Parceria
SIGMA CAMISETAS
Votação

Quem você quer entrevistar?

Ser amado eternamente ... será que é pedir de mais ? ( Por Samara e Bruuh ) I_vote_lcap64%Ser amado eternamente ... será que é pedir de mais ? ( Por Samara e Bruuh ) I_vote_rcap 64% [ 9 ]
Ser amado eternamente ... será que é pedir de mais ? ( Por Samara e Bruuh ) I_vote_lcap36%Ser amado eternamente ... será que é pedir de mais ? ( Por Samara e Bruuh ) I_vote_rcap 36% [ 5 ]

Total dos votos : 14


Ser amado eternamente ... será que é pedir de mais ? ( Por Samara e Bruuh )

Ir em baixo

Ser amado eternamente ... será que é pedir de mais ? ( Por Samara e Bruuh ) Empty Ser amado eternamente ... será que é pedir de mais ? ( Por Samara e Bruuh )

Mensagem por Samara_Salvatore em Sab Abr 28, 2012 1:54 pm

Nome da fic : Ser amado eternamente ... será que é pedir de mais ?
Classificação : livre ( não tenho criatividade para fazer cenas mais elaboradas )
Tipo : romance , comedia , ação e etc ...
Shipper : Delena ( Fato kk )
Personagens : Damon / Elena / Samara ( kk ' eu , nao podia faltar ) / Stefan e varios outros personagens que vão ser muitos .
Resumo : Damon passou muito tempo sozinho até encontrar a pessoa certa , só que ela é namorada do seu irmão . O que fazer ?
Ser amado eternamente é pedir de mais ?


Gente essa é a minha primeira fic , espero que gostem e não deixem de comentar ( mesmo quando for critica ) Very Happy

Posto o primeiro capitulo se alguém gostar ! Beijos .

Quem quiser comentar só entrar Aqui

Capítulo 1 - Amigos , apenas amigos ... ou mais que isso ?

Capítulo 2 - Outra pessoa em minha vida


Última edição por Samara_Salvatore em Qui Jun 21, 2012 11:21 pm, editado 3 vez(es)
Samara_Salvatore
Samara_Salvatore

Mensagens : 11
Data de inscrição : 28/04/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ser amado eternamente ... será que é pedir de mais ? ( Por Samara e Bruuh ) Empty Re: Ser amado eternamente ... será que é pedir de mais ? ( Por Samara e Bruuh )

Mensagem por Samara_Salvatore em Ter Maio 01, 2012 10:46 am

Gente só passando aqui para avisar que a fic começa desde antes dos irmãos Salvatores serem vampiros . Antes de eles conhecerem Katherine .

Ah essa fic é so na visão de Damon .




Capitulo 1 - Amigos , apenas amigos ... ou mais que isso ?


Estavamos brincando até que Marina desapareceu ao meio de tantas arvores que abtavam no bosque ao lado de minha casa .
Como estava começando há escurecer , começei a ficar preocupado . O que diria aos seus pais ? Que retirei ela da segurança da sua casa para se perde ao imenso bosque ?

Não . Teria que arrumar outra desculpa até encontrar ela . Seus pais me matariam se soubessem a verdade e meu pai também me mataria se eu desse mais algum motivo para ele me achar um inresponsavel e Stefan o filho perfeito .

Stefan . Ele poderia me ajudar a encontra-la . Isso Damon boa ideia mesmo , logo depois que ele a encontrasse , ela iria ficar toda agradecida á ele .

Não , a Marina é só minha . Não quero passar os anos da minha vida tendo que dividir o amor dela com Stefan .
Começei a correr e gritar o nome dela . Ela não poderia ter ido tão longe . Era impossivel já que nó já estavmos acostumados a brincar nesse bosque sempre desde pequenos .

A não ser que ela querrese se perde ... impossivel . Marina levava uma boa vida . Otima vida .
Sendo a unica filha de uma das familias mais ricas da região . Era bem tratada por todos . Era linda e todos homens a desejavam .

Rosnei . Me dava raiva ao saber que tinha uma fila de homens atrás de mim só esperando eu fazer alguma besteira .
Mas ele que esperem deitados , por eu nunca vou fazer nada que magoa-se a minha amada Marina .

Sempre tive medo da morte . Mas ao lado dela esse medo sumia . Poderia muito bem construir uma familia com ela e envelher ao lado dela . Ela semplismente me trazia essa tranquilidade .

Com esses pensamentos estava ficando aflito . Com quem mais posso me casar a não ser com ela ? Ninguem . Eu era dela e ela era MINHA .

E não de Stefan ou de outros homens que a rodiavam . Sentei numa pedra que havia no meio do bosque . Já tinha escurecido e estava sem voz de tanto gritar .

Naquela redondeza havia muito ladrões . Não eera uma boa hora para ficar perambulando no bosque . Mas eu tinha que achar Marina primeiro . Eu devia isso a ela .

Começei a ouvir som atrás do arbustos , uma sombra correu atrás de mim . Já estava com muito medo , mas eu iria encarar qualquer coisa pela Marina . O som foi ficando maior ... maior até que ...

- BUUUH - Marina apareceu rindo na minha frente , caiu no chão e começou a dar gargalhadas e mas gargalhadas - você tinha que te visto a sua cara de medo ... - ela parou para rir e depois continuo - foi muito engraçado . Olha quem dira que o Senhor Salvatore ficou com medo de um simples barulhinho na floresta . Isso iria acabar com sua reputação .

Fiquei olhando para ela . Esse era um dos principais motivos de eu amar tanto ela . Ela tinha uma coisa que eu amava ... ser engraçada até nas horas dificies .

Sua mãe estava com uma doença terminal e sabia que qualquer momento ela poderia receber a noticia do falecimento de sua mãe .
Mas mesmo assim continuava alegre . Coisa que raramente eu via numa pessoa .

- Tá bom , vai sonhando menina . Eu com medo ? claro que não . Só estava preocupado com você . VocÊ sumiu no nada do bosque . Estavamos brincando e derrepente você sumiu , aonde estava ?

Ela parou de rir e me olhou . Abaixo a cabeça . Sabia que não iria gostar da resposta .

- Com Stefan . - Aquela simples e pequena resposta acabou comigo - sinto muito , ele me chamou e eu não soube dizer não .

- Ah é , e eu ? Porque não me avisou , você teria poupado meu precioso tempo . Nem sei porque ainda estou aqui .

Sai andando , estava decpcionado . Sempre que eu me apaixonava , Stefan ia e roubava ela de mim com aquela jeito docê dele . Mas porque estava tão triste , agente era amigos ... apenas amigos não é ? Claro que é . Você que é um tolo de pensa ao contrario .

- Damon espera - ouvi ela correr e gritar ao mesmo tempo .

Não sabia o que fazer . Eu esperava para ver o que ela queria ou seguia em frente ? Esperava . Se eu seguisse em frente , iria me arrepender .

- O que você quer ?

- Vou fala o que eu falei com Stefan hoje . Estava fazendo ele intender que eu amo outro . E não há mais ninguem que substituira ele no meu coração .

- Adeus Marina . Desde pequeno eu te me amei e você nem ligava para mim , agora você fica falando de outro , você é muito sangue frio mesmo .

- Seu bobo. É você que sempre amei e sempre vou amar . Desde pequena eu sempre tive uma quedinha por você , mas você é muito ... assim , e sempre tive vergonha de dizer .

Não sabia o que pensar , não sabia o que fazer . Foi por puro impulsso . Agarrei Marina e deu um beijo demorado nela .
Foi como uma mistura de sentimentos . Felicidade , amor , amizade , desejo . Não sabia o que estava sentindo .

Uma coisa é certa , eu amo muito ela e isso ninguem vai mudar .

- Te amo Marina .

- Também te amo Damon .




gente ta aqui uma foto da Marina :

Ser amado eternamente ... será que é pedir de mais ? ( Por Samara e Bruuh ) Bridgit-mendler-0011
Samara_Salvatore
Samara_Salvatore

Mensagens : 11
Data de inscrição : 28/04/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ser amado eternamente ... será que é pedir de mais ? ( Por Samara e Bruuh ) Empty Re: Ser amado eternamente ... será que é pedir de mais ? ( Por Samara e Bruuh )

Mensagem por Samara_Salvatore em Qui Jun 21, 2012 11:05 pm

Segundo Capítulo - Outra pessoa em minha vida .

Estava muito contente por saber que Marina me amava . Agora era só eu pedir a mão dela em casamento para seus pais e finalmente nós se casariamos .

Estava uma bela tarde até que meu pai mandou eu e meu irmão a comparecer á sua sala . Ele queria nos avisar que uma moça viria morar conosco um tempo , pois seus pais haviam falecido .

Nem liguei muito no começo porque eu estava com meus pensamentos em Marina , até que no final da tarde quando estava saindo para encontrar com ela , me dei de cara com uma bela moça chegando . Seu nome era Katherine , ela era a moça que moraria uns tempos comigo e com a minha familia .

Ela era linda , seu rosto perfeito quase fez eu me esquecer completamente de Marina . Meu pai me prendeu em casa falando que meu dever era ficar ao lado da moça e fazer-lhe companhia .

Que isso , Stefan , podia muito bem fazer companhia á ela , eu tinha coisas mais importantes para fazer , mais como meu pai era muito severo eu tinha que obedecer as ordens dele .

Acabei ficando em casa , Stefan teve a otima ideia de jogarmos um jogo , fomos lá forá os três . Fiquei entretido , como aquela moça era feliz depois da tragedia ocorrida em sua familia , ela corria atrás da bola fazendo eu e Stefan correr atrás dela .

O que aquela moça tinha que estava me prendendo tão rapidamente á ela ? Ela era a pessoa perfeita para mim ... bonita , alegre , engraçada ,gentil , educada e acima de tudo carregava uma ironia propria .

Será que de onde saiu essa moça vem mais ? Espero que não , se não eu iria ficar enlouquecido por várias Katherine .
As horas passaram rapidamente , sabia que estava me esquecendo de algo , mais não lembrava qual , até que Katherine ficou cansada e entrou para se repousar .

Acabei entrando tambem , tomei um banho e me deitei . Estava pensando na bela moça , será que ela é a pessoa certa para mim ?
Acho que sim , agora estava vendo que nenhuma moça me prendeu tanto quanto ela havia me prendido , era uma paixão que queimava dentro de mim , não queria mais tentar evitar já estava completamente me entregando naquilo que se chama de amor a primeira vista .

Depois de muito tempo acabei me lembrando de Marina , eu sou um idiota , e como ela vai ficar ? Bem ... Stefan poderia ficar com ela .

Mas ele não há ama , também percebi que ele estava de olho na Katherine , mais ela já era minha . Stefan que se meta no meio , eu vou morrer lutando por ela e não ligo de matar meu próprio imão se for o caso .

-----------------------------------------------------------------------------------------------

O dia enfim veio trazendo com ele uma onda de lembranças , a unica pessoa que veio em minha cabeça foi Katherine .
Em tão pouco tempo e já estava louco por ela . Será que esse sentimento é real , não duvido nada que seja só coisas na minha cabeça , mas lá no fundo eu sei que é verdade .

Me troquei e desci , ela estava sentada a mesa tomando seu café junto com Stefan . Eles eram tão bonitos juntos que me dava nojo e raiva .

Cheguei até a mesa e olhei para Stefan com toda raiva do mundo , peguei uma maça e sai andando , resolvi passar na casa de Marina , para dar alguma explicação á ela .

Quando cheguei a porta ouvi um som de piano muito baixo , mais conforme eu fui entrando na casa e indo atrás do som ele foi aumentando até que encontrei Marina sentada na frente do piano tocando uma música que eu nunca ouvira antes .

Sentei ao lado dela e ela me deu um beijo na bochecha e sorriu para mim , não pediu nenhuma explicação e só empurrou um papel para mim .

- Toca comigo ? Faz um tempo que fiz essa música , tive um sonho e resolvi escreve-lo , e assim surgiu - ela deu uma risada sem nenhuma emoção e logo continuo a falar - então toca comigo ?

Como eu posso ser tão idiota ? Marina era o sonho de qualquer homem , e eu preste á despensa-la . Antes eu tinha que dar um último Adeus , logo ela teria que ir embora para outra cidade onde tenha mias recursos para sua mae que estava doente .

- Sim , mais a senhorita sabe que eu não canto e não toco muito bem , Marina depois eu quero falar com você , é serio isso .

- Eu sei , te conheço a muito tempo , sei quando você está querendo dar uma pessima noticía para as pessoas .

- Ah , vamos lá então .

Começamos a tocar , a música era tão bonita que eu nunca vou esquecer . A letra descreveria muito bem as coisas que ela talvez estaria sentindo , mesmo que eu não á amasse do mesmo jeito de antes , eu á amava como amigo .

Eramos quase irmãos . Sempre amaria ela de qualquer jeito . Quando terminamos de tocar dei um beijo em sua buchecha .

- Marina , á muitas coisas que eu tenho que te contar , ontem chegou uma moça em minha casa e eu .. eu - ela me olhou mais curiosa .

- Você acabou se apaixonando por ela não é ? - ela me perguntou com um tom de tristeza .

- Sim , me apaixonei , mais Marina , eu ainda te amo , não do mesmo jeito .Espero que você intenda e fique bem .

Ela se levantou e me deu um abraço . Me senti a pior pessoas do mundo .

- Damon , eu te amo . Claro que eu vou intender mais não me pessa pra ficar bem . Eu estava bem quando você ainda gostava de mim . Mas tudo mudou não é ? Eu sei , eu te conheço . Eu sei que essa moça não vai fazer você feliz .

- Marina , você está falando isso porque está brava , com raiva dela .

- Não Damon eu estou falando nisso porque eu sinto isso . Só que depois que você perceber isso , eu vou estar aqui .

- Não espere por mim , pois eu não vou voltar .

Então sai , correndo dali . Sabia que não dveria ter sido tão duro já que ela fez parte de minha vida , mas ela estava preste a falar mal de Katherine , eu não poderia deixar .

Quando estava na frente de minha casa ouvia risadas de meu irmão e de Katherine . A raiva surgiu do nada trazendo com ele o ciumes .

Passei pelos dois , empurrando Stefan . Percebi que os dois ficaram em silêncio . Fui direto para meu quarto , começei a pensar em tudo . Marina , Katherine , Stefan , papai e meu futuro mais logo o sono veio trazendo á paz pa
ra mim .
Samara_Salvatore
Samara_Salvatore

Mensagens : 11
Data de inscrição : 28/04/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ser amado eternamente ... será que é pedir de mais ? ( Por Samara e Bruuh ) Empty Re: Ser amado eternamente ... será que é pedir de mais ? ( Por Samara e Bruuh )

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum