Parceria
SIGMA CAMISETAS
Votação

Quem você quer entrevistar?

64% 64% [ 9 ]
36% 36% [ 5 ]

Total dos votos : 14


I can't live without you

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

I can't live without you

Mensagem por Ju-Laura em Qua Mar 21, 2012 8:08 pm



Última edição por Ju-Laura em Seg Abr 23, 2012 2:00 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Ju-Laura

Mensagens : 32
Data de inscrição : 20/03/2012
Idade : 19
Localização : Brasil

Ver perfil do usuário http://www.facebook.com/julia.alkmim

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: I can't live without you

Mensagem por Ju-Laura em Qua Mar 21, 2012 8:09 pm

Acordo e me levanto com um barulho persistente e chato, me dirijo até a sala e encontro meu irmão sentado, vestido com uma blusa preta e uma calça jeans, batendo o seu anel repetidas vezes na mesa e o olhando fixamente:

- Não vai parar com essa mania chata não? - Digo num tom irritado por ele me fazer acordar as 6 horas da manhã.
- Damon, temos problemas - Diz ele preocupado, pensativo e ainda fazendo a merda do barulho.
- Problemas? Mas já? O que aconteceu dessa vez? - Me jogo no sofá e o observo.
- Se lembra do anel que Samantha Gilbert usava antes de elouquecer e virar uma assassina em série?
- Sim.
- O anel quando está fraco, usado demais, começa a levar as pessoas a loucura.
- Ok Stefan, e isso nos leva exatamente a que? - Pergunto com ironia.
- Damon, qual anel o seu melhor amigo usa? - Ele pergunta sem desviar o olhar de seu anel.
- Precisamos fazer alguma coisa, rápido - Digo surpreso e preocupado - Mas, como você descobriu isso?
- Fui a casa da Elena ontem a noite e ela me disse que está com o diário da .. Gilbert e descobriu por meio do diário que o anel quando está muito gasto leva as pessoas a loucura e o Ric já usa esse anel a um bom tempo.
- Hummm... Você foi a casa da Elena ontem a noite? Fizeram as pazes? - Pergunto rindo.
- Damon, por sua culpa ela está me odiando e não é hora para suas brincadeiras - Ele diz sem aumentar o tom de voz.
- Ta bom irmãozinho, desculpe, vamos lá - Me levanto, coloco minha jaqueta e vou em direção a porta.

Na casa dos Gilbert...
Abri a porta bruscamente e percebemos que todos ainda dormiam, subi para o quarto de Elena rapidamente, para acorda-la, enquanto Stefan demorou um pouco a entrar, ele olhava em volta de tudo, parecia procurar algo muito importante.
Toquei na maçaneta e exitei em abrir com muita força e acorda-la com um susto, então apenas girei e abri a porta bem devagar, pisei com cuidado e fui até a cama, olhei pra ela, seu cabelo jogado no travesseiro, seu rosto sereno, as mãos levemente juntas debaixo do rosto, a coberta que só ia até a cintura e me deixava ver suas curvas, pele morena, eu estava admirando sua beleza quando Stefan entrou pela porta:

- Porque ainda não acordou-a? - Ele quase voou em cima dela, e deu um pequeno empurrãozinho em seu ombro chamando seu nome, ela abriu os olhos, um pouco assustada, ela olhou fundo nos meus olhos e eu só podia ver confusão nos dela, olhei pra Stefan e indiquei que ele fosse acordar Alaric.
- O que vocês fazem aqui ? - Ela perguntou afobada, opoiei-me nos meus joelhos e pus uma mão perto da dela.
- O Stefan me contou o que vocês descobriram, e nós dois não queremos que isso aconteça com Ric, certo!? - Ela balançou a cabeça concordando - Então... Eu, Stefan, você e Ric vamos descobrir o que está acontecendo com ele, porque só assim vamos poder ajuda-lo – Ela fez aquela cara de “ eu ainda estou com raiva dele” - Ahh e tenta não brigar muito com o Stefan ok?! - Disse sabendo que isso iria irrita-la e dei um leve sorriso irônico encarando seu rosto fofo de raiva.
- Tá! - Ela bufou sabendo que só se eles não brigassem iriam conseguir achar uma resposta o mais rápido possível, levantou uma parte do edredom que cobria suas pernas ( porque ela tem que usar esses shorts minúsculos para dormir?) levantou-se e foi até ao banheiro enquanto eu saia do quarto e fechava a porta.

Decidimos que Stefan e Ric iriam a biblioteca da cidade descobrir sobre os assassinatos da Samantha Gilbert e se havia alguma forma de "renovar" o anel, enquanto eu ficaria com Elena aguardando por Matt para conta-lo sobre o que descobrimos. Stefan e Ric foram até a porta. Elena,depois de colocar um short e uma blusa desceu as escadas, correu até Ric e o abraçou dizendo:

- Toma cuidado
- Ok - Ele respondeu
Os dois saíram pela porta e Stefan a fechou. Olhei para ela enquanto se sentava no sofá, me sentei ao seu lado e perguntei:

- Então, o que vamos fazer até seu amiguinho loiro chegar?
- Eu tenho uma perguntar a te fazer - Ela disse, me fuzilando com o olhar - Por que está fazendo isso com o Stefan?
- Eu estou ajudando ele.
- Oferecendo sangue humano? Você sabe que ele não consegue se controlar.
- É por isso mesmo, estou ajudando ele a se controlar para que não passe dos limites.
- E por que está fazendo isso? - Perguntou surpresa.
Escutamos um barulho na porta e eu fui abrir. Matt parecia calmo mas ansioso para saber da noticia, se vestia com uma camisa social e uma calça jeans. Ele entrou e foi até a sala, encarou ela e disse:

- E então, o que aconteceu?
Elena contou tudo para ele e eu acrescentei alguns detalhes.
- E... O que vocês acham que vai acontecer com ele? - Perguntou Matt preocupado.
- Eu acho que ele vai sair matando todo mundo - Eu disse provocando ela - DAMON!! - Ela me interrompeu.
- Ele não vai sair matando todo mundo - Disse ela consoladora.
- Isso a gente só vai descobrir quando os bonitinhos voltarem - Ironizei.
- Acho que deveríamos ir com eles, tentar descobrir alguma coisa- Opinou Matt.
- MAS ANTES - Interrompi - Tenho que comer alguma coisa, esqueci de comer em casa, então a menos que vocês queiram servir de lanchinho.... - Sai em direção a cozinha, mas pude ouvir Matt começando a conversar com Elena:
- E ai, pensou no que eu te disse? Ao menos se lembra do que eu te disse? - Fui em direção a geladeira, mas atento na conversa .
- Não consegui parar de pensar. - Ela sussurrou - Minha cabeça está uma bagunça - Senti a voz dela tensa - Eu acho que você está certo Matt, eu acho que... - Ela grunhiu como se quisesse indicar algo - Émelhor, sei lá, nunca está longe e eu adoro de mais. Ah é tão difícil escolher ent... - Ela interrompeu, percebendo que se eu quisesse, eu poderia ter escutado tudo.
Andei em direção a sala, com um sorriso irônico, pensando se eles poderiam estar falando sobre mim, mas antes esperei para ver se falavam mais alguma coisa, porém o silencio foi pleno. Andei em direção a eles que estavam se encarando e quando me viram passaram a me encarar surpresos, talvez pensando se eu havia ouvido alguma parte da conversa.
Conversamos durante 3 horas em média sobre o que poderiamos fazer.
O celular de Elena tocou e ela atendeu, pude ouvir a conversa:
- Elena, vocês precisam vir aqui, aconteceu algo terrível - Disse Stefan afobado.
- O que aconteceu? - Elena respondeu rapidamente.
- Ric... - Pi... A chamada foi desligada.
Depois de tirar o celular do ouvido, ela olha para mim pálida e diz:
- Temos problemas.

Depois de entrarmos no carro, dirijo até a biblioteca da cidade em um silencio pleno e desconfortante, quando em fim chegamos, saltei do carro e corri rápidamente para dentro, sem espera-los. Assim que entrei encontrei um rastro de sangue no chão, quando olhei para frente encontrei stefan com 3 estacas no corpo e uma garota amarrada ao seu lado com o restante da biblioteca vazia. Stefan ainda coincidente disse sussurrando:

- Damon, cuidado.
Inesperadamente sou acertado com um impulso e depois de bater em uma das estantes caio, me levanto rapidamente e consigo ver Alaric correndo em minha direção com um pedaço de madeira em sua mão direita, me esquivo e seguro sua mão. Escuto um barulho de porta e vejo Matt e Elena entrarem, grito:

- Saiam daqui!!
Alaric se solta facilmente e crava uma estaca em meu braço esquerdo me fazendo cair. Elena corre até ele e o empurra, ele a joga bruscamente no chão e avança mais uma vez em minha direção. Consigo me levantar com esforço e alcanço um pedaço de estaca no chão cravando em sua perna direita. Quando ele cai de joelhos no chão, bato em sua nuca fazendo-o desmaiar.
Corro em direção a Elena, levantando-a e entregando a Matt, depois me encarrego de tirar as estacas do corpo de meu irmão e jogo no chão:

- O que aconteceu aqui Stefan? - Pergunto intrigado
Percebendo que ele estava em uma péssima condição, olho para a menina ao seu lado hipnotizando-a fazendo ela não gritar, depois, seguro seu pulso e levo a frente da boca de meu irmão.
- Aqui, se alimente, está fraco demais.
- Eu não posso... - Ele diz gemendo.
- Você tem que beber!
Ele se mantém imóvel, cravo meus dois caninos no pulso da menina e encosto em sua boca. Logo após ele começa a sugar seu sangue e segurar seu braço com força.
- Já foi o suficiente, chega.
Stefan continua segurando-a. Puxo ela com força a mantendo afastada dele.
Ele me olha e depois olha para Elena que já está em pé nos encarando.
- Ok, agora me conte exatamente o que aconteceu - Digo, acabando com o clima tenso
- Ric perdeu o controle, manteve ela de refém e eu, ele queria te matar Damon. - Ele diz com frieza
- Hum, ta bom, agora vamos para casa.
Stefan levanta e passa por Elena sem olha-lá, depois eu a encaro e ela desvia o olhar, seguro Ric em meu braços e o carrego até o carro.

Quando todos chegamos em minha casa, fui o primeiro a entrar com Ric, desci rapidamente as escadas do porão e o acorrentei lá dentro, prendendo-o.
Sinto Stefan se aproximando a mim, com uma voz tensa ele pergunta:
- O que você acha que devemos fazer?
- Vamos mate-lo preso, até que ele se recupere.
- Mas Damon, e se ele enlouquecer novamente? - insiste
- Agente prende ele de novo! Até acharmos uma cura para ele.
Escutei um barulho na porta, logo após pude ouvir Elena falando:
- Oi, entre. - num tom surpreso
Stefan e eu nos entreolhamos e subimos rapidamente.

- Que surpresa! Dr. Fell - Ironizei.
- É um prazer reve-lo também Damon. Onde está o Alaric?
- Ele não está tão bem para visitas agora - Digo com um sorriso torto no rosto.
- Eu preciso ve-lo agora! - Ela insiste.
Antes que eu possa responde-lá, Elena me interrompe e leva Matt até a porta se despedindo.
- Me dê notícias, se souber de mais alguma coisa e se cuida - Disse ele
- Ta bom, boa noite Math - Ela o abraçou.
Depois dele ter fechado a porta, Elena falou que levaria Fell até o Alaric.
Enquanto elas deciam as escadas, Stefan olhava com a cabeça baixa para Elena.
- É bonita não? - Brinquei.
Stefan me empurrou com o braço direito.
- É sério Damon, eu ainda penso nela, eu só não quero pensar. - Ele disse, com uma voz triste.
- É tão fácil desligar os sentimentos, irmãozinho.
- Eu disso, mas ela não sai da minha cabeça, eu estou começando a me importar com tudo que ela fala desde o final da festa do Klaus.
- Você é um vampiro, você consegue fazer isso. - Brinco novamente, batendo em seu braço esquerdo. - Não me faça chamar o Klaus para fazer isso novamente. - Digo em seu ouvido.
Quando estou saindo da sala:
- Você disse que iria me ajudar - Ele fala constrangido.
- E eu estou. - Sorrio.
Elena entra na sala e me pergunta o que eu acho que está acontecendo com Ric e se eu tenho alguma ideia de como ajudar.
- Não tenho a mínima idéia de como ajuda-lo, mas provavelmente precisaremos da ajuda da bruxa e de sua mãe.
Stefan se retira para seu quarto silenciosamente e Elena me encara.
- Foi um bom gesto seu, o que fez pelo seu irmão hoje. - Ela diz suavemente.
Dei uma piscadinha ao me sentar ao seu lado.
- Hoje foi um longo dia, estou cansada e já é de noite, é melhor eu ir embora - Ela disse, já levantando.
Segurei sua mão e a olhei.
- Sobre o que você e Math estavam conversando hoje cedo?
- Você escutou a conversa, né?
Assenti.
avatar
Ju-Laura

Mensagens : 32
Data de inscrição : 20/03/2012
Idade : 19
Localização : Brasil

Ver perfil do usuário http://www.facebook.com/julia.alkmim

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: I can't live without you

Mensagem por Angel Salvatore em Qua Mar 21, 2012 9:57 pm

Amei o capitulo ^^
vou acompanhar..
fã número 1# haha
A história sendo contada pelo Damon é ótima ^^
Anciosa por mais.
Bjooos
avatar
Angel Salvatore

Mensagens : 1013
Data de inscrição : 08/01/2012
Idade : 21
Localização : Curitiba-PR

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: I can't live without you

Mensagem por Le5 em Qui Mar 22, 2012 1:05 pm

Amei o capítulo.
Vo acompanha pode ter certeza.
avatar
Le5

Mensagens : 788
Data de inscrição : 21/02/2012
Localização : Fim do mundo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: I can't live without you

Mensagem por Giulia Salvatore em Ter Mar 27, 2012 4:24 pm

Oiii
Aqui estou euuu!!!!
Vou acompanhar. Gostei muito!!!
Beijos
avatar
Giulia Salvatore

Mensagens : 282
Data de inscrição : 15/11/2011
Idade : 20

Ver perfil do usuário http://www.ladyvampirerehab.tumblr.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: I can't live without you

Mensagem por Ju-Laura em Seg Abr 02, 2012 6:06 pm

Oi amores,
nós iremos postar os caps todas as quartas,
Já estamos formulando o proximo.
brigada por lerem cheers
se puderem espalhem nossa fic por favor..
avatar
Ju-Laura

Mensagens : 32
Data de inscrição : 20/03/2012
Idade : 19
Localização : Brasil

Ver perfil do usuário http://www.facebook.com/julia.alkmim

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: I can't live without you

Mensagem por Gláucia em Ter Abr 03, 2012 10:52 am

AMEI A FIC...
VOU ACOMPANHAR COM CERTEZA...
AINDA BEM QUE AMANHA É QUARTA KKKKKKKKKKKKKK..........
avatar
Gláucia

Mensagens : 290
Data de inscrição : 21/11/2011
Idade : 27
Localização : Barueri, SP

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: I can't live without you

Mensagem por Ju-Laura em Sex Abr 06, 2012 1:34 am

– Cap 2

Eu estava sentado ao lado de Elena, sem saber o que iria dizer... Se eu respondesse que sim, ela teria de me dar uma resposta, ela então, gosta de mim?Mas se eu dissesse que não, por que estaria tão ansioso por sua resposta?... Quer saber? Que se dane! Todos sabem que eu ouvi a conversa mesmo.
- Damon?
Eu devo ter pensado demais.
- Você sente algo por mim Elena? - Perguntei voltando meu olhar a ela. Foi a pergunta mais sincera que já a fiz, gostaria de ser respondido da mesma forma.
- Ah... Eu não sei - Ela disse abaixando a cabeça e colocando uma mecha de seu cabelo atrás da orelha.
- Então repita isso, mas olhando nos meus olhos - Levantei delicadamente sua cabeça com ponta de meu dedo.
- Hmm... - Sua voz suou nervosa, gaguejando e com medo. Medo das consequências que teria qualquer resposta que desse.
- AAAAAAAH! - Desviamos nossa atenção quando ouvimos um grito agudo vindo de Meredith.
Corri em direção ao porão o mais rápido que pude, porém não fui tão veloz quanto precisava. Encontrei Meredith deitada no chão sangrando intensamente, e claro, Ric não estava mais lá.
Elena desceu as escadas correndo enquanto eu me ajoelhava, mordia meu pulso e encaixava na boca de Mererith. Só não pude entender como Ric escapou das correntes, nem o próprio Klaus teria força suficiente.
- Elena, fique aqui e cuide dela - Disse me levantando.
- O que? Não Damon! Não pode me deixar aqui com ela sozinha. - Ela disse desesperada.
- Eu preciso descobrir o que aconteceu, ela vai ficar bem - Fui em direção a porta rapidamente antes que Elena pudesse responder.

Cheguei a casa de Matt e antes de entrar, liguei para Stefan:
- Temos problemas - Informei.
- O que aconteceu?
- Ric machucou Meredith, mas ela vai ficar bem. Nosso problema é Ric, ele escapou.
- Como? - Perguntou surpreso.
- Isso eu ainda não descobri irmãozinho e ficaria muito contente se você me ajudasse a desvendar esse enigma - Ironizei.
- Onde você está Damon?
- Na casa do Matt.
- Por que?
- Acho que ele pode nos ajudar - Desliguei o telefone e bati na porta.
- Damon? O que você faz aqui? - Matt disse surpreso, ele vestia uma bermuda cinza com uma blusa azul marinho e aparentemente acabará de acordar.
- Está afim de ajudar? Surgiu um imprevisto - Respondi, entrando em sua casa.
- O que?
Expliquei pra ele tudo que havia acontecido.
- E o que vamos fazer? - Pergunta Matt
- Por que você sempre tem que ser tão burrinho? - Falei indignado - Vamos procurar o Ric, é claro.
Stefan apareceu atrás do sofá e nos olhou.
- Então, o que estão esperando? Vamos.
Assenti, levantei e caminhamos até o carro do Matt.
- Aonde pretendem procurar primeiro ? - Matt Perguntou enquanto entravamos no carro.
- Acho que devemos ir no Grill primeiro -Respondi.
- Concordo - Stefan me apoiou.

---"--- Na Mansão Salvatore

- Ric.. Ric... - Meredith acordou sussurrando o nome de Ric, Elena olhou pra ela surpresa:
- Ele fugiu- ela disse se aproximando de Meredith - De algum modo e se soltou, te machucou e fugiu, você estava sangrando muito, não achei que fosse acordar hoje.
- Eu... Eu o soltei... - Ela confessa, gaguejando.
- O que? Como pode solta-lo? Você sabe que ele não pode ser solto!
- Ele estava sofrendo! - Meredith aumenta o tom de voz.
- Mas por você ter pena dele, ele pode estar mantendo pessoas agora!
- Você não faria isso por Damon? - Ela cortou Elena.
O silêncio foi pleno durante alguns minutos.
- Então você me entende - Meredith falou concluindo que Elena tinha confirmado.
- Damon foi encontrar Stefan para procurar Ric, tem alguma idéia de onde ele possa estar? - Ela muda o rumo da conversa.
- O outro lado sombrio dele não estava atras da ... ?
Elena assentiu.
- Então provavelmente foi ao Grill - Continuou Meredith
- Vou avisa-los.
- E nós vamos ficar aqui? Esperando?
- Não, vamos ao Grill também.
Elena pegou o telefone e ligou para Damon:
- Nos encontre no Grill.
- Não, nós vamos ao Grill, vocês vão esperar aí.
- Não, nós também vamos.
- Elena... - Damon parou de falar e pensou um pouco - Tudo bem, já estamos chegando - Ele decidiu.
- Hm, ok - Elena se surpreendeu por Damon não tentar impedi-lá de ir.
- Ok, então vamos. - Ela disse a Meredith desligando o telefone.

--"-- No Grill
- Como a Elena pode ser tão lerda assim? Estamos esperando faz 2 horas! - Eu disse indignado.
- Damon, faz apenas meia hora - Matt respondeu
- Aleluia chegou senhora demora - Brinquei com Elena quando a vi entrando pela porta.
Ela me olhou e por um instante pensei que fosse me dar um fora como de costume, porém, ao invés disso, ela apenas sorriu.
- E agora? - Meredith falou nos olhando.
- AAAAH! - Ouvimos um grito.
Stefan correu e eu o segui, deixando Matt, Meredith e Elena para trás.
- Ric, solte ela! - Stefan disse ao observar que Ric estava segurando a prefeita com uma faca na mão direita.
- MÃE! - Caroline apareceu gritando e avançando contra Ric.
Mas foi tarde demais, ele já havia cravado a faca em seu peito.
- O QUE VOCÊ FEZ? - Caroline gritou de ódio e empurro Ric contra a parede, avançou novamente contra ele e investiu. Quando ela ia cravar seus caninos no pescoço dele, eu intervir. Joguei ela para longe, assim que caiu se levantou rapidamente e investiu contra mim.
- Damon, ele matou meu pai e agora minha mãe! - Ela disse com raiva.
- Caroline se acalme, ele está fora de si, ele não quis matar seu pai e nem sua mãe, apenas aconteceu, ele não teve escolha! - Eu disse, desmaiando o Ric com uma cotovelada na nuca.
Caroline foi até a mãe, caiu de joelhos no chão e começou a chorar.
- Stefan, leve ele de pressa para casa, eu me encarrego deles - Eu disse olhando para Stefan.
Ele concordou, segurou Ric em seus braços e desapareceu rapidamente.
- Hey, eu sei o que está sentindo - Me dirigi a Caroline.
- Não Damon, você não sabe e nem nunca vai saber, você não se importa com quem morre, isso não é sua responsabilidade!
- Sei que sou a pior pessoa para te consolar agora, mas, eu não quero te ver assim, eu me importo com você - Eu disse, abraçando-a.
- O que aconteceu aqui? - Elena nos interrompeu.
Contei tudo a ela.
- Caroline... - Ela travou - Eu sinto muito.
- Elena, Eu não tenho ninguém, NINGUÉM - ela começou a se desesperar, enquanto chorava intensamente sobre o corpo da mãe.
Coloquei minha mão em suas costas e disse consolando-a:
- Leve o tempo que precisar Caroline, despesa-se dela, ela te amava, ainda te ama - Deslizei minha mão sobre suas costas enquanto levantava, olhei para Elena, que estava com a mão cobrindo a boca, chorando. Andei até ela e apoiei minha mão em seu ombro, em seguida dei um beijo em sua testa.
- Eu sei - ela soluçava - Shhh... Eu sei, eu sei - tentei acalma-la.
Ela me abraçou e se reconfortou em meu peito, a abracei e fechei os olhos, ouvi uns passos, olhei para frente e Stefan estava parado na minha frente, com uma certa indignação no olhar. Ele olhou pra baixo, deu as costas e saiu. Suspirei, Elena olhou para Caroline, que já não aguentava mais chorar.
- Caroline, vamos pra casa - Ela foi Levantando caroline que balançava a cabeça de um lado para o outro, reprovando tudo oque estava acontecendo.
- Não eu não posso deixar ela, NÃO POSSO - Ela já não tinha mais forças para impedir que Elena a levasse para casa.
- Vamos eu vou cuidar de você - Elena tentava acalmar ela, enquanto enxugava as lagrimas do seu próprio rosto, fui até o corpo de Liz e me abaixei.
- Vamos sentir sua falta - Peguei-a no colo e levei até o Porta-malas, entrei no carro, esperei alguns minutos, respirei fundo e fui para casa.
Entrei pela porta da frente e Stefan estava sentado no Sofá, com um copo de Uísque na mão, olhando fixamente para a Lareira, que estava com o fogo médio, nada muito grande mas iluminava a casa. Passei por ele, e quando finalmente cheguei ao pé da escada, ele resolveu acabar com aquele silencio torturante:
- Você estava consolando ela... ela... ela estava chorando, agarrada em você.... Você conseguiu faze-la sentir bem - Ele continuou com o olhar fixo na lareira.
- Ela estava sofrendo, o que você esperava que eu fizesse? Ficasse parado lá, assistindo ela chorar?- Perguntei indignado.
- Como você sempre fez - Um segundo e eu estava cara a cara com ele.
- É Stefan mas eu não sou mais aquele garoto machucado, arrasado, traido, eu sou apaixonado pela Elena, eu a amo - Ele fechou os olhos e abaixou a cabeça, como se aquilo estivesse doendo muito nele - E se você desistiu dela, se você desistiu de ir atras dela, de ser " o bonzinho "
- VOCÊ TAMBÈM DESISTIU - ele me cortou aumentando o tom de voz.
- A MUITO TEMPO ATRAS - Levantei a voz também - Eu fui traido Stefan, "minha namorada", meu irmão, meu pai, TODOS, me trairam, então pra que eu iria querer ser o bom se ninguém se importava com quem eu era ou deixava de ser? Eu fiquei por muito tempo correndo atrás de vocês, mas as unicas pessoas com que eu me importava, me trairam. Minha família, vocês não me deram chances de ser quem eu sou, e se você esta desistindo dela, eu não vou ficar olhando ela chorar por sua causa e dizer que ela precisa te entender, porque você não fez isso por mim. Então se vai desistir dela, acho melhor desistir dos seus sentimentos também , porque eu não vou - Me virei e terminei de subir as escadas. Chegando ao meu quarto me joguei na cama, estiquei minha mão até o bolso e peguei o celular, disquei o numero de Elena :

- Oi Damon - A voz dela parecia um pouco preocupada, mas tentando manter a calma.
- Oi, só liguei pra saber se está tudo bem, se vocês estão precisando de alguma coisa.
- Está tudo bem obrigada, a Caroline parou de chorar agora pouca, dei um calmante para ela, ela estava completamente desesperada, Bonnie esta vindo pra cá, pra me ajudar, nós vamos ficar bem.
- Ótimo.
- Damon tem alguém na porta preciso desligar
- Ta bom, amanha passo ai.
- Ok - Ela desligou.
Tirei os sapatos, a blusa e tentei dormir depois de um dia longo e cansativo.

---"--- Casa dos Gilbert

- Caroline, tem alguém na porta, preciso ir atender ok? Deve ser a Bonnie - Elena passou a mão na cabeça de Caroline, que apenas olhou para ela, com olhos de cachorrinho que caiu do caminhão de mudança. Ela desceu as escadas e foi até a porta, se assustou com quem encontrará na porta.
- Eu só vim ver como ela está.
avatar
Ju-Laura

Mensagens : 32
Data de inscrição : 20/03/2012
Idade : 19
Localização : Brasil

Ver perfil do usuário http://www.facebook.com/julia.alkmim

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: I can't live without you

Mensagem por Ju-Laura em Sex Abr 06, 2012 1:59 am

Amores,
Desculpa a Demora para postar o ep.
não tivemos tempo na Quarta,
mas quarta que vem, postamos sem falta
Beijos!!! e Feliz Páscoa albino
avatar
Ju-Laura

Mensagens : 32
Data de inscrição : 20/03/2012
Idade : 19
Localização : Brasil

Ver perfil do usuário http://www.facebook.com/julia.alkmim

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: I can't live without you

Mensagem por Le5 em Sab Abr 07, 2012 1:50 pm

Amei o capítulo filha.
Vo fica esperando por mais.
bjs
avatar
Le5

Mensagens : 788
Data de inscrição : 21/02/2012
Localização : Fim do mundo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: I can't live without you

Mensagem por Bruuh Lopes em Sab Abr 07, 2012 2:26 pm

Oooie ... ameei os caps .
Vou acompanhar a fic e comentar sempre que der .
Bjoos.
avatar
Bruuh Lopes

Mensagens : 95
Data de inscrição : 31/01/2012
Idade : 19

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: I can't live without you

Mensagem por JuuhSalvatores2 em Sab Abr 07, 2012 3:34 pm

Estou amando a fic. Concerteza vou acompanhar. Smile

Sei que sou uma leitora fantasma.. mas eu leio e de vez em quando eu apareço...


auhsuahsuhsuahsuahsuashuahsua


Bjooos e poste mais ^^
avatar
JuuhSalvatores2

Mensagens : 345
Data de inscrição : 08/01/2012
Idade : 19
Localização : Doidinha pra puxar seu pé e te arrastar pro INFERNO!!

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: I can't live without you

Mensagem por Ju-Laura em Sab Abr 07, 2012 6:43 pm

OOii lindas
sejam bem-vindas
avatar
Ju-Laura

Mensagens : 32
Data de inscrição : 20/03/2012
Idade : 19
Localização : Brasil

Ver perfil do usuário http://www.facebook.com/julia.alkmim

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: I can't live without you

Mensagem por Jennifer_Salvatore em Dom Abr 08, 2012 7:57 am

P-E-R-F-E-I-T-A
ameeei suua ficc muito booaa meesmooo
aguardando ansiosamente por quaartaa!!!!
beijos amoor
avatar
Jennifer_Salvatore

Mensagens : 74
Data de inscrição : 18/11/2011
Idade : 23
Localização : Cidade maravilhosa

Ver perfil do usuário http://cerejoebior.tumblr.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: I can't live without you

Mensagem por Ju-Laura em Seg Abr 09, 2012 8:28 pm

Ownn linda, brigada
seja bem-vinda!!
MENIINAAASS
O próximo capítulo, ta ficando muuuuitooo de mais!!!
queroo saber a opinião de vocês... capítulos grandes ou capítulos pequenos??
avatar
Ju-Laura

Mensagens : 32
Data de inscrição : 20/03/2012
Idade : 19
Localização : Brasil

Ver perfil do usuário http://www.facebook.com/julia.alkmim

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: I can't live without you

Mensagem por Gláucia em Ter Abr 10, 2012 2:01 pm

uHUUUU AMEI O CAPITULO... MUITO LEGAL...
QUEM SERÁ QUE CHEGOU???????
MUITO ANSIOSA AQUI.... SERÁ QUE É O TYLER????? OU O KLAUS?????OU SEI LÁ...KKKKK
QUANDO POSTA MAIS?????
avatar
Gláucia

Mensagens : 290
Data de inscrição : 21/11/2011
Idade : 27
Localização : Barueri, SP

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: I can't live without you

Mensagem por garotavampira em Ter Abr 10, 2012 9:05 pm

oieeeeeeeeeeee nova akiii

voa acompanhar sempre!! DELENA FOREVEEEEER aaaaaaahhh

amanha tem mais né?
avatar
garotavampira

Mensagens : 67
Data de inscrição : 27/12/2011
Idade : 21
Localização : Indo para Forks♥, mas não antes de dar uma paradinha em Mystic Falls!!!

Ver perfil do usuário http://www.marygarotavampira.tumblr.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: I can't live without you

Mensagem por Ju-Laura em Qua Abr 11, 2012 3:41 pm

kkkk Brigada Lindas
GarotaVampira.... vou inventar um apelido pra você... pode ser Vamp ? pode né?! rsrs
vou postar mais agora...
Vamos descobrir Gláuci, Vamos descobrir....
kkkk
avatar
Ju-Laura

Mensagens : 32
Data de inscrição : 20/03/2012
Idade : 19
Localização : Brasil

Ver perfil do usuário http://www.facebook.com/julia.alkmim

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: I can't live without you

Mensagem por Ju-Laura em Qua Abr 11, 2012 5:05 pm

Cap 3

---"--- Casa dos Gilbert

- Klaus - Elena finalmente conseguiu falar alguma coisa.
- Eu não vou machucar ninguém, eu preciso ve-lá Elena - Ele tentou convence-lá.
- Não sei se é uma boa idéia, ela perdeu o pai e agora a mãe, ela está muito magoada.
- Eu sei, e eu acho que posso ajuda-lá – Insistiu.
Elena pensou um pouco e acabou cedendo.
- Tudo bem, entre.
Klaus entrou na casa e se dirigiu para a sala onde estava Caroline, sentada no sofá com uma coberta por cima. Ela o olhou surpreendida demais para poder falar alguma coisa, ele apenas sorriu e disse:
- Hey, quanto tempo não? Eu estava com saudades.
Ela não o respondeu, apenas o encarou.
- Como você está? - Klaus se sentou próximo e ela.
- Como você acha que eu estou? - Ela finalmente conseguiu responder.
- Sei que está mal, sei a dor que deve estar sentindo. Está se sentindo sozinha não é?
- O que você está fazendo aqui? - Caroline repreendeu-o.
- Vim ver como você está apenas.
- E desde quando você se importa comigo? - Pergunto fria.
- Desde que te conheci.
Ele sorriu e ela inevitavelmente contribuiu com outro sorriso meigo.
- Eu acho que posso ajudar Alaric.
- Como?
- Conheço uma forma de destruir o efeito que o uso do anel trás.
- Mas também quebrará o anel?
- Não, somente acabara com o efeito dele de causar loucura.
- Ta bom - Ela disse com frieza nos olhos.
- Caroline, eu quero pelo menos ser seu amigo, por que você não pode me dar uma chance? - Ele se irritou.
- Porque você só causa o mal aos meus amigos, as pessoas que eu amo! - Ela levantou o tom de voz.
- Eu não tenho escolha - Ele também levantou o tom de voz.
- Todos temos escolhas Klaus, basta saber realiza-las.
- Está na hora de eu ir, espero que melhore - Ele se levanta e da um beijo frio em sua bochecha.
- Klaus - Ela o interrompe e ele a olha - Boa noite - Ela continua com um leve sorriso culpado.
- Boa noite Caroline.

---"--- Mansão Salvatore

Acordei e imediatamente olhei para o relógio, que marcava 8:40 hrs. Suspirei e me levantei, dei passos leves mas espaçados em direção ao banheiro, liguei o chuveiro, depois de tirar a roupa entrei e tomei um banho demorado, quente e reconfortante. Assim que sai do chuveiro dei de cara com Stefan parado no corredor, ele me fuzila com o olhar e diz:
- Temos visitas.
- Quem?
- Klaus e Elijah.
- O que eles querem? - Pergunto surpreendido.
- Eles querem nos ajudar.
Fui ao meu quarto e coloquei uma calça jeans com um blusa azul e minha jaqueta de couro favorita, desci até a sala onde encontrei Klaus e Elijah próximos ao sofá.
- Que surpresa em vê-los aqui - Ironizei.
- Queremos ajudar - Klaus me olhou, fazendo-me questionar suas palavras.
- Ajudar em que? - Stefan perguntou, tirando as palavras da minha boca.
- Em relação ao Alaric, sabemos o que está acontecendo com ele e como ajuda-lo - Elijah respondeu, sempre compreensivo...
- E por que vão fazer isso? - Insisti, tentando fazer com que eles falassem a verdade.
- Porque queremos a outra estaca que está com vocês que pode nos matar - Klaus se sentou calmamente no sofá com um pequano sorriso sarcástico nos lábios.
- Vocês poderiam nos torturar até entregarmos elas, por que querem ajudar? - Insisto com a pergunta indignado.
- Temos ou não um acordo? - Elijah insistiu, sem ao menos me dar uma pista sobre o que eles estavam tramando.
- Tudo bem, acordo feito - Stefan finaliza, sem que eu possa falar uma palavra se quer.
- Primeiro consigam uma bruxa e falaremos o que devem fazer, precisamos ir caçar, estamos famintos. - Klaus deu suas últimas ordens, ainda com aquele sorrisinho irritante.
- Ok - Me diriji até a porta e a fechei em um movimento rápido assim que saíram.
- Por que acha que estão nos ajudando? - Stefan me perguntou curioso.
- Não faço idéia, mas não confio em nenhum dos dois - As palavras sairam da minha boca sem que eu percebesse.
- Vamos seguir o acordo?
- A principio sim - Disse enquanto pegava uma bolsa de sangue que estava encostada em um copo e me dirigia até a porta.
- Aonde você vai? - Ele pergunta observando meus passos.
- Vou a casa da Elena, ela queria que fossemos a pequena cidade onde Jeremy está morando se certificar se ele está bem. Você vem? - Expliquei convidando-o.
- Não, eu tenho que caçar - Ele recusou.
- Tudo bem, tente não matar muitos coelhos, eu sinto pena deles - Brinquei.
Stefan subiu as escadas e eu sai de casa trancando-a, entrei em meu carro e diriji silenciosamente até a casa de Elena.

---"--- Na casa dos Gilbert

- Bonn, eu vou sair com o Damon, vou ver se Jeremy está bem, quer ir junto ? - Elena perguntou em voz baixa quase sussurrando para não acordar Caroline.
- Não, acho que a Carol ainda não está pronta pra ficar sozinha - Bonnie olhou pra dentro do quarto onde Caroline estava - Vou ficar aqui com ela.
- Ok, não deixa ela fazer nenhuma besteira - Disse Elena indo em direção ao banheiro com uma toalha na mão - Vou tomar banho e já vou.
- Ok.
Elena entrou no banheiro tirou a roupa e tomou um banho bem relaxante, tentando ficar calma, pensou somente em ver Jeremy. Ela terminou, se secou, colocou uma calcinha, um sutiã e desceu para pendurar a toalha.
- DAAAAMON - Ela se assustou ao me ver sentado no sofá com os pés em cima da mesa de centro.
- Oi meu amor - Eu sorri malicioso olhando seu corpo semi-nu de cima a baixo enquanto Elena bufava e saia correndo escada a cima - O que? não gostou de me ver? - Gritei brincando.
- Elena, o que aconteceu? - Bonnie perguntou rindo.
- Damon aconteceu, Damon! - Ela gritou batendo a porta do quarto.
-Você sabe mesmo fazer ela ficar com raiva - Bonnie disse enquanto descia as escadas.
- É minha especialidade - Sorri.
Ficamos um tempo conversando sobre o que Klaus estava fazendo, mas não toquei no assunto da bruxa. Depois de alguns minutos, Elena desceu as escadas com um sobre-tudo preto e um lenço colorido com laranja avermelhado e amarelo no pescoço, e uma calça jeans cinza escuro.
- Vamos - Ela me apressou.
- Eu gostei mais do outro visual - Fiz biquinho tentando irrita-la.
- Vai ter que aturar esse - Ela ironizou e eu fiz cara feia
- Vamos logo - Aprecei-a.
- Tchau Bonn - Ela disse enquanto eu a puxava fora de casa.

---"--- No Carro

- Tudo bem ? - Perguntei enquanto ligava o carro.
- Tudo - Ela me olhou estranho por não ser do meu habito perguntar isso.
- O Klaus sabe como quebrar o Anel.
- Eu sei - Ela franziu a testa questionando o assunto.
- Mas ele quer as estacas que temos para poder quebrar.
- Imaginei que ele fosse pedir isso, só não consigo entender...
- Porque eles não nos torturam logo e pegam as estacas - Eu a cortei.
- Exatamente.
- Tem que ter alguma coisa por trás disso.
- Com certeza - Ela fez uma breve pausa e continuou - Depois agente pensa nisso, tudo o que eu eu quero agora é saber se Jeremy está bem.
Eu olhei pra frente e segui o caminho.

---"--- Casa dos Gilbert

- Oi - Caroline disse com a voz um pouco pesada de sono enquanto virava a porta para entrar na cozinha. Ela vestia uma calça de moletom e uma camisetinha de alça.
- Oi, tudo bem ? - Bonnie perguntou indo em direção a Caroline.
- Não muito.
Bonnie fez cara de pena.
- Vamos tomar café, nós vamos ficar bem- Ela disse puxando a cadeira para Caroline sentar.
- Talvez - Caroline disse baixinho - Onde está Elena? - Perguntou enquanto se sentava na cadeira e esticava o braço para pegar um copo.
- Ela foi com Damon visitar Jeremy - Bonnie explicou.
- Por que você não foi junto?
- Porque eu vou ficar aqui cuidando de você.
- Eu não preciso de babá - Respondeu indignada.
- Mas precisa de alguém que te deixe bem... Vou ficar aqui com você.
- Ok....
Elas tomavam café silenciosamente quando a campainha tocou.
- Eu atendo, pode deixar - Caroline interrompeu Bonnie que já estava levantando e saiu correndo até a porta.
- Oi - Ele sorriu - Pijama bonitinho.
Ela ficou imóvel.
- Caroline?
Ela saiu correndo escada acima.
- Caroline? - Bonnie gritou preocupada olhando ela subindo as escadas, depois desceu o olhar para saber quem estava na porta.
- Klaus? - Ela ficou surpresa.
- A bruxa que eu estava procurando - Ele sorriu irônico.
- O que você quer?
- Bom.... Como deve saber, eu sei como podem quebrar o feitiço do anel de Alaric.
- E?
- Eu preciso de uma bruxa, no momento a mais perto de mim é você.
- Por que você quer tanto nos ajudar?
- Porque se eu te ajudar o senhor "estou apaixonado pela namorada do meu irmão", vai me dar as únicas estacas que podem me matar.
- Então porque você não pega logo? Você é mais forte que eles.
- Se eu fosse você não seria tão atrevida assim - Ele ameaçou.
Olharam pra trás e viram Caroline, descendo com um short jeans e uma regata preta.
- Desculpe meu amor, mas já estou de saída - Ele se despediu de Caroline e saiu.
- "Meu amor"? - Bonnie perguntou intrigada.
- Olha, ele tem uma queda por mim ta bem?
Bonnie soltou um risinho.
- O Klaus, Klaus Mickelson tem uma queda por você? - Ela deu gargalhadas.
Enquanto Bonnie ia fechar a porta, Tyler apareceu inesperadamente segurando-a:
- É Caroline, Klaus Mickesol tem uma queda por você? - Ele perguntou irritado.
- Tyleeeeeeeeeeer! - Caroline gritou empolgada demais para ligar a irritação de Tyler - Eu estava com tanta saudade! - Continuou abraçando-o com força.
- Hey, também senti sua falta - Ele disse se acalmando e dando um beijo em sua testa - Soube do que aconteceu, como está se sentindo?
- Não muito bem, mas estou viva, certo?
- Não fica assim ta? Por favor.
- Quer entrar?
- Claro, vou ficar com você.
Os dois sentaram abraçados no sofá enquanto Bonnie se dirigiu a cozinha.
- O que Klaus fazia aqui? - Ele perguntou intrigado.
- Ele esta nos ajudando, em relação a Alaric.
- Klaus não esta ajudando vocês, ele não ajuda ninguém, não sem querer algo em troca.
- É, mas ele pode ter mudado de opinião quanto a isso, ele pode realmente estar querendo apenas nos ajudar.
- O Klaus? - Tyler soltou uma gargalhada.
- Qual o problema com você? - Ela falou indignada com sua falta de sensibilidade.
- Comigo? Qual o problema com você? Por que está defendendo tanto ele? - Ele perguntou irritado e tirando sua mão da dela.
- Eu só estou sendo positiva.
- Que história é essa dele ter uma queda por você?
- Hã? - Ela fingiu que desconhecia do assunto.
- Caroline, eu escutei a Bonnie dizendo isso.
- Ta bom, mas isso não significa que eu tenha uma queda por ele também.
- Mas também não significa que não tenha.
- Tyler!! - Ela grite se aborrecendo.
- Só fiz um comentário.
- Um comentário desnecessário.
- Ta bom, não quero brigar com você agora que acabei de cheg...
- Por que não assistimos a um filme? - Bonnie opinou cortando Tyler.
Antes que pudessem responder, ela sentou no sofá e ligou a tv com um pote de pipoca na mão.

---"--- No carro

- Você e Stefan ainda estão sem se falar? - Acabei com o silencio torturante
- Sim - Ela disse triste - Ele está chateado comigo.
- Por que?
- Porque acha que sinto algo por você.
Meu coração acelerou bruscamente, perdi o ar, e torci para que ela não percebesse,mas foi em vão, minha expressão já tinha mudado. Parei, pensei:
- Você sente? - Falei como se aquilo estivesse me torturando.
- Eu não sei o que eu sinto Damon - Ela me respondeu nervoso.
- Sim Elena, você sabe, só não quer admitir para si mesma - Foi quase inevitável que eu ficasse nervoso
Ela me olhou e pensei que fosse me dar um fora, ao invés disso, ela apenas desviou olhar e continuamos naquele silencio torturante até chegar a pequena cidade onde se encontrava Jeremy.
- Chegamos - Disse ao descer do carro e correr para abrir a porta para ela.
- Vou ligar para ele e pedir para nos encontrar aqui - Ela informa já tirando o celular da bolsa e discando o número de Jeremy.
- Oi Jeremy - Ela diz.
- Elena! - Jeremy responde contente.
- Você pode me encontrar no restaurante "plim" ao lado do shopping?
- Você está na cidade? - Ele pergunta surpreso - Ok, estou indo agora até aí - Ele continua antes que ela pudesse responder.
Após ela desligar o celular nós caminhamos até o restaurante e nos sentamos, pedi ao garçom que me trouxesse um pouco de Uísque e ela pediu apenas um café, aguardamos Jeremy chegar em silencio pleno.
- Jeremy! - Ela grita e corre em direção a ele que acabará de entrar pela porta - Eu estava com tanta saudade! - Ela lhe da um abraço apertado.
- Hey, eu também senti sua falta maninha - Ele responde depois dela se afastar um pouco.
Os dois caminharam até mim e Jeremy disse:
- Damon, você também veio?
- Não está me vendo? - Ironizo.
- Também estava sentindo sua falta parceiro - Ele diz com um sorriso falso no rosto.
Pisco pra ele, ele nos observa e diz:
- E qual o motivo por terem vindo aqui, além da saudade?
- Viemos ver se você está bem - Elena responde.
- E queremos que nos ajude - Eu complemento.
- Ajudar com o que?
- Você não tem aquele poderzinho de ver pessoas mortas? - Pergunto.
- Sim, quer dizer, as que eu penso.
- Precisamos descobrir mais sobre a família original.
- Ta bom, vocês esperam mesmo que eu vá ver um dos ancestrais da família original?
- Exatamente - Confirmo.
Jeremy nos encara por alguns segundo e solta uma gargalhada:
- Vocês só podem estar brincando né? Eu não vou fazer isso!
- Você precisa voltar conosco para Mistic Fals Jeremy - Elena insiste.
- Não vou voltar, eu tenho uma vida boa aqui, tenho amigos legais. Não vou voltar para onde só tenho problema!
- Jeremy, eu sou uma problema para você? - Ela pergunta indignada.
- Não Elena, mas todos os problemas acontecem por sua culpa. Eu só não quero mais me meter neles, ta bem? - Ele responde, explicando.
Ela muda de feição, fica triste e muito abalada.
Durante alguns minutos Jeremy ficou nos encarando, como se aquilo fosse um absurdo.
- Então, vão ou não nos ajudar? - Insisto pressionando-o.
- Tudo bem, sei que vou me meter no problema de algum modo mesmo - Ele cede.
- Só precisa se quiser - Elena fala.
- Vou ajudar, mas ainda não entendi o propósito disso tudo.
- Precisamos entender a pequena, maligna e confusa cabecinha de Klaus - Esclareço - E tendo pessoas próximas a ele, pode nos ajudar .
- Ta bom, posso tentar, mas vai ser meio difícil, já que eu não conheço nenhum parente próximo a Klaus.
- Temos o papa original - Brinquei - Ele queria matar Klaus.
- Claro! - Jeremy fala - Eu conhecia ele, venham comigo, não quero fazer isso aqui... - Ele fala saindo da sala.
- E quer fazer agora? - Elena pergunta indignada.
- Precisamos fazer rápido - Respondo antes que Jeremy pudesse falar alguma coisa.
Ele continua sua trajetória e o seguimos até seu quarto. Quando finalmente chegamos lá, percebemos que seu colega de quarto estava jogando video game.
- Joe! - Ele gritou, chamando a atenção do amigo.
Ele levantou a cabeça com um reflexo rápido e abaixou logo após, se concentrando no jogo, apenas checando quem havia chegado.
- Fala aí, cara - Ele disse distraído e sem parecer se importar com nossa presença - Aconteceu alguma coisa?
- Será que você poderia me dar licença? Preciso falar com minha irmã e seu namorado.
Tal comentário fez com que Elena abrisse a boca, pronta para protestar, mas sem nenhuma reação. Olhou para mim indignada, apenas abriu um sorriso sarcástico.
- Ta bom - O garoto se levanta, e quando estava saindo do quarto, pude ver seu rosto com mais clareza e me pareceu familiar demais. No mesmo instante, Elena e eu nos entreolhamos. Ele parou em nossa frente, atrevendo-se e beijou a mão de Elena:
- Prazer em conhece-los, são um belo casal.
Passou por nós e saiu do quarto. Elena ainda me olhava indignada.
- O que foi? - Pergunto como de nada tivesse acontecido - Não é minha culpa se formamos um lindo casal.
Elena e Jeremy viraram os olhos e logo depois se apressaram a fazer Jeremy lembrar de algo, passaram minutos de tédio, pois ele não conseguiu fazer nada.
Me debrucei até o ouvido de Elena:
- Eu te disse que éramos um lindo casal querida, não há porque ter medo.
Ela se virou me fuzilando com o olhar, como se estivesse prestar a me bater. Mas ela só revirou os olhos para não atrapalhar a concentração do "bruxo da volta dos mortos vivos".
Jeremy gritou assustado olhando fixamente para a parede que estava fazia:
- Mikael !
- Ele esta aqui? - Perguntei curioso e afobado.
- Não Damon, o nome da minha parede é MiKael! - Brincou enquanto pude ver um sorriso transformando na boca de Elena.
Revirei os olhos e esperei até ele fazer algo, mas tudo que ele fazia é balançar a cabeça como se confirmasse algo que Micael dizia. Ele perdeu o ponto de visão onde estava fixado.
- MiKael? - Ele perguntou repetidas vezes - É, ele se foi - Disse, desistindo de chama-lo.
- Hã? Como assim? Você não perguntou nada a ele! - Me desesperei, indignado por ele não ter tentado nem abrir a boca.
Continuei gritando sem que percebe-se.
- Não foi preciso! - Ele me cortou - Ele sabia o que estávamos procurando - Esclareceu - Ele me disse, de que alguma forma por Elena ser a copia, ela é ligada aos originais, se matarmos qualquer um deles, ela morre - Ele dizia, fixo na parede. Como se estivesse em choque - Mas se ela morrer, uma maldição entre eles é desfeita.
- A ligação entre eles - Completei.
Elena virou o rosto devagar para mim desesperada e com lagrimas se formando em seus olhos.
avatar
Ju-Laura

Mensagens : 32
Data de inscrição : 20/03/2012
Idade : 19
Localização : Brasil

Ver perfil do usuário http://www.facebook.com/julia.alkmim

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: I can't live without you

Mensagem por garotavampira em Qua Abr 11, 2012 6:40 pm

pode sim auhsua ou sra. damon salvatore *sonha*

aushua

ps: meu nome é mariana o povo sempre pergunta

ps2: ainda não li o cap to indo ler agora^^
avatar
garotavampira

Mensagens : 67
Data de inscrição : 27/12/2011
Idade : 21
Localização : Indo para Forks♥, mas não antes de dar uma paradinha em Mystic Falls!!!

Ver perfil do usuário http://www.marygarotavampira.tumblr.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: I can't live without you

Mensagem por garotavampira em Qua Abr 11, 2012 9:48 pm

OMD!!!!

ELENA NAO PODE MORRER, DAMOOONNN PROTEJAAAA ELAAA ahsausu

HUUUMMM....esse garoto atrevido é familiar para o Damon..to de olho...

amando

nssa ri mto com: nao o nome da minha parede é mikael aushuah
avatar
garotavampira

Mensagens : 67
Data de inscrição : 27/12/2011
Idade : 21
Localização : Indo para Forks♥, mas não antes de dar uma paradinha em Mystic Falls!!!

Ver perfil do usuário http://www.marygarotavampira.tumblr.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: I can't live without you

Mensagem por gabrielaaffonso em Qua Abr 11, 2012 10:13 pm

Laura e Julia !!
Amei aqui... muito perfeito ! ♥
avatar
gabrielaaffonso

Mensagens : 17
Data de inscrição : 11/04/2012
Idade : 24

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: I can't live without you

Mensagem por Ju-Laura em Qua Abr 11, 2012 11:18 pm

garotavampira escreveu:OMD!!!!

ELENA NAO PODE MORRER, DAMOOONNN PROTEJAAAA ELAAA ahsausu

HUUUMMM....esse garoto atrevido é familiar para o Damon..to de olho...

amando

nssa ri mto com: nao o nome da minha parede é mikael aushuah

kkkkk que bom que está gostando Marii ( novo apelido rsrs)
kkkk pó dexa que ele vai proteger ela sim... *rumm*.... ele não ta aqui pra deixar ela escapar!!
eu achei muito idiota... mas kkk também ri muito quando pensei nessa cena!
Beijos amo vocês, o Cap-4 ta ficando muito bom
Gabi amoooorrrr, bom te ver por aqui silent
avatar
Ju-Laura

Mensagens : 32
Data de inscrição : 20/03/2012
Idade : 19
Localização : Brasil

Ver perfil do usuário http://www.facebook.com/julia.alkmim

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: I can't live without you

Mensagem por Ju-Laura em Qui Abr 12, 2012 3:32 pm

Giiiiiiirlllllssssssssssss
leiam essa fic
http://diariosdovampiro.forumeiros.com/t2105-the-way-damon-looks-elena?highlight=The+way+Damon+looks+to+Elena
eu achei muito boa... é pequenininha, mas é realmente boa, acompanhem!!
avatar
Ju-Laura

Mensagens : 32
Data de inscrição : 20/03/2012
Idade : 19
Localização : Brasil

Ver perfil do usuário http://www.facebook.com/julia.alkmim

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: I can't live without you

Mensagem por Ju-Laura em Qui Abr 12, 2012 4:02 pm

Oi gente (:
Eu escrevo os episódio com a Laura, é a Julia aqui. Nunca tinha escrito nenhum comentário e nem conversado com vocês, mas prometo que vou passar a falar. Muito prazer, sejam bem vindas e tomara que gostem da fiq. !
Obs: Sempre que for eu falando, Julia, terá uma carinha feliz "(:" no ínicio, ok ?
Beijinhos :*
avatar
Ju-Laura

Mensagens : 32
Data de inscrição : 20/03/2012
Idade : 19
Localização : Brasil

Ver perfil do usuário http://www.facebook.com/julia.alkmim

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: I can't live without you

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum