Parceria
SIGMA CAMISETAS
Votação

Quem você quer entrevistar?

64% 64% [ 9 ]
36% 36% [ 5 ]

Total dos votos : 14


My Heart Beats For Love

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

My Heart Beats For Love

Mensagem por Nina-Somerhalder em Qui Ago 02, 2012 8:55 pm

MY HEART BEATS FOR LOVE


TOPICO DE COMENTÁRIOS

SINOPSE:
Depois de uma briga com Stefan, Damon bebe muito e vai até a casa de Elena durante a madrugada, por volta das 2h da manhã. Depois de muitos desabafos e reclamações a noite não acaba muito bem. A noite de Stefan também não foi muito produtiva. Brigas, amor, magia, sedução e muito mais.

CLASSIFICAÇÃO INDICATIVA:
+14 (Pode conter cenas de sexo e vocabulário inadequado)

SHIPPER:
Delena

Obs: Pessoal essa é a minha primeira fic. e também a minha primeira postagem aqui no forúm (apesar de ja ter lido várias fics daqui como leitora fantasma), portanto dicas, sugestões e criticas são muito bem-vindas.


Última edição por Nina-Somerhalder em Ter Ago 07, 2012 8:56 pm, editado 3 vez(es)
avatar
Nina-Somerhalder

Mensagens : 96
Data de inscrição : 31/07/2012
Idade : 21

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: My Heart Beats For Love

Mensagem por Nina-Somerhalder em Qui Ago 02, 2012 9:18 pm

Capitulo 1:

_Cala sua boca seu devorador de esquilos! -Gritou Damon, empurrando Stefan contra a parede
_Eu já disse para você parar com isso, seja mais responsável Damon, cuidado! -Retrucou Stefan com toda a sua vontade
_ NÃO. FUI. EU.- Damon disse bem pausadamente e alto.
Eu assistia tudo de longe, sem ao menos conseguir entender o motivo da briga dos dois, há alguns meses atrás eu não me importaria com essa briga, poderia até gostar dela, mas agora, eu e Damon nos tornamos amigos; Por mais que Stefan sinta um pouco de ciúmes da minha amizade com Damon ele percebe o quanto necessitamos um do outro, mas naquela hora, não era Stefan que estava ali, os gritos, a violência nada daquilo fazia parte de Stefan, Damon, sim, claro, tudo aquilo era típico, já era de se esperar. Decidi que já estava cansada de ouvi-los gritar, e me coloquei no meio dos dois enquanto gritava:
_ PAREM!!! – Damon que estava prestes a dar um soco em Stefan parou com seu punho bem próximo dos meios seios, ficamos ali, por alguns minutos nos encarando até que eu disse:
_Qual o motivo dessa briga estupida?
Ambos abaixaram a cabeça e foram cada um para o seu quarto sem dizer uma única palavra, eu fui para casa, Era aniversário do Jer e eu, Bonnie, Jenna e Alaric havíamos preparado uma festa surpresa.
Cheguei em casa, cumprimentei Jenna e Alaric, Bonnie tinha ficado encarregada de distrair Jeremy o dia todo para podermos arrumar a festa, o combinado era que ela trouxesse-o para casa às 8:00h, já eram 7:15h, então fui para o meu quarto tomar um banho e me arrumar. Tomei um banho bem quente pus um jeans e uma blusa preta com uma jaquetinha de paetê preta também, coloquei um salto de uns 15cm e fiz um make muito lindo com um batom vermelho e bastante rímel, quando olhei para o relógio só faltavam 5 minutos para as 8h então desci apressada, todos já estavam lá, menos Stefan e Damon, fiquei preocupada mas decidi que naquela noite minha atenção seria apenas do Jer. Ouvimos o carro estacionando então nos escondemos e apagamos as luzes, quando a maçaneta girou e a porta se abriu tivemos uma grande surpresa....CONTINUA

obs: ficou bem pequeno,me desculpem, me digam a opinião de vocês já estou fazendo a continuação!
avatar
Nina-Somerhalder

Mensagens : 96
Data de inscrição : 31/07/2012
Idade : 21

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: My Heart Beats For Love

Mensagem por Nina-Somerhalder em Qui Ago 02, 2012 10:10 pm

Capitulo 1 - continuação

Bonnie entrou aos gritos em minha casa, chorando com Jeremy desmaiado em seus braços, ela estava completamente desesperada, todos saímos de nossos esconderijos assustados e apavorados como a Bonnie, ficamos alguns momentos estáticos olhando para a cena, até que Alaric exclamou:
_ Vamos! Ação pessoal! Jenna me traga uma toalha molhadas, Elena ligue para Stefan e Damon e pessam para virem correndo para cá! – Alaric colocou Jer no deitado no sofá, Jenna chegou com as toalhas molhadas que Ric passava constantemente na testa de Jer, Stefan não atendeu, liguei para Damon que atendeu dizendo:
_ Leninha, como posso ser útil?
_ Damon não é hora para brincadeira, Jer chegou desmaido aqui sendo carregado por Bonnie que diz não saber o que houve, por favor, chame Stefan e venha até aqui.
_ Olha eu já estou descendo mas, ao menos, que você tenha alguns números de telefone de esquilos na sua agenda, acho que Stefan não irá levando em conta que ele deixou o celular dele carregando, mas não se preocupe já estou a caminho! Baijos Leninha!
- Tchau Damon.
Damon chegou em instantes até a porta da minha casa, eu atendi a porta e pela segunda vez hoje ficamos cara a cara, e pela segunda vez hoje, eu me perdi naqueles olhos azuis. Voltamos a realidade e estão dei passagem para ele, ele disse que Jer estava bem, e que acordaria logo, todos soltamos um suspiro aliviante. Todos foram embora, então subi, nesse momento Jer já tinha acordado, disse que estava bem, porem não se lembrava de nada, eu cheguei até meu quarto, eu estava trocando de roupa quando me virei, e vi aqueles lindos olhos, aquele lindo corpo me observando bem ali, ele havia entrado pela janela, e eu me assustei gritando:
_ AAHH!! Damon..! eu estou..
_Somente de sutiã – Damon me cortou
Eu pus minha blusa e me deitei ele deitou no meu lado, e não sei porque mais eu não disse absolutamente nada, eu virei para o lado e ele ficou ali, me observando por um bom tempo, e obviamente eu não conseguia dormir, até que criei coragem e me virei olhei para ele, e pensei que uma beleza daquelas deveria ser proibida, mas guardei esse pensamentos para mim e apenas disse:
_Porque vocês estavam brigando? E por que nenhum de vocês dois me responderam a essa pergunta mais cedo?
_ Elena, infelizmente dessa vez, para sua segurança, isso fica entre mim e o devorador de esquilos. Sinto muito. – Ele disse me olhando bem no fundo dos meus olhos, e deu aquele sorrisinho q destrói qualquer uma.
_Damon, me diga! PORQUE? VOCÊ ESTÁ AQUI, DEITADO NA MINHA CAMA, E EU NÃO RECLAMEI, MAS EU SÓ TE PEÇO UMA RESPOSTA EM TROCA, PORQUE?
Percebi o quanto Damon queria me responder, mas senti que ele não podia, e vi o quando doía nele aquilo. Ele beijou minha testa e saiu pela janela em um simples vulto. Eu queria saber, queria entender o porque, mas sabia que Damon não iria me dizer, percebi pelo seu olhar pela dor que ele apresentava, decidi que seria melhor descansar e amanhã pensaria naquilo.
DAMON-
Eu estava na cama dela, estava a apenas alguns centímetros de distancia do meu mundo, daquilo que me mantia na Terra, e não pude responder à sua única pergunta, o que eu estava na cabeça? Porque simplesmente não disse, encontramos um porão no centro da cidade com uma lista de pessoas mortas e uma lista de pessoas para matar, e seu nome estava nela, seu namoradinho me acusou, disse que a letra era minha e eu fiquei nervoso com aquilo! Porque? Acho que fiquei com medo de ela acreditar no Stefan, afinal, eu não teria mais motivos para viver, colocaria uma estaca no meu coração se aquilo acontecesse.
STEFAN-
Eu passei a noite na floresta, caçando, parecia que minha fome estava insaciável, estava completamente desequilibrado depois de ler aquela lista, Elena não podia me ver daquele jeito, mas eu não podia contar a verdade para ela, aquilo poderia pô-la em risco, e isso, isso, isso realmente não podia acontecer. Eu fui para casa, e tomei um banho, pus uma calça e uma blusa justa que mostrava meus músculos, malhei um pouco e liguei para Elena, Damon já havia me contado sobre o Jer, e precisava dar apoio a ela perante aquilo.



avatar
Nina-Somerhalder

Mensagens : 96
Data de inscrição : 31/07/2012
Idade : 21

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: My Heart Beats For Love

Mensagem por Nina-Somerhalder em Sex Ago 03, 2012 11:01 am

Capitulo 2:

Damon:
Eu não irei esconder a verdade da Elena, ele vai acreditar em mim, tem que acreditar, Damon se levantou, já eram em torno das 7h da manhã, ele entrou na banheira e ficou ali pensando em Elena, no quanto ela era doce, meiga, confiante, e no quanto amava as pessoas tão intensamente, completamente ao contrário de Katherine, que sempre fora impaciente, mandona, mas ele não estava ali para compara-las ele estava ali para assumir para si mesmo, que ela, Damon Salvatore, estava apaixonado, mais apaixonado do que nunca, e ele sabia que aquele sentimento era intenso, e naquele momento também já sabia que por mais que Elena não quisesse admitir, ela também sentia algo muito forte por ele, algo que fazia ela se perder em seus olhos de uma forma magica, não como as outras garotas, que olhavam para ele com sorrisinhos maléficos e safados, ela não ela se entregava ao meu olhar e quando eu abria meu meio sorriso, aah, aquilo a deixava tão perdida que me confortava, percebi que já estava no banho há quase meia hora, então, sai da banheira me enrolei na toalha, e fui me trocar, já havia me decidido, naquele dia, eu iria conquista-la, ela iria ceder, ela se entregaria e seria minha somente minha, só precisa faze-la admitir para se mesma o quanto ela gostava de mim. Coloquei uma rupa bem sensual, meu jeans favorito, com uma blusa preta bem colada que marcada e deixava meu peitoral definido a mostra, deixei seus três primeiros botões abertos para deixa-la ainda mais louca, afinal era isso que eu queria enlouquece-la. Entrei pela janela do quarto de Elena, ela estava tomando banho, pude perceber pelo barulho do chuveiro no banheiro que ficava bem perto do quarto dela, deitei sobre a cama dela, e senti seu cheiro, aah, seu cheiro, aquilo me enlouquecia, a sensação de que ela estava ali do meu lado, exibindo aquela colônia que ela sempre passava, que tinha um cheiro doce, bem refrescante, paracido com o de uma jasmin. A maçaneta se mecheu então me controlei e abri meu sorriso torto, e fiquei olhando-a os olhos, bem profundamente, ela se assustou e disse:
_DAMON! Oque você está fazendo aqui? – fui surpreendido por Stefan que vinha logo atraz dela também enrolado em uma toalha, fiquei sem ação, eu apenas abaixe minha cabeça e sai bem rápido pela janela.

Elena:
Aquilo estava me matando, deveria ser proibido alguém ser tão..tão PICANTE! Aqueles olhos aah, aquelas piscina de água azul, eles me deixavam loucos, principalmente quando ele ainda fazia aquele sorrisinho, aiaiai, ele conhecia muito bem minhas fraquezas, PERA, eu estava falando do Damon, meu cunhado! Aquilo não podia estar acontecendo, logo depois de um banho com meu namorado eu estava pensando no meu cunhado?! Eu não sou a Ketherine, repetia a mim mesma, mesmo duvidando cada dia amis daquela afirmação, mas eu simplesmente não podia, aquele amor era proibido, ele nunca poderia existir! Mas a cada dia ficava mais difícil de controlar, ainda mais sabendo que ele me amava, quano estávamos sozinhos ele era tão doce, tão transparente, porque so eu via aquilo?


Stefan:
Eu não sabia mais o que fazer, Elena sabia o quanto o relacionamento dela com Damon me preocupava e estava ficando pior a cada dia, so sabia que eu teria que avisa-la sobre o porão antes de Damon, mas saia que ela nunca suspeitaria dele como eu, ela está.. era tão difícil dizer isso mesmo que so nos meus pensamentos, eu não queria acreditar, mas como negar o que está bem na sua frente? ELENA ESTAVA APAIXONADA POR DAMON, ela apenas não havi assumido isso para ela, mas eu a amava tanto que chegava a doer, so queria a felicidade dela, então simplesmente não podia continuar, estava se tornando torturante para mim, ver os olhares que eles trocavam, as inúmeras vezes que ela se perdia no sorriso dele, eu não podia impedir o amor verdadeiro. Eu iria deixa-la decidir, por mais que aquilo doesse muito em mim.
Elena:
Saia que estava me tornando transparente, estava ficando muito fácil pro Stefan perceber o que eu sentia pelo Damon, e isso o incomodava muito. Eu amo o Stefan, ele me protege, aceita minhas decisões, e fofo, bonito, carinhoso, mais sinto que falta algo mais, falta um pouco de calor, de.. Falta um pouco de Damon no Stefan. Damon, por amis irritante, imprevisível que ele seja, ele me completa, ele me ama de uma forma tão envolvente que me faz sentir uma necessidade de seu toque, eu não apenas queria o Damon para mim, eu queria ser dele mas porque isso era tão difícil se ele me amava? Um amor verdadeiro entre duas pessoas nunca pode ficar escondido! Mas antes eu precisava saber o motivo daquela briga, então decidi que saberia agora, Stefan iria me dizer, ele iria!
_Stefan, agora que você já está mais calmo, quero uma resposta! Qual. o. motivo. daquela. briga.? – Disse o mais seria que pude
_Sabia que você iria me perguntar, Elena primeiramente, preciso te avisar, que não te disse para te proteger..
_ Fale logo Stefan! – disse bem alto e claro
_ Encontramos um porão no centro da cidade com uma lista de pessoas mortas e uma lista de pessoas para matar, e seu nome estava nela, mas eu sei que foi o Damon!
_Porque? Porque o Damon?! E o mais importante porque você não me contou? Quantas vezes eu já deixei bem claro que queria saber de tudo?
_ Me desculpe Elena, eu..eu, não suporto nem a ideia de pensar que alguém pode te ferir, principalmente quando esse alguém e meu irmão!
_Tudo bem Stefan, mas eu confio no Damon ele nunca faria isso comigo, NÃO FOI ELE! – disse essa ultima parte bem acentuada
_Então quem foi?
_ Temos um novo vampiro na cidade! Damon nunca faria aquilo com Jer!





avatar
Nina-Somerhalder

Mensagens : 96
Data de inscrição : 31/07/2012
Idade : 21

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: My Heart Beats For Love

Mensagem por Nina-Somerhalder em Sex Ago 03, 2012 11:51 am

Capitulo 3:

Damon:
Eu estava furioso, furioso comigo por não ter aproveitado a minha oportunidade de ontem, ouvi meu celular tocar era o Stefan:
_ Oi irmãozinho!
_Damon, contei à Elena sobre o porão ela quer procurar o novo vampiro na cidade, você cuida dela enquanto eu o procuro?
_Claro irmãozinho! – Eu não podia acreditar, só podia ser o destino, ele me deu uma segunda chance, uma segunda chance perfeita
_A deixo ai às 7h.
_Mal posso esperar!
Eu tomei um banho quente, pus uma camisa colada e jeans, deixei a camisa com alguns botões abertos, passei uma colônia francesa que era usada apenas em ocasiões especiais, já eram 6:45h, desci bebi uma bolsa de sangue, não podia me sentir fraco perto dela, sentei no sofá e ouvi o carro estacionar, Elena, entrou desacompanhada então fiquei olhando para ela e abri meu sorrisinho e disse de forma doce:
_Obrigada.
_Por?
_Acreditar em mim!
_De nada Damon- ela disse bem suave.
Ela sentou do meu lado e ficamos ali alguns minutos apenas olhando um para cara do outro, eu me aproximei dela, ela não recuou, faltava pouco para que nós nos beijássemos, eu a beijei lentamente e ela correspondeu, foi um beijo inocente, mas perfeito, seus lábios quentes, e doces, aah, eu esperava por aquilo a tanto tempo, eu me senti realizado, quando nos separamos ela ficou com a cabeça baixo, percebi que ela estava com vergonha, com apenas um dedo, levantei de forma leve e doce seu rosto me arrepiei so de tocar sua pele aveludada, disse baixinho:
_Eu te amo!
Elena ficou com as bochechas vermelhas e me dei um selinho bem doce, eu percebi que ela almejava aquilo tanto quanto eu. Ela deitou no meu colo e ficamos ali, durante mais ou menos 1h, eu fiquei fazendo cafune nos seus lindos e longos cabelos, até que ela olhuo nos meus olhos e disse:
_Eu também te amo.
OUÇA MY HEART BEATS FOR LOVE - MILEY CYRUS
Aquilo fez com que eu me sentisse no céu, como era possível? Aquelas simples três palavras dizerem tanto? Já havia ouvido tantas mulheres lindas dizerem aquilo para mim, inclusive Ketherine, mas daquela vez fora diferente, meu corpo arrepiou-se por completo, finalmente, eu havia escutado aquilo saindo da boca de Elena.

Elena:
Eu havia mesmo dito aquilo para Damon? Ele me conhecia como ninguém, mas será que eu realmente estava apaixonada pelo meu cunhado? Eu havia me tornado Ketherine, mas principalmente eu havia traído Stefan. Mas naquele momento não queria pensar em nada daquilo queria apenas sentir, naquele momento não era mais a Elena do inicio do ano, que odiava Damon com todas as minhas forças, eu me sentia diferente me sentia livre, completa, aquele beijo me deixou nas nuvens, os lábios macios e ao mesmo tempo cheios de desejo dele, eu os desejei tanto. Mas de uma coisa eu sabia, eu não poderia ficar com os dois, eu teria que contar para Stefan, mas como? Não podia simplesmente dizer: “amor eu amo seu irmão” e causar uma explosão nuclear, eu estava confusa e precisava de tempo para pensar, mas eu sabia de duas coisas:
-Eu não me arrependia do que eu acabara de fazer.
-Eu ainda sinto algo pelo Stefan
O grade problema é que as duas coisas juntas não eram praticamente nada, minha cabeça estava explodindo, ate que Damon disse:
_Stefan está chegando.
EU me levantei e fui recebe-lo, dei um abraço nele, ele tentou me beijar mas não podia deixar naquele momento então disfarcei e deixei que ele me desse um beijo na bochecha. Ate que Damon perguntou:
_O que descobriu ?? É uma gangue de esquilos revoltadas?
_Bem que eu queria -disse Stefan para a minha surpresa – Temos umA original na cidade, Rebecca.

avatar
Nina-Somerhalder

Mensagens : 96
Data de inscrição : 31/07/2012
Idade : 21

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: My Heart Beats For Love

Mensagem por Nina-Somerhalder em Sex Ago 03, 2012 10:56 pm

Capitulo 4:

Elena:
Fiquei nervosa, não bastava termos derrotados Klaus e levado tanto tempo preocupados com aquilo? Mas o mais importante, eu não sei porque mas me sentia ameaçada, e o pior era que sentia essa ameaça perante ao meu cunhado e a assacina que me queria morta, minha vida realmente não era NADA comum, e as vezes eu tentava me arrepender, sabia que aquilo eram apenas consequências das minhas escolhas e que se eu não as tivesse feito daquela maneira, Stefan, mas principalmente, DAMON, eu não o teria conhecido, e portanto não me arrependia de nenhuma das minhas escolhas. Eu queria contar ao Stefan o quanto antes porque, se ele não descobrisse por mim, tinha a absoluta certeza, que seria pior.
Mas voltando ao assunto, EU REALMENTE ESTAVA ME SENTINDO AMEAÇADA POR REBECCA, o pior era que eu não sabia porque, eu sabia o quanto Damon me amava e mesmo assim sentia aquela sensação ruim, eu queria contar hoje ao Stefan, mas não sabia se iria conseguir, a final, eu amei-o de verdade por um tempo e não queria perder aquela amizade, na verdade aquele ponto da minha vida não queria perder ninguém, absolutamente ninguém, mas eu não podia ser egoísta com Stefan, ele tinha que saber, ele precisava ser livre.
Stefan me convidou para passar a noite ali, eu aceitei, e pensei que poderia ser a oportunidade perfeita.

Damon:
Eu queria simplesmente tê-la em meus braços em meus braços para sempre, e pela reação dela ao meu toque, ela desejava o mesmo, era como se nosso corpo e alma se fundissem em um só, era uma sensação única, que só era possível de obter quando estávamos juntos, porque nossa alma e corpo, nossa personalidade, nós éramos altamente compatíveis, aliás nos SOMOS compatíveis, e espero que sempre sejamos. Mas aí, tive que voltar a realidade, ela ainda não era minha mas sabia que seria, eu iria conquistá-la e nunca tive tanta certeza, e força de vontade disso, eu a amava e queria possui-la.
Quando meu irmãozinho perguntou à ela se ela gostaria de passar a noite ali, eu a olhei com meu sorrisinho que sabia que ela tanto gostava, Stefan avisou que iria tomar banho, e convidou Elena para ir junto, mas ela disse que estava com muita fome e iria comer antes, para ir sem ela, e descer quando ele acabasse o banho, não sei se era eu, ou senti que Elena estava um clima muito frio naquele lugar, mas meu irmão como sempre, haha, ele simplesmente disse: “ Claro amor” e subiu. Imagino que seja isso que Elena sinta falta em Damon, fogo, ação, discórdia, ironia, tudo aquilo que me fazia tão diferente e especial , e meu charme é claro suhusaha! Quando me dei conta Stefan já estava no banho e Elena veio falar comigo e me disse:
_Eu vou contar pro Stefan hoje. – E subiu me mandando beijos no ar, eu me abanei como se estivesse morrendo de calor, ela como sempre riu das minhas piadas, o que realmente me deixava muito satisfeito, seu sorriso.

Stefan:
Oque estava acontecendo entre Damon e Elena, só sabia que o que havia acontecido entre mim e Rebecca no passado não poderia ser descoberto pelos dois. Eu estava começando a me preocupar com minha Elena, minha doce Elena, o que me preocupava era esse “meu”, sentia que poderia chamá-la de minha por pouco tempo, e isso me frustrava, porque eu realmente à amava, mas sabia que a relação entre ela e Damon já não podia amsi ser chamada de amizade.
Elena:
Subi para o quarto de Stefan e coloquei 2 cobertores na cama, tentando nos manter separados durante a noite, afinal não podia transar com ele sentindo toda aquela culpa e o mais importante, não podia transar com ele sem amá-lo, afinal meu amor por Stefan já não podia ser mais chamado assim, amar e algo intenso e especial, que certamente não era o que eu sentia por Stefan, mas com certeza era o que eu sentia por Damon, porque ele tinha que estar em todos os meus pensamentos de alguma forma? Porque o amor que eu sentia por ele era tão quente e envolvente? Porque amá-lo era tão complicado? Essas perguntas ecoavam na minha mente sem resposta. Mas eu já havia me descido, eu queria o irmão mais velho, mesmo que isso fizesse com que eu me sentia culpada, meu amor por Damon era maior, era maior que tudo, e com ele, quando eu estava envolvida nos seus braços, viajando no seus olhos e sorriso enlouquecedores, não havia espaço para culpa no meu corpo.
Stefan saiu do banho eu estava deitada em sua cama, com um shortinho que usava para dormir e uma blusa, bem comuns e nada provocantes, esperei ele se trocar e disse:
_ Stefan eu preciso conversar com você.
_ Eu também amor.
_Você primeiro.
_VOCÊ primeiro – Stefan disse com um ar preocupado
_Juntos?
_Ok.
_PRECISAMON TERMINAR – falaram os dois rápidos e no fim soltaram um suspiro de alivio
_Porque? – EU disse um pouco confusa e enciumada (n me pergunte porque)
_ Porque você não me ama mais você ama o Damon e eu quero vê-la feliz.
_Vou até Damon dar a noticia à ele. Sem ressentimentos?
_ Sem ressentimentos!








avatar
Nina-Somerhalder

Mensagens : 96
Data de inscrição : 31/07/2012
Idade : 21

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: My Heart Beats For Love

Mensagem por Nina-Somerhalder em Sab Ago 04, 2012 1:15 pm

Capitulo 4: continuação (minha primeira cena hot Embarassed desculpem ficou pessimo porque não levo jeito nenhum para a coisa)

Elena:
Caminhei pelo corredor e bati na porta do quarto do Damon:
_Entra Leninha
Quando eu entrei ele estava só com uma cueca box branca, e todo molhado, deixando ele mais sexy do que o normal, eu havia perdido a respiração mas tinha que me concentrar e dar a noticia à ele.
_Damon, eu contei ao Stefan, mais ou menos na verdade... – e contei exatamente o que havia acontecido.
_ Que bom, porque agora posso fazer isso sem sentir culpa – deu um sorrisinho malicioso.
_ E o que você pode fazer? – perguntei ingênua, com dedinho na boca para provocá-lo.
_ Isso – Ele disse enquanto corria em super-volocidade em volta de mim tirando minha blusa, ele me pegou no colo e me jogou na cama, ele me beijava intensamente, a cada instante o beijo se tornava mais selvagem ele acariciava meus longos cabelos e eu arranhava de leve as costa musculosas dele. Ele afastou seus lábios do meu com toda a delicadeza e começou a beijar meu maxilar, desceu pelo meu pescoço e mordiscou minhas orelhas sussurrou eu meus ouvidos com seu hálito quente:
_ Hoje você é só minha.
Meu corpo estava mole, eu estava quase delirando, até que ele atingiu meu ponto fraco, ele passou a língua atrás das minhas orelhas, eu gemi baixo nos ouvidos dele, ele estava satisfeito deu um sorriso malicioso e continuou, ele voltou os lábios para a minha boca, e me beijou loucamente, foi um beijo intenso, cheio de prazer, ele mordiscou levemente meus lábios inferiores sem perfurar a pele, e voltou a beijar meu pescoço, foram beijos um pouco mais lentos, eu podia sentir as presas dele roçando na minha pele ele desceu mais um pouco e apalpou meus seios, massageando-os levemente, ele abriu o feixe do meu sutiã de renda e jogou longe, ele começou a beijar entre meus seios o que me deixava louca então ele subiu até meus mamilos e passou a língua sobre eles depois ele os beijou e deu pequenas mordidinhas eu dei um grito, não aguentava mais eu gemia:
_ Damon...
Ele deu um sorrisinho malicioso que eu tanto amava, decidi que iria tortura-lo também.
_Minha vez de te torturar.

Damon:
Eu estava muito satisfeito sabendo o que meu toque podia fazer com ela, ela me virou e deitou-se sobre mim, entrelaçou os seus dedos entre meus cabelos e mordicou minha orelha, desceu beijando meu pescoço, e depois desceu suas mãos até minhas coxas, ela as apertava e acariciava enquanto beijava todo meu abdômen, eu estava ficando louco de prazer mas eu não podia perder o controle, ela tirou minha cueca boxer, ela continuo com as mãos na minha coxa e continuou beijando meu abdômen subindo e descendo rapidamente ela então ela desceu um pouco mais ela começou a beijar à a parte que eu mais desejava, aah, ela estava me enlouquecendo de prazer eu não estava mais aguentando e gemi baixo no ouvido dela. Assumi o controle novamente, eu a virei de costas, e comecei a distribuir beijos demorados por todas as curvas dela, subi mais um pouco e beijei seu pescoço ela gemou baixo em meu ouvido, virei-a de frente de novo e desci até seus seios massageando-os com minha língua, ela gemia meu nome e eu adorava aquilo, no momento a única coisa que nos separava, era a calcinha de renda que Elena usava eu a tirei com a minha boca, e a joguei longe eu passei minha língua pela sua parte, ela gritou meu nome alto, ela não aguentava mais, ela inverteu o jogo ela rebolava sobre mim enquanto meu beija e arranhava meu peitoral, eu também não aguentava mais e gemi alto, estávamos exautos então subi em cima dela e penetrei, comecei devagar e fui aumentando o ritmo ela gemia meu nome bem baixo, demos um beijo muito selvagem e intenso e sussurrei rouco na orelha dela:
_ Eu te amo.
_Eu também te amo – ela disse bem baixo quase sem voz
Caímos exaustos na cama ela se aninhou no meu peitoral e dormiu rapidamente enquanto eu passava a mão em seus cabelos.
Elena:
_Bom dia – disse dando-lhe um selinho
_Bom dia – Damon disse me beijando ternamente
Ficamos ali, um tempo com ele me fazendo cafuné, eu não queria sair dali nunca queria ficar ali para sempre, me sentia segura, envolvida nos braços dele. Nos beijamos mais uma vez, e Damon levantou:
_ Onde você vai amor?
_ Encher a banheira, precisamos de um banho.
Damon encheu a banheira com água quente e me buscou levando-me no sue colo, colocou-me na banheira e entrou logo depois, ele pegou a esponja e me e passou nas minha costas bem devagar, e depois me deu um beijo bem romântico. Sorri. Fiz o mesmo com ele e depois me levantei me enxuguei e coloquei somente uma camisa dele, que servia como um vestido para mim, fui até a cozinha e servi um copo de suco de laranja para mim, bebi e subi, Damon estava semi-vestido com uma calça e deitado na sua cama, eu deitei e disse, beba, dando-lhe meu pulso, sabia que ele queria, além de que eu queria ser dele de todas as maneiras possíveis. Senti uma leve dor no começo mas depois eu conseguia ler seus pensamentos, e vi o quanto ele me amava, por mais que eu já soubesse, era diferente, saber daquela forma era reconfortante. Ele parou e lambeu com todo cuidado os dois pequenos furos fechando-os, e depois me beijou.
Levantei, coloquei um jeans e uma blusa preta com um decote fundo em renda, coloquei uma sandália de salto preta. Damon colocou uma camisa cinza e deixou os três primeiros botões abertos.
Descemos e encontramos Stefan com....








avatar
Nina-Somerhalder

Mensagens : 96
Data de inscrição : 31/07/2012
Idade : 21

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: My Heart Beats For Love

Mensagem por Nina-Somerhalder em Dom Ago 05, 2012 7:52 pm

GENTE VOU PARAR COM A FIC. QUASE NINGUÉM TÁ LENDO ENTÃO...SORRY Sad
avatar
Nina-Somerhalder

Mensagens : 96
Data de inscrição : 31/07/2012
Idade : 21

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: My Heart Beats For Love

Mensagem por Nina-Somerhalder em Ter Ago 07, 2012 8:09 pm

A PEDIDO DE VCS ESTOU DE VOLTA /O
Very Happy
ps: desculpa o capitulo ser pequeno


Capitulo 4: continuação
Elena:
REBECCA! Stefan estava na sala da “MINHA” (a escritura estava no meu nome) casa beijando a mulher que queria me matar! Naquele momento senti uma pontada de ciúmes, Damon que abraçou bem forte, era como se ele quisesse me lembrar de que agora eu era SOMENTE DELE, eu me lembrei, eu havia terminado com ele, ele tinha todo o direito de fazer aquilo, por mais que preferia que fosse com qualquer outra pessoa, mas tudo bem, afinal eu fiquei com o IRMÃO dele. Era completamente justo, mas eu decidi retrucar, puxei Damon pra mais perto e o beijei com todo o meu amor por ele, quando finalmente tirei meus lábios dos dele, Stefan e Rebecca também já tinham parado de se beijar. Todos ficaram sem ação por um momento. Então Rebecca disse:
_ Olá Elena, ou será que deveria te chamar de Katherine? Sua vadiazinha, você é exatamente como ela, alias você é pior do que ela, você se esconde e quando estamos menos preparados você da o bote. Sua vadia.
Damon rosnou, se aquela briga acontecesse alguém sairia muito machucado, e considerando o fato de que Rebecca era uma original, Damon tinha chances quase nulas. Stefan se pôs entre os dois e disse:
_ Calma, Rebecca não precisava provocar né? Afinal, nos concordamos com isso, eu e Elena concordamos que seria melhor terminar, e continuamos amigos. E Damon, não seja estúpido, Você IA perder.
_Certo – dissemos todos juntos.
_Elena poderia ter a honra de que a você me acompanhe? – Damon disse alguns instantes depois
_ Posso saber onde vou acompanhado, cavalheiro? – disse entrando na brincadeira
_ Não! – Ele disse rindo enquanto me pegava no colo e me levava sei lá para onde
Damon:
Queria mostrar para Elena um lugar que era só meu, só eu sabia onde ficava, havia descoberto ele em 1864, um humano não conseguiria passar, você tinha que entrar na floresta, e bem no meio da selva, havia uma arvore enorme, você subia até o topo, pulava para o outro lado, e pronto era como um forte que aparentava ter sido construído a centenas de anos, de la, era possível obter uma vista incrivelmente maravilhosa, quando chegamos lá eu disse:
_Gostou amor? – Com aquele meu sorrisinho
_ É maravilhoso, quando você descobriu isso?
_ Em 1864, enquanto a Kath estava com o Stefan eu não tinha nada para fazer e encontrei esse lugar, só eu sabia dele até agora, então é nosso segredo?
_ Sim, claro amor – e ela me beijou ternamente
Stefan:
Por mais que eu não quisesse admitir, eu não me senti bem ao ver Elena e Damon se beijando, mas eu não podia fazer nada, afinal eu também estava beijando Rebecca. Mas eu tinha um motivo para aquilo, um motivo do qual apenas eu sabia, aquilo era para proteger Elena, era para que Rebecca ficasse distraída, se apaixonasse eu enviasse uma adaga nela. Uma adaga que ninguém sabia que eu possuía também, afinal eu simplesmente a encontrei, sabia que n era a adaga utilizada em Klaus porque a dele tinha um detalhe em roxo e aquela um detalhe em dourado. (cada uma era de uma cor, já havia lido sobre isso em um diário)
Fui tomar banho eu tinha um encontro com Rebecca naquela noite. Coloquei um jeans preto com uma blusa de malha cinza claro, que destacava meu abdômen definido. Faltavam quinze minutos para a hora marcada para nos encontrarmos no Gril, desci e fui para lá.












avatar
Nina-Somerhalder

Mensagens : 96
Data de inscrição : 31/07/2012
Idade : 21

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: My Heart Beats For Love

Mensagem por Nina-Somerhalder em Qua Ago 08, 2012 7:57 pm

Capitulo 5:

Stefan:
Cheguei no Grill, e vi Rebecca, ela estava incrível, sempre à achei bonita, mas naquele momento ela estava mais do que o normal, ela estava toda maquiada e produzida, e era para mim, toda aquela beleza podia ser minha, me peguei realmente acreditando na minha própria mentira, EU TINHA QUE ESTAR UM PASSO A FRENTE DELA.
_ Oi – Disse Rebecca
_ Oi, você está linda.
_ Obrigado, você também.
A noite foi bem calma, não ficamos bêbados, mal nos beijamos, e conversamos muito, sobre, tudo, sobre o amor, sobre o ódio, sobre nossas vidas como humanos, sobre como e bom amar, sobre como é ruim amar, sobre o Damon, sobre o Klaus, sobre mim, sobre ela, quando olhei no relógio eram 00:00 em ponto, ela disse que precisava ir, e eu acompanhei-a até em casa, nos despedimos e fui para casa, chegando lá, Damon, estava cozinhando para Elena, não via Damon tão feliz e animado a muito tempo, Elena realmente mudava as pessoas.

Damon:
Ela me mudava, ela fazia tudo o que havia bom em mim vir a tona, com ela era tão difícil esconder, era tão difícil gritar. Tudo era difícil até amá-la, já havia sido difícil, mas não mais, sabia que ela correspondia tudo o que eu sentia por ela, e aquilo me deixava completamente... Feliz, sim eu pela primeira vez fui feliz em muito tempo. Naquela noite disse a ela que prepararia o jantar, estava fazendo uma comida italiana, que minha mãe havia me ensinado quando eu era bem jovem. O prato se tratava de um escalope de file mignon ao vinho tinto, minha mãe adorava aquele prato, espero que Elena goste, para a sobremesa, derreti chocolate e comprei morangos frescos. Coloquei a mesa, apaguei as luzes e acendi velas por toda a casa, queria que fosse muito romântico. Elena estava no meu quarto disse, que seria tudo surpresa e que quando estivesse pronto eu chamaria ela, como havia prometido, fui até o quarto, disse para ela por a roupa que estava em uma caixa que eu havia entregado para ela, ela disse que tudo bem, Elena estava vestida com uma roupa que já havia pertencido a Katherine e eu estava com um terno antigo meu, como os que eu usava em 1864, fiz tudo como deveria ser feito, pedi a mão dela, e descemos a escada caminhando vagorosamente, puxei a cadeira para ela, e sentei-me na cadeira da frente, o filé estava quase pronto.
_ Está perfeito Damon, não precisava de tudo isso.
_ Claro que sim, como eu já havia dito, você iria gostar mais de mim em 1864 – sorri “daquele jeito”
_ Eu te amo – Elena disse baixinho
_Eu também te amo – Disse ohando bem no fundo dos olhos dela.
_ A comida está pronta, vou busca-lá.
Trouxe dois pratos que já havia montado, o file estava acompanhado de uma pequena tortinha. Havia também um pouco de salada, coloquei os pratos na mesa, e trouxe um vinho que eu tinha guardado para uma ocasião especial, uma garrafa de vinho italiano, que guardara quando vim para a América. Com duas taças. Coloquei-as na mesa e servi nossos copos, sentei-me, Elena disse:
_Então chefe, sexy, lindo, maravilhoso, vampiro, mais perfeito de todos os tempos, como se chama esse prato espetacular?
_Minha maravilhosa, linda, sexy, humana, espetacular Elena, esse e um típico um escalope de file mignon ao vinho tinto italiano,
_Hmmm, delizioso.
_ Si può parlare italiano?
_ Un po 'd'amore.
Dei um selinho nela. Sorrimos. Quando acabamos de comer eu disse:
_ Dessert tempo
_Hmmm, di cosa si tratta?
_Morango com chocolate - apareci com uma fonte de chocolate e em outra mão uma vasilha com morangos. Peguei um com a boca, bem selvagem, passei no chocolate, e deixei que ela mordesse. Ficamos ali, que nem duas crianças, fazendo isso, já estávamos ali a mais de uma hora. E então Elena sussurrou:
_Que noite linda.
_ Você é mais – disse serio
Demos uma pequena risada, e nos beijamos apaixonadamente, não foi um beijo selvagem, cheio de luxúria, foi um beijo terno, e apaixonado, nos afastamos calmamente, envolvi-a em meus braços e ficamos na janela olhando para o luar.




avatar
Nina-Somerhalder

Mensagens : 96
Data de inscrição : 31/07/2012
Idade : 21

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: My Heart Beats For Love

Mensagem por Nina-Somerhalder em Qui Ago 09, 2012 10:57 pm

Capitulo 6:
(gente desculpem o tamanho da capitulo, prometo que amanhã tem continuação dele no fds terão muitos capitulos)

Elena:
Eu e Damon fomos nos deitar, me aninhei nele e adormeci rapidamente. Acordei com ele dizendo:
_Bom dia minha princesa.
_Bom dia amor.
_O que você quer fazer hoje?
_Estava pensando, podíamos ir até o nosso “esconderijo secreto”?
_Como quiser princesa. – Ele disse e me deu um beijo na testa.
Levantei e tomei um banho, o dia estava muito quente, coloquei um short jean e uma blusinha vermelha básica. Damon pôs um jeans básico com uma camisa preta. Descemos ele serviu sangue de uma bolsa em um copo e tomou, eu tomei um copo de suco de laranja. Procurei por Stefan mas n o vi, pensei que ele deveria ter saído e não me preocupei. Damon me pegou no colo e em alguns segundos estávamos lá, no lugar mais bonito que eu já havia visto, era tudo tão magico, e Damon percebeu o quanto eu gostei daquele lugar. Ele disse:
_Você realmente gostou daqui não?
_Como não gostar? Olha que lugar maravilhoso.
_É sim.
Ele me puxou pela cintura e ficamos ali sentados, eu com a cabeça no ombro dele e ele com a mão na minha cintura. Ficamos um bom tempo ali admirando a paisagem. Até que ele me pediu para que eu fosse com ele até um lugar, não quis me dizer para onde, mas acabei concordando.
Ele pediu para que eu fechasse os olhos concordei, ele me pegou no colo e correu em alguns segundos ele disse : “pode abrir’ , eu avistei uma linda cachoeira:
_Você também descobriu um reino subterrâneo quando criança? – rimos
_Não, mas aposto que encontro um – ele disse convencido
Ele tirou a camisa e a calça e ficou só com uma cueca box, pulou na água e me chamou:
_Sua vez Leninha.
_Neeem, a água deve estar congelante
_Não me obrigue a ir até ai amor!
_ Já estou obrigando – mal acabei de dizer a frase vi apenas um vulto e quando me dei conta já estava dentro da cachoeira, eu joguei água nele e disse:
_Chato!
_Chato, mas seu chato!
_Nisso você tem razão – disse e beijei-o
Ficamos ali a tarde toda, feito crianças, jogando água um no outro rindo, foi ótimo. O sol estava começando a se por, saímos da agua e nos trocamos. Damon me levou de volta para casa. Eu tomei um banho lavei a cabeça e pus um moletom, ele saiu do banho e me disse:
_Levante-se e se arrume vamos sair hoje a noite.
_Posso saber onde vamos senhor mistério?
_ Não.
_ A é, então que roupa eu devo vestir para ir, não sei onde?
_ Coloque um vestido longo.
Damon colocou um terno e descemos, entramos no carro.

Stefan:
Passei a noite com Rebecca, vimos filmes, conversamos, eu realmente acho que eu estou me apaixonando por ela, mas isso não podia acontecer, eu tinha que manter o foco, tinha que proteger Elena. Mas eu não conseguia a gente não manda no coração. Decidi esclarecer as coisas com Rebecca:
_ Rebecca, eu realmente gosto muito de você, mas isso só vai funcionar se você deixar elena em paz.
_ Stefan, tudo oq eu sempre fiz para Elena foi para ter você, com você ao meu lado, nada daquilo será necessário..eu..eu .. EU TE AMO STEFAN SALVATORE






avatar
Nina-Somerhalder

Mensagens : 96
Data de inscrição : 31/07/2012
Idade : 21

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: My Heart Beats For Love

Mensagem por Nina-Somerhalder em Dom Ago 12, 2012 8:52 pm

Capitulo 6: continuação: Gente, decidi que vou escrever a fic toda em um tópico só. Smile . Como sugestão da Lu, vou envolver um pouco de feitiços, rituais na fic. Me digam se gostaram!
ps: Capitulo minusculo, mas importante, desculpem pelo tamanho dos capítulos, eu acho melhor de ler quando eles estão menores, mas se vocês preferirem posso escreve-los maiores, digam como preferem por favor.

Stefan:
Fiquei chocado, e o pior eu tinha que dizer alguma coisa, eu à amava? Será, não, eu ainda não tinha esquecido a Elena, e a voz de Katherine veio na minha cabeça “você pode amar duas pessoas de uma vez”, eu então finalmente consegui dizer alguma cisa:
_ Eu também te amo. – Eu disse para Rebecca que eu a amava, sim, eu fiz isso. – Mas saiba, que eu ainda sinto algo pela Elena, e não conseguiria viver ao seu lado se você à machucar.
_ Não se preocupe com isso – Disse rapidamente.
Ela ia tentar dizer amis alguma coisa mas eu à calei com um beijo, foi um beijo intenso, apaixonante, naquele momento tive certeza de que eu à amava.

Damon:
Levei Elena para o único baile que descobri existir naquela data aos arredores de Mystic falls. Eu sempre quis levar Ketherine ao baile dos fundadores, mas quem fez isso foi Stefan, e desde então, sempre quis isso, era algo que sempre quis fazer ao longo dos anos, mas sabia que seria apenas com a garota que eu amasse. Por muito tempo quis levar Katherine à um baile, até conhecer Elena. Minha doce Elena.
_Chegamos princesa.
_Damon onde estamos?
_Em um baile.
Ela ficou me encarando confusa, eu disse abrindo a porta do carro:
_Posso ter a honra em acompanha-la?
_Claro – Elena respondeu doce.
Eu a peguei no colo e ela riu. Levei-a no colo até a entrada. Entramos. E demos de cara com Caroline beijando KLAUS! Mas aquilo era impossível, Klaus estava morto. Como assim, além do mas Caroline estava namorando o Tyler e ela o amava ela nunca faria isso com ele. Elena estava em estado de choque, eu também, no 4 nos entreolhamos até que Caroline disse:
_Elena?
_Sim Caroline sou eu. Mas no momento não é sobre mim que eu quero falar. E KLAUS?
_Sim querida. – ele disse
_ Você deveria estar morto.
_ Sua amiga Caroline, me salvou, ela doou sangue num ritual antes de que eu morresse para que isso acontecesse. EU ESTOU DE VOLTA.
_Caroline? Como você pode fazer isso comigo ? _ Elena disse com os olhos cheios d’água
_Elena – Ela disse de cabeça baixa. – Eu o amo. – E ele prometeu que te deixaria em paz.
_ E você acredita nele? –explodi
_Sim – Caroline disse confiante – Elena você é minha amiga e sabe que eu não faria nada que te prejudicasse
Olhei para Elena ela parecia acreditar nele. Então para mim estava tudo bem.
_Damon vamos para casa por favor amor? Não estou com clima para festas...
_ Claro princesa.
Fomos para o carro. Ficamos em silencio o tempo todo, o clima estava pesado. Até que Elena disse seriamente:
_QUERO QUE VOCÊ ME TRANSFORME.
avatar
Nina-Somerhalder

Mensagens : 96
Data de inscrição : 31/07/2012
Idade : 21

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: My Heart Beats For Love

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum