Parceria
SIGMA CAMISETAS
Votação

Quem você quer entrevistar?

Something I Can't Believe - Página 8 I_vote_lcap64%Something I Can't Believe - Página 8 I_vote_rcap 64% [ 9 ]
Something I Can't Believe - Página 8 I_vote_lcap36%Something I Can't Believe - Página 8 I_vote_rcap 36% [ 5 ]

Total dos votos : 14


Something I Can't Believe

Página 8 de 8 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8

Ir em baixo

Something I Can't Believe - Página 8 Empty Re: Something I Can't Believe

Mensagem por SweetDream em Dom Mar 18, 2012 11:25 am

Capítulo 12 – The Start Of The Problems Or Of Something New.

Eles chegaram à mansão Salvatore, mas o local estava muito diferente do que no dia anterior. Ouviam-se muitos gritos.

- Elena? ELENA! – gritou Damon, correndo escada acima. Juliette não conseguiu acompanhá-lo, por isso subiu o mais rápido que pode.

Ela entrou no quarto e se deparou com uma cena aterrorizante: Elena estava deitada de lado, em posição fetal. Sua face estava dominada por uma dor, a pior dor que ela já havia sentido em sua vida. Abaixo dela, uma mancha vermelha nos lençóis crescia cada vez mais. Damon e Stefan estavam desesperados.

- Damon, liga pra Bonnie! Elena pode morrer!

- Já liguei Stefan, eu não sou idiota! Elena, querida, fica comigo, ou melhor, com o Stefan.

- Amor, escuta o Damon. Não me deixa aqui sozinho, por favor. Vamos, aguenta firme amor, o socorro já está a caminho.

- Mas o que... – Katherine precipitou-se, assim que entrou no quarto, porém parou. As veias ao redor de seus olhos dilataram-se, seus caninos projetaram-se para fora.

- Isso é sangue, Stefan!

- Eu vi, Katherine. Todos nós vimos! Agora sai daqui antes que você não consiga se controlar.

Katherine queria responder, mas sua garganta estava ardendo fortemente. Ela preferiu por calar-se e apenas sair.

- Damon, eu já liguei para a ambulância. Eles estão a caminho. – disse Juliette, tentando ser útil.

- Obrigada Julie.

- O que foi que AI MEU DEUS! O que aconteceu com Elena?

- Bonnie, graças a Deus você chegou. Isso é efeito colateral do seu feitiço? – Juliette perguntou, adivinhando o pensamento dos dois vampiros.

- Possivelmente, mas... eu realmente não sei. Nunca chegou a nada tão drástico. Entendam, o feitiço é simples e seguro, mas sendo Elena quem ela é, pode ser que o feitiço aja diferente. Eu não sei, juro que não! Já ligaram para a ambulância?

- Juliette ligou. Eles estão a caminho.

Em cinco minutos, Elena estava sendo carregada para dentro de uma ambulância, inconsciente.

- Ah Damon! – Juliette o abraçou, tentando consolá-lo. – Eu sei que está assustado, mas isso vai passar. Ela vai ficar bem, confia em mim.

- Eu achei que isso não fosse... Eu simplesmente não... ela não...

- Damon, shhh. Não precisa falar nada. Vamos para o hospital, ok? Quando chegarmos lá, ela já vai estar acordada.

- Vamos.

Eles entraram no Lamborghini Murciélago preto fosco e dirigiram-se ao hospital, em silêncio.

**

- O que aconteceu comigo?

- Oh Elena. Não se preocupe, não foi nada de grave. Os médicos não descobriram nada de errado, por que foi efeito do feitiço. Eles só disseram que, de algum jeito que eles não entendem, você teve hemorragia.

- E você e o Damon me deram sangue, pra eu me curar.

- Não Elena, eu não te dei meu sangue. Desculpa amor, mas a verdade é que eu esqueci completamente disso quando te vi passando mal e...

- Mas eu dei. Assim que Stefan esteve longe. Se Stefan não utiliza-se das vantagens de ser um vampiro, eu sim. Por exemplo: acabo de usar compulsão para fazer a enfermeira me deixar entrar aqui.

- Você se preocupou comigo?

- Na verdade, eu só queria saber se você estava bem, por que eu prometi que você ficaria bem, e não gosto de quebrar uma promessa, já que são raras as vezes que eu as faço. Eu deixei de me preocupar com você no momento em que escolheu ele.

- Damon, dá para você parar de agir assim? Que merda, eu tinha que escolher alguém! Não podia ficar com os dois, repetindo os passos da Katherine!

- Hey, descansa Stefan, isso faz mal pra sua saúde. Agora, me escuta bem Elena: eu não vou parar de agir assim. Não sei se você já foi rejeitada pela pessoa que mais amou nesse mundo, mas é dolorido demais. Então não venha me pedir para começar de novo, para agir como se tudo aquilo jamais houvesse acontecido, por que eu não vou, ok? Eu não vou simplesmente deletar aquela história toda da minha cabeça e voltar a ser quem eu era. Esqueça.

Damon saiu, batendo a porta atrás de si.

- Desculpa Elena, ele só está...

- Tudo bem Julie, eu entendo. Vai lá, consola ele. Faz ele feliz, por favor.

- Mas Elena...

- Vai Julie. – disse Elena, limpando a lágrima que rolou do seu olho.

Juliette correu atrás de Damon. Não o encontrava em lugar algum, e isso a estava desesperando. Finalmente, ao sair do hospital, encontrou-o sentado na grama, escorado em uma árvore, olhando para o céu.

- DAMON! - gritou ela de longe. Ele ouviu, mas não disse nada. Julie correu até ele.

- Eu sou um idiota. – o vampiro confessou, quando sentiu Juliette perto o suficiente para ouvir. – é tão difícil tratar ela daquele jeito, é tão difícil ser frio com ela...

- Damon. – disse ela, sentando-se ao seu lado. – Pega leve com a Elena, ela ta arrependida.

- Eu sei Juh, mas é tão complicado... eu não consigo pegar leve com ela. Ver ela e saber de tudo o que ela fez me deixa com tanta raiva...

- Não faz bem guardar magoa das pessoas, Dam. Muito menos raiva.

- Havíamos concordado que você não me chamaria de Dam, lembra-se?

- Desculpa, Damon. Como eu estava dizendo, guardar raiva dela só vai te fazer cada vez pior. Haverá noites em que você não conseguirá mais dormir, só pensando na raiva que sente dela... eu não quero que você fique mal por culpa dessa garota. Eu me importo com você, Damon.

- Juliette, você foi a melhor coisa que me aconteceu em toda a minha existência. Eu já tive várias amigas vampiras, e Elena mesmo já foi minha amiga algum dia, e teve a Bonnie e outras bruxas... mas nenhuma delas nunca me fez tão bem como você me faz. Às vezes eu nem creio que você é só uma humana.

Juliette olhava para o céu, tentando não chorar. Seus cabelos, antes em uma trança, agora pendiam soltos em seus ombros, balançando conforme o vento.

O vampiro continuou.

- Você me mostra um lado de mim que eu nem sabia existir. Você me faz ver as coisas por um ângulo diferente, e você me entende melhor do que ninguém.

Damon puxou o rosto dela com a mão, delicadamente, fazendo-a olhar para ele.

- Eu só tenho a te agradecer cada vez mais, Juh.

Juliette não pode deixar de reparar em como o vampiro estava lindo naquela noite. A luz da lua refletida em sua pele alva o tornava quase um deus. Seus olhos azuis penetrantes eram reforçados por uma seriedade avassaladora. Sua camisa, com três botões abertos, revelava o começo de seu peito definido. E seus lábios... seus lábios bem delineados estavam curvados de uma forma enigmática e hipnotizadora.

Eles estavam a poucos centímetros de distância um do outro, e Juliette já sentia o hálito de menta do vampiro roçar na pele corada de seu rosto.

Ambos estavam sentindo uma estranha vontade de preencher o pequeno espaço que separava um do outro.

E então, Juliette percebeu o que estava para acontecer.

- Você também foi a melhor coisa que me aconteceu na vida, Damon. – disse ela, saindo do transe e afastando-se dele. – Eu nunca tive um amigo como você. E não falo pelo fato de ser vampiro, mas sim por que você me entende melhor do que eu mesma, você me abre os olhos... e é por isso que eu vou estar sempre aqui com você. Serei para sempre sua amiga, aconteça o que acontecer. Porém agora é melhor nós irmos para casa e descansarmos. Amanhã será um longo dia.

- Elena voltará para casa e eu terei que extorqui-la para saber para que servia o feitiço que ela e a Hermione fizeram.

Ela afagou o rosto do vampiro de leve, tentando não causar mais uma cena romântica de filmes de Hollywood. Depois, deu-lhe um beijo na bochecha.

- E eu vou te ajudar a enfrentar essa barra toda.

- Estava contando com isso. - disse ele, antes de pôr ao braço por sobre ombro da garota e ir para o carro.
SweetDream
SweetDream

Mensagens : 1311
Data de inscrição : 08/07/2011
Idade : 23
Localização : Caxias do Sul, RS

Ver perfil do usuário http://booklies.blogspot.com.br/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Something I Can't Believe - Página 8 Empty Re: Something I Can't Believe

Mensagem por Angel Elkins em Qua Mar 21, 2012 2:49 am

AHHHHHHHHHH Eu amei o post!

Damon tah tão lindo, alias ele é tão lindo que chega doer as vezes!

E a Juliette é uma fofa! Espero que os dois fiquem juntos!

Esperando mais um post !

=^.^=
Angel Elkins
Angel Elkins

Mensagens : 16
Data de inscrição : 18/02/2012
Idade : 25

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Something I Can't Believe - Página 8 Empty Re: Something I Can't Believe

Mensagem por Angel Elkins em Qua Mar 21, 2012 3:54 am

oi gente olha eu aqui de novo!

Bom dessa vez to aqui pra pedir um favorzinho, mas é bem pequenininho!

Eu gostaria de pedir pra que vcs leiam a minha fic:

Eternal Flame.

É a minha primeira fic aqui no forum e eu seira eternamente grata se vcs puderem me dar uma forcinha com ela.

O primiero cap sai assim que vcs me diserem se gostam ou não ok?

Bom espero que vcs gostem e que leiam a minha fic!

obrigado!


bjos mil!
Angel Elkins
Angel Elkins

Mensagens : 16
Data de inscrição : 18/02/2012
Idade : 25

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Something I Can't Believe - Página 8 Empty Re: Something I Can't Believe

Mensagem por Pri em Qua Mar 21, 2012 9:01 am

Oi minha florzinha, mais um cap. lindo e cheio de amor entre Damon e a Julie.
Adorei a declaração que um fez ao outro, dizendo que é a melhor coisa que aconteceu na vida de cada um.
Confesso que estou com muita pena da Elena por tudo que está acontecendo com ela, mas não gosto de ver o Damon tão mal assim e preocupado... ele realmente tem um coração enorme! Mesmo depois de tudo o que ela fez, ele ainda se sente na obrigação de cuidar dela.
Eu quero um vampiro desses pra mim, onde encontro? Surprised HAHA
O Stefan é um insignificante, se nao fosse o Damon estar ali pra resolver tudo, não sei o que seria da Lena. A bruxa tbm só serviu pra causar tudo isso, e a Kath tá sempre de mau humor (minha diva!) kkkkk
Coitada da Elena, rodeada de gente que nao sabe como ajudá-la, ainda bem que o Dam e a Juh chegaram pra resolver as coisas.
Estou sentindo que a Elena está começando a se arrepender por ter rejeitado o Damon. Será?! scratch
Espero que sim...

Meu xodó, amei o cap.!
Quero que poste mais, ok?!
Amucê muito, minha linda!
Beijos
Pri
Pri

Mensagens : 4334
Data de inscrição : 09/06/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Something I Can't Believe - Página 8 Empty Re: Something I Can't Believe

Mensagem por Alice_Petrova em Sab Mar 24, 2012 8:25 pm

Eu amei super fofo o Damon e a Julie parabens ficou lindo
Alice_Petrova
Alice_Petrova

Mensagens : 81
Data de inscrição : 12/12/2011
Idade : 26

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Something I Can't Believe - Página 8 Empty Re: Something I Can't Believe

Mensagem por avril rock love you em Qua Mar 28, 2012 7:21 pm

aiiiiiiiiiiii que fofo a juh e o dam,eu quase tiver um ataque ,serio eles são muito lindo juntos.............e mas uma coisa, foi muita maldade oque vc fez,de me fazer acreditar que os dois iriam se beija,mas como eu sou muito boa eu te perdoo kkkkk,
mas por favo não demora a postar a cena do beijo porque vc sabe que eu amoooooo esse casal,como ja disse antes sou
team julie kkkk
lol!
avril rock love you
avril rock love you

Mensagens : 8
Data de inscrição : 14/02/2012
Idade : 25

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Something I Can't Believe - Página 8 Empty Re: Something I Can't Believe

Mensagem por SweetDream em Ter Abr 17, 2012 10:23 pm

MENINAS, DESCULPA MESMINHO.
VOU RESPONDER OS COMENTS DE 99389232392938 ANOS LUZ ATRÁS. KK'
SweetDream
SweetDream

Mensagens : 1311
Data de inscrição : 08/07/2011
Idade : 23
Localização : Caxias do Sul, RS

Ver perfil do usuário http://booklies.blogspot.com.br/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Something I Can't Believe - Página 8 Empty Re: Something I Can't Believe

Mensagem por SweetDream em Ter Abr 17, 2012 10:24 pm

Angel Elkins escreveu:AHHHHHHHHHH Eu amei o post!

Damon tah tão lindo, alias ele é tão lindo que chega doer as vezes!

E a Juliette é uma fofa! Espero que os dois fiquem juntos!

Esperando mais um post !

=^.^=
néeee? concordo.
que bom que gostou, amr!
nhac, que bom que gosta dela. torço por eles tbm. kk'
posto mais loguinho.
bjs
SweetDream
SweetDream

Mensagens : 1311
Data de inscrição : 08/07/2011
Idade : 23
Localização : Caxias do Sul, RS

Ver perfil do usuário http://booklies.blogspot.com.br/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Something I Can't Believe - Página 8 Empty Re: Something I Can't Believe

Mensagem por SweetDream em Ter Abr 17, 2012 10:28 pm

Pri escreveu:Oi minha florzinha, mais um cap. lindo e cheio de amor entre Damon e a Julie.
Adorei a declaração que um fez ao outro, dizendo que é a melhor coisa que aconteceu na vida de cada um.
Confesso que estou com muita pena da Elena por tudo que está acontecendo com ela, mas não gosto de ver o Damon tão mal assim e preocupado... ele realmente tem um coração enorme! Mesmo depois de tudo o que ela fez, ele ainda se sente na obrigação de cuidar dela.
Eu quero um vampiro desses pra mim, onde encontro? Surprised HAHA
O Stefan é um insignificante, se nao fosse o Damon estar ali pra resolver tudo, não sei o que seria da Lena. A bruxa tbm só serviu pra causar tudo isso, e a Kath tá sempre de mau humor (minha diva!) kkkkk
Coitada da Elena, rodeada de gente que nao sabe como ajudá-la, ainda bem que o Dam e a Juh chegaram pra resolver as coisas.
Estou sentindo que a Elena está começando a se arrepender por ter rejeitado o Damon. Será?! scratch
Espero que sim...

Meu xodó, amei o cap.!
Quero que poste mais, ok?!
Amucê muito, minha linda!
Beijos
oii xodózinho!
sempre. kk'
o coração do Damon é maior do que a cabeça do Stefan. #JustSaying
não sei não, mas se descobrir, avise-me.
né? asshaushuash Damon, meu herói!
quem sabe, né?
eu quero ela sofrendo por rejeitá-lo - sou má, mas se tu soubesse como ela o rejeitou, concordaria comigo.

que bom que gostou, amrk!
posto mais loguinho, promisse. - e dessa vez é sério mesmo, kk'
amucê mtmtmtmt mais.
bjs, linda do meu <3
SweetDream
SweetDream

Mensagens : 1311
Data de inscrição : 08/07/2011
Idade : 23
Localização : Caxias do Sul, RS

Ver perfil do usuário http://booklies.blogspot.com.br/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Something I Can't Believe - Página 8 Empty Re: Something I Can't Believe

Mensagem por SweetDream em Ter Abr 17, 2012 10:29 pm

Alice_Petrova escreveu:Eu amei super fofo o Damon e a Julie parabens ficou lindo
que bom que gostou amr!
bjs
SweetDream
SweetDream

Mensagens : 1311
Data de inscrição : 08/07/2011
Idade : 23
Localização : Caxias do Sul, RS

Ver perfil do usuário http://booklies.blogspot.com.br/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Something I Can't Believe - Página 8 Empty Re: Something I Can't Believe

Mensagem por SweetDream em Ter Abr 17, 2012 10:31 pm

avril rock love you escreveu:aiiiiiiiiiiii que fofo a juh e o dam,eu quase tiver um ataque ,serio eles são muito lindo juntos.............e mas uma coisa, foi muita maldade oque vc fez,de me fazer acreditar que os dois iriam se beija,mas como eu sou muito boa eu te perdoo kkkkk,
mas por favo não demora a postar a cena do beijo porque vc sabe que eu amoooooo esse casal,como ja disse antes sou
team julie kkkk
lol!
Av, amr! que bom que gostou, minha linda!
nossa, desculpinha. kk' mas vc achou mesmo que seria tão fácil? esse beijo demorará mtooooo antes de acontecer. kk'
ufa, ainda bem que me perdoa, né! kk'
team julie forever *-*
bjs amr
SweetDream
SweetDream

Mensagens : 1311
Data de inscrição : 08/07/2011
Idade : 23
Localização : Caxias do Sul, RS

Ver perfil do usuário http://booklies.blogspot.com.br/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Something I Can't Believe - Página 8 Empty Re: Something I Can't Believe

Mensagem por SweetDream em Ter Abr 17, 2012 10:36 pm

AMORES:
Quero chamar a atenção para um problema que está afetando a todos na área das fanfics: o Flood.
Vocês devem estar por dentro das medidas que serão possivelmente tomada para com essa área tão maravilhosa do fórum, não é?
Por isso peço que, nesse tópico, sejam evitados TODO E QUALQUER tipo de flood. Claro que podemos conversar, mas nada de Floodar a fic.
Sei que é raro acontecer flood por aqui, sei que é uma coisa pouco habitual, mas mesmo assim... melhor prevenir, não é?
Outra coisa: estou disponibilizando minha assinatura. Usem-a se quiserem, ajudem a disseminar essa ideia, ajude-nos nessa causa, para que a área de fanfics não seja prejudicada.
Obrigada pela compreensão. Todos da área de fanfics agradecem.
SweetDream
SweetDream

Mensagens : 1311
Data de inscrição : 08/07/2011
Idade : 23
Localização : Caxias do Sul, RS

Ver perfil do usuário http://booklies.blogspot.com.br/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Something I Can't Believe - Página 8 Empty Re: Something I Can't Believe

Mensagem por SweetDream em Seg Abr 23, 2012 2:41 pm

meus bebês!
a partir de agora, os comentários para essa fic ficam AQUI!
Apareçam por lá e comentem, viu?
além disso, o link de cada um dos capítulos está na primeira página do tópico, logo abaixo da ficha técnica da fic, do resumo... enfim, vocês entenderam. Isso pra facilitar a leitura de vocês...
enfim, é isso. beijoos.
SweetDream
SweetDream

Mensagens : 1311
Data de inscrição : 08/07/2011
Idade : 23
Localização : Caxias do Sul, RS

Ver perfil do usuário http://booklies.blogspot.com.br/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Something I Can't Believe - Página 8 Empty Re: Something I Can't Believe

Mensagem por SweetDream em Ter Maio 22, 2012 7:49 pm

Capítulo 13 – What Am I Feeling?
A garota acordou em seu quarto, suando descontroladamente. O que fora aquilo, afinal? Ela havia tido um sonho. Um sonho erótico com Damon. Agradeceu mais do que nunca por estar usando o colar de verbana. Virou-se para o lado e passou o resto da noite em claro repassando em sua mente as imagens.

**

Damon acordou, confuso. Olhou para o relógio: 4:15 da manhã. Ele tivera o sonho mais doido da sua vida. Ele encontrava-se em uma clareira, completamente sozinho. De repente, apareceu Elena. Eles começaram a se beijar, e acabaram por amar-se. Mas quando ele olhou para o rosto da garota que agora repousava ao seu lado, não era Elena quem estava lá, mas sim Juliette. E por incrível que pareça, ele ficou feliz por ser ela lá, serena e calma, deitada em seu peito. Ele acariciava os cabelos cor de ouro dela, realizado. E então ele acordou.
A cena que ele presenciara, o quase beijo com Juliette, o cheiro que emanava da pele dela, a luz da lua banhando sua pele levemente corada... tudo aquilo havia mexido com a imaginação dele. Mas ele não podia sonhar esse tipo de coisa com a melhor amiga dele, não era certo!
Ele não conseguiu tirar o sonho da cabeça pelo resto da noite.

**

- Bom dia. – disse Damon, olhando para a garota de pijama curto, fritando bacon.
- Er... bom dia. – “Meu Deus, como ele está lindo recém acordado! Esse cabelo desgrenhado... JULIETTE, ACORDA! PARA DE SONHAR, SUA DOIDA”
O sonho veio à cabeça dos dois.
- Er... que horas a Elena volta do hospital?
- Só as 15:00. O que quer dizer que temos muito tempo livre. Então, para onde iremos hoje? – “Pelo amor de Deus, não fale nada sobre clareiras. Não que eu não fosse gostar e... DAMON!”
- Eu não sei. Escolhe você. – Julie deu uma mordida no bacon. – Bacon?
- Eu acho que vou tomar uma bolsa de sangue...
Julie fez cara de magoada.
- Ok, um bacon não vai fazer mal.
- Yeah!

**

- Nossa, o sorvete daqui é delicioso!
- Eu te disse que era o melhor sorvete do mundo!
- Realmente... esse sorvete é... não tem explicação!
- Ok, chega de elogiar o sorvete. Então me diz, como você dormiu? – Damon tentou esconder o nervosismo.
- Er... Ãn... bem, e você? – Será que ele tinha descoberto sobre o sonho? Não, não era possível.
- Bem também.
O assunto acabou, dando lugar a um silêncio sufocante e constrangedor.
- Então...
- Então... O que você vai fazer quando tudo isso acabar? – ele perguntou.
- Como assim, quando tudo isso acabar?
- Quando voltarmos para GreenVille, o que você vai fazer? Voltar para o trabalho, telefonar para a Lyana, se acertar com o Bryan, ir de volta para a sua casa...
- Eu amo meu trabalho, então é óbvio que voltarei para ele. E eu estou morrendo de saudades da Lyana, então sim, eu telefonarei para ela. E provavelmente eu voltarei para a minha casa.
Damon ficou feliz por ouvir “provavelmente”. Ela ainda não sabia se voltaria para a casa dela. Por que isso o deixava tão feliz?
- E quanto ao Bryan? – por algum motivo que ele não sabia, Damon esperava desesperadamente ouvir um não. Tentou convencer-se de que era preocupação com a segurança dela.
- Não, não, eu não voltaria com Bryan nem que ele fosse o último homem do universo, nem que não restassem mais homens, vampiros, lobisomens, bruxos, bichos-papões, monstros, fantasmas, duendes ou nenhum desses seres místicos que podem ou não existir. Não para acabar sendo espancada até a morte.
- E eu e você? Como é que a gente vai combinar de sair?
- Eu não sei. Celular? Email? Twitter? Facebook? Telepatia? Sinal de fumaça? Pombo correio?
- Ok, chega de tirar com a minha cara. Eu não estou brincando. Eu não quero perder o contato com você.
- Nem eu.
- E...
- Damon, olha à hora. A Elena deve estar em casa! Não devíamos ir para lá?
- Você está certa. Vamos. – disse ele, desapontado.

**

- Eu não vou contar, Damon!
- Elena, você precisa! – Damon já estava irritado, andando de um lado para o outro. – Para que era esse feitiço, afinal?
- Não vou dizer!
- Bonnie, para que era?
- Eu prefiro morrer a trair Elena. Se ela não quer contar, eu não contarei.
- Não está longe de conseguir a sua morte, macumbeira. Sério, meninas, eu não estou brincando! Preciso mesmo saber para que era aquele feitiço.
- Bonnie, deixa a gente sozinhos, por favor?
Bonnie não se opôs. Simplesmente saiu.
- Desembucha, Leninha. Para que servia aquele feitiço?
- Para trazer você de volta, Damon.
- O que? – Damon não sabia se ficava feliz ou furioso. Por que ela queria que ele voltasse? Por que ela se importaria?
- Você e o Stefan estavam de mal, e eu... eu só queria que tudo voltasse a ser como era antes... e eu... ah, esquece.
- Termina, Elena. Termina ou eu vou embora daqui e não volto mais.
- Mas Damon!
- A escolha é sua. Estou escutando.
- E eu preciso de você, Damon. A saudade que senti de você fez-me perceber o quão necessário você é. Eu não quero que você fique longe de mim, pois eu mesma não posso ficar longe de você.
- O que? Elena, ficou maluca? E o Stefan, de que te serve? Acho que a falta de sangue te fez ficar confusa até demais.
- Eu amo o Stefan, e preciso dele, e esse é o problema! Eu preciso de você aqui, eu preciso tirar de mim essa dúvida que me aflige! Eu não posso mais ficar com o Stefan com essa dúvida. Eu tenho que entender por que você me parece ainda mais necessário do que ele.
Elena levantou-se da cama, aproximou-se de Damon e ficou com o rosto a centímetros do vampiro.
- Você me ama, Damon?
- Amo. Tchau, Elena.
- Você vai só... sair?
- Vou, cunhadinha. O que mais quer que eu faça? Me arraste aos seus pés? Eu não vou ficar aqui vendo você me falar baboseiras e estragando o que você tem com o Stefan. Essa confusão acaba por aqui, Elena. Você disse que PRECISA de mim, mas não que me ama, e eu não preciso de você. Eu te amo, mas sinto muito te avisar de que, para mim, você não é necessária.
Uma lágrima rolou do olho da garota.
- Diz pra ela cuidar bem de você.
- Ela quem? – ele levantou uma sobrancelha, confuso.
- Ninguém, esquece.
- Maluca, eu hein... – disse ele, saindo porta afora.
Elena sorriu, sem vontade. É óbvio que ele sabia quem era. Era só questão de tempo até ele admitir.

**

Juliette viu. Não queria ter visto, mas viu. Damon tinha dito que amava Elena, e ela vira. Mas por que ela se sentiu tão mal vendo a cena? Afinal, ela sempre soube que ele a amava.
Depois de ouvir ele dizendo que amava Elena e se despedindo, ela apenas correu. Tinha medo de ficar e ouvir algo que a magoasse ainda mais.
Eles estavam se dando tão bem...
Ah, quem Juliette estava querendo enganar? Ela estava amando Damon! Que merda, ela amava ele, e ele já era de outra! Mais uma vez, ela escolheu errado. Bryan já não era demais, agora tinha que ser também Damon?
Ela tinha MESMO que amar o vampiro que fora seu melhor amigo nos últimos dias?
Ela só queria morrer.
Os seus olhos ardiam de maneira incontrolável. Como ela pode ser tão tola? E como ela faria para passar mais sabe se lá quanto tempo com ele, sem deixar transparecer a dor dela?
Essa viagem ia ser longa.

**

Damon colocou as mãos na cabeça, confuso. Como aquilo havia acontecido? Elena disse mesmo que precisava dele? E isso não devia o deixar feliz?
Mas a pergunta mais intrigante era: por que, enquanto falava com Elena, Damon pensou em Julie? Isso não fazia nenhum sentido!
Mas claro que fazia sentido. Ele estava... NÃO! ELE NÃO ESTAVA NADA!
“Esquece essa besteira, Damon.”
Ele ainda não tinha se convencido.



---*---

amores, um aviso.
como vocês viram, eu ando mega afastada do fórum ultimamente...
então, decidi que, assim que terminar SICB - o que será em breve, por que eu pretendo acelerar o ritmo de postagens - eu me ausentarei do fórum por tempo indeterminado. Pararei de acompanhar fics por aqui, e também de postar... não que eu não goste desse fórum, ao contrário, eu amo aqui... é só que eu não tenho tempo para postar, e odeio deixar minhas fanfics abandonadas.
enfim... só para avisar mesmo.
beijoos e espero não ter perdido todos os leitores.
SweetDream
SweetDream

Mensagens : 1311
Data de inscrição : 08/07/2011
Idade : 23
Localização : Caxias do Sul, RS

Ver perfil do usuário http://booklies.blogspot.com.br/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Something I Can't Believe - Página 8 Empty Re: Something I Can't Believe

Mensagem por avril rock love you em Sab Jul 21, 2012 2:59 pm

amei amei !!! eu ainda nao acredito que o dam deu um baita fora na elena pela juh ...(pelo visto minha torcida pelo casal juh e dam esta dando certo ne ) ,mas espero que vc poste logo miga a parte deles dois juntos .ate porque eu ja nao tenho mais unha de tanto ansiedade kkkk (acho que me vinciei na fic) affraid flower
Something I Can't Believe - Página 8 Tumblr_m73lxr6KSp1qiascco5_r1_250
so um paplite- vc bem que poderia
(chord overstreet como bryan)



ass:anne s2 Razz flower flower
avril rock love you
avril rock love you

Mensagens : 8
Data de inscrição : 14/02/2012
Idade : 25

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Something I Can't Believe - Página 8 Empty Re: Something I Can't Believe

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 8 de 8 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum