Parceria
SIGMA CAMISETAS
Votação

Quem você quer entrevistar?

64% 64% [ 9 ]
36% 36% [ 5 ]

Total dos votos : 14


One History for Us || by: Bela & Gil

Página 4 de 5 Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: One History for Us || by: Bela & Gil

Mensagem por jrbritto em Sab Dez 10, 2011 11:06 pm

ta bom pode deixar que lerei sim so vou esperar elas me aadd la no msn e me passar os livros dela
avatar
jrbritto

Mensagens : 38
Data de inscrição : 30/11/2011
Idade : 23
Localização : Vitoria Espirito Santo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: One History for Us || by: Bela & Gil

Mensagem por isabela c tonon em Sab Dez 10, 2011 11:08 pm

é só vc ler aqui!
elas postam nessas salas
vc passou seu msn pra elas?
avatar
isabela c tonon

Mensagens : 2789
Data de inscrição : 28/08/2011
Idade : 20
Localização : Entre lençois... Com Damon Salvatore XD

Ver perfil do usuário http://www.facebook.com/#!/profile.php?id=100002452519341

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: One History for Us || by: Bela & Gil

Mensagem por jrbritto em Sab Dez 10, 2011 11:12 pm

bom meu msn e esse junior_evt@hotmail.com ate mais isa... add ai filhas
avatar
jrbritto

Mensagens : 38
Data de inscrição : 30/11/2011
Idade : 23
Localização : Vitoria Espirito Santo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: One History for Us || by: Bela & Gil

Mensagem por isabela c tonon em Sab Dez 10, 2011 11:14 pm

tá, eu vou passar pra elas quando eu tiver tempo..
bjos amore mio...
ei grava meus DVD's heim??
bjos tô saindo
avatar
isabela c tonon

Mensagens : 2789
Data de inscrição : 28/08/2011
Idade : 20
Localização : Entre lençois... Com Damon Salvatore XD

Ver perfil do usuário http://www.facebook.com/#!/profile.php?id=100002452519341

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: One History for Us || by: Bela & Gil

Mensagem por Gláucia em Dom Dez 11, 2011 11:44 am

To amando Mamisssss.... vdd

Vc escreve super bem......
Da sua filha#cheia#de#orgulho#da#mamis#
avatar
Gláucia

Mensagens : 290
Data de inscrição : 21/11/2011
Idade : 28
Localização : Barueri, SP

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: One History for Us || by: Bela & Gil

Mensagem por isabela c tonon em Dom Dez 11, 2011 11:45 pm

OUTCH ONG LINDA...
valeu...
axo que dá pra postar manhã/hj 12/12/11
é niver da minha mae..DE VDD
vou escrever mais agr e eu vejo se posto mias.
bjoss XD
ty love lindaaaa!
avatar
isabela c tonon

Mensagens : 2789
Data de inscrição : 28/08/2011
Idade : 20
Localização : Entre lençois... Com Damon Salvatore XD

Ver perfil do usuário http://www.facebook.com/#!/profile.php?id=100002452519341

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: One History for Us || by: Bela & Gil

Mensagem por isabela c tonon em Qua Dez 14, 2011 2:00 pm

1º Capitulo (parte dois)
Girls go Bad.

DAMON 'S POV:


A até que ponto vc chegaria por amor????

Vc desistiria de vc por amor?

Vc desistiria dos outros por amor?

Vc desistiria de orgulho, riquezas e alegrias por amor?

Da sua família, do seu respeito, da sua dignidade?

Das suas virtudes e da sua natureza? De tudo que mais preza e acredita?

Da sua existência, do seu coração, da sua humanidade, da sua VIDA?

DA SUA PRÓPRIA ALMA?

Vc desistiria de alguma coisa por amor? Só por amor, sem garantias ou cobranças? Então vc é um idiota igual a mim.

Então vc não sente amor. Ver quer amor. Vc quer senti que vc é especial, o único, o passado, o presente e o futuro de alguém... Como se vc FOSSE alguém... Vc quer ser alguém... Por vc... Por ela... Por nós.

ISSO NÃO É AMOR... É OBSEÇÃO.

Que entra na sua alma e ter corrompe aos poucos, isso é a sua desgraça, seu fim, mas é td que vc tem, é td que pode se agarrar com tds as forças pra não se deixar levar, não se deixar afundar... Pra não se perder de quem vc é e quem um dia vc foi.

Desde que ela apareceu na minha vida eu só tive paz, amor, desejo, transformação, ela me mudou, mas ninguém sabia... AINDA... Ninguém podia ou deveria saber.

Com o amor veio o ciúmes, a raiva, o rancor e a cobiça... Mas isso já era normal em mim, natural em mim, sempre fui assim... Exceto por um pequeno detalhe... Eu não tinha ciúmes de ninguém, pq eu tinha quem queria, quando queria, se queria, do modo que EU queria e desídia... Mas com ela é diferente, sempre diferente... Pq ela tinha que me fazer sentir como não era tê-la? Amá-la? Abraçá-la? Estar lá quando ela precisa de vc?

Eu não posso ter isso. Não posso ser isso... Mas eu quero.

E como quero.

Não posso errar, fazer as coisas ao meu modo, deixar a vida me levar...

Se é pra fazer, que seja pra valer, não posso amar por ela, só posso amar ela... É meu ultimo segredo, pois o resto ela já expôs, como eu expunha corações, carne e morte, ela faz isso de um modo doce, saudável, e mt amável, delicadeza e sutileza são suas maiores e melhores características...

Eu tinha medo... Que a história se repetisse... E que eu me ferisse de novo, que ela se machucasse, ela é só humana, com um resfriado eles já morriam, imagine com ataques vampiricos? Imagine como ela ficaria depois disso... Se sobrevivesse... E como eu ficaria? A culpa estaria marcada em mim para sempre, o que pra mim é mt tempo, pois EU vivo pra sempre, e se o pior acontecesse? Aí eu não teria um amanhã, eu não existiria ne um mundo onde ela não existisse... Preferia vê-la com outro... Com ele... Com Stefan... Com meu irmão.

E a Historia repete e repete sem parar... Com o ciclo do qual eu não participar a séculos... O ciclo da vida.

Isso não podia acontecer novamente. Isso me destruiria. Como eu desligo? Mas eu não quero desligar com ela aqui, comigo, perto de mim, vê-la sorrir era como se meu morto coração batesse de novo... Eu queria isso... Eu gostava disso...

Eu estava virando um maricas, um boiola, um Stefan da vida...

Como posso ser um otário assim? Um panaca? Um bosta rala.

Ela não me quer, sempre será ele... Sempre o Stefan... O que ele tem que eu não tenho?

Todas elas preferem ele... Preferem o seguro e altruísta Stefan aves de mim o imprevisível, o egoísta, o perigoso.

Eu posso ter uma série, uma lista de defeitos, mas eu não mentia, não fingia se o que não sou, o que não posso ser, o que QUERO ser.

Eu não podia cometer o msm erro duas vezes, era idiotice, uma besteira... Mas pq estou suando de ansiedade, pq meu coração parece voltar a bater só para pular uma batida quando ela olha pra mim ou simplesmente sorri, já tive incontáveis mulheres na vida, mas nenhuma me fez sentir o que ela faz só de respirar, nem ela, nem meu passado, nem Katherine.

A mulher que eu mais amei na minha existência... Bom, até agr.

Errar é humano, mas repetir o erro é burrice.

Eu não posso me esconder atrás de um ditado, como o próprio diz: Errar é HUMANO... eu não sou humano é numerosos anos, nunca senti falta, e continuaria sem sentir, sem não fosse por ela, ela me fez mudar, mas eu não poderia culpá-la, ela fez de modo inconsciente, alheia a meus sentimentos, como ela poderia saber deles se td a vez que eu tomava coagem e contava á ela que eu a amava.. Eu apagava a memória dela e saia com o rabinho ente as pernas.

Eu me encontrava em estado lamentável, eu admitia, eu estava remoendo as magoas, séculos delas, bêbado jogado no sofá, com nove garrafas vazias de vodca absolut, e três vagabas que eu encontrei fazendo ponto na esquina jogadas no chão, inconscientes, se não mortas, to nem tchum, ninguém se importava comigo, pq eu deveria me importar com o que eles pensam de meus hábitos alimentares, eu era um vampiro, estava mais do que certo em degolar mulheres indefesas, e massacrar pescoços alheios, era minha natureza, meu instinto, fazia parte de mim, da minha essência. De td meu ser.

Á meses eu não matava alguém, por causa dela, pq ela achava errado, pq ela não gostava, pq ela se sentia culpada.

Mas ontem ela me decepcionara, pegou meu amor, jogou o chão e sapateou por cima, ainda não satisfeita ficou se atracando com o exterminador de esquilos na minha frente.

Eu estava tão bêbado que eu estava com ressaca de antecedência, mas com dizem, só se curra um porre tomando outro e era o que eu estava fazendo. Dançando agarradinho com uma garrafa de uísque e cantando Bruno e Marrone.

Era o fim da picada, mas que pica é mosquito e eu sou vampiro... Hahahaha.

É. Eu estava totalmente incoerente.

- Seu guarda eu não vagabundo, não sou delinqüente, sou um cara carente. Eu dormi na praça, pensando nelaaaaaaaaaa. Seu guarda me bata, me prenda, sou um cara confuso, mas não me deixeee, ficaarr semm elaaaaaaaaaaaa...

- Damon? _uma voz tímida soava na porta, entrando discretamente.

- Elenaaaaaaaaa... Vc _ soluço_ aquii? Veio fazer o que commiigu agoooorraa? Dizer que vc trepo com o Tefinha e foi mmuuuiito bom? Não, mt obrigado. Estou bem do jeito que eu tô. _ eu disse com a voz nublada e tropeçando nos meus próprios pés, cai de qualquer jeito no sofá e percebi que tropeçara no cadastro do meu único sapato, sorri besta, sou mt estiloso, tô até lançando moda, sapato ne um pé só, camisa toda rasgada e suga de sangue, com meia preta e mal colocada no pé descalço e sem calça, somente com um samba canção.

- Ai Damon, o que vc faz consigo msm, quem te viu quem te vê, agr vc tá parecendo um mindingo. E... E... Ahh, Damon, vc mato de novo, por que vc fez isso.

- Ué? Eu tava com sede e eu acho que eu copo d’água não ia resolver, ai eu fiz uma festa do mosquito da dengue, só que eu era o mosquito que sugava um sanguinho das meninas gostosas que eu encontrei na esquina.

- Me deixa adivinhar, Putas? _ disse Elena com um pingo de raiva na voz, ela pensava freneticamente “Deus, que minha voz não me traia.”

- Eu não sei se elas se incomodam, mas o termo correto é profissional do sexo Leninha, deveria largar o degolador de animais e ir pra escola, já tá na hora né?

- Aff, vamos, eu te ajudo, vamos pro seu quarto pra vc tomar um banho e vê se passa esse porre. _ Ela se aproximou de mim lentamente e estendeu a mão.

- Não preciso de vc ou da sua pena, não preciso de ninguém, eu sou desimpedido e dono do meu nariz, e já tenho a Claudete pra afogar as magoas, não preciso de vc.

- Ahãa? Quem é C-L-AU-D-E-T-E? _ Elena estava soltando fogo pela boca, ela tava com ciúmes, mas não iria falar nd para Damon, ele iria pertubá-la pelo resto... Da eternidade, mas ela iria ter uma conversinha com essa tal de Claudete.

Spoiler:

.
- HAHAHAHAHAHA! _ Damon ria descontroladamente, era visível o ciúme mesclado á fúria no rosto de Elena, ele a conhecia mais do que si próprio. _ não fique com ciúme Lena, Claudete é a minha instante de cachaça... Hahahaha foi hilário a sua cara... _ disse Damon viando o resto da garrafa de uísque que ele se agarrava, bebeu mais de meia garrafa de uma única vez. Elena arregalou os olhos para aquilo, ele nem sequer tinha tomado fôlego para aquilo, um cachaceiro nato.

- Eu não estou com ciúmes, estou preocupada com esse estado, vai que Claudete é uma mulher que se aproveitou de vc assim, desse jeito. _ disse Elena em uma vozinha fraca e baixa, tentando esconder a mentira no meio de sua voz.

- Eu sei me cuidar. _ disse Damon sem encará-la, ele estava mt chateado ainda com ela, ele omitiu a parte que era mais capaz de ELE se aproveitar de alguém bêbado do que ao contrário. _ Vá embora Elena, já tenho companhia, vc não precisa fingir que se importa comigo.

- Não Damon. Por favor, me deixe cuidar de você. Eu sei que eu fui mt grossa ao julgar vc. Vim aqui te pedir desculpas e vc me trata assim, me deixe te ajudar, sei que não tem a obrigação de intender meu lado, mas eu quero que intenda, eu não quero magoa-lo, eu tenho que dizer a verdade, para não te iludir, eu gosto de vc, vc é um bom amigo, o melhor, mas eu estou mt confusa. Hj sedo vc me pressionou, eu não tenho certeza do que sinto e vc me pressionou daquele jeito e fiquei nervosa e extravasei td o que sentia em vc, me desculpe, de verdade. _ Elena terminou de falar apresada e me olhou com lagrimas margeando os olhos, aquilo, o que ela disse, me libertou do meu estupor, o estupor que os litros e litros de vodca e uísque me colocaram, eu estava alerta agora, percebi meu erro, ela tinha razão, eu a pressionei. Ela estava confusa, com razão, ela era minha cunhada e eu a amava, dava pra ser mais confuso? Ah sim, tinha o fato que éramos vampiros, e ela era humana, a vida dela era posta em risco por amar. Simplesmente isso.

- Tá bom Elena, tá bom. _ Eu disse determinado a fazer com que ela não visse as emoções por trás da mascara que eu abitava permanentemente nos últimos séculos_ Eu te perdoo, mas agora vc tem que ir. _ eu não queria admitir ela perto de mim me enlouquecia. Preferi ficar no confortável, ser o escroto que sempre fui, o impassível e sarcástico Damon_ Ou vc prefere ficar aqui e continuar a festinha comigo e com as minhas colegas lá da esquina? Se decide rápido pq eu tô escutando o Porche do Stefan lá na entrada da garage, vai que ele quer “brincar” com a gente?

- Não mt obrigado. _ disse Elena se adiantando, toda corada, eu amava ela corada, do jeito que as bochechas dela criavam um rubor lindo com apenas um acumulo leve de sangue, o néctar dos deuses, o sangue dela foi o mais puro e delicioso que eu já provara, me controlei pra que minhas feições de vampiro se revelassem_ Se divirta com suas piranhas de quinta que eu tenho algo melhor do que fazer. _ Disse ela fuzilando as garotas desacordadas com os belos olhos castanhos, bateu o pé se virou e saiu apreçada, o caminho curto da sala á porta ela tropeçou no tapete de nervoso e cambaleou, eu a amparei sem necessidade só pra toca-la, só pra sentir seu perfume.

Nossos olhares se encontraram e eu encarei os tão lindos olhos que eu mais amo na minha... Existência, tão profundos, tão vivos, tão belos... Tão amados.

E esperei que ela se afastasse, que aquele brilho nos olhos dela fossem só minha pura e incrível imaginação, mas eu estava esganado, aqueles olhos lindos faiscaram pra mim e seus lábios entre abriram deixando-os mais lindos e sexys que eu havia visto. Eu me aproximei avisando-a com os olhos do que eu iria fazer, do que ela ia fazer...

Senti que minhas pupilas se dilataram de desejo, por um misero beijo, mas um beijo da mulher da minha não-existência, ignorei o ardor constante na minha garganta pela a aproximação, e pelo cheiro adocicado do sangue dela.

A cabeça dela estava tão próxima a minha que eu sentia o gosto de menta do hálito dela na minha boca, nos meus lábios, na minha mente, só o cheiro dela me embriagava mais do que a bebida mais forte que já havia bebido.

Eu me aproximei dela, totalmente sóbrio, ciente de toda a realidade e que o que estava acontecendo era realidade, ela fechou os olhos e avançou no espaço mínimo que nos separava e capturou meus lábios, singelamente, ne um beijo doce e saboroso.

Ela se colou em mim, e eu de bom grado capturei a cintura magra dela pra mim e a colei chocando sua cintura contra a minha, ela ofegou levemente e voltou a me beijar me abraçando com os braços finos e arranhou levemente minha nuca, eu a encostei na pilastra da sala e olhei dentro dos olhos dela, minha pequena grande princesa, o que eu vou fazer sem vc heim?

Eu a beijei, tomando a iniciativa e passeei milhas mãos pelo corpo dela, coloquei meu polegar direito por baixo da blusa azul dela e acariciei a barriga reta que ela tinha, ela levantou a perna enganchando a minha cintura por um tempo, usando-a para iça-la pra mais perto de mim, nos colando, um ao outro como se a distancia fosse dolorosa, e era as delicadas mãos dela traçar desenhos desconexos por td a extensão de minhas costas, uma vez ou outra me arranhando, eu não podia deixa isso ir tão longe, eu sabia, mas era difícil pensar com ela se mostrando tão selvagem desse jeito.

A perna dela que estava na minha cintura foi descendo vagarosamente me deixando louco por ela, mas a droga de eu ser um vampiro era que minha audição avançada captava os paços firmes em direção a porta dos fundos.

Desgrudei rapidamente minha boca da dela e sussurrei no ouvido dela:

- A nossa conversa ainda não terminou.

Mordisquei a orelha dela e me afastei dos palmos pra ver sua reação, ela estava ofegante e vermelha, claramente irritada por eu ter tido parado, aquilo me deixou estonteante.

Faltavam uns 15 metros pra os paços alcançaram o batente da porta, os passos eram lentos, calculei uns 30 segundos até sermos surpreendidos.

Elena me conhecia, viu minha distração, logo ela perguntou.

- Quem?

Eu não precisava perguntar á ela como ela sabia, ela era mt perceptiva, uma de suas mts qualidades.

- Shiiii..._ eu coloquei meu dedo indicador nos lábios dela_ quietinha.

Se ele tivesse prestando mt atenção não teria ouvido, mas parecia distraído enquanto caminhava tranquilamente para a casa.

Ela estava colada em mim então pode escutar o que eu disse.

Ela parecia mt mais alerta agr. Sorri de lado e dei um rápido selinho nela, que arregalou os olhos como se eu fazer isso fosse surpresa, e me afastei.

Ela estava vermelha, mas mt inquieta, se remexia como louca, segurei as mãos dela e ela olhou pra mim, eu pisquei já voltando a meu humor habitual. Corri mt rapidamente até o sofá e me deitei agarrando a Claudete. E ela me encarou como se eu fosse louco, eu era, por ela, ela se arrumou ajeitando a blusa e o cabelo e foi se virando pra sair quando o bendito entrou pela a outra porta, vindo da garagem e veio até a sala.

- Elena! Que bom que está aqui! _ disse Stefan correndo até ela que deu um pulo ao ouvir á voz, ela a abraçou e enterrou o rosto ne seus cabelos. Eu me segurei para não voar até lá e a arrancar dos braços dele, mas eu não podia fazer nd, EU não era nd dela, ele era.

Ela me olho pela as costas dele e eu vi a culpa incendiar nela, ela parecia se estapear por dentro, aquilo me machucou, deve que a reação anterior dela fora puro reflexo ou foi só minha imaginação fértil me enganando de novo, não seria a primeira vez. Talvez ela ficara com pena de mim e retribuíra o beijo só por caridade.

Senti o gosto amargo na minha boca. Aquilo só fez com que eu fechasse ainda mais o semblante ele me paga. Sempre rouba as mulheres que eu amo. Acho que isso era vingança por ele ser feio e não ter nenhuma qualidade ou personalidade para se fazer notar. Bom eu tinha lá culpa de ser td de bom?

- Senti sua falta meu amor. _ disse Tefinha se afastando quebrando o abraço. Olhando-a por inteiro, ela somente encarou o chão_ O que veio fazer aqui? Não te avisei que ia te buscar?

-É... É... É que eu me esqueci. _ Disse Elena com um sorriso amarelo e gaguejando tragicamente, pow, ela nunca mentiu na vida não? Eu preciso dar aulas pra ela, posso lesionar varias matérias, principalmente sexologia... Hehehehe.

- A culpa não é sua, eu devia ter ligado, está pronta para ir ver a surpresa que eu tenho pra vc?_ Disse Stefan, eu fiquei atrás, sentado no sofá remendando ele, nossa, que cara mais irritante. Elena viu e colocou a mão sobre a boca, sufocando o riso.

- Vamos linda, quero chegar ao grill antes que ela lote de gente._ Continuou Stefan, alheio a td.

Continuei a remenda-lo.

Elena sorriu ainda mais, e deu uma tossida pra disfarçar o riso que começara a lhe escapar pelo os lábios.

- Já esta pronta?_ Falou Stefan, eu nunca vi cara mais desatento na vida, juro, fomos trocados na maternidade. (Se é que existia uma na nossa época).

Me levantei e fiz gestos indicando que uma menininha estava falando, rebolando os quadris exageradamente mostrando como Stefan andava.


Elena explodiu em risos e mais risos, ne uma gargalhada profunda e super contagiante.

Stefan olhou para os lados em busca da origem de tal graça e me viu. A fúria cintilava por toda a sua face, irradiando por seu corpo.

-Seu filho de uma p...

- Olcht Stef... Vai apelar pros palavrões agora?_ Falei com um sorriso lascivo em direção a ele e depois fechei a expressão em uma trágica_ Mamãe teria vergonha de vc, que coisa feia_ Balancei a cabaça de um lado ao outro, repreendendo-o.

Elena estava ne um canto, com vergonha após a explosão de risadas que teve.

Stefan pediu desculpas por ter tido falado um palavrão, e ela se encolheu, percebi que era culpa que ela sentia, culpa por ter tido beijado o cunhado, eu tinha que fazer alguma coisa, conversar com ela, resolver a situação.

- O que, afinal vc faz aqui Elena?_ a pergunta temida veio de Stefan que estava determinado á mudar de assunto.

- Eu... Bom, eu vim aqui para... _ Elena olhou pra mim rapidamente pedindo ajuda com os olhos, eu a interrompi prontamente, tirando da situação constrangedora.

- A Elena estava aqui brigando comigo por eu ter trazido algumas mulheres pra casa, e depois estava me ajudando a tirar elas daqui pra eu compeli-las. _ Eu disse uma meia-verdade, a primeira parte foi verdade, em parte, em fim, essa foi a intenção inicial, antes de nós termos nos beijado, o cheiro e as sensações que o beijo me proporcionara ainda estava nublando minha mente, fazendo com que eu ainda pulsasse por ela.

Meu Deus, essa mulher ainda me mata, de ciúmes ou de confusão, de amor ou de prazer, ela, e só ela, sabe me enlouquecer.

Spoiler:

“NOSSA, NOSSA, ASSIM VC ME MATA.
AI SE EU TE PEGO.
AI, AI SE EU TE PEGO.
DELICIA, DELICIA, ASSIM VC ME MATA.”

Continua....
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Lindas, escrevi isso, mas não está bom pq eu to com um bloqueio E-N-O-R-M-E-E-E.
Ultimamente não to conseguindo escrever alguma coisa, acho que é pq meu irmão tá de férias e tá me enlouquecendo, não me deixa em paz um minuto, eu tive que levantar umas 30 vezes só em uma hora, pq ele me chama sem parar. Até pra saber onde tá agua ele me chama, pow, agua tá na geladeira né?
Bjos lindas, amanhã vou chutar meu irmão de casa pra escrever...
Talvez saia algo de bom da minha cachola amanhã!
AMUCÊS! SUAS LINDAS LOUCAS.
TI LOVES!


Última edição por isabela c tonon em Seg Abr 23, 2012 4:35 pm, editado 1 vez(es)
avatar
isabela c tonon

Mensagens : 2789
Data de inscrição : 28/08/2011
Idade : 20
Localização : Entre lençois... Com Damon Salvatore XD

Ver perfil do usuário http://www.facebook.com/#!/profile.php?id=100002452519341

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: One History for Us || by: Bela & Gil

Mensagem por isabela c tonon em Qua Dez 14, 2011 2:01 pm

o jogo continua, então pq respondam tds as perguntas, presiso trminar a one!
bjos gatas
avatar
isabela c tonon

Mensagens : 2789
Data de inscrição : 28/08/2011
Idade : 20
Localização : Entre lençois... Com Damon Salvatore XD

Ver perfil do usuário http://www.facebook.com/#!/profile.php?id=100002452519341

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: One History for Us || by: Bela & Gil

Mensagem por isabela c tonon em Qui Dez 15, 2011 3:29 pm

POXA!!!!!!!!!!!!
ninguem leu o que eu escrevi!
fico triste assim!
tá tão ruim assim a fic???

vou postar a proximas perguntas, respondam em sequensia!

6. Assunto/discução?
R:
7. Motivo?
R:
8. Estilo da cena? (Sweet, Comedia, Terror, Romance, Drama, Hot etc. Nós iremos escolher a mais adquada á situação).
R:
9. Cena/pedido especial?

R:


tenho que terminar de escrever o mais rapido possivel, então quanto mais cedo resp, ais sedo tem capt.
bjosss
avatar
isabela c tonon

Mensagens : 2789
Data de inscrição : 28/08/2011
Idade : 20
Localização : Entre lençois... Com Damon Salvatore XD

Ver perfil do usuário http://www.facebook.com/#!/profile.php?id=100002452519341

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: One History for Us || by: Bela & Gil

Mensagem por Gláucia em Qui Dez 15, 2011 3:36 pm

Desculp não ter comentado mamisssss..........(imagina que eu to de joelhos agora)
Eu li logo que você postou..... alias imprimi e li indo pra casa......... mas não consegui comentar pq to sem net em casa... tá osso.....

Muito bom esse capítulo.... o Damonzinho só faz essas besteira quando tá bravo com a Elena...
Mas nem bravo ele consegue ter raiva ou evitar ela não é......

EU tenho q pegar umas dicazinhas com a Elena de como enlouquecer aquele pedaço de mal caminho... aliás é a rodovia inteira....kkkkkkk

Elena ve se se toca... eu sei um jeito de vc parar de se sentir culpada... larga o Estefan e fica logo com o Damon......
avatar
Gláucia

Mensagens : 290
Data de inscrição : 21/11/2011
Idade : 28
Localização : Barueri, SP

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: One History for Us || by: Bela & Gil

Mensagem por isabela c tonon em Qui Dez 15, 2011 3:40 pm

Gláucia escreveu:Desculp não ter comentado mamisssss..........(imagina que eu to de joelhos agora)
Eu li logo que você postou..... alias imprimi e li indo pra casa......... mas não consegui comentar pq to sem net em casa... tá osso.....

Muito bom esse capítulo.... o Damonzinho só faz essas besteira quando tá bravo com a Elena...
Mas nem bravo ele consegue ter raiva ou evitar ela não é......

EU tenho q pegar umas dicazinhas com a Elena de como enlouquecer aquele pedaço de mal caminho... aliás é a rodovia inteira....kkkkkkk

Elena ve se se toca... eu sei um jeito de vc parar de se sentir culpada... larga o Estefan e fica logo com o Damon......
kkkkkkkkkkkk.. tá perdoada filha, eu tb to sem net em casa...
vamos dar um jeito nisso rapidim, acho que vai ser DELENA se a maioria quiser..
a Elena enlouquese a BR toda filha... kkk
bjossss
avatar
isabela c tonon

Mensagens : 2789
Data de inscrição : 28/08/2011
Idade : 20
Localização : Entre lençois... Com Damon Salvatore XD

Ver perfil do usuário http://www.facebook.com/#!/profile.php?id=100002452519341

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: One History for Us || by: Bela & Gil

Mensagem por Gil Somerhalder Salvatore em Qui Dez 15, 2011 7:16 pm

Ah,a minha net tem TPM, eu só entro de vez em quando
Prima, to postando uma fic com a sua afilhada(e minha filha)agr
Passa lá, o nome vai ser "De volta ao começo"
bjoos, eu li o cap sim
Só esqueci de comentar:evil:
avatar
Gil Somerhalder Salvatore

Mensagens : 2313
Data de inscrição : 30/09/2011
Idade : 19
Localização : Geralmente em frente a um computador/LIXA

Ver perfil do usuário http://c-u-t-t-1-n-g.tumblr.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: One History for Us || by: Bela & Gil

Mensagem por isabela c tonon em Qui Dez 15, 2011 9:35 pm

vou ler prima..
minha net tb tá com TPM aqui.....
#treva!
bjo
avatar
isabela c tonon

Mensagens : 2789
Data de inscrição : 28/08/2011
Idade : 20
Localização : Entre lençois... Com Damon Salvatore XD

Ver perfil do usuário http://www.facebook.com/#!/profile.php?id=100002452519341

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: One History for Us || by: Bela & Gil

Mensagem por isabela c tonon em Ter Dez 27, 2011 3:14 pm

aviso. daqui á alguns minutinhos te capt. novo.
tem mts novidades nele.
fiquem atentas. bjoss
avatar
isabela c tonon

Mensagens : 2789
Data de inscrição : 28/08/2011
Idade : 20
Localização : Entre lençois... Com Damon Salvatore XD

Ver perfil do usuário http://www.facebook.com/#!/profile.php?id=100002452519341

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: One History for Us || by: Bela & Gil

Mensagem por isabela c tonon em Ter Dez 27, 2011 4:29 pm



2º Capitulo
O Desafio.


[N/A: Girls, (que ainda lêem e não me abandonaram, que dó, que dó, que dó! D: ) esse capt aqui vai ter minha interferência de criação, pois ninguém se dignou á responder as ultimas perguntas, vou seguir com a idéia inicial, mas com um final diferente, vai ser DELENA com hot se vcs quiserem, e ainda por cima pode ser Kathyfan se quiserem, com o “Olho de Medusa” etc coisa e tal’s. Bjo]

Kathy POV:


Após a descoberta da possibilidade de eu me ver livre de Klaus eu fiquei extasiada, queria isso o suficiente para esquecer as baladas e curtições que haviam mais á noite para me concentrar em achar o tal lugar onde estava a pedra, o minha ultima esperança, eu e Bela estávamos na outra biblioteca dela, uma que só contia as mais diversas e poderosas raridades do mundo sobrenatural, ela estava com um dos grimórios mais antigos que eu já vira, ele literalmente esfarelava nas mãos abeis e pacientes de Bela de tão antigo que era, não queria imaginar quantos anos ele tinha, eu não estava com saco pra adivinhações á essa altura do campeonato, eu estava terminantemente frustrada, já havíamos lido a outra biblioteca inteira dela, e agora estávamos nessa cujo a entrada era um tipo de alçapão ativado quando se escolhia o livro correto na prateleira da biblioteca original assim se abria uma passagem em meio a parede para essa sala com as raridades da Bela, ela era mt minha amiga mas não tinha como negar o quanto ela era nerd, mas isso estava me ajudando então eu estava tranqüila.


- Aqui_ disse bela me arrancando de meus devaneios e me fazendo dar um salto para o lado dela, com cuidado para não tocar no livro pré-histórico e desfazê-lo em pedaços.

- o que? O que é? Me conta! _ perguntei freneticamente. Saltando ao redor dela.

- Calma, isso pode estragá-lo _ ela disse se referindo ao livro_ sabe qual idade tem esse livro? É da época de Cleópatra, mts milênios antes de cristo e¬ _ eu a interronpi bruscamente.

- cale-se, cale-se, cale-se, cale-se que vc me deixa loucaaaaaaaaaa! Me diz de uma vez o que vc achou. _ implorei vendo ela sorrir da minha reação exagerada.

- Ok apressadinha, bom, esse livro me mostrou o ritual feito no Olímpo pelos os Deuses para aprisionar os poderes de medusa dentro de uma rocha, mas essa rocha era o próprio coração dela que havia sido arrancado por Zeus, assim fora feito um ritual e a pedra fora escondida, e junto com ela fora selada uma maldição para proteger o Poder dela das mãos cobiçosas dos seres habitantes do mundo sobrenatural. Então eu tenho que re-fazer o ritual, só que de trás para frente para reverter a maldição e deixa a pedra livre para o seu uso.

- Humm, acho que entendi, mas esse é só o começo da história não é? Como vamos encontrar essa tal pedra? Com um feitiço de localização?_ perguntei.

- Claro que não bobinha, seria mt fácil se fosse assim, se não qualquer um que quisesse poderia achá-la, tem que se fazer uma prova.

- Prova? Mas á meio milênio eu saí da escola por esse motivo msm. _ eu reclamei, não quero fazer nenhuma prova, fiz bico.

- Ai que loirise meu Deus, Kathy, tem que se passar por uma prova que os deuses criaram, mas não é prova de escola não, vê se cresce, ai, ai. _ ela me disse revirando os olhos em ironia, se fosse outra pessoa estaria morta se fizesse isso comigo, só que ela não, ela era minha amiga de criação, ela sempre me ajudou quando eu precisava, msm agr que eu menos que td mundo merecia essa confiança que ela depositava em mim sobre o conhecimento do Olho de Medusa, ela me ajudava a se livrar do meu carma.

- Tá, gênio, aonde esta então a prova pra gente fazer logo e sabermos onde tá a pedra?

- Está no Olímpo! _ ela respondeu simplesmente.

- Onde?????_ eu perguntei incrédula.

- No O-L-Í-M-P-O _ ela falou como se eu fosse debimental.

-E como iremos chegar lá? _ eu perguntei.

- Com um portal!_ ela disse e proferiu umas palavras estranhas escritas no livro e se abriu uma porta, que dava para outro mundo.

Ela segurou minha mão e nós andamos até a porta e a atravessamos, alertas, prontas para tudo.

Mas nada aconteceu.


*****


Elena POV:


Uma única palavra se passava pela a minha cabeça: U-A-U!!!

Eu nunca, nem em outra vida eu iria me arrepender do que eu tinha acabado de fazer, mas pq eu não sentia culpa pelo o eu tinha feito com meu CUNHADO? (se é que era isso que ele AINDA era) Pq a única coisa que eu queria era mais, mais daquele corpo, mais daqueles olhos, mais daqueles lábios, eu o queria para tudo e por inteiro.

A única coisa que eu me arrependia era que ele não estava aqui, dentro desse carro, agr, no lugar dele... No lugar de Stefan... No lugar do meu namorado.

O namorado que eu acabara de trair.

Ele não merecia isso, não de mim, não depois de tudo que ele fez por mim e para nós ficarmos juntos.

Ele realmente não merecia, eu deveria contar para ele...

Não, só de cogitar essa hipótese eu já via a briga começar, Stefan tentando matar o irmão, tentando machucar Damon, o que ele não sabia era que se machucasse Damon ele estava me machucando. Pronto, a terceira guerra mundial estava declarada.

Ele não se conformaria á me perder pra o irmão, msm depois de tantos anos os dois ainda tinham magoas do que tinha acontecido no “Episodio Katherine” talvez eles tenham ficado traumatizados pelo o que tinha acontecido.

Eu não sou a Katherine, eu não podia ficar com os dois, mas eu queria, e isso era fora de mim, fora do que eu era e que sempre fui, ficar, até cogitar ficar com os dois ao msm tempo, eles nunca iriam aceitar me partilhar.

Espera ai! Pq eu estava pensando nisso? Em ser dos dois? Eu amo Stefan. S-T-E-F-A-N!!! Ou pelo menos eu amava, a época que Stefan tinha se ausentado, não, até antes disso, eu já sentia uma atração por Damon, eu seria cega ne não admitisse que ele era lindo, com todas as letras, mas depois senti que era mais do que isso, rolava uma química, uma ligação que só eu e ele partilhávamos, eu e ele éramos uma dupla dinâmica, amigos, confidentes, conselheiros e parceiros, nós nos entendíamos, e éramos como unha e carne, ele sempre me respeitou, ele mudou, se tornou mais humano, mais compreensivo. Se tornou o MEU Damon, ele e eu éramos como um só.

Depois o Stefan voltou, e nós nos distanciamos, cada vez mais, mais longe um do outro, eu sentia falta dele todos os dias, mas eu não podia eixar de cuidar de Stefan, ele precisava tanto de apoio, de ajuda, mas Damon tb, ele sempre era o excluído, só Stefan voltar e ninguém mais queria saber dele, e o precipício só se amentava entre nós e hoje nós nos encontramos no corredor, ele tinha voltado a ser o era antes, antes de ter mudado tanto, nós discutimos, ele foi afogar as magoas nas putas da esquina e eu com o travesseiro do meu quarto, eu me arrependi tanto e voltei atrás, eu amava Damon, só que eu estou confusa, era como amigos? Cunhado e cunhada? Ou era algo mais? Fui falar com ele e o encontrei naquele estado deplorável, me deu vontade de chorar, o tempo todo, enquanto ele era frio, indiferente, rude, mas eu sabia como ele era de verdade, por trás da mascara, e depois eu fui fraca, eu cedi aos encantos dele e aos sentimentos que eu sentia e nós nos beijamos, mas beijar para mim não fora o suficiente, eu queria mais, eu queria tudo, eu queria ele, por completo e por inteiro.

Mas era tão certo, tão errado, tão bem, tão cheio de paixão e medos.

O toque dos lábios dele me deixou em completa euforia, era viciante, choques elétricos de puro prazer bruto e selvagem me atingiram, totalmente primitivo, me fazendo quere-lo, ser dele, só dele, me fez esquecer de meus problemas, minhas duvidas e dilemas que eu vinha sofrendo a tanto tempo que nem tinha ideia, a sensação era extasiante e completa, não chegava aos pés de nada que já tivesse experimentado na minha vida, com ninguém, nem msm com Stefan.

Stefan! Eu me esqueci dele.

- Elena, vc me escutou?_ ele perguntou, um tanto impaciente.

- Humm? Não, me desculpe, estou pensando nas tarefas de casa que Alaric passou na sexta pra nós fazermos. O que vc disse? _ eu disfarcei, não queria que ele soubesse do que havia acontecido, não antes de eu conversar com Damon para resolvermos o rolo que havíamos criado, se ele percebeu a mentira, tinha disfarçado (ou não percebeu msm, ele era mt tonto) pois não comentou nada.

- Estava falando da Bonnie e do Jeremy. Eles já voltaram?_ perguntou Stefan.

-Não sei, acho que não, a Bonnie estava mt magoada com ele, não sei o que pensar, ele é meu irmão e ela é minha melhor amiga, sempre acabo em cima do muro. _ respondi.

-Humm._ disse ele simplesmente.

Ele continuou a dirigir em direção á minha casa, o clima para irmos ao Grill tinha acabado, eu me recostei no vidro frio e fechei os olhos, já eram umas oito horas da noite, e eu não queria mais nada além da minha cama segura e confortável para chorar até me acabar.

Eu não tinha culpa por ter feito o que fiz. Eu me sentia culpada pelo que fiz com Stefan, ele não merecia ser traído daquele jeito.

Suspirei, não tinha nada mais o que fazer além de tomar uma decisão, a decisão que mudaria a minha vida, que definiria o fim da história, quem eu amava? Damon ou Stefan.

A pergunta era errada, eu amava os dois!

Quem é o dono do meu coração?

Outro suspiro. É, eu tinha uma longa noite de decisões pela frente.

Damon ou Stefan? Stefan ou Damon?

O rosto dos dois girava em minha mente, me levando a perguntar se um coração pode se enganar assim, amar assim, tanto que chegava a doer, mas no final, só um eu poderia escolher. E imaginar magoar um deles me matava pouco á pouco. Me destruía por dentro.

Ai meu Deus, o que eu faço agora?



*****




Bela POV:


Eu e Kathy entramos no portal, senti o medo irradiar por ela e por mim, como um choque de energia cósmica nos sentimos ao passar pelo portal, lá vimos coisas maravilhosas e incríveis. Coisas que não existiam em nosso mundo.

Vimos montanhas flutuantes, onde em uma delas havia uma cacheira que caia em pleno ar, como um tobogã cristalino. Vimos centauros correndo por entre os pastos desnivelados pelo recorte da terra, ao longe conseguia-se ver um vulcão incrivelmente triangular que expelia fogo e lava para cima. Criando um céu de fogo, borbulhante e carmim. Vi uma floresta de gêiseres que expeliam á vez de agua fervente, eles expeliam gelo, criando uma ilha polar e fria, com neve e mais neve isolada em um extremo da dimensão que nos encontrávamos. Á esquerda havia um mar de sangue borbulhante e intenso onde tinham vários esqueletos das mais diversas espécies de seres. O mar era hipnotizante como se nos atraísse para perto dele, prestes a nos afogar em meio ao sofrimento, como bruxa eu estava ciente disso, infelizmente Kathy era somente vampira, portanto fora atraída em direção ao mar sangrento, não era o sangue que a chamava, convocando-a e a colocou nesse transe catastrófico, foi a beleza devastadora de fúria itinerante nela, parecia cantar para ela enquanto ela se aproximava da borda, minha parte vampira tb tinha a msm reação que a parte bruxa, mais pressente em minha essência a anulava, usei minha hipervelocidade para alcança-la antes que algo a acontecesse e a chaqualhei bruscamente, tentando chama-la de volta á realidade, em meio á gritos e chamados de minha parte ela acordou e me fitou boquiaberta.

- O que... O que aconteceu? _ ela disse.

- Vc foi hipnotizada, fique calma, isso acontece, é um sistema de defesa que é meio automática para defender o lugar de visitas indesejáveis.

- Ahh. Foi só o que ela disse, mas eu conhecia Katherine de mais para saber que com aquilo ela queria dizer “obrigada por me salvar.” Mas nós sabíamos que ela era orgulhosa de mais para falar em voz alta.

Sorri para ela e ela me devolveu, essa era a nossa ligação, nos intendíamos sem ser necessário ser proferida sequer uma palavra.

Nós nos viramos encarando o local buscando algo que nos levasse ao próximo nível, que nos ajudasse a prosseguir na missão. Vasculhei com os olhos, girando 360º e estacando.

Á minha direita se via o majestoso e enorme monte Olimpo, uma rocha grava em pedras preciosas com valores que iam além da mera imaginação, em volta dele se via um grande foço com enorme precipício de almas condenadas ao sofrimento eterno, lá, olhando para baixo via-se mts corpos mutilados e destroçados, pela metade ou com mts membros faltando, pareciam sofrer de verdade, tremi só de pensar em meu rostinho lindo sendo desfigurado daquele jeito.

De largura deveria ter uns oitocentos metros, nem um vampiro original conseguiria pular tudo isso sem cair em meio ao foço perecendo lá eternamente.

- Como iremos atravessar? _ eu e Kathy perguntamos em uníssono, parecia que nenhuma de nós tinha a menor ideia.

Paramos para pensar em como realizar um feito daquele, se conseguíssemos realmente merecíamos uma medalha de ouro nas Olimpíadas. Ri da minha piada interna, um trocadilho mt idiota, olimpo Vs. olimpíadas, kkkkk.

Quando olhei para o horizonte eu tive uma ideia, foi quando vi as montanhas flutuantes, isso, flutuar até o outro lado.

- Kathy, e se a gente flutuasse até o outro lado do precipício? _eu disse quando ela estava prestes a surtar por sua impaciência.

- Vc pode fazer isso? _ ela perguntou esquecendo-se do mau humor e fazendo com que seu semblante clareasse.

- Claro que sim, que bruxa seria eu se não soubesse fazer algo ou alguém flutuar, esse é o primeiro feitiço que qualquer bruxa quer aprender antes dos outros. Duhh _ eu disse rindo levemente. Ela me acompanhou, é, a pequena Kathy cheia de revoltas e amargurada esta crescendo.

- Ok. Então vamos logo que quero estraçalhar Klaus o quanto antes. _ ela disse fazendo sua expressão se fechar e um ar assassino tomou conta de suas feições belas.

Eu flutuei á nós duas até a outra margem e nos pousei no chão.

- Acho que seria mais prudente nos flutuar até o topo logo, não queremos mais surpreses desagradáveis no percurso. _ eu disse preocupada. Eu não poderia saber ou prever o que poderia acontecer ou as consequências disso.

- Sim, vc tem razão. _ respondeu Katherine.

Olhei para cima tentando saber quanto poder eu deveria direcionar ao meu redor para que posamos alcançar o topo flutuando e vi que não dava para ver ou sentir com meus “olhos” adicionais que eu tinha, parecia que tinha uma proteção ou um tipo de campo de força em volta de todo o topo.

- Kathy... Más noticias, um pouco mais pra cima da metade do monte eu vou ter que para de flutuar a gente e nós teremos que seguir a pé a partir de lá. _ eu disse frustrada.

- Hã? Por quê? _ ela disse.

- Porque os deuses vão começar a me anular a partir de lá, é como se nós perdêssemos os nossos sentidos adicionais para sermos testadas, para eles verem se representamos ameaça, ou vc acha que estamos aqui na terra deles sem que eles saibam? Eles estão nos vigiando o tempo todo, desde que chegamos aqui, eu sinto.

Ela assentiu contrariada sem gostar nada da noticia, mas já tinha aprendido á mt tempo á não descordar de algo quando eu digo que sinto. Ela sabe que eu tenho o dom intensificado pela a minha condição de vampira de ser uma excelente sensitiva, a melhor que existe hj em dia.

- Me dê a mão, vamos voar. _ eu disse.

- Claro borboleta. _ Ela fez chacota.

- Vai nessa besourão_ eu devolvi a brincadeira.

Quando chegamos lá em cima eu comecei a sentir os efeitos dos deuses se interferindo nos meus poderes, eu sentia uma dor de cabeça indescritível, eu mal podia abrir os olhos para enxergar para onde andava, Kathy estava irritada por até a nossa velocidade ter sido retirada de nós duas, eu lhe expliquei que era temporária, mas ela não quis saber, disse que odiava a andar como uma humana tendo que se locomover igual á uma lesma, que mortos andavam mais rápido. Td o que eu tinha a fazer era rir, mas eu nem isso podia fazer por causa da minha dor de cabeça.

- Pena que mortos não podem tomar aspirina_ eu disse reclamando da minha dor de cabeça.

- A gente não pode pelo o msm motivo, nós estamos motas, nosso corpo não funciona mais normalmente, se não, seria normal nós termos TPM e reumatismo com a idade que temos. _ falou a Kathy.

-É msm, mas vc se esqueceu do que um pequeno detalhe minha amiga_ eu disse.

- Do que? _ ela perguntou curiosa.

- Vc vive ne uma TPM eterna, e parece que tem reumatismo de tanto que reclama, ohh vida mais ou menos. _ eu disse a vendo ficar vermelha de raiva.

- Sua.. _ ela começou, mas eu a cortei rápido.

- Olha, chegamos. _ eu disse, mudando de assunto, eu não queria que ela me esgoelasse logo agora, eu preso mt a minha vida e Katherine irritada é igual á um pandemônio no paraíso, ninguém queria estar perto quando isso acontecesse.

Vimos a grande construção no topo do monte, era tão alto que estávamos rodeadas por nuvens, eu e Katherine admiramos as portas de ouro puro que eram grossas e pesadas, e a construção ricamente decorada, com pequenos desenhos entalhados por toda parte.

Eu e Kathy ficamos de costas coladas uma na outra para nos protegermos do desconhecido poder que parecia derramado por toda parte, cobrindo tudo com um brilho dourado.

Nós nos aproximamos cautelosas da entrada, sempre alertas ao menor movimento que nos rodeava. Eu sentia uma preção na cabeça que me deixava enjoada, como se algo estivesse vasculhando o meu cérebro em busca de algo. Minha mente parecia que estava sendo batida ne um liquidificador de tanto que girava. Kathy estendeu uma mão para abrir a porta enquanto eu tentava suportar a dor e focar ao meu redor.

Quando ela estava quase tocando a porta ela se abriu de repente, de brusco, fazendo uma Katherine surpresa e irritada saltar para trás rugindo em advertência, vi que a porta tinha sido aberta sozinha e depois disso meu cérebro não registrou mais nada, eu fui afastada para o canto da minha mente enquanto eu me assistia a entrar em transe, perdia em meio a neblina eu escutei a minha própria voz dizer:

- Bem vindas desafiantes, que o grande teste se inicie, a batalha por suas vidas começa agora.

Minha voz parecia mais grossa e entediada e eu tive certeza que havia sido invadida por uma força externa, nisso senti um pontada profunda em minha cabeça e me vi gemer enquanto perdia as forças nas pernas e era acudida por Katherine que me alcançou e me pegou antes que eu caísse.

Meus olhos tremularam enquanto eu retomava o controle de meu corpo. Vi um luz forte e meus olhos se apitaram facilmente a iluminação exagerada, devagar comecei a reconhecer formas ao meu redor e me vi na porta de uma espécie estádio com as arquibancadas lotadas e gritando, me vi apoiada a uma Katherine tensa e vi qual era o nosso desafio.

O labirinto do Minotauro.

Onde jamais ninguém havia saído vivo de lá.

Bom, agora sei por que em milênios ninguém havia colocado as mãos no Olho de Medusa.

Agora eu vi que até os mortos oram.



Continua...


- - - - - - - - - - - - - - - - - -


Meninas eu sei que a One está ficando grande, mas se vcs quiserem eu continuo a escrever assim ou eu começo a adiantar as coisas e entrar em menos detalhes assim adianta a história. Espero que tenham gostado de mais essa continuação acho que ainda tem umas duas ou três partes para acabá-la, pfpfpfpfpf respondam as perguntas, eu preciso continuar a escrever, acho que essa one está virando quase uma long fic rsrsrs. Lembrem. Quanto mais rápido responderem mais rápido vcs leram mais, e se não estiverem gostando me digam que msm gostando de escrever sobre isso eu paro.
E quem quiser ler fics parecidas com esta é só lerem as fics a seguir, eu recomendo.

• Por Você. __ By: Giovanna.
• De volta ao começo ___ By: Giovanna & Carol.
• Devastation: A vingança nunca morre. ___ By: Isabela.

Essas fics são da minha prima linda e da minha afilhada amada e a ultima é minha, pfpfpf, pelos menos leiam um pouquinho, sei que irão gostar, e depois irão prossegui-las. Rsrsrs.

Bjão amrs.


Última edição por isabela c tonon em Seg Abr 23, 2012 4:40 pm, editado 1 vez(es)
avatar
isabela c tonon

Mensagens : 2789
Data de inscrição : 28/08/2011
Idade : 20
Localização : Entre lençois... Com Damon Salvatore XD

Ver perfil do usuário http://www.facebook.com/#!/profile.php?id=100002452519341

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: One History for Us || by: Bela & Gil

Mensagem por isabela c tonon em Ter Dez 27, 2011 5:31 pm

gente vcs gostaram?
avatar
isabela c tonon

Mensagens : 2789
Data de inscrição : 28/08/2011
Idade : 20
Localização : Entre lençois... Com Damon Salvatore XD

Ver perfil do usuário http://www.facebook.com/#!/profile.php?id=100002452519341

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: One History for Us || by: Bela & Gil

Mensagem por Bonn em Ter Dez 27, 2011 5:36 pm

Isa *-*
Vou começar a ler os capítulos agora ><
jájá eu comento.
Beijinhos
avatar
Bonn

Mensagens : 526
Data de inscrição : 01/12/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: One History for Us || by: Bela & Gil

Mensagem por isabela c tonon em Ter Dez 27, 2011 5:48 pm

Bonn escreveu:Isa *-*
Vou começar a ler os capítulos agora ><
jájá eu comento.
Beijinhos
oks afilhada, espero que goste!
bjinhosss
Love U my beaty queen
avatar
isabela c tonon

Mensagens : 2789
Data de inscrição : 28/08/2011
Idade : 20
Localização : Entre lençois... Com Damon Salvatore XD

Ver perfil do usuário http://www.facebook.com/#!/profile.php?id=100002452519341

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: One History for Us || by: Bela & Gil

Mensagem por Bonn em Ter Dez 27, 2011 5:58 pm

Amei a “parte dois” ou sei lá como se chama o penúltimo capitulo. Kkkkk
O Damon tenta, mas não consegue ficar com raiva da Elena.. HAHAHA
Mesmo fazendo besteira, ele ama ela *-* E isso é o que importa.
A Elena também tem que se tocar e largar o patão do Stefan de vez né? Fala sério.
Vai trocar aquela coisa perfeita do Damon, pra ficar com aquela coisa. Aiaiai
Pelo menos ela não ia ficar se remoendo de culpa.
Elena, vamos trocar uma ideia comigo aqui! SE TOCA QUERIDA. Kkkkkkk
----
Isa, to muito curiosa com essa prova. O que será que é ein?
Também to achando a Bela mó nerd. Kkkkkkk e outra: ri muito da Kathy toda estressadinha em volta dela. Quase a imaginei com bochechas gordas e uma bola embaixo do braço falando aquele: Cale-se, cale-se... uahsuahus
E esse feitiço que ela vai ter que refazer? Como se não bastasse ter que fazer a prova pra achar a pedra, agora tem isso também. Aiaiai.
Elena querida, vou falar mais uma vez. Deixa de ser TONTA. Como assim não saber quem escolher? Se ela traiu o patão dela, é porque ela ama o Damon e ponto.
Não tem essa coisa de não saber o que fazer. Admite que você prefere o Damon e acabou. Kkkkkkkkk.
Tipo, ela tem que saber né, porque não tem condições uma pessoa trair o namorado e depois dizer que ainda ama ele e que é feliz ao lado dele. Porque se fosse, não tinha traído. Kkkk
tomara que ela largue aquele patão e fique com o Damon.
- Claro borboleta. _ Ela fez chacota.

- Vai nessa besourão_ eu devolvi a brincadeira.
HAHAHAHAHA, ri muuuito com isso. Amo essas duas. Uahsuahushau
E nossa, o labirinto do minotauro.
Será que elas vão conseguir sair de lá? :O
Muito curiosa.
----
Perguntinha: Você gosta de mitologia grega? *-*
Se gosta, quais são as suas lendas/histórias favoritas?
To muito curiosa aqui. Porque eu amo. Uahusha
Beeijos Isa. Não demore pra postar ein.
avatar
Bonn

Mensagens : 526
Data de inscrição : 01/12/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: One History for Us || by: Bela & Gil

Mensagem por isabela c tonon em Ter Dez 27, 2011 6:13 pm

Bonn escreveu:Amei a “parte dois” ou sei lá como se chama o penúltimo capitulo. Kkkkk
O Damon tenta, mas não consegue ficar com raiva da Elena.. HAHAHA
Mesmo fazendo besteira, ele ama ela *-* E isso é o que importa.
A Elena também tem que se tocar e largar o patão do Stefan de vez né? Fala sério.
Vai trocar aquela coisa perfeita do Damon, pra ficar com aquela coisa. Aiaiai
Pelo menos ela não ia ficar se remoendo de culpa.
Elena, vamos trocar uma ideia comigo aqui! SE TOCA QUERIDA. Kkkkkkk
----
Isa, to muito curiosa com essa prova. O que será que é ein?
Também to achando a Bela mó nerd. Kkkkkkk e outra: ri muito da Kathy toda estressadinha em volta dela. Quase a imaginei com bochechas gordas e uma bola embaixo do braço falando aquele: Cale-se, cale-se... uahsuahus
E esse feitiço que ela vai ter que refazer? Como se não bastasse ter que fazer a prova pra achar a pedra, agora tem isso também. Aiaiai.
Elena querida, vou falar mais uma vez. Deixa de ser TONTA. Como assim não saber quem escolher? Se ela traiu o patão dela, é porque ela ama o Damon e ponto.
Não tem essa coisa de não saber o que fazer. Admite que você prefere o Damon e acabou. Kkkkkkkkk.
Tipo, ela tem que saber né, porque não tem condições uma pessoa trair o namorado e depois dizer que ainda ama ele e que é feliz ao lado dele. Porque se fosse, não tinha traído. Kkkk
tomara que ela largue aquele patão e fique com o Damon.
- Claro borboleta. _ Ela fez chacota.

- Vai nessa besourão_ eu devolvi a brincadeira.
HAHAHAHAHA, ri muuuito com isso. Amo essas duas. Uahsuahushau
E nossa, o labirinto do minotauro.
Será que elas vão conseguir sair de lá? :O
Muito curiosa.
----
Perguntinha: Você gosta de mitologia grega? *-*
Se gosta, quais são as suas lendas/histórias favoritas?
To muito curiosa aqui. Porque eu amo. Uahusha
Beeijos Isa. Não demore pra postar ein.
]Nosssaa O.O
que coment amr...kkkk
enooorrrmeee.. kkkk
amey, amo quando fazem coments detalhados.
eeu sei, a Elena é mt besta né? mas eu vou dar um jeito nisso. rapidim, vai ser delena.
eu de vez em quando tenho umas piadinhas assim pra escrever.kkkk
é eu sou nerd né?? brigadu.kkkk
kk.. elas são d++ né...
eu tava vendo chaves ai o Cle-se, cale-se, cale-se rolou kkkk
kkkk
___________
mooorrr amu mitologia grega, romana, egipcia de tds os tipos...
eu amo esse lance de passado, e tb de poderes e maldições, herculos, sparta, troia, calipso, perseu... amo td...
é mt legal, me deixa facinada.
eu fico loucona de ler. tenho um monte de filmes sobre isso.
Spoiler:
Linda, me add no msn.
belinhatonon@hotmail.com
avatar
isabela c tonon

Mensagens : 2789
Data de inscrição : 28/08/2011
Idade : 20
Localização : Entre lençois... Com Damon Salvatore XD

Ver perfil do usuário http://www.facebook.com/#!/profile.php?id=100002452519341

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: One History for Us || by: Bela & Gil

Mensagem por Bonn em Ter Dez 27, 2011 6:25 pm

isabela c tonon escreveu:
Bonn escreveu:Amei a “parte dois” ou sei lá como se chama o penúltimo capitulo. Kkkkk
O Damon tenta, mas não consegue ficar com raiva da Elena.. HAHAHA
Mesmo fazendo besteira, ele ama ela *-* E isso é o que importa.
A Elena também tem que se tocar e largar o patão do Stefan de vez né? Fala sério.
Vai trocar aquela coisa perfeita do Damon, pra ficar com aquela coisa. Aiaiai
Pelo menos ela não ia ficar se remoendo de culpa.
Elena, vamos trocar uma ideia comigo aqui! SE TOCA QUERIDA. Kkkkkkk
----
Isa, to muito curiosa com essa prova. O que será que é ein?
Também to achando a Bela mó nerd. Kkkkkkk e outra: ri muito da Kathy toda estressadinha em volta dela. Quase a imaginei com bochechas gordas e uma bola embaixo do braço falando aquele: Cale-se, cale-se... uahsuahus
E esse feitiço que ela vai ter que refazer? Como se não bastasse ter que fazer a prova pra achar a pedra, agora tem isso também. Aiaiai.
Elena querida, vou falar mais uma vez. Deixa de ser TONTA. Como assim não saber quem escolher? Se ela traiu o patão dela, é porque ela ama o Damon e ponto.
Não tem essa coisa de não saber o que fazer. Admite que você prefere o Damon e acabou. Kkkkkkkkk.
Tipo, ela tem que saber né, porque não tem condições uma pessoa trair o namorado e depois dizer que ainda ama ele e que é feliz ao lado dele. Porque se fosse, não tinha traído. Kkkk
tomara que ela largue aquele patão e fique com o Damon.
- Claro borboleta. _ Ela fez chacota.

- Vai nessa besourão_ eu devolvi a brincadeira.
HAHAHAHAHA, ri muuuito com isso. Amo essas duas. Uahsuahushau
E nossa, o labirinto do minotauro.
Será que elas vão conseguir sair de lá? :O
Muito curiosa.
----
Perguntinha: Você gosta de mitologia grega? *-*
Se gosta, quais são as suas lendas/histórias favoritas?
To muito curiosa aqui. Porque eu amo. Uahusha
Beeijos Isa. Não demore pra postar ein.
]Nosssaa O.O
que coment amr...kkkk
enooorrrmeee.. kkkk
amey, amo quando fazem coments detalhados.
eeu sei, a Elena é mt besta né? mas eu vou dar um jeito nisso. rapidim, vai ser delena.
eu de vez em quando tenho umas piadinhas assim pra escrever.kkkk
é eu sou nerd né?? brigadu.kkkk
kk.. elas são d++ né...
eu tava vendo chaves ai o Cle-se, cale-se, cale-se rolou kkkk
kkkk
___________
mooorrr amu mitologia grega, romana, egipcia de tds os tipos...
eu amo esse lance de passado, e tb de poderes e maldições, herculos, sparta, troia, calipso, perseu... amo td...
é mt legal, me deixa facinada.
eu fico loucona de ler. tenho um monte de filmes sobre isso.
Spoiler:
Linda, me add no msn.
belinhatonon@hotmail.com

Ah, mais eu adorei o 'cale-se, cale-se' aushuahsuahush
Mas enfim, amo as duas juntas, são muuuito demais *-* kk
Eu também amo Mitologia *-*
Mas acontece que to de férias e não dá pra pegar livros na escola né ;//
E também nesses últimos tempos eu tava atolada de trabalhos e provas, aí nem sobrava tempo mais ://
Eu também me ligo muito no passado!
Sei lá, é muito excitante (no bom sentido gente. kkk) ler essas coisas e ficar imaginando... sei lá.
só sei que eu me ligo muito em tudo que diz respeito a passado, história, lendas e mitologia.
demais demais *-*
E ah, eu já de adicionei no msn há um tempinho, mas eu nem sempre eu entro lá :/
Beijinhos
E ah, esqueci de falar: Que booooooom que vai ser Delena *-*
I love *-* s2s2s2
avatar
Bonn

Mensagens : 526
Data de inscrição : 01/12/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: One History for Us || by: Bela & Gil

Mensagem por isabela c tonon em Qua Dez 28, 2011 12:41 pm

Bonn escreveu:
isabela c tonon escreveu:
Bonn escreveu:Amei a “parte dois” ou sei lá como se chama o penúltimo capitulo. Kkkkk
O Damon tenta, mas não consegue ficar com raiva da Elena.. HAHAHA
Mesmo fazendo besteira, ele ama ela *-* E isso é o que importa.
A Elena também tem que se tocar e largar o patão do Stefan de vez né? Fala sério.
Vai trocar aquela coisa perfeita do Damon, pra ficar com aquela coisa. Aiaiai
Pelo menos ela não ia ficar se remoendo de culpa.
Elena, vamos trocar uma ideia comigo aqui! SE TOCA QUERIDA. Kkkkkkk
----
Isa, to muito curiosa com essa prova. O que será que é ein?
Também to achando a Bela mó nerd. Kkkkkkk e outra: ri muito da Kathy toda estressadinha em volta dela. Quase a imaginei com bochechas gordas e uma bola embaixo do braço falando aquele: Cale-se, cale-se... uahsuahus
E esse feitiço que ela vai ter que refazer? Como se não bastasse ter que fazer a prova pra achar a pedra, agora tem isso também. Aiaiai.
Elena querida, vou falar mais uma vez. Deixa de ser TONTA. Como assim não saber quem escolher? Se ela traiu o patão dela, é porque ela ama o Damon e ponto.
Não tem essa coisa de não saber o que fazer. Admite que você prefere o Damon e acabou. Kkkkkkkkk.
Tipo, ela tem que saber né, porque não tem condições uma pessoa trair o namorado e depois dizer que ainda ama ele e que é feliz ao lado dele. Porque se fosse, não tinha traído. Kkkk
tomara que ela largue aquele patão e fique com o Damon.
- Claro borboleta. _ Ela fez chacota.

- Vai nessa besourão_ eu devolvi a brincadeira.
HAHAHAHAHA, ri muuuito com isso. Amo essas duas. Uahsuahushau
E nossa, o labirinto do minotauro.
Será que elas vão conseguir sair de lá? :O
Muito curiosa.
----
Perguntinha: Você gosta de mitologia grega? *-*
Se gosta, quais são as suas lendas/histórias favoritas?
To muito curiosa aqui. Porque eu amo. Uahusha
Beeijos Isa. Não demore pra postar ein.
]Nosssaa O.O
que coment amr...kkkk
enooorrrmeee.. kkkk
amey, amo quando fazem coments detalhados.
eeu sei, a Elena é mt besta né? mas eu vou dar um jeito nisso. rapidim, vai ser delena.
eu de vez em quando tenho umas piadinhas assim pra escrever.kkkk
é eu sou nerd né?? brigadu.kkkk
kk.. elas são d++ né...
eu tava vendo chaves ai o Cle-se, cale-se, cale-se rolou kkkk
kkkk
___________
mooorrr amu mitologia grega, romana, egipcia de tds os tipos...
eu amo esse lance de passado, e tb de poderes e maldições, herculos, sparta, troia, calipso, perseu... amo td...
é mt legal, me deixa facinada.
eu fico loucona de ler. tenho um monte de filmes sobre isso.
Spoiler:
Linda, me add no msn.
belinhatonon@hotmail.com

Ah, mais eu adorei o 'cale-se, cale-se' aushuahsuahush
Mas enfim, amo as duas juntas, são muuuito demais *-* kk
Eu também amo Mitologia *-*
Mas acontece que to de férias e não dá pra pegar livros na escola né ;//
E também nesses últimos tempos eu tava atolada de trabalhos e provas, aí nem sobrava tempo mais ://
Eu também me ligo muito no passado!
Sei lá, é muito excitante (no bom sentido gente. kkk) ler essas coisas e ficar imaginando... sei lá.
só sei que eu me ligo muito em tudo que diz respeito a passado, história, lendas e mitologia.
demais demais *-*
E ah, eu já de adicionei no msn há um tempinho, mas eu nem sempre eu entro lá :/
Beijinhos
E ah, esqueci de falar: Que booooooom que vai ser Delena *-*
I love *-* s2s2s2
vai ser delena simmm Twisted Evil com HOT'S escritos por mim e revisados pela nanda e pela poli se elas quiserem XD
afilhada, se vc quiser vc pode responder as perguntas e me ajudar a montar a one, pq a fic é totalmente interativa, se nao gostarem de algo eu tenho que mudar, e eu mudo com td o gosto!
bjizzz
avatar
isabela c tonon

Mensagens : 2789
Data de inscrição : 28/08/2011
Idade : 20
Localização : Entre lençois... Com Damon Salvatore XD

Ver perfil do usuário http://www.facebook.com/#!/profile.php?id=100002452519341

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: One History for Us || by: Bela & Gil

Mensagem por isabela c tonon em Sab Dez 31, 2011 8:22 pm

Vcs acharam q eu iria me esquecer de vcs????? NUNCA, nem sob tortura!!!!
Queria agradecer á vcs a oportunidade q me deram em escrever pra vcs, tds as maluquises e doideiras minhas
queria agradecer pelos laços de amizades indestrutiveis q formei aqui q q tds vcs me aceitaram como uma igual... Isso eu nunca irei esquecer... Está guardado dentro de mim... No meu coração... Para sempre.
Eu queria desejar a tds vcs um otimos ano novo. E q ano que vem estejamos tds de volta aqui para continuarmos as nossas brincadeiras e sandices.. Huahuahua... Feliz ano novo pra tds vcs...
Moors da minha vida:
HAPPY NEW YEAR!!!! IT THE EVERY DREAMS BEGINS NOW AND LAST EVER!!!!!
AMO VCS! SZ'
avatar
isabela c tonon

Mensagens : 2789
Data de inscrição : 28/08/2011
Idade : 20
Localização : Entre lençois... Com Damon Salvatore XD

Ver perfil do usuário http://www.facebook.com/#!/profile.php?id=100002452519341

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: One History for Us || by: Bela & Gil

Mensagem por isabela c tonon em Sab Jan 07, 2012 2:23 pm

3º Capitulo
Sexy Love.



O conteúdo desde capitulo não é recomendado para menores de 18 anos.



POV Elena:


Stefan continuava em silencio, e eu tb, estava ponderando minhas opções. Eu tinha opções, mas qual era a mais correta?

-Chegamos. _ disse ele, eu olhei para ele e vi o sorriso sereno e singelo dele, antigamente aquilo me acalmava, mas agr não, não mais. O que estava havendo comigo? Eu já sabia o que tinha acontecido. Damon havia acontecido. Chegou iluminando minha vida, me deixando no claro, me ajudando, me confortando, me amando sem ser amando, eu admirava tudo isso nele.

- obrigado pela a carona. _ eu disse apenas e sorri amarelo para ele, estava cansada dessa mentira, só queria um banho quente e minha cama agora.

- De nada meu amor. Durma bem. _ ele diz, se despedindo, quando ele se aproxima para me beijar eu fique desesperada, eu sabia que nada mais era tão natural entre namorados do que um beijar o outro, mas agr eu nem sabia se ele era meu namorado mais, muita coisa tinha acontecido desde que ele havia ido embora com Klaus. Nada mais seria o mesmo, mesmo eu querendo o tempo havia passado e as coisas haviam mudado, sentimentos quiseram em mim, eu não podia mais negar.

Quando os lábios dele se aproximaram eu não sabia o que fazer, então simplesmente eu virei o rosto e fingi que não havia visto. Ele suspirou e beijou minha bochecha. Vi que ele estava insatisfeito, não se contentaria com apenas isso.

- O que está errado Elena? Você esta magoada por eu ter esquecido que nós iriamos sair? Me desculpe. _ ele diz. Como eu vou dizer isso pra vc Stefan? Vc quer a vdd? Não posso ser precipitada, quer que eu conte que beijei o seu IRMÃO e gostei? pensei com meus botões.

Suspirei e me aproveitei da desculpa dele. Não podia bancar a Sra. Sincera agr ne uma situação tão delicada.

- É mais ou menos isso Stefan, mas não quero mais falar sobre isso hj, estou cansada, amanhã a gente se fala tá? _ dei um simples selinhos nele, um selinho que dizia, vai ficar tudo bem, mas a vdd era que nem eu sabia como as coisas iriam ficar.

- Tchau Elena. _ ele disse sem demostrar suas emoções. Eu sabia que isso não iria durar mt. Mas eu não queria mais saber.

- Tchau Stefan _ eu disse, mas aquilo soou como um adeus definitivo, vi ele arregalar os olhos e me encarar, eu então tentei concertar a situação. _ até amanhã. _ ele se acalmou e assentiu, eu fechei a porta do carro e caminhei até a porta da imensa casa branca.

Eu estava com uma sensação estranha, quando o carro partiu vi que sabia qual sensação era aquela, eu estava sendo observada, e essa sensação me arrepiava dos pés á cabeça.

Me apresei para abrir a porta, virei a chave de uma única vez, mas quando abri a porta com forca de uma inca vez, eu estanquei ao escutar uma risada familiar, suave e irônica.

- Damon?_ perguntei sorrindo, sem me virar.

- Te assustei Eleninha? _ ele respondeu, sorri mais amplamente, entrei para dentro de casa e olhei pela a porta. Ele estava casualmente encostado na varando me olhando fixamente e sorrindo de lado. Ele parecia um Deus parado daquele jeito, suspirei em arquejos.

- Vc... Vc não quer entrar? _ eu perguntei com dificuldades para falar algo coerente enquanto olhava naqueles olhos azuis hipnotizantes.

- Claro. _ ele entrou e eu fui direto pra a cozinha enquanto ele se sentava no sofá, tomei um enorme copo e agua com açúcar para me acalmar, ele não sabia o quanto a mera presenta dele me afetava.

- Eu vou tomar um banho ok? Tô cansada, vo dormir, se quiser pode ficar aqui, mas quando sair tranque a porta e coloque a chave por baixo da porta ok?_ eu disse sem olha-lo, somente olhando para a escada, eu estava me controlando para não atravessar a sala e tascar um beijo naquela boca linda.

- Ok, tudo bem. pode ir, não vou demorar muito não. _ ele disse, eu podia ouvir o sorriso por meio de sua voz e isso me levou a encara-lo para ver o motivo da graça.

Ele me olhava por inteiro, e isso me deixou sem graça por um instante até que eu percebi que gostava de quando ele me olhava querendo me devorar com os olhos com puro desejo.

Eu subi as escadas rapidamente antes que eu fizesse algo impensado e o atacasse.

Entrei no meu quarto já tirando a roupa e jogando em qualquer canto, sai correndo para o banheiro, precisava de um banho frio.

Eu me demorei no banho o máximo possível, sentia a agua escorrer por meu corpo, parecia clarear minha mente e limpar meu corpo do desejo primitivo e intenso que eu sentia pelo Damon.

Comecei a ponderar minhas escolhas, pensei em minha vida com Stefan, e vi que o que eu sentia por ele não era mais forte como antes. Eu pensei mais e percebi que se amasse de vdd o Stefan eu não me apaixonaria por Damon, ou seja, eu não amava mais o Stefan como antes, o amor que eu sentia era de irmãos e não de namorados.

Quando sai com meu robe lilás e a toalha na cabeça do Box. Eu passei um creme da Victoria Secret em meu corpo e coloquei minha roupa intima e uma camisola fina por cima. Sai do banheiro calmamente e me dirigi direto para a cama, quando percebi um movimento pela a minha visão periférica.

Me virei para ver o que era e meu queixo caiu.

Damon estava sem camisa encostado no batente da porta sorrindo para mim como se aprovasse o meu look.

- Gosto dessa camisola, não sei pq. _ ele disse com um sorriso safado no rosto.

Tentei desgrudar meus olhos do corpo sarado e perfeito dele para falar algo. A única coisa que consegui dizer foi:

- Damon, o que esta fazendo no meu quarto? Sem camisa? _ eu disse, fechei meus olhos em fendas, ele só podia querer me provocar né? Qual o motivo de ele aparecer AQUI sem camisa? Me fazer perder a linha, obvio.

- Eu derramei refri na minha camisa e vim ver se vc me emprestava uma do Jeremy. _ ele disse, mas eu tinha certeza que ele derramou de proposito. Pq o Jeremy tinha que sair com a Bonnie logo hj e me deixar sozinha em casa com esse Sr. Perfeição?

- Ok. Mas acho que se vc quer uma camisa vc deveria ir ao quarto do Jer e não no meu. _ eu retruquei, eu não podia negar, eu estava adorando ter essa visão ampla do tanquinho dele. Eu sem duvidas trocaria minha maquina de lavar por esse tanquinho. Twisted Evil

- Pois é, eu iria lá se não quisesse vir aqui fazer isso. _ ele disse. Ele se aproximou de mim como um jato, colando meu corpo ao dele e me beijando ardentemente.

Minha mente girou em ração ao perfume masculino que ele usava, a sensação de seus lábios nos meus e o calor bem vindo de suas mãos em minha cintura.

Eu não queria mais saber, é ele que eu quero. É ele que eu desejo, e no final é ele que eu amo.

Eu aprofundei o beijo sem pestanejar. Enlaçando sua cintura com minha perna e o puxando pra mim. Ele segurou firmemente a minha perna que estava em sua cintura e acariciou minha coxa, subindo, subindo, subindo até que apertou minha bunda e eu gemi rouca. Eu o girei e ele estava contra a porta do banheiro, eu puxei sua cabeça para trás e lambi seu pescoço, mordendo levemente, e lhe arranhando a nuca com as unhas.

Ele não me deixou por muito tempo no controle. Rapidamente era eu contra a porta e seus lábios em minha boca, nossas línguas fazendo a dança erótica e sensual que só nós dois sabíamos.

Ele puxou a minha outra perna para sua cintura e logo eu estava suspensa no ar e beijando meu pescoço, arrancando gemidos de prazer de mim.

Eu estava perdia no mar de seus olhos quando abri os olhos e vi suas pupilas dilatadas de desejo, eu só queria ele cada vez mais, e vi o amor e o prazer em seus rosto, eu iniciei outro beijo apaixonado e ardente que ele aprofundou ferozmente.

Ele me descolou da porta e me jogou na cama, ele por cima, seus lábios desceram por meu pescoço e traçaram minha clavícula habilmente. Sua língua descia e subia me meu colo, ele quebrou o contato para tirar minha camisola preta me deixando e sutiã e calcinha, suas mãos passearam por minha cintura eu ele começou a beijar minha barriga eu gemi quando seus lábios alcançaram meu umbigo e o beijou. Eu estava em vários níveis difusos de prazer, queria deixar ele tão louco quanto eu.

Eu inverti de posição com ele e ele me olhou divertido.

- O que vai fazer? _ele disse rouco.

- Vamos brincar. _ eu respondi safada, e o calei com um beijo, tracei seu lábio inferior com a língua e ele estremeceu.

- Brincar de que? _ ele disse.

Eu beijei sua orelha e mordi o lóbulo, ele se arrepiou quando eu passei a língua quente por lá e eu respondi: - De quem aguenta mais. _ e comecei e beijar sua barriga sarada, com as mãos traçando cada gominho da perdição dele e beijando toda sua extensão.

Cheguei e sua calça e comecei a abrir o cinto, o olhando dentro de seus olhos enquanto fazia isso. Eu abri o botão e o zíper, ele gemeu novamente enquanto eu acariciava seu membro por sobre a cueca box que ele usava.

Ele retomou a posição inicial e terminou de tirar a calça rapidamente. Agora o que nos separava eram as poucas peças de roupa intima.

- Minha vez._ ele disse.

Ele tirou de meu ombro a alça do sutiã e beijou ali, fechei meus olhos forte ao sentir sua língua lá. Seus braços fortes se fecharam ao meu redor e eu só conseguia sentir sua pela contra a minha deixando minha mente em branco. Ele abriu o sutiã e o jogou do outro lado do quarto. Ele sorriu para mim com aquele ar pervertido enquanto encarava meus seios fartos descobertos. Ele me beijou de novo e mordeu de leve meu lábio, ele me deu espaço para respirar quando eu perdi o folego e passou a beijar meu pescoço, meu colo e desceu suas mãos traçaram meus seios e eu arfei ao sentir sua boca neles, ele os apalpava a os chupava fortemente, suas mãos eram firmes e meus seios estavam tão sensíveis ao toque como nunca, eu sentia um choque delicioso quando ele começou a descer mais e mais por minha barriga e suas mãos chagaram á minha calcinha, seu dedo indicador puxou o elástico e eu gemi o seu nome, o empurrei de lado e subo por cima dele beijei sua boca deliciosa e deixei um chupão em seu pescoço as passar por lá desci cada vez mais e minha boca alcançou o tecido de sua cueca.

- Elena!_ ele gritou quando minha boca passou por cima da cueca e minhas mãos acariciaram o membro rígido dele. Sorri de lado ao constatar que as historias eram verdadeiras, haviam boatos que o DELE era grande, era verdade. E como.

- Elena, por favor. _ ele disse perdido em meio as sensações. Eu tirei lentamente sua cueca e passei a mão pela a parte interna de sua coxa e meus lábios beijaram seu membro, eu o chupei e o beijei subindo e descendo enquanto ele gemia e gritava meu nome, sabia que ele estava sentindo quase o mesmo que eu sentia quando ele estava no comando.

Ele girou e vi que suas feições de vampiro estavam expostas pelo o nível de descontrole que eu o coloquei.

Acariciei o seu rosto e beijei sua boca e ele sussurrou.

-E não aguanto mais Elena, eu preciso tê-la. _ eu sorri ao escutar aquilo e concordei com a cabeça.

Ele rasgou minha calcinha e eu fui a loucura quando suas mãos me tocaram, ele me estimulou com elas, e ficou satisfeito ao constatar o quanto eu estava molhada.

Ele beijou em minha intimidade e eu gemi, logo ele estava dentro de mim e eu arranhei suas costas ao sentir seus movimentos lentos e ritmados.

Cada vez mais profundo eu o abracei e meus seis ficaram colados com seu tórax, ele me beijou com urgência e eu senti suas presas em minha boca, aquilo e excitou mais ainda, ele se movia mais rapidamente enquanto beijava me pescoço e suas presas me arranhavam, eu não sabia aonde eu sentia mais prazer, isso estava fora de cogitação, nunca havia sentido tanto prazer me minha vida.

-Me morda. _ eu exigi e ele me obedeceu, quando suas presas afundaram me meu pescoço eu senti o orgasmo vindo, eu senti o prazer sem igual de partilhar os pensamentos e vi o quanto ele sentia em estar assim comigo, eu fiquei satisfeita em ver o tanto de prazer que ele sentia e o sentimento puro e animalesco que ele tinha por mim, mostrei meus sentimentos e o quanto eu o amava.

Ele parou de sugar meu sangue e passou a língua por cima dos dois pequenos furos em meu pescoço. Eu gemi junto á ele quando o ápice nos alcançou e eu não tinha palavras para a sensação de ele me preenchendo.

Ele se deitou do meu lado com nossos corpos suados e ambos ofegantes.

Eu sussurrei sem folego: -Eu te amo Damon. _ eu tentei colocar todo o meu sentimento nessas quatro palavras.

Ele sorriu e me abraçou.

-Eu também te amo Elena, mas isso vc já sabia. _ eu aceitei de bom grado aqueles braços fortes e musculosos me envolverem, enquanto ambos nos rendíamos ao cansaço e dormíamos de conchinha.


Continua...


Última edição por isabela c tonon em Seg Abr 23, 2012 4:48 pm, editado 3 vez(es)
avatar
isabela c tonon

Mensagens : 2789
Data de inscrição : 28/08/2011
Idade : 20
Localização : Entre lençois... Com Damon Salvatore XD

Ver perfil do usuário http://www.facebook.com/#!/profile.php?id=100002452519341

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: One History for Us || by: Bela & Gil

Mensagem por isabela c tonon em Sab Jan 07, 2012 4:41 pm

Capt. Postada.... Hot delena Twisted Evil .
Gente esse é o primeiro hot que eu escrevo...
Espero q vcs gostem... Se vcs não gostarem me falem tá????
Por que eu sou supeeeeerrrr inesperiente nesse quesito escrever...
Agr no quesito praticarrr.... Twisted Evil Hauhuahuahuahua é outros quinhentos.....
Comentem ok??? Eu to presisando... Me dá inspiração XD
bjokas minhas lindas
avatar
isabela c tonon

Mensagens : 2789
Data de inscrição : 28/08/2011
Idade : 20
Localização : Entre lençois... Com Damon Salvatore XD

Ver perfil do usuário http://www.facebook.com/#!/profile.php?id=100002452519341

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: One History for Us || by: Bela & Gil

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 4 de 5 Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum