Parceria
SIGMA CAMISETAS
Votação

Quem você quer entrevistar?

64% 64% [ 9 ]
36% 36% [ 5 ]

Total dos votos : 14


4º Cap da fic The Love Story

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

4º Cap da fic The Love Story

Mensagem por Nian Dobreholic em Seg Ago 13, 2012 6:09 pm

Uma semana de pois....
Hoje eu e Candice rodaríamos NY a procura das rosas mais lindas e perfumadas para seu casamento.A cada dia que passava Candice ficava mais nervosa para seu casamento, eu tentava acalmá-la mais parecia que o quanto mais tentava mais nervosa ela ficava.
-Nina meu deus qual rosa eu escolho? A vermelha rubi? Ou o vermelho cereja? –Candice enrolava uma mecha dos cabelos encarando as duas rosas que eram em meus olhos idênticas.
-A rubi. –Falei apontando para a rosa a direita.
-Vou levar a cereja. –Ela disse pegando a rosa que estava no buque esquerdo.
-Que bom que minha opinião vale. –Disse parando em frente a loira.
-Claro que vale, mas vamos combinar você não sabe a diferença de rubi e cereja. –Ela riu.
-Ninguém sabe, por isso não entendi por que me pediu, alias as duas são idênticas. –Falei dando de ombros.
-Tanto faz, eu prefiro cerejas. –Candice gargalhou.
-Ta então encomende as suas cerejas, a gente já esta atrasadas. –Falei olhando para o relógio.
-Ai meu deus, não posso me atrasar. –A loira disse correndo com as rosas até uma mulher de azul.
-Candy eu vou indo se não eu me atraso para o cabeleireiro. –Falei piscando e saindo pela porta da floricultura.
[...]
Cheguei em casa e fui correndo para o banho, coloquei meu vestido azul,e meu sapato de salto preto, amarrei meu cabelo em um coque, fiz uma maquiagem básica e fui para a casa de Candice.
Quando cheguei na casa, ela já estava praticamente lotada pelos amigos,conhecidos e parentes do casal, então eu respirei fundo e entrei na casa.Quando entrei e olhei para o rosto das pessoas eu reconhecia a metade daquelas pessoas, eram antigos colegas de serviço, amigos de escola, parentes da Candy e amigos do Trevino, inclusive o Ian estava lá, vestindo uma jaqueta de couro preta, uma camiseta gola V branca, e uma calça jeans escura.
-Hey Nini você chegou. –Claire correu me abraçar.
-Claro que cheguei e cadê a Candy? –Falei abrindo um sorrisinho bobo.
-Lá em cima, ela precisa da sua ajuda Nini. –Claire disse sorrindo.
Subi as escadas correndo e quando cheguei no quarto de Candice ela estava parada em frente ao espelho fazendo careta.
-Hey noivinha sexy. –Falei gargalhando.
-Oi Nina, meu vestido não quer fechar. –Ela disse fazendo biquinho.
-Mais o vestido é do tamanho certo. –Falei puxando o zíper do vestido vermelho que a loira vestia.
-Como você consegue? –Ela disse trancando a respiração.
-Só tentar emagrecer uns quilinhos Barbie. –Falei gargalhando e me jogando no sofá.
-E ai Nini o Ian ta lá em baixo? –Ela disse sorrindo maliciosa.
-Sim... e pode tirar esse sorriso besta do rosto. –Falei olhando pela janela.
-Ai Nina o cara é um gato, seu vizinho e você ai sozinha. –Ela disse passando perfume.
-Sozinha por opção meu bem, se eu quiser eu arrumo um namorado em um piscar de olhos. –Falei sorrindo.
Eu sabia que não era bem assim, mais eu tinha vários pretendentes que desejavam meu corpo nu- ri com o pensamento- Mas ficar sozinha é melhor, tenho mais tempo para mim e para Eddie.
-Vamos Nini? –Candice disse pegando minha mão.
-Claro. –Falei respirando fundo e descendo as escadas até a sala de estar.
Quando chegamos na sala de estar a Candice foi cumprimentar os convidados e eu fiquei lá parada analisando a festa.
-E ai Nina, então você é a madrinha gostosa que tantos falam? –A voz de Ian fez meu coração disparar.
-Cala a boca Ian. –Falei sorrindo torto e cruzando os braços.
-Nossa mal humorada. –Ian disse ficando ao meu lado.
-Oi Nina, não vai me apresentar seu amigo? –Kat dizia piscando para Ian.
-O que? Amigo? Não ele é meu vizinho, e não sei o que ele ainda ta fazendo aqui. –Abri um sorriso amarelo para Ian.
-Estou cuidando de você. –Ele gargalhou e eu corei.
-Não preciso de guarda-costas. –Disse sorrindo feito boba.
-Mais eu preciso então venha comigo Ian. –Kat disse puxando o moreno pelo braço.
-Não....eu quero ficar aqui com a Nina. –Ian falou afastando o braço de Kat. –Desculpa mesmo.
Kat se virou e saio procurando outro homem para dançar com ela, enquanto Ian pegava dois copos de champanhe que um garçom carregava.
-Um brinde? –Ele disse sorrindo.
-Um brinde a que? –Falei pegando um dos copos.
-A noite. –Ele piscou.
-Ok. Um brinde a noite. –Falei batendo meu copo no dele e ingerindo todo o liquido.
De repente Ian me arrastou para a pista de dança no jardim da Candice, e começou a grudar seu corpo no meu, e eu não sou boba nem nada dançava sensualmente na frente dele, de repente ele me puxou, colando seu corpo no meu. Nossos corpos estavam tão próximos e eu estava amando isso, nada mais a minha volta importava só aquele momento com Ian, eu estava completamente apaixonada por aqueles olhos azuis que me olhavam com desejo. Ian aproximou sua boca da minha, me puxando para um beijo longo e romântico, sim eu sentia alguma coisa por ele, não sabia ao certo o que mais nada que mais beijos como esse não pudessem resolver né.
-Eu disse que seria minha. –Ele disse colando sua testa na minha.
-É você disse isso? Não me lembro. –Eu disse dando um selinho nos lábios dele.
Hora dos brindes, fomos para a frente de um palco montado justamente para que uma banda tocasse, Candice subiu no palco e começou a falar sobre tudo que fez ela se apaixonar por Michael.
Senti as mãos de Ian contornando minha cintura e ele me puxando para um abraço por trás.Não iria renegar o abraço dele né , mas não daria muita liberdade não... se ele achava que eu iria dormir com ele essa noite, ele estava muito enganado.
A festa estava quase chegando ao fim, só estava na festa agora os padrinhos e madrinhas do casamento. Kat estava bêbada dançando com um garçom, Claire estava com seu marido Joseph e Candice estava paparicando Michael, enquanto eu e Ian estávamos abraçados deitados no sofá da sala.
-Ian eu to ficando com sono...vou indo para casa. –Cambaleei levantando do sofá, antes que eu quase fosse para o chão Ian pegou minha cintura impedindo meu tombo.
-Acho que não é bom você dirigir hoje... –Ian sussurrou no meu ouvido.
-O KAT ME DA UMA CARONA? NÃO POSSO DIRIGIR. –Gritei para Kat que estava do outro lado da sala.
-O que? Ta loca? A Kat ta mais bêbeda que você. –Ian continuou segurando minha cintura para evitar que eu caísse de cara no chão.
-Hum... então vou ter que dormir aqui no sofá mesmo por que a Claire já ta com o carro lotado. –Fiz beiço.
-Eu te levo para a casa Nina. –Ian olhou para o chão.
-Você vai abusar de mim. –Falei gargalhando e depois me jogando em cima dele.
-Credo você ta muito bêbada vamos para casa. –Ian disse me pegando no colo.
Não me lembro de mais nada a partir desse momento, nem imagino aonde o Ian me levou, e nem o que eu falei ou fiz, só espero não ter me arrependido de nada.
Abri meus olhos com dificuldade por que a luz do sol batia no meu olho, quando finalmente os abri, avistei o teto do meu quarto, é eu estava em casa, olhei para meu corpo e eu ainda estava com o meu vestido de festa, apenas uma coberta fina me cobria, então Ian tinha falado a verdade ele iria me trazer para casa em segurança.
Me levantei, coloquei meu robi e fui em direção a sala, quando me deparo com Ian jogado em meu sofá dormindo feito um bebe.
-Hey Ian. –Chacoalhei ele tentando acordá-lo.
-Hum...me deixa dormir mais 5 minutos. –Ele resmungou.
-Não, vamos acorda. –Chacoalhei ele com mais força.
-Ta bom eu acordo. –Ele disse com dificuldade para abrir os olhos. –O que foi Nina?
-Eu é que te pergunto, por que você esta dormindo no meu sofá?-Cruzei os braços.
-Añ... eu te trouxe para casa por que você estava muito bêbada, então quando eu cheguei aqui, fiquei com medo que você acordasse bêbada e fizesse alguma besteira então... fiquei aqui para evitar esse estrago. –Ele riu.
-Uhum... e acha que eu vou acreditar? –Na verdade eu estava acreditando.
-Acho que sim por que se eu tivesse feito qualquer coisa de errado você não estaria vestida certo? –Ele apontou para o meu vestido e eu logo corei.
-Hum... ta eu acredito, agora me explica o que aconteceu noite passada. –Me sentei ao lado dele.
-Até aonde você se lembra?
-Eu me lembro do nosso beijo... –Corei. –Lembro de você dizendo que iria me trazer até em casa, e da Kat muito bêbada.
-Bom então depois que eu te trouxe para casa você parecia uma maníaca por sexo, ficou tentando me arrastar para a cama o tempo todo, mas eu não fui por que não acho justo me aproveitar de uma mulher completamente bêbada e que ira se arrepender de tudo que aconteceu na noite passada. –Ian disse.
-Atá eu duvido que virei uma maníaca por sexo.
-Mas virou, nem eu acreditei que era a mesma Nina. –Ian gargalhou.
-Idiota, mas obrigado. –Sorri torto.
-Obrigado pelo que?
-Por ter me trazido para casa, cuidado de mim e não ter feito nada de ruim... –Beijei a bochecha dele.
-Hum... que tal você tentar me conhecer melhor? –Ian segurou minha mão.
-Estou gostando da idéia. –Disse.
-Te pego as 18:00, eu escolho o lugar para aonde te levarei. –Ian disse.
-Devo ficar com medo? –Ri
-Não, vai ser um encontro que você amará. –Ian sorriu.
-Espero não me arrepender.
-Te pego as 18:00. –Ian disse saindo do meu apartamento.
avatar
Nian Dobreholic

Mensagens : 5
Data de inscrição : 12/08/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum