona eu nem ia ter me dado ao trabalho de tirar você de perto do Stefan. Ele ia cansar de você sozinho.

-ah, até parece que o Stefan iria querer alguém tão fora de moda como você. –Miriam olhou para o longo vestido branco da garota. –sem falar que você precisa urgentemente de um corte de cabelo. Querida, só uma dica: Cabelos grandes são muito legais, mas o seu já é exagero.

-como é que é hein? –a loira a encarou com os olhos azuis cobertos de fúria. –só não te mato agora, porque preciso da sua alma insignificante. Você vai ser útil, pelo menos por enquanto.

Miriam engoliu em seco. Não gostava daquela garota. Ela tinha face de anjo, mas era um demônio. Ela não sabia o que a aguardava, mas sabia que não era bom. Aquela garota não ia deixa-la em paz até que conseguisse encontrar o que tanto procurava. E em seu interior ela sentia que não seria nada bom. Havia algo ali, naquela obsessão em encontrar um lugar em especial. Algo que colocaria á todos em perigo.

Continua...


Última edição por Keroll Salvatore em Seg Out 10, 2011 12:30 pm, editado 3 vez(es)
avatar
Keroll Salvatore

Mensagens : 1194
Data de inscrição : 12/06/2011
Idade : 20
Localização : Banheira do Damon com o Damon, claro =D

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Love Never Dies

Mensagem por Vaanny em Sab Ago 06, 2011 6:20 pm

AAAAAAAAAAAAAAAAA filhaa, que coisa linda.
o sonho, tudo...
ai ai... To falando: VOCÊ FAZ CAPITULO INCRÍVEIS.
O Stefan magoou feio a Elena, mas o Damon sempre dá seu jeitinho... Very Happy
Eu viajei no sonho...


-isso é maldade sua. –Damon puxo-a pela mão, grudando os corpos um do outro. –sabe que não
resisto á você.

preciso dizer mais alguma coisa?
LINDO DEMAIS.

Poxaa filha, qndo tem mais? Surprised
#ANSIOSA.COM KKK bounce
avatar
Vaanny

Mensagens : 2024
Data de inscrição : 04/02/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Love Never Dies

Mensagem por SweetDream em Sab Ago 06, 2011 7:37 pm

maninha do coração, eu AMEI demais!
sério, ahazou!
eu quero ter um sonho desses, onde clica?
e essa loira arrastando a nossa Miriam então? estranho! kk
quando tem mais flor? ansiosa!
avatar
SweetDream

Mensagens : 1311
Data de inscrição : 08/07/2011
Idade : 22
Localização : Caxias do Sul, RS

Ver perfil do usuário http://booklies.blogspot.com.br/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Love Never Dies

Mensagem por Keroll Salvatore em Sab Ago 06, 2011 10:19 pm

Vaanny escreveu:AAAAAAAAAAAAAAAAA filhaa, que coisa linda.
o sonho, tudo...
ai ai... To falando: VOCÊ FAZ CAPITULO INCRÍVEIS.
O Stefan magoou feio a Elena, mas o Damon sempre dá seu jeitinho... Very Happy
Eu viajei no sonho...


-isso é maldade sua. –Damon puxo-a pela mão, grudando os corpos um do outro. –sabe que não
resisto á você.

preciso dizer mais alguma coisa?
LINDO DEMAIS.

Poxaa filha, qndo tem mais? Surprised
#ANSIOSA.COM KKK bounce

Gostou msm mãe? Ah, fiquei td feliz aq!!
Vc é q escreve maravilhosamente bem, e nem venha dizer q ñ!!
Logo tem mais mãe!! Te amooooooo S2
avatar
Keroll Salvatore

Mensagens : 1194
Data de inscrição : 12/06/2011
Idade : 20
Localização : Banheira do Damon com o Damon, claro =D

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Love Never Dies

Mensagem por Keroll Salvatore em Sab Ago 06, 2011 10:23 pm

SweetDream escreveu:maninha do coração, eu AMEI demais!
sério, ahazou!
eu quero ter um sonho desses, onde clica?
e essa loira arrastando a nossa Miriam então? estranho! kk
quando tem mais flor? ansiosa!

Tá na cara quem é essa loira psicopáta né?? kkk
Q bom q vc gostou!! Isso me deixa feliz d+!!
Não sei onde clica pra ter um sonho desse amr... Sad Se eu descobrir, te aviso tá??
Logo tem mais amr!! Beijinhos!!
avatar
Keroll Salvatore

Mensagens : 1194
Data de inscrição : 12/06/2011
Idade : 20
Localização : Banheira do Damon com o Damon, claro =D

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Love Never Dies

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 4 de 28 Anterior  1, 2, 3, 4, 5 ... 16 ... 28  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum