Parceria
SIGMA CAMISETAS
Votação

Quem você quer entrevistar?

Disaster (Trilogia do Halloween) - Página 2 I_vote_lcap64%Disaster (Trilogia do Halloween) - Página 2 I_vote_rcap 64% [ 9 ]
Disaster (Trilogia do Halloween) - Página 2 I_vote_lcap36%Disaster (Trilogia do Halloween) - Página 2 I_vote_rcap 36% [ 5 ]

Total dos votos : 14


Disaster (Trilogia do Halloween)

Página 2 de 6 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Ir em baixo

Disaster (Trilogia do Halloween) - Página 2 Empty Re: Disaster (Trilogia do Halloween)

Mensagem por Jess Silver em Sab Set 10, 2011 5:43 pm

Jennifer escreveu:se o proximo vem ja, encontro me a aguardar!!!
huhuhu moramos em mystic!!!
quero festas!!!
com strip
Very Happy
hahahha
clar que vim ler neh?
duh
:DDD


prontooo, se voce quer tanto assim ler eu posto mais um
mas é o último da noite!!
xD
Jess Silver
Jess Silver

Mensagens : 1607
Data de inscrição : 11/03/2011

http://www.jrsilverbooks.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Disaster (Trilogia do Halloween) - Página 2 Empty Re: Disaster (Trilogia do Halloween)

Mensagem por Jess Silver em Sab Set 10, 2011 5:45 pm

Capítulo 2




Deixei o carro estacionado em frente à porta da garagem - para não perder tempo a metê-lo lá dentro - e corri com Laala para dentro de casa.
A casa que eu dividia com James era um projeto para o qual trabalhávamos afincadamente. Quando o 12º ano tinha terminado, nós tínhamos decidido comprar a nossa própria casa e passarmos a viver aqui. Os nossos pais tinham ajudado no dinheiro, porque a casa tinha sido mesmo muito cara, mas tínhamos esperança de que, um dia que tivéssemos dinheiro suficiente, pudéssemos recompensá-los.
A casa tinha um alpendre de madeira a toda a volta, e para se chegar lá tinha de se subir três degraus, também em madeira, tal como o varandim. No alpendre tínhamos colocado uma rede de balouçar, que estava presa entre a parede de pedra e um dos pilares do corrimão. Durante as tardes de Verão eu e James costumávamos deitar-nos ali a relaxar, e era realmente fantástico poder usufruir desses momentos. Do outro lado do alpendre havia também uma mesa e cadeiras, igualmente em madeira, onde costumávamos comer quando estava bom tempo no exterior.
Entrei com Laala em casa, e larguei logo a mala no bengaleiro da entrada. A divisão inicial era um corredor que servia de vestíbulo, com chão e tecto em madeira mas paredes pintadas de creme (que tínhamos sido eu e James a pintar, mas que milagrosamente estavam bem pintadas e sem nenhuma falha) e no chão havia um longo tapete, castanho-claro, uma cómoda de madeira encostada à parede, candeeiros pregados nas paredes e ainda uma pequena mesinha com um telefone em cima. O espelho colocado por cima dessa mesinha servia apenas para eu me ver uma última vez antes de sair de casa todos os dias, para ter a certeza que não parecia um zombie antes de sair à rua.
Laala correu atrás de mim pelas escadas acima, que ficavam ao fundo do corredor de entrada, e que davam acesso ao piso de cima da minha habitação. Ao chegarmos ao cimo das escadas deparávamo-nos com outro corredor igual ao de baixo, mas que tinha cinco portas ao todo, e nada de cómodas de madeira nem mesinhas com telefones. Apenas as portas e os candeeiros nas paredes, e o tapete a cobrir quase todo o chão.
A primeira porta do lado esquerdo era a do meu quarto e de James. A primeira do lado direito era da casa de banho dos convidados (no piso de cima, porque havia outra no piso de baixo). A segunda porta do lado esquerdo era a do quarto de hóspedes das meninas, e a que ficava em frente, do lado direito, era a do quarto de hóspedes dos rapazes. E finalmente a última porta era a do escritório, onde eu e James trabalhávamos quando precisávamos de sossego.
Entrei no meu quarto, com Laala a seguir-me. O quarto era fantástico, ainda melhor que o meu quando vivia em casa dos meus pais. Este era ainda maior (quase gigantesco na verdade), e os tons predominantes eram os pastéis, pelo que era tudo muito claro e agradável ali. As paredes e o tecto estavam pintados de creme, o chão era de madeira clara, do mesmo tom que os armários, a cómoda, as mesas-de-cabeceira e a cama. Essa, uma gigantesca cama de casal que tinha a cabeceira alta e larga encostada à parede do fundo, era suficientemente grande para lá dormirem três pessoas à vontade - eu já tinha experimentado lá dormir com Jennifer e Lys e tínhamos ficado bastante à vontade - e tinha a colcha castanho-clara, muito fofa e na qual eu adorava enrolar-me porque o tecido era mesmo macio.
- Vai tomar banho, despacha-te! - Ordenou Laala, empurrando-me para a porta ao fundo da divisão.
Corri para lá e entrei na minha casa de banho privativa, aquela a onde apenas eu e James íamos. Era mais pequena que as outras, mas tudo lá dentro era branco: a banheira de pedra, a cabina do chuveiro, o lavatório, os armários, as paredes, tudo absolutamente branco. Era aquilo a que chamávamos "o nosso cantinho no Céu".
Despi-me rapidamente e enfiei-me dentro da cabina de duche. Abri a água e nem me importei que estivesse fria, porque tinha mesmo de me despachar. Consegui lavar o cabelo com champô e máscara reparadora e passar o gel de duche, e depois lavar tudo com água, em menos de quinze minutos, o que era realmente um recorde, visto que eu costumava demorar sempre meia hora no banho.
Saí do chuveiro e enrolei o corpo numa das toalhas cor-de-rosa (eram as minhas, as cor-de-rosa e as cor-de-laranja, e as de James eram as azuis e verdes) e corri de volta ao quarto.
Laala estava muito entretida a escolher o fato que eu usaria no jantar dessa noite. Andava a remexer no maior dos meus roupeiros, e já tinha colocado em cima da cama três conjuntos diferentes para eu poder escolher. Ela sabia exatamente aquilo que eu procurava, e senti-me muito indecisa a olhar para os conjuntos, porque eram todos fantásticos e perfeitos.
Enquanto me enxugava tentei decidir-me sobre qual deles levar, mas Laala fartou-se de esperar, por ver o tempo a passar e a minha indecisão a aumentar, e por isso revirou os olhos e suspirou, vindo ter comigo.
- Oh pá, levas este e pronto, despacha-te que não quero o meu querido amigo a esperar uma eternidade por ti! - Resmungou, arrancando-me a toalha do corpo e levando-a para a casa de banho.
Obedeci-lhe sem hesitar por um segundo, e comecei a vestir o conjunto de lingerie de seda preta e vermelha que ela tinha escolhido para a ocasião.
- Ai ai Laala, por acaso não terás ligado à Jenny a falar disto, pois não? - Perguntei, enquanto puxava as meias de rede até à coxa.
- Não, porquê? - Perguntou ela, voltando ao quarto.
- Porque só a Jenny se lembraria de escolher precisamente esta lingerie para um simples jantar de namorados.
- Ora Jess, deixa de te armar em puritana, como se nós não soubéssemos perfeitamente bem no que esta noite vai acabar. - Riu-se Laala, ajudando-me com o corpete.
Corei quando ela disse aquilo, mas sabia que estava certa. Acabei de vestir o conjunto de lingerie e coloquei por cima o vestido preto, justo ao corpo, com decote em V e que me chegava muito acima dos joelhos, e que ainda por cima não tinha alças e as costas todas à mostra. Era liso, simples, mas James babava-se como se estivesse com um ataque qualquer quando me via com ele vestido, por isso era perfeito para a ocasião.
- Pronto, agora juntas estes sapatos e estás pronta. - Declarou Laala, entusiasmada por eu estar a servir de sua Barbie e ela poder ser a minha estilista nesse dia.
Calcei os sapatos de salto alto agulha que ela me passou e depois a minha amiga arrastou-me consigo até à casa de banho, fez-me sentar em cima da cadeira que lá estava, e foi ao meu armário buscar os melhores produtos de maquilhagem.
- Fecha os olhos e descontrai, se fazes favor. Vou tentar fazer um trabalho tão bom como a Jennifer, prometo. - Avisou Laala.
Tentei fazer o que ela me pedia. Jennifer era a minha maquilhadora de excelência, e sempre que havia uma festa ou uma ocasião especial era ela que tratava da minha aparência, mas não iria ligar-lhe de propósito nessa noite para ela ir a minha casa maquilhar-me, uma vez que Laala estava ali e era quase tão boa como Jennifer nas pinturas. Não íamos incomodar a paz e o sossego (e o que quer que eles estivessem a fazer na cama, como de costume) de Jennifer e Damon por causa do meu jantar no Giovanni's.
Passados cerca de dez minutos ouvi o suspiro de alívio de Laala e abri os olhos. Ela tinha um sorriso de orelha a orelha na cara.
- Acho que fiz um bom trabalho. - Gabou-se.
Levantei-me e dirigi-me ao espelho para ver o resultado. Estava um espanto! Laala tinha marcado os meus lábios com batom vermelho (daqueles batons perfeitos, que não saem durante horas e horas, mesmo depois de se comer ou beber ou beijar alguém) e tinha colocado a dose certa de blush para fazer com que a minha pele parecesse mais perfeita que nunca. E por fim colocara-me sombra negra nas pálpebras, mas não ao exagero, e rímel e lápis preto nos olhos. Apenas isso, mas estava ótimo.
- Taram! E essas tuas unhas lindas combinam mesmo bem com o batom! Estás pronta. - Avisou Laala.
As minhas unhas tinham o mesmo tom que o batom e os sapatos. Senti a confiança a crescer dentro de mim, e deixei que a minha amiga me colocasse aquele colar de prata, com o pendente vermelho, para finalizar o conjunto. Quando me preparava para começar o enorme discurso de agradecimento, ouvimos a campainha a tocar no piso de baixo, e sobressaltámo-nos ao ponto de até darmos um pequeno saltinho. Olhei para ela e os sorrisos surgiram ao mesmo tempo nas nossas caras.
- É o James! Já chegou! - Dissemos em coro.

Jess Silver
Jess Silver

Mensagens : 1607
Data de inscrição : 11/03/2011

http://www.jrsilverbooks.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Disaster (Trilogia do Halloween) - Página 2 Empty Re: Disaster (Trilogia do Halloween)

Mensagem por Laala saalvatore ;) em Sab Set 10, 2011 5:55 pm

Mais um capítulo nosso, que perfeito Jess!

Amei a sua casa com o James, super aconchegante!
Isso, trata de ficar bem bonita, pois o James te espera para jantar e dizer-lhe algo importante.
Nosso cantinho do céu né ' hahaha O que é que vcs dois fazem no banheiiro? Twisted Evil
Sim, eu até que me dou bem com a maquiagem Wink Claro que a jenni é expert, mas eu até que me saio pelas bordas !
Vamos logo a este jantar, agora qeum está ansiosa sou eu!
Laala saalvatore ;)
Laala saalvatore ;)

Mensagens : 716
Data de inscrição : 05/04/2011
Idade : 23
Localização : São Paulo - SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Disaster (Trilogia do Halloween) - Página 2 Empty Re: Disaster (Trilogia do Halloween)

Mensagem por Jess Silver em Sab Set 10, 2011 5:57 pm

Laala saalvatore Wink escreveu:Mais um capítulo nosso, que perfeito Jess!

Amei a sua casa com o James, super aconchegante!
Isso, trata de ficar bem bonita, pois o James te espera para jantar e dizer-lhe algo importante.
Nosso cantinho do céu né ' hahaha O que é que vcs dois fazem no banheiiro? Twisted Evil
Sim, eu até que me dou bem com a maquiagem Wink Claro que a jenni é expert, mas eu até que me saio pelas bordas !
Vamos logo a este jantar, agora qeum está ansiosa sou eu!


as coisas que nós fazemos no banheiro hahahhaha
é a casa é lindaaa, eu quero mt uma assim quando tiver a minha rsrsrsrs
o jantar só vem amanhã, por isso vais ter de ficar curiosa até lá kkk
bjsss
Jess Silver
Jess Silver

Mensagens : 1607
Data de inscrição : 11/03/2011

http://www.jrsilverbooks.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Disaster (Trilogia do Halloween) - Página 2 Empty Re: Disaster (Trilogia do Halloween)

Mensagem por Jenn em Sab Set 10, 2011 6:03 pm

UOU jess realmente ficast um espanto!!!
o james vai se passar!!
isso que vestist deu me algumas ideias aqui hahahha
a CASA É UM MUNDO, pelo menos na minha imaginação é espetacular!!!
nao me incomodast pk eu e o damon estamos na paz e sossego? podias ter incomodado, eu teria adorado participar desse momento e ter feito a tua make up!!! XDD
ainda bem que a faculdade nao fez o damonzinho abandonar me!!! hahahha xDDD
a laala safa se bem mesmo, mas tambem a convivencia comigo ajuda a escolher as melhores langeries neh laala?
hahahha
hum, continuo sem saber o que o james quer neh?
vou ter que esperar ate dia 15!!
buaaaaaaaaaa
mas paciencia, eu vou sobreviver e depois vou ter muitos caps novos pra ler quando chegar!! xDD
Jenn
Jenn

Mensagens : 8852
Data de inscrição : 12/04/2011
Localização : chegandooo!! e vou te pegar!! xDD

Voltar ao Topo Ir em baixo

Disaster (Trilogia do Halloween) - Página 2 Empty Re: Disaster (Trilogia do Halloween)

Mensagem por Jess Silver em Sab Set 10, 2011 6:08 pm

Jennifer escreveu:UOU jess realmente ficast um espanto!!!
o james vai se passar!!
isso que vestist deu me algumas ideias aqui hahahha
a CASA É UM MUNDO, pelo menos na minha imaginação é espetacular!!!
nao me incomodast pk eu e o damon estamos na paz e sossego? podias ter incomodado, eu teria adorado participar desse momento e ter feito a tua make up!!! XDD
ainda bem que a faculdade nao fez o damonzinho abandonar me!!! hahahha xDDD
a laala safa se bem mesmo, mas tambem a convivencia comigo ajuda a escolher as melhores langeries neh laala?
hahahha
hum, continuo sem saber o que o james quer neh?
vou ter que esperar ate dia 15!!
buaaaaaaaaaa
mas paciencia, eu vou sobreviver e depois vou ter muitos caps novos pra ler quando chegar!! xDD


a minha casa é um mundo uhuhuuuu
que pena que só vais ler dia 15
Crying or Very sad vou ficar sem uma das minhas leitoras mais importantes muahhhhh
mas fico feliz porque sei que vais escrever um super comment quando voltares!!
beijoos querida e obrigada mais uma vez!
Jess Silver
Jess Silver

Mensagens : 1607
Data de inscrição : 11/03/2011

http://www.jrsilverbooks.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Disaster (Trilogia do Halloween) - Página 2 Empty Re: Disaster (Trilogia do Halloween)

Mensagem por Lys Weasley Salvatore em Sab Set 10, 2011 7:23 pm

ooown, adorei muuuito
adorei a casa Smile
Jennimon, adoroo *---*
hahaha, lingeries, hein, dona Jess?
amei mto mto esses caps Smile
desculpa só ter lido agora
eu tava hã, ocupada...
fico mto bom
quando tem more?
Lys Weasley Salvatore
Lys Weasley Salvatore

Mensagens : 1755
Data de inscrição : 25/03/2011
Idade : 25
Localização : Mansão Salvatore

https://www.youtube.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Disaster (Trilogia do Halloween) - Página 2 Empty Re: Disaster (Trilogia do Halloween)

Mensagem por Jess Silver em Sab Set 10, 2011 7:32 pm

Lys Weasley Salvatore escreveu:ooown, adorei muuuito
adorei a casa Smile
Jennimon, adoroo *---*
hahaha, lingeries, hein, dona Jess?
amei mto mto esses caps Smile
desculpa só ter lido agora
eu tava hã, ocupada...
fico mto bom
quando tem more?

Lys!! voce apareceu, que booom Very Happy
bem, tem mais amanhã
mas fico feliz que tenha gostado da minha casa Wink
beijooos
Jess Silver
Jess Silver

Mensagens : 1607
Data de inscrição : 11/03/2011

http://www.jrsilverbooks.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Disaster (Trilogia do Halloween) - Página 2 Empty Re: Disaster (Trilogia do Halloween)

Mensagem por Lys Weasley Salvatore em Sab Set 10, 2011 7:57 pm

Very Happy
Lys Weasley Salvatore
Lys Weasley Salvatore

Mensagens : 1755
Data de inscrição : 25/03/2011
Idade : 25
Localização : Mansão Salvatore

https://www.youtube.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Disaster (Trilogia do Halloween) - Página 2 Empty Re: Disaster (Trilogia do Halloween)

Mensagem por Mariana Pierce em Dom Set 11, 2011 11:44 am

Jess desculpa meu sumiço
Amei o começo da fic foi incrivel
Posta mais por favor
Mariana Pierce
Mariana Pierce

Mensagens : 7422
Data de inscrição : 07/06/2011
Idade : 20
Localização : Belo Horizonte - MG

http://weloveit.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Disaster (Trilogia do Halloween) - Página 2 Empty Re: Disaster (Trilogia do Halloween)

Mensagem por Miriam Salvatore em Dom Set 11, 2011 3:32 pm

Jess amei ...
tudo mesmo ..essa vida de estudante unisversitaria é foda ..A Jenni é cirusgiã que legal e vc psicologa lega tambm né kkk somos colegas de rpofissão então kk
James economeista que chique ...
Muito bonita a casa e a roupa da Jess pro encontro ..O que James vai contar .. ?
Miriam Salvatore
Miriam Salvatore

Mensagens : 3362
Data de inscrição : 29/03/2011
Idade : 27
Localização : Caxias do Sul RS

Voltar ao Topo Ir em baixo

Disaster (Trilogia do Halloween) - Página 2 Empty Re: Disaster (Trilogia do Halloween)

Mensagem por Jess Silver em Dom Set 11, 2011 5:57 pm

obrigada meninas, por terem vindo ler os caps!!
eu vou postar agora um novo, espero que gostem!!
beijoos
Jess Silver
Jess Silver

Mensagens : 1607
Data de inscrição : 11/03/2011

http://www.jrsilverbooks.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Disaster (Trilogia do Halloween) - Página 2 Empty Re: Disaster (Trilogia do Halloween)

Mensagem por Luana em Dom Set 11, 2011 6:35 pm

oi madrinha
nao entendi muita coisa nao
mas aposto que vai ser boa



(Vampira a qualquer custo estara de volta no dia 18 de setembro esperando vcs la)
Luana
Luana

Mensagens : 233
Data de inscrição : 01/05/2011
Idade : 30
Localização : Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Disaster (Trilogia do Halloween) - Página 2 Empty Re: Disaster (Trilogia do Halloween)

Mensagem por Jess Silver em Ter Set 13, 2011 10:18 am

Oiee gente, peço desculpa pela ausência nos últimos dois dias, mas esta noite tem novo capítulo de Disaster!!
espero que gostem!
Jess Silver
Jess Silver

Mensagens : 1607
Data de inscrição : 11/03/2011

http://www.jrsilverbooks.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Disaster (Trilogia do Halloween) - Página 2 Empty Re: Disaster (Trilogia do Halloween)

Mensagem por Lys Weasley Salvatore em Ter Set 13, 2011 7:45 pm

tá, Jess, eu bem que tava sentindo falta de caps Sad
ainda bem que hoje tem
eu vou dar uma saidinha rápida com a minha mãe (#MEDO) e
quando eu voltar, tomara que já tenha Very Happy
Lys Weasley Salvatore
Lys Weasley Salvatore

Mensagens : 1755
Data de inscrição : 25/03/2011
Idade : 25
Localização : Mansão Salvatore

https://www.youtube.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Disaster (Trilogia do Halloween) - Página 2 Empty Re: Disaster (Trilogia do Halloween)

Mensagem por Jess Silver em Qua Set 14, 2011 7:21 am

meninas eu peço mil desculpas, eu sei que ontem não postei, mas de repente o meu pai lembrou-se de me dizer que tínhamos de ir a uma consulta no médico que, pra variar, durou até muuuito tarde :s
bem, eu vou postar 2 capítulos hoje pra compensar
beijoos
Jess Silver
Jess Silver

Mensagens : 1607
Data de inscrição : 11/03/2011

http://www.jrsilverbooks.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Disaster (Trilogia do Halloween) - Página 2 Empty Re: Disaster (Trilogia do Halloween)

Mensagem por Jess Silver em Qua Set 14, 2011 7:31 am

Capítulo 3




Desci as escadas a correr até à entrada e abri a porta ao meu namorado. Tal como eu previ, James ficou de queixo caído quando me viu toda produzida para a nossa saída, e só ao fim de alguns segundos foi capaz de me puxar para os seus braços e me dar um longo beijo muito doce e apaixonado, bem como eu gostava.
- Estás maravilhosa. - Sussurrou ao meu ouvido, antes de me beijar no pescoço.
- Obrigada. - Respondei, corando imenso.
Olhei para ele e senti a minha pulsação a aumentar de novo. Mesmo passado tanto tempo eu continuava a emocionar-me cada vez que fixava os meus olhos naqueles, tão belos e profundos. Eu conseguia ver a alma de James, e não apenas o corpo, quando fixava os seus olhos. o rosto dele era demasiado belo para ser descrito, o corpo era fenomenal, e eu sentia sempre que era uma espécie de milagre tê-lo ao meu lado. Eu tinha mesmo muita sorte na vida por ter James como namorado, não apenas por ele ser simplesmente deslumbrante, mas porque era a melhor pessoa que eu conhecia.
- Pronta para o nosso jantar? - Perguntou, depositando-me um beijo carinhoso na testa.
- Claro! Vou só buscar a minha mala, não demoro. - Respondi.
Corri escadas acima até ao meu quarto para ir buscar a minha pequena mala, onde apenas cabia o telemóvel, o batom, o rímel e a carteira, e Laala acompanhou-me quando voltei ao corredor de entrada. James cumprimentou-a com um beijo no rosto e um sorriso.
- Olá Laala. Como estás? - Perguntou.
- Ótima James! E já vi que tu e a Jess ainda vão ficar melhor que eu. Boa sorte para o jantar! - Disse ela, piscando o olho ao meu namorado.
Eu adorava ver a maneira como eles se davam. James e Laala eram como irmãos, embora não tivessem qualquer ligação de parentesco, mas davam-se muito bem, e havia uma grande confiança e lealdade entre eles. Nem que fosse só pelo facto de James já nos ter salvado a vida às duas (a toda a gente, aliás) mais que uma vez no passado.
- Fica bem. Até amanhã! - Despedi-me de Laala, dando-lhe um abraço rápido e beijando-a no rosto.
- Para ti também. Fiquem descansados, eu fecho tudo quando me for embora. Bom jantar! - Ela acenou-nos em despedida enquanto saímos de casa.
James fechou a porta e pegou-me na mão, levando-me consigo para o seu carro, um Mercedes todo preto e realmente fantástico, quase tanto como o meu Audi. Tínhamos sorte, pelo menos nos carros, porque eram os dois maravilhosos.
Sentei-me no lugar de pendura e James no de condutor, colocámos os cintos e ele ligou o motor. Conduziu para fora da nossa rua, entrando na estrada principal, e dirigindo-se para o Giovanni's.
- Então, agora que estamos sozinhos, já me podes dizer o que é que te deu na cabeça para reservar mesa no restaurante mais caro e chique da cidade? - Perguntei, de olhos semicerrados e sorriso provocante.
- Não. Só depois de jantarmos. - Disse James, sem desviar os olhos da estrada.
Infelizmente para ele, eu estava demasiado nervosa para esperar até depois de comermos. Pousei a mão sobre a zona do seu coração e concentrei-me em entrar na mente dele. Era tão fácil como andar de bicicleta, quase como respirar. James soltou uma gargalhada alegre e olhou para mim com ar brincalhão. Franzi o sobrolho, desconsolada por ver que ele estava a pensar com tanta convicção em lasanha e esparguete à bolonhesa que não me deixava aceder a nenhum dos seus outros pensamentos ou memórias.
James sabia muito bem bloquear as minhas investidas mentais, melhor ainda do que eu sabia bloquear as suas. Nas situações normais não colocávamos obstáculos um ao outro, porque nos conhecíamos tão bem que não havia qualquer segredo entre nós, mas quando queríamos fazer surpresas um ao outro, conseguíamos impedir que a outra pessoa visse o que nos ia na cabeça. Bastava que nos concentrássemos muito noutro assunto qualquer.
Desisti ao fim de uns segundos, e suspirando um pouco amuada, tornei a sentar-me direita e cruzei os braços.
- Pronto, já percebi que não consegues pensar em mais nada além de pratos que levem massa. - Resmunguei, a fazer beicinho.
James tornou a rir-se e depois alcançou a minha mão com a sua e entrelaçou os dedos nos meus.
- Sabes que é uma surpresa. Nem que tenha de pensar no Hino Nacional, mas não vou deixar que descubras até à altura da sobremesa.
- Então e se eu tentar adivinhar? - Perguntei, insistente.
- Nunca hei-de confirmar nenhuma das hipóteses. - James estava mesmo divertido com a situação, o que me deixou ainda mais frustrada.
Chegámos à zona do estacionamento, nas traseiras do restaurante, e James estacionou ao lado de um Porshe igualmente preto. Desligou o motor e esticou-se para me dar um beijo, mais um pedido de desculpas que outra coisa qualquer, antes de se afastar com um sorriso malandro.
- Anda lá. Espero que gostes da comida.
Revirei os olhos enquanto saía do carro e ele ligava o alarme.
- Ao menos da comida vou gostar de certeza.
Encaminhei-me para junto dele, demos as mãos e entrámos no restaurante.
O ambiente lá dentro continuava tão romântico e acolhedor como eu me lembrava sempre. O Giovanni's era constituído por uma grandiosa sala rectangular, com paredes e tecto em pedra trabalhada e chão de madeira escura, e com as mesas a ocupar a grande sala. Havia mesas para quatro, outras para seis, e as mesas para grupos maiores estavam ao fundo da divisão, antes de se chegar às portas para as casas de banho dos homens e das mulheres. A ligação à cozinha fazia-se por uma porta, meio escondida atrás de um pilar de pedra, e era de lá que vinha a comida.
Logo à direita da entrada estava a mesa do empregado que nos indicava onde nos havíamos de sentar e que verificava se tínhamos reserva ou não. James dirigiu-se a ele e pediu pela mesa reservada em nome de Mr. Harchibaltt. O empregado foi logo ver se havia reserva e depois assentiu com a cabeça, com ar solene.
- Acompanhe-me, Mr. Harchibaltt. - Pediu, fazendo-nos sinal para o seguir.
Levou-nos para uma das mesas para dois, encostadas à parede envidraçada do lado esquerdo. Como toda a parede era feita de vidro, tinha uma vista maravilhosa para a beira-mar. era uma das melhores vistas de toda a cidade, o que também tornava o Giovanni's ainda mais solicitado e caro.
Sentámo-nos de frente um para o outro, e eu fiquei logo a olhar para a janela. Aquela paisagem sempre me deslumbrara, desde a primeira vez que James me tinha cá trazido eu ficara encantada com o restaurante.
- O que vais querer comer? - Perguntou James, passando os olhos pela ementa.
- Posso dividir uma pizza contigo, se quiseres. - Encolhi os ombros, sem dar muita atenção ao assunto.
- E que tal se dividirmos uma esparguete carbonara? Sei que também gostas muito. - Sugeriu ele, com outro sorriso lindo.
- Pode ser. E bebo vinho contigo.
- Está feito.
Pouco depois o empregado de mesa chegou e James fez-lhe o pedido, enquanto eu continuava a olhar pela janela, a fantasiar com o mar banhado pelo luar.
- Jess? Ainda estás assim tão aborrecida comigo que nem sequer olhes para mim? - Perguntou James, dando-me a mão por cima da mesa.
- Não estou chateada contigo. Mas queria muito saber. Não, não me digas já, eu espero pela sobremesa. Agora conta-me como foram as tuas aulas.
James começou o relato de como tinha sido o seu dia, e quando vieram os pratos começámos a comer, e a conversar sobre a escola, o que tínhamos feito, e eu a explicar-lhe como Laala estava atarantada com os problemas da Universidade. James disse-me também que nesse fim-de-semana Stefan e Damon o tinham convidado para ir assistir ao jogo de basebol da Taça América, e que se eu quisesse podia ir com eles. Aceitei logo, nada melhor do que ver jogos de basebol com Damon e Stefan, eles eram os melhores a comentar cada jogada. E de certeza que Jennifer e Elena iriam com eles, por isso podíamos estar as três juntas, o que só acontecia aos fins-de-semana ou em ocasiões especiais, por termos todas vidas muito preenchidas.
Quando acabámos de comer a esparguete carbonara (que estava mesmo deliciosa, como só no Giovanni's encontrávamos) pedimos um gelado para dividirmos, e o meu nervosismo voltou, porque agora chegara a hora de James me revelar o que tanto mistério criara.
- Então? Não me vais dizer agora o que escondes com tanto fulgor que nem me quiseste contar antes? - Perguntei, fazendo-lhe olhinhos.
- Sim. Agora já posso contar. - Respondeu James, com um sorriso de orelha a orelha.

Jess Silver
Jess Silver

Mensagens : 1607
Data de inscrição : 11/03/2011

http://www.jrsilverbooks.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Disaster (Trilogia do Halloween) - Página 2 Empty Re: Disaster (Trilogia do Halloween)

Mensagem por Lys Weasley Salvatore em Qua Set 14, 2011 1:19 pm

Adorei, Jess (:
cap fantástico, como sempre
quando tem mais?
Lys Weasley Salvatore
Lys Weasley Salvatore

Mensagens : 1755
Data de inscrição : 25/03/2011
Idade : 25
Localização : Mansão Salvatore

https://www.youtube.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Disaster (Trilogia do Halloween) - Página 2 Empty Re: Disaster (Trilogia do Halloween)

Mensagem por Miriam Salvatore em Qua Set 14, 2011 2:52 pm

Aaaaa JES MALVADA ..
Para bm nessa partezinha que ele ia falar o que tanto queria RUM
Miriam Salvatore
Miriam Salvatore

Mensagens : 3362
Data de inscrição : 29/03/2011
Idade : 27
Localização : Caxias do Sul RS

Voltar ao Topo Ir em baixo

Disaster (Trilogia do Halloween) - Página 2 Empty Re: Disaster (Trilogia do Halloween)

Mensagem por Jess Silver em Qua Set 14, 2011 5:27 pm

Meninas vou postar o 2º capítulo de hoje
e depois tenho um comunicado pra fazer a todas
espero que gostem:
Jess Silver
Jess Silver

Mensagens : 1607
Data de inscrição : 11/03/2011

http://www.jrsilverbooks.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Disaster (Trilogia do Halloween) - Página 2 Empty Re: Disaster (Trilogia do Halloween)

Mensagem por Jess Silver em Qua Set 14, 2011 5:33 pm

Capítulo 4




Mas em vez de ter falado, James levantou-se e ajoelhou-se ao meu lado, tão depressa que eu só me apercebi do que se estava a passar quando ele já tinha tirado a famosa caixinha de veludo azul-escuro do bolso do seu casaco. Os meus olhos arregalaram-se quando a vi, e o meu coração parou de bater. Não me conseguia mexer, só conseguia olhar para aquela caixinha e para os olhos de James, que cintilavam de emoção.
- Jessica Silver, queres casar comigo? - Perguntou, abrindo a caixinha.
Arfei de choque quando vi o que estava lá dentro. Era o anel mais bonito que eu já tinha visto. Simples, mas muito bonito. Era um aro de prata com um pequeno diamante incrustado, e envolvido por uma corrente mais grossa, também em prata mas com pequeninas esmeraldas embutidas, tão pequeninas e delicadas que só se via se estivesse com atenção, mas que faziam toda a diferença no conjunto. James continuava ali, de joelho no chão e a segurar a caixinha com o anel de noivado lá dentro, à espera da minha resposta, mas a voz tinha congelado no meu interior.
Como não conseguia falar, tive de expressar o que ia na minha alma de outra maneira. Lancei-me nos braços abertos do meu namorado e beijei-o, tão intensamente que nos acelerou automaticamente a pulsação, e fez com que o restaurante inteiro irrompesse numa salva de palmas e de vivas.
James levantou-se, ainda a abraçar-me com força, e retribuiu o meu beijo.
«SIM! SIM, SIM, SIM! James Harchibaltt, eu quero casar contigo!» o meu pensamento tinha uma força tal que James recuou, a olhar para mim como se tivesse apanhado um choque elétrico, mas sem deixar de sorrir que nem um doido de alegria.
- Oh meu amor… obrigado. Obrigado… - Balbuciou, deliciado, e rodopiou comigo nos seus braços.
E as palmas continuavam e continuavam, enquanto James me beijava apaixonadamente. Depois devolveu-me o equilíbrio e deixou-me pôr os pés no chão, e colocou-me o anel de noivado no dedo. Os meus olhos encheram-se de lágrimas nesse instante, lágrimas da mais pura felicidade.
Claro que eu queria casar com James. Nós já fazíamos vida de casados, mas assim seria mais definitivo que nunca. Olhei para ele e senti o meu coração quase a rebentar de amor, de adoração, de tudo. James era tudo para mim, tudo pelo qual eu tinha lutado e tudo o que eu não podia perder.
- Hei-de amar-te sempre. Aconteça o que acontecer estaremos juntos. - Sussurrei contra os seus lábios, antes de ele me beijar.
- Sim. Para sempre. Venha quem vier que tentar separar-nos não há-de conseguir. Serei teu para sempre, e tu serás minha para sempre. Isso é tudo o que preciso para viver feliz. - Completou James.
E depois deixámos de ouvir os aplausos das outras pessoas presentes no restaurante, porque fiquei demasiado aluada com os beijos e os abraços de James para pensar em qualquer outra coisa.


Meia hora mais tarde, estávamos a chegar à nossa casa e eu ainda não cabia em mim de contente. Parecia que ainda tinha o sangue a ferver-me nas veias, tal era a minha agitação. James estava tão feliz como eu, aquilo não podia ter corrido melhor.
As luzes estavam todas apagadas, sinal de que Laala já teria ido para sua casa. James estacionou ao lado do meu carro e depois saímos do seu, ele ligou o motor, e corremos para o alpendre da nossa casa. Abri apressadamente a porta, porque não conseguíamos conter-nos muito mais, e depois puxei James comigo para dentro, trancámos a porta muito depressa e ele pegou-me imediatamente ao colo. Entrelacei as pernas em volta da cintura dele enquanto pousava as chaves no móvel de entrada e James me beijava fogosamente nos lábios e no pescoço.
Avançou aos tropeções em direção às escadas, enquanto eu puxava pela t-shirt dele para lha despir, e depois a lançava para o chão. Tivemos de fazer um esforço enorme para não desistirmos de chegar ao quarto e ficarmo-nos pelo tapete do corredor.
Mas quando James entrou no quarto, não conseguimos conter-nos mais: ele deitou-me em cima do tapete fofo do chão e despiu-me o vestido em menos de nada, e ficou chocado a olhar para a roupa interior que eu tinha por baixo. Desatei a rir-me da sua expressão extasiada e puxei a boca dele para a minha, esmagando-lhe os lábios com os meus, enrolando a língua na dele, enquanto James despia apressadamente os seus jeans e os mandava fora.
Rolei para ficar por cima dele e sorri-lhe, baixando os lábios para beijar o pescoço e os ombros nus dele, enquanto James me passava as mãos pelas costas e pelo cabelo. Não demorou tempo nenhum a desapertar-me o soutien, que foi parar ao canto do quarto. Para ele não se sentir sozinho, as minhas cuecas e os boxers de James foram-lhe fazer companhia.
James prendeu-me nos seus braços e deu a volta para ficar por cima, e bastou uma troca de olhares e uma respiração breve e ansiosa antes de ele me penetrar. Soltei um gemido de prazer enquanto ele fazia amor comigo, como em tantas outras vezes, e melhor que ninguém. Eu a James combinávamos como as peças de um puzzle, que não encontram mais nenhum lugar para estar senão encaixadas uma na outra. E James tocava-me na medida certa para me levar quase ao delírio de prazer, eu mal conseguia respirar a cada investida sua, mas sentia-me tão bem, o prazer era tão grande que eu não queria que parasse nunca.
Partilhar tudo pelo ponto de vista dele (uma vez que, quando fazíamos sexo, não eram só as minhas emoções que eu vivenciava, mas também as dele, através da sua mente) era uma experiência que eu não podia viver com mais ninguém, porque James era tão único como eu. E isso era apenas mais um factor que nos unia.
Atingimos juntos o orgasmo, tão violento que me fez contorcer debaixo do corpo maravilhoso do meu noivo, e quando ele sucumbiu sobre mim, abracei-o com força e beijei-lhe os cabelos. James embalou-me nos seus braços e manteve-se junto a mim durante muito tempo.
Nenhum de nós queria soltar o outro. O nosso lugar era única e exclusivamente onde estivesse o outro.

Jess Silver
Jess Silver

Mensagens : 1607
Data de inscrição : 11/03/2011

http://www.jrsilverbooks.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Disaster (Trilogia do Halloween) - Página 2 Empty Re: Disaster (Trilogia do Halloween)

Mensagem por Jess Silver em Qua Set 14, 2011 6:11 pm

:: COMUNICADO::


Bem, eu venho dar uma má notícia pra todas as pessoas que acompanham essa fic (e as outras tambem)
Vai começar o novo ano escolar, e eu só poderei vir à net aos fins-de-semana
é, eu sei que é mau, mas vai mesmo ter que ser assim
eu virei postar nas sextas à noite, sábados e domingos, mas assim que chegar a 2ª feira
acabou outra vez :c
tenho meeesmo de me concentrar na escola e nos estudos, por isso não vai dar pra vir mais vezes
mas eu prometo que nos fins-de-semana vou tentar postar sempre 1 ou 2 caps nas fics todas
pra assim terem muito que ler durante a semana!
espero que não se fartem das longas esperas né...
Bem, é só isso, mas se notarem o meu desaparecimento não fiquem preocupados
é só até ao fim-de-semana seguinte Wink
Beijooos!
Jess Silver
Jess Silver

Mensagens : 1607
Data de inscrição : 11/03/2011

http://www.jrsilverbooks.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Disaster (Trilogia do Halloween) - Página 2 Empty Re: Disaster (Trilogia do Halloween)

Mensagem por Damon.Salvatore em Qua Set 14, 2011 6:26 pm

a jenny vai ter um ataque com esse comunicado. essa é a terceira então vou ler a segunda que já ta concluida, é um saco ficar acompanhando aos poucos e eu gostei da primeira.
Damon.Salvatore
Damon.Salvatore

Mensagens : 405
Data de inscrição : 16/06/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Disaster (Trilogia do Halloween) - Página 2 Empty Re: Disaster (Trilogia do Halloween)

Mensagem por Miriam Salvatore em Qua Set 14, 2011 8:13 pm

affraid
James e Jess só na pegação Twisted Evil safados
O pedido de casamento foi fofissimo...
Oin Jess eu entendo o teu aviso ta ..Mas contando que tenha no find fic tudo bm kkk
Miriam Salvatore
Miriam Salvatore

Mensagens : 3362
Data de inscrição : 29/03/2011
Idade : 27
Localização : Caxias do Sul RS

Voltar ao Topo Ir em baixo

Disaster (Trilogia do Halloween) - Página 2 Empty Re: Disaster (Trilogia do Halloween)

Mensagem por Jenn em Qui Set 15, 2011 12:47 pm

jesss, TAVA SE MESMO A VER QUE ELE IA PEDI LA EM CASAMENTO NEH?
ERA OBVIO, MAS EU NAO PREVI ISSO!!!
mas foi fixeee
adoro a forma como eles sao extremamente ligados e adorei a tentativa dela de ler os pensamentos dele no carro.
meu esses dois sao ricos ou é impressao minha, alta casa, altos carros, anel de diamente, restaurante mais chique da cidade.
andam bemmm eles.
a laala é uma fofa, gostei!!!
jogo de futebol e eu vou ter que ir tb? secaaaaa mas ok se é pa estarmos todas juntas eu n vou queixar me!!!
esse hot quando eles chegaram a casa foi bounce GOSTO MUITOOOOOO

jess, é uma pena que n possas postar a semna, mas ok, ao menos vais postar com regularidade!!
boa sorte com os estudos pra teres os fim de semna livres pra nos compensares muito pela tua falta!! xDDD
Jenn
Jenn

Mensagens : 8852
Data de inscrição : 12/04/2011
Localização : chegandooo!! e vou te pegar!! xDD

Voltar ao Topo Ir em baixo

Disaster (Trilogia do Halloween) - Página 2 Empty Re: Disaster (Trilogia do Halloween)

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 6 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum