Parceria
SIGMA CAMISETAS
Votação

Quem você quer entrevistar?

64% 64% [ 9 ]
36% 36% [ 5 ]

Total dos votos : 14


Set Fire to the Rain

Página 14 de 15 Anterior  1 ... 8 ... 13, 14, 15  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Set Fire to the Rain

Mensagem por Bonn em Seg Mar 05, 2012 8:35 pm

carolina cardinal escreveu:
Bonn escreveu:Elena tenta fugir das perguntinhas MUITO DISCRETAS da Carol... Mas não consegue. kkkkkkkk
Ah, também acho que é da natureza dela falar muito... Mas poxa né! Elena é toda vergonhosa e tal, e a Carol chega desse jeito OAKSPOKAPOSKAPOS
Impressão minha ou a Elena ficou com ciúmes do caso do Damon e da Carol? Shocked
Isso é um ótimo sinal! kkkkkk
Puttz, que "assopradinha" foi essa ein? kkkkkkk
vai ter que me esclarecer isso hein Dona Carolina. AKPOSKAOSKPAOKSPO
pooooxa, nem mostrou os detalhes né? kkkkk
tava mó curiosa. UAHUSHAUSHUA to zuando.
Capítulo bom demais! *-*
Você descreve os personagens e suas personalidades bem demais!
Fico imaginando se a Elena transasse com o Damon na série também!
kkkkkkkkkkkk aposto que a reação da caroline ia ser assim! uahsuhausha
Beeijos

que bom que está gostando bonn!!!
elena tem que desistir e tentar fugir da caroline, nunca dá certo! hauhuahuahua
confesso que tenho muito da caroline! além do nome parecido!
elena com ciúmes? magina ¬¬ ela deve ter, mas nao sabe ;p
sobre a assopradinha, eu recomendo rever o capítulo 15, a assopradinha está lá!
se mstrasse os detalhes a história nao ía andar, bonn. já que elena teria muuuuuuuuuuuuuuuuito o que contar! huahauhau
obrigada pelos elogios sobre a minha descrição, quase chorei de emoção!
damon e elena transando na série seria um sonho! espero que realmente aconteça! e logo!!!
huahauhuaua
bjoooooooooooooo

Vou ter que rever o capítulo 15 agora então kkkkkkkkk
Curiosidade batendo aqui. auhsuahsuha
esse "muuuuuuito o que contar" me deixou animadinha!! kkkkk
Ah,mas é verdade *-* Você descreve eles muito bem *-*
Mesmo que eu ache que é impossível acontecer na série... é legal ter esperanças né!
Quem sabe um dia a Julie Plec resolve atender os nossos pedidos!! kkkkk
E cooom a Caroline curiosa Razz kkkkk
Elena é boba mesmo! Como ela ainda diz que não deveria ter acontecido?
Pato-choco-do-parque-do-Ibirapuera é passadooo !! kkkkk
Vou lá rever a assopradinha e já volto Very Happy kkkk
Beijos
avatar
Bonn

Mensagens : 526
Data de inscrição : 01/12/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Set Fire to the Rain

Mensagem por Bonn em Seg Mar 05, 2012 8:50 pm

Sorriu contra a pele sedosa quando a sentiu arrepiar-se com o toque frio.

Me diiiiiz que é isso! kkkkkkk
avatar
Bonn

Mensagens : 526
Data de inscrição : 01/12/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Set Fire to the Rain

Mensagem por carolina cardinal em Seg Mar 05, 2012 8:54 pm

Bonn escreveu:
Sorriu contra a pele sedosa quando a sentiu arrepiar-se com o toque frio.

Me diiiiiz que é isso! kkkkkkk

não...
é melhor!
avatar
carolina cardinal

Mensagens : 455
Data de inscrição : 21/11/2011
Idade : 24

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Set Fire to the Rain

Mensagem por Bonn em Seg Mar 05, 2012 9:07 pm

carolina cardinal escreveu:
Bonn escreveu:
Sorriu contra a pele sedosa quando a sentiu arrepiar-se com o toque frio.

Me diiiiiz que é isso! kkkkkkk

não...
é melhor!

POOOOOOORQUE EU NÃO TO ACHANDO? kkkkkkkkkkk
Vai uma ajudinha aí? uahsuhaushauhs
avatar
Bonn

Mensagens : 526
Data de inscrição : 01/12/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Set Fire to the Rain

Mensagem por Bonn em Seg Mar 05, 2012 9:09 pm

acheeeeeeeei *-*
hahahaha
Ele aproximou o rosto entre as pernas torneadas e assoprou em direção à vulva. Elena estremeceu e gemeu novamente.

Então isso é característico dele já?
UIIAA.. kkkkk
avatar
Bonn

Mensagens : 526
Data de inscrição : 01/12/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Set Fire to the Rain

Mensagem por carolina cardinal em Seg Mar 05, 2012 9:28 pm

Bonn escreveu:acheeeeeeeei *-*
hahahaha
Ele aproximou o rosto entre as pernas torneadas e assoprou em direção à vulva. Elena estremeceu e gemeu novamente.

Então isso é característico dele já?
UIIAA.. kkkkk

é a assinatura por assim dizer!
claro que com a elena ele se preocupou em ser mais prazeroso.
afinal, ela é especial!
hauhahuahuahahuahuahau
avatar
carolina cardinal

Mensagens : 455
Data de inscrição : 21/11/2011
Idade : 24

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Set Fire to the Rain

Mensagem por Bonn em Seg Mar 05, 2012 9:32 pm

carolina cardinal escreveu:
Bonn escreveu:acheeeeeeeei *-*
hahahaha
Ele aproximou o rosto entre as pernas torneadas e assoprou em direção à vulva. Elena estremeceu e gemeu novamente.

Então isso é característico dele já?
UIIAA.. kkkkk

é a assinatura por assim dizer!
claro que com a elena ele se preocupou em ser mais prazeroso.
afinal, ela é especial!
hauhahuahuahahuahuahau

Coooom certeza! E bota especial nisso ein kkkk ;p
avatar
Bonn

Mensagens : 526
Data de inscrição : 01/12/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Set Fire to the Rain

Mensagem por ._Juliette_. em Ter Mar 06, 2012 8:56 am

oi Carolina cat
nos somos irmãs cat
rachei com esse capitulo, ficou engraçado demais alien
Ri com a Caroline pressionando a Elena até ela falar
A assopradinha é marca dele, achei que a Elena ficou enciumada com a Caroline saber disso cat

._Juliette_.

Mensagens : 43
Data de inscrição : 09/12/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Set Fire to the Rain

Mensagem por carolina cardinal em Ter Mar 06, 2012 4:11 pm

._Juliette_. escreveu:oi Carolina cat
nos somos irmãs cat
rachei com esse capitulo, ficou engraçado demais alien
Ri com a Caroline pressionando a Elena até ela falar
A assopradinha é marca dele, achei que a Elena ficou enciumada com a Caroline saber disso cat

uhuuuuuuuuuuuuuuuuuul mais uma irmã!!!
que bom que gostou!
foi hilário mesmo! estava de bom humor quando escrevi!
a assopradinha tem até patente!! hauhuahauhauuha
elena nunca que vai admitir que estava com ciúmes... até que a caroline perceba, aí ela vai ter que falar!
huahauhau
bjoooo
avatar
carolina cardinal

Mensagens : 455
Data de inscrição : 21/11/2011
Idade : 24

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Set Fire to the Rain

Mensagem por JuuhSalvatores2 em Qui Mar 08, 2012 3:00 pm

olha a atrasadinha chegando....
*Quer uma dica? Foge!*
ameeeei o cap!
E a assopradinha??? kkk'
rachei muito com a Carr...
Ela é H-I-L-Á-R-I-A!!!

Amei mesmo, little sister!

posta mais!
avatar
JuuhSalvatores2

Mensagens : 345
Data de inscrição : 08/01/2012
Idade : 19
Localização : Doidinha pra puxar seu pé e te arrastar pro INFERNO!!

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Set Fire to the Rain

Mensagem por anuah em Sab Mar 10, 2012 10:57 pm

muito boa a sua fanfic. ve o que voce acha da minha
avatar
anuah

Mensagens : 63
Data de inscrição : 03/03/2012

Ver perfil do usuário http://fanfictions.forumeiros.com/t687-my-heart-on-will-go#27986

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Set Fire to the Rain

Mensagem por GS em Ter Mar 13, 2012 2:20 pm

OI
NOSSA A CAROLINE É CURIOSA,MAS VALE A PENA DESABAFAR COM ELA NÉ.
TALVEZ ELA BOTE JUIZO NA CABEÇA DA ELENA.
SERA Q ELA NAO PERCEBE ELA E O DAMON FORAM FEITOS UM PRO OUTRO? Razz
QUEM É Q TAVA ESPIANDO DA FLORESTA? Question TO ANSIOSA PELO PROXIMO CAP TA!BJS
avatar
GS

Mensagens : 93
Data de inscrição : 15/01/2012
Idade : 20
Localização : BUCACOLÂNDIA (NEM QUEIRA SABER AONDE É!)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Set Fire to the Rain

Mensagem por IHopeDelena em Ter Mar 13, 2012 6:21 pm

Caroline sem noção!
Conversa sobre a vida sexual da amiga até no resturante!
O que é isso?
Onde encontra-se a privacidade, Carol?
Pelo menos Caroline abriu os olhos da Elena para o amor de Damon!
Ele a ama! I love you
Esperando mais cenas Delena!
Quem ligou para Caroline?
Aposto que foi o Damon! Só para provocar um pouquinho! Twisted Evil
E ela não atende! Como assim?
Tenso a Carol falando do seu relacionamento com o Damon!
Justo para a Elena! pale
Quem estava espiando as garotas? Suspect
Espero, sinceramente que não seja o Stefan!
Porque senão ele é um PERVERTIDO! Isso sim! Evil or Very Mad
Mas se for o Damon, tudo bem, não me importo.
Depois vai ser até engraçado ele falando o que ouviu Elena falar! Very Happy
Já estou rindo só de pensar na carinha do Damon e na cara de incredulidade da Elena!
Valeria a pena! Wink
avatar
IHopeDelena

Mensagens : 90
Data de inscrição : 09/01/2012
Idade : 21

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Set Fire to the Rain

Mensagem por carolina cardinal em Ter Mar 13, 2012 8:53 pm

oi meninas!
estou bem enrolada aqui, entao depois eu respondo todos os comentários com a devida atenção!
já tenho uma parte do próximo capítulo escrita, mas ainda vou demorar um pouquinho para postar!
DESCULPA!!! NÃO ME ABANDONEM!!!
sabem que nunca decepciono quando posto, e garanto que dessa vez não será diferente.
teremos algumas lágrimas e várias explicações no próximo capítulo!!!
bjooooooooo
avatar
carolina cardinal

Mensagens : 455
Data de inscrição : 21/11/2011
Idade : 24

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Set Fire to the Rain

Mensagem por carolina cardinal em Sex Mar 23, 2012 9:53 pm

JuuhSalvatores2 escreveu:olha a atrasadinha chegando....
*Quer uma dica? Foge!*
ameeeei o cap!
E a assopradinha??? kkk'
rachei muito com a Carr...
Ela é H-I-L-Á-R-I-A!!!

Amei mesmo, little sister!

posta mais!

tão tem problema ser atrasadinha! hauhahuahuahua
eu sou muito mais!
que bom que amou Juuh!
quem nao gostaria de uma assopradinha dessa, hein? hehehe
Caroline é de última mesmo!
já to postando!
avatar
carolina cardinal

Mensagens : 455
Data de inscrição : 21/11/2011
Idade : 24

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Set Fire to the Rain

Mensagem por carolina cardinal em Sex Mar 23, 2012 9:55 pm

anuah escreveu:muito boa a sua fanfic. ve o que voce acha da minha

que bom que está gostando anuah!
assim que tiver tempo passo lá na sua fic...
avatar
carolina cardinal

Mensagens : 455
Data de inscrição : 21/11/2011
Idade : 24

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Set Fire to the Rain

Mensagem por carolina cardinal em Sex Mar 23, 2012 9:57 pm

GS escreveu:OI
NOSSA A CAROLINE É CURIOSA,MAS VALE A PENA DESABAFAR COM ELA NÉ.
TALVEZ ELA BOTE JUIZO NA CABEÇA DA ELENA.
SERA Q ELA NAO PERCEBE ELA E O DAMON FORAM FEITOS UM PRO OUTRO? Razz
QUEM É Q TAVA ESPIANDO DA FLORESTA? Question TO ANSIOSA PELO PROXIMO CAP TA!BJS

caroline é daquelas amigas doidas mas de confiança! hauhauhahua adoro ela tbm
rezo para que ela coloque juízo mesmo!
entenda que elena é meio lerda pra essas coisas...
quem tava espiando?
ja ja vc vai saber



























p.s: nao era o stefan
avatar
carolina cardinal

Mensagens : 455
Data de inscrição : 21/11/2011
Idade : 24

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Set Fire to the Rain

Mensagem por carolina cardinal em Sex Mar 23, 2012 10:02 pm

IHopeDelena escreveu:Caroline sem noção!
Conversa sobre a vida sexual da amiga até no resturante!
O que é isso?
Onde encontra-se a privacidade, Carol?
Pelo menos Caroline abriu os olhos da Elena para o amor de Damon!
Ele a ama! I love you
Esperando mais cenas Delena!
Quem ligou para Caroline?
Aposto que foi o Damon! Só para provocar um pouquinho! Twisted Evil
E ela não atende! Como assim?
Tenso a Carol falando do seu relacionamento com o Damon!
Justo para a Elena! pale
Quem estava espiando as garotas? Suspect
Espero, sinceramente que não seja o Stefan!
Porque senão ele é um PERVERTIDO! Isso sim! Evil or Very Mad
Mas se for o Damon, tudo bem, não me importo.
Depois vai ser até engraçado ele falando o que ouviu Elena falar! Very Happy
Já estou rindo só de pensar na carinha do Damon e na cara de incredulidade da Elena!
Valeria a pena! Wink

discreta nao é uma das qualidades de carolien como pôde perceber hauhahahahua
pelo menos ela é uma ótima amiga para dar conselhos ( e dos bons )
cenas delena? hum... não vou falar! :X
quem ligou para a caroline? logo vao saber
nao era o stefan espionando... logo vai saber quem era
damon tem o DEVER de ser pervertido!
que bom que está gostando!
já estou postando!
avatar
carolina cardinal

Mensagens : 455
Data de inscrição : 21/11/2011
Idade : 24

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Set Fire to the Rain

Mensagem por carolina cardinal em Sex Mar 23, 2012 10:05 pm

este capítulo é dedicado para todos que já perderam alguém que realmente fez a diferença em suas vidas e também aos que já se foram e que, de alguma forma, nunca nos deixarão.

particularmente dedico-a a Nathália Arruda Vuolo. Sinto sua falta amiga e espero ver-la de novo um dia...
avatar
carolina cardinal

Mensagens : 455
Data de inscrição : 21/11/2011
Idade : 24

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Set Fire to the Rain

Mensagem por carolina cardinal em Sex Mar 23, 2012 10:06 pm

Capítulo 21

Stefan estacionou meio quarteirão antes da casa dos Forbes. Não tinha um motivo específico para ocultar a sua chegada, mas não queria que a sua presença chamasse tanto a atenção caso parasse o seu Hot Rod reformado bem à porta de Caroline. No fundo, queria chegar de surpresa e analisar a reação de Elena quando o visse. Ver se ela o receberia com o seu sorriso maravilhoso, aquele que sempre foi destinado a ele, e com o olhar brilhante e ansioso quando Stefan chegava. Transmitindo-o tranquilidade e mostrando que ainda o amava e que a situação seria rapidamente reparada. O amor verdadeiro supera tudo, não é?
Já a perdoara, sempre a perdoaria. Amava-a demais para guardar qualquer rancor ou mágoa. Bastava olha-la e ouvir o som daquela voz melodiosa para toda a chateação desaparecer mais rápido que fumaça e até mesmo esquecer-se do motivo de ter ficado chateado. Afinal, Elena não tinha culpa de Damon ser tão depravado e abusivo. Aproveitou-se de sua fragilidade e num ato de insensibilidade, violou-a. Não respeitou nada nem ninguém, apenas o seu desejo físico e carnal pela garota que sempre fora do irmão, e sempre será. Stefan sentia o rosto queimar de ódio da hipocrisia de Damon. O dia em que o procurara no hotel e confessara que a amava, em um momento intensamente fraternal, parecia cada vez mais uma bem elaborada encenação. Tudo para sensibiliza-lo e o fazer desistir dela. Disse naquela ocasião que nunca desistiria dela, e nunca o faria, mesmo sabendo que o irmão mais velho também a amava, o que agora duvidava muito.
Não perderia mais tempo, que agora era algo extremamente precioso, preocupando-se em imaginar diversas formas de matar o irmão o mais lentamente possível. Colocaria o seu plano em prática e entraria definitivamente no jogo. Se era guerra que estava para acontecer, era guerra que teriam.
Aproximou-se da elegante propriedade de tijolos à mostra e de venezianas envernizadas. Reparou que a garagem dos Forbes estava fechada, indicando que havia gente em casa, as duas jovens com certeza. Avançou mais um pouco, mas uns 10m antes da casa, um cheiro almiscarado chamou a sua atenção. Era perturbadoramente familiar. Por meses este odor o perseguira e assombrara. Olhou em volta. Aparentemente nada estava fora do comum. Alguns vizinhos tiravam gelo das calçadas e crianças brincavam com seus presentes de natal e de construir bonecos de neve. Tudo na mais tranquila paz. Decidiu seguir o perfume até a orla do bosque que circundava a vizinhança. Ficou atento à movimentação das árvores e à vibração do solo, caso algo tentasse fugir por terra ou se pendurando pelos galhos ele saberia. Aos poucos o odor foi se dissipando no ar, ficando cada vez mais fraco e distante. O que passou por ali fora embora poucos minutos atrás, de acordo com os cálculos de Stefan.
Antes de dar o primeiro passo em direção às árvores, uma voz distraiu-o. Não precisou procurar muito na sua memória auditiva para identifica-la. Aquele timbre femininamente agudo era inconfundível. Reconheceria-o até mesmo se ela estivesse fanha ou gaga. Apurou os ouvidos para concentrar-se naquela voz e ignorar todas as outras. Dentre conversas, almoços natalinos e risos de crianças satisfeitas com seus presentes, uma fez soar mais alta para ele.
- Caroline... que droga! Desculpe, eu perdi a paciência. Juro que a última coisa que quero é magoar mais alguém hoje. – disse a voz de Elena.
- Mais alguém? – disse outra, que reconheceu como sendo Caroline.
- Tive uma pequena discussão hoje com Damon. Falei... que o que aconteceu não deveria ter acontecido, que foi um erro, e que não poderia se repetir. E ele não reagiu bem. – Stefan não pôde conter um sorriso de satisfação.
- O que era de se esperar, você deve concordar comigo.
- Eu concordo. Mais ainda depois de tudo que ele me disse enquanto... você sabe.
– Stefan aproximou-se mais da casa, por mais que a menção da noite de Damon e Elena o enfurecesse, não conseguiu conter a sua curiosidade. - Só de lembrar já me sinto mais culpada...
- Espere aí! Depois de tudo o quê? O que ele te disse?
- Ele... disse que me amava. Já me disse em outra ocasião, mas desta vez foi diferente. Damon estava tão feliz. Tanto que vi seus olhos brilharem de uma forma que nunca vira antes.

Stefan já ouvira o bastante. Não ficaria ali parado ouvindo a narração completa da violação do irmão. Queria menos ainda, agora que descobriu o quão longe Damon fora, o quanto atreveu-se a dizer que a ama só para seduzi-la e se aproveitar. Não queria convencer-se que Elena acreditou. Não queria ouvi-la suspirando pela declaração que recebera. Era duro demais, o machucava demais. Mas isto não o deixaria abater e desistir. A perdoara, mesmo considerando que não havia nada a perdoar. A teria novamente, mostraria o que era o verdadeiro amor a ela, o amor que sempre foram destinados a ter um pelo outro, o que era certo. Mas já bastava por hoje. Amanhã pensaria em algo. Encarou mais uma vez a floresta e dirigiu-se para o carro.

----------X----------
Elena não sabia quanto tempo ficou ali parada decorando as inscrições no mármore. Mesmo a pedra estando parcialmente coberta de neve, as letras de cobre pregadas se destacavam sob o branco. Quando finalmente mexeu algum músculo, ajoelhou-se no gramado congelado e limpou o gelo sobre a lápide, num movimento lento e carinhoso, e contornou os símbolos com a mão vestida com uma luva de couro. O silêncio só era cortado pelo assovio que o vento frio fazia ao passar por entre as árvores. O cemitério era praticamente abandonado naquela época do ano. As pessoas estavam mais preocupadas em celebrar a vida e se reunir com a família no natal. Abrir presentes, tirar fotos humilhantes e se empanturrar com as sobras da ceia da véspera. Estavam distraídos demais sorrindo e bebendo que nem se lembravam dos entes queridos que já se foram. E a temporada de festa deste ano não estava sendo diferente. A manhã do dia 26 de Dezembro estava fria e nublada e o cemitério de Mystic Falls amanhecera completamente vazio, havia flores secas e congeladas nos túmulos sujos e abandonados. Até mesmo o coveiro estava desfrutando de suas férias de natal, voltando apenas depois do ano novo.
Da última vez que esteve lá pareciam ter-se passado meses, sendo que a terra a qual se ajoelhava estava remexida à apenas algumas semanas. E ela estava lá quando aquele punhado de chão era um buraco onde o seu irmão foi colocado para um descanso eterno, um sono sem fim. Do qual nunca acordaria para contagia-la com aquele sorriso maroto e inocente, que a mantinha otimista nos tempos mais difíceis. Um aperto sufocante no peito a atingiu e finalmente um soluço irrompeu por sua garganta, incomodando ainda mais o nó que se formava. A saudade e a culpa a machucava quase fisicamente, descompassando as batidas melancólicas de seu coração destruído.
Saudades de Jeremy e seu ar infantil e despreocupado, daquele menino que dava tanta dor de cabeça para ela e sua tia, mas que também enchia aquela casa de felicidade e descontração, do jovem homem namorado de uma de suas melhores amigas e que transformava qualquer discussão de relacionamento em uma piada, fazendo Bonnie até mesmo esquecer por quê estava tão brava com ele. Ao mesmo tempo e com a mesma intensidade, outro sentimento terrível a assombrava e perseguia. A culpa era tão forte quanto a dor e a raiva. Ainda que não fosse Elena que tirara diretamente a vida do próprio irmão, sabia que suas mãos também estavam sujas de sangue. Toda aquele plano para matar Klaus foi por causa dele, para salvá-la do plano doentio do original para criar seu exército de híbridos às custas do sangue da humana. Por mais que todos dissessem o contrário, ela sabia que esta era a verdade. Jeremy morrera por causa ela.
Respirar era uma tarefa árdua, necessitando de um esforço exagerado para puxar e expulsar o ar, já que metade da alma da jovem foi arrancada dela dolorosamente. Sem anestesia ou aviso prévio. Se bem que nada poderia amenizar a dor da perda que teve, nem se ela já fosse esperada. Nem mesmo os dias em que sua cabeça se ocupou de outros assuntos foram suficientes para emplacar o seu sofrimento. Assim que se recolheu para dormir no quarto de Caroline na noite passada, seu primeiro momento de paz em 24 h, o silêncio fez as lembranças voltarem e seu coração se apertar. Esforçou-se para não acordar a amiga com seus soluços, mas sabia que a vampira estava ouvindo, tanto que ela não fez nenhuma pergunta quando Elena saiu cedo de sua casa.
avatar
carolina cardinal

Mensagens : 455
Data de inscrição : 21/11/2011
Idade : 24

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Set Fire to the Rain

Mensagem por carolina cardinal em Sex Mar 23, 2012 10:06 pm

O vento frio a fez estremecer e se encolher, abraçando os próprios ombros. Enxugou as lágrimas silenciosas que escorriam e congelavam suas bochechas. Sua visão era turva, mas ainda assim lia e relia as inscrições que Alaric escolhera para gravar na lápide. “Jeremy Gilbert, amado irmão e amigo”. Era simples, porém o resumia perfeitamente. Elena sentiu o queixo tremer com mais um soluço querendo escapar, engoliu em seco e acariciou a terra coberta de gelo que sujava a sua calça jeans.
- Faz tempo que não venho aqui. Espero que me perdoe por ser uma irmã mais velha desnaturada. – ela riu forçadamente. – Acho que estava com medo de desabar novamente. Sempre disse que não gostava de me ver chorar, então eu tenho uma desculpa agora pelo meu sumiço.
Elena tentou fazer alguma piada, o que era comum sempre que conversava com Jeremy. Por mais sem graça que fosse ele sempre ria levemente, um som rouco como se coçasse a garganta. Depois arqueava as sobrancelhas e soltava uma piada de verdade, arrancando gargalhadas dolorosas dela e quem mais que estivesse ouvindo. Mas agora, tudo o que ouvia era o vento assoviando pelo cemitério e chacoalhando os ramos dos arbustos secos. Nenhuma risada, nada que fosse ligado à felicidade e à vida. Tudo que obteve foi o silêncio eterno de um túmulo, e mais nada.
- Aconteceram tantas coisas que eu queria te contar, Jeremy. Sei que sempre escondi tanta coisa, mas agora que você provavelmente não pode me ouvir eu queria tanto te contar. – sua voz estava embargada pelo nó que se apertava em sua garganta. Enterrou os dedos no solo até senti-los dormentes. Mais lágrimas escorreram de seus olhos e pingaram no gelo. – Por tanto tempo eu fiz tão pouco caso de você. Te deixei de fora dos problemas, te protegi pensando que era fraco demais para suportar a confusão em que meti todos nós. Mas me mostrou que fraqueza é a última de sua lista de defeitos. Foi forte e corajoso quando todos nós precisamos, até mais que Damon às vezes. Tenho muito orgulho, Jeremy. Não só eu como todos nós. E eu espero que me perdoe por ter te tirado deles. Por que se eu não tivesse a ideia estúpida de não te incluir e nem te avisar do plano para matar Klaus, você não teria ido atrás de mim para me salvar. E provavelmente você estaria aqui, comemorando o natal conosco e se arriscando a comer o peru da Caroline. Foi tudo minha culpa. Tenho mais sangue nas mãos do que Stefan. Se bem que ele não é nem um pouco culpado e sabe disso. Mas eu sim. E para piorar, Jeremy, nos últimos dois dias eu pensei tão pouco em você que por um instante pareceu que você nunca tivesse nos deixado, como se eu não tivesse que lamentar perda nenhuma. Me senti sem um peso nas costar, e sinceramente não faço ideia se isto é bom ou ruim. Sei que parece egoísmo e que não tenho o direito de desejar isso, mas eu queria te ver pelo menos mais uma última vez, porque eu não sei se consigo continuar sem que você me peça.
- É claro que ele quer que você continue, Elena. – disse uma voz aveludada.
Elena assustou-se e olhou por cima do ombro para a figura agasalhada atrás de si. Usava um pesado sobre tudo cinza com um cachecol vermelho feito por mãos habilidosas. O jeans escuro e os sapatos fechados completavam o visual de inverno. Os cabelos negros e cacheados caíam sobre os ombros elegantemente e um pequeno sorriso brincava nos lábios volumosos. Segurava um pequeno ramalhete de petúnias nas mãos. As flores pareciam saudáveis e recém-colhidas, o que não era comum num buquê naquela época gelado de fim de ano. Bonnie ajoelhou-se ao lado da amiga e secou algumas de suas lágrimas com a luva de lã preta.
- Oi, Bonn. – disse Elena carinhosamente.
- Oi, Elena. – disse Bonnie no mesmo tom.
Ficaram em silêncio por alguns minutos até que se abraçaram e Elena encharcou o ombro do sobre tudo de Bonnie com suas lágrimas e seus soluços mal contidos. A bruxa acariciou as costas da amiga e permaneceu calada enquanto a outra desabava.
- Ele quer que você continue, Elena. – repetiu ela calmamente.
- Co... como pode ter certeza?
- Os espíritos muitas vezes não nos respondem com palavras. Palavras são terrenas demais para eles, então não veem mais necessidade de usa-las. Às vezes é uma luz que se acende, uma chama que se apaga, uma flor que nasce no jardim, - ela encarou o ramalhete em suas mãos – um objeto que saiu do lugar, ou um vento que nos acaricia o rosto. – fechou os olhos e suspirou o ar gelado da brisa que as atingira. – Até hoje sinto que vinha avó fala comigo assim, e tenho certeza que Jeremy também.
Elena repetiu o ato da amiga e fechou os olhos. A corrente de ar já não aparentava ser tão fria quanto se lembrava. Era morna e fez suas bochechas corarem com o choque térmico. Sim, Jeremy estava ali. E até a pessoa mais incrédula não duvidaria disto. Foi assim durante muito tempo, mas quando se entra em um mundo onde vampiros, bruxas e lobisomens são reais, mais nada lhe parece impossível.
- Então... como está afinal? – perguntou Bonnie encarando-a.
- Seguindo como posso.
- Mudou-se para a casa dos Salvatore?
- Sim, provisoriamente. Mas estou na Caroline agora. – Elena esforçou-se para que sua voz não tremesse.
- Por quê?
- Tivemos um problema com a energia e ficamos sem a calefação. Damon achou melhor eu ir para a casa de Caroline.
- Por que não me avisou?
- Porque ela apareceu de surpresa no outro dia e foi aí que ele teve a ideia. Mas desculpe por não ter te avisado sobre o que aconteceu.
- Tudo bem. Ficamos preocupados com vocês, na festa de natal.
- Ficamos presos em casa e sem celular por causa da tempestade.
- Mas você ficou bem?
- Sim... er... nós ficamos bem. (n/a: nós sabemos Elena!)
Para o alívio de Elena, Bonnie não perguntou mais nada sobre o assunto. Se tivesse que dar mais uma resposta teria que mentir para ela, o que não gostaria de fazer. Mas seria preciso já que não estava pronta para compartilhar o que aconteceu na véspera de natal com a bruxa. Por incrível que pareça era mais fácil conversar sobre isto com Caroline, já que a amiga não tinha nenhuma aversão ao fato da morena ter se envolvido novamente com um vampiro. E também pela loira ser uma vampira e por seu trauma com tais criaturas ser muito menor do que o de Bonnie. O remorso pela morte da avó, e agora de Jeremy, era marcante na bruxa. Não fazia questão nenhuma de esconde-lo. Jogava na cara, principalmente na de Damon, sempre que tinha oportunidade. Era imaginável a reação dela. Surtaria e proclamaria um sermão ali mesmo no meio do cemitério. Depois viria a raiva e passaria a ignorar Elena, assim como já fizera. E neste momento, tudo o que Elena menos precisava era ficar brigada com uma de suas melhores amigas.
- Feliz Natal, Jer.
Bonnie acomodou as flores ao pé da lápide e limpou com cuidado o restante de neve na superfície de pedra. Sua expressão era serena, ao contrário de semanas atrás. Uma calma quase palpável emanava dela e contagiava o ambiente. A manhã já não parecia mais tão cinza, nem o vento tão frio. O coração da bruxa estava menos pesado, menos machucado, e isto transparecia facilmente. Ainda assim havia uma leve tristeza e melancolia, mas Bonnie se esforçava para permanecer em equilíbrio, ela precisava, prometera.
Seu sorriso se alargou quando os botões de petúnia desabrocharam, num fenômeno puramente mágico, já que o fino caule fora cortado de suas raízes, tornando o desabrochar cientificamente impossível. Elena ficou muito mais maravilhada. Por mais que tivesse contato com a magia através da amiga, sempre que algo extraordinário como isso acontecia, ela se surpreendia. Não prendeu o pequeno sorriso emocionado que repuxava os seus lábios levemente. Lágrimas quentes brotaram de seus olhos, mas já não eram mais de tristeza, eram, finalmente, de felicidade. Jeremy estava ali com as duas, ela podia sentir. Pela primeira vez em muito tempo pôde senti-lo tão por perto. Como se nunca tivesse partido, e realmente ele nunca se foi.
- Feliz Natal, Jeremy.
avatar
carolina cardinal

Mensagens : 455
Data de inscrição : 21/11/2011
Idade : 24

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Set Fire to the Rain

Mensagem por carolina cardinal em Sex Mar 23, 2012 10:08 pm

por favor comentem se gostarem (e se nao gostarem tbm!)
é com o apoio de vcs que faço capítulos tao emocionantes como estes!
MUITO OBRIGADA MESMO GALERA!!!!
avatar
carolina cardinal

Mensagens : 455
Data de inscrição : 21/11/2011
Idade : 24

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Set Fire to the Rain

Mensagem por NandaSalvatore em Sab Mar 24, 2012 10:32 am

Ain adorei, filha!
Pato é um corno manso mesmo, já perdoou a Elena
A gente sabe que não foi como ele pensou, não teve nada de violação ali
A Elena deu pro Dmaon porque quis
HAHAHAHHAHAAin, que fofo essa Elena
muito lindo tudo que ela "disse" pro Jer
Adorei mesmo
avatar
NandaSalvatore

Mensagens : 5777
Data de inscrição : 16/04/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Set Fire to the Rain

Mensagem por carolina cardinal em Sab Mar 24, 2012 12:15 pm

NandaSalvatore escreveu:Ain adorei, filha!
Pato é um corno manso mesmo, já perdoou a Elena
A gente sabe que não foi como ele pensou, não teve nada de violação ali
A Elena deu pro Dmaon porque quis
HAHAHAHHAHAAin, que fofo essa Elena
muito lindo tudo que ela "disse" pro Jer
Adorei mesmo

que bom que gostou mae!!!
esse stefan nao quer mesmo é encarar a verdade! huahauhauhau
fofa mesmo essa "conversa" entre a elena e o jeremy
obrigada por ler mae!
sua opiniao é muito importante pra mim!
avatar
carolina cardinal

Mensagens : 455
Data de inscrição : 21/11/2011
Idade : 24

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Set Fire to the Rain

Mensagem por carolina cardinal em Dom Mar 25, 2012 1:26 pm

meninas? onde vcs estão?
avatar
carolina cardinal

Mensagens : 455
Data de inscrição : 21/11/2011
Idade : 24

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Set Fire to the Rain

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 14 de 15 Anterior  1 ... 8 ... 13, 14, 15  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum