Parceria
SIGMA CAMISETAS
Votação

Quem você quer entrevistar?

Vidas Secretas I_vote_lcap64%Vidas Secretas I_vote_rcap 64% [ 9 ]
Vidas Secretas I_vote_lcap36%Vidas Secretas I_vote_rcap 36% [ 5 ]

Total dos votos : 14


Vidas Secretas

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ir em baixo

Gostaram da Fic?

Vidas Secretas I_vote_lcap90%Vidas Secretas I_vote_rcap 90% 
[ 9 ]
Vidas Secretas I_vote_lcap10%Vidas Secretas I_vote_rcap 10% 
[ 1 ]
Vidas Secretas I_vote_lcap0%Vidas Secretas I_vote_rcap 0% 
[ 0 ]
Vidas Secretas I_vote_lcap0%Vidas Secretas I_vote_rcap 0% 
[ 0 ]
 
Total dos votos : 10

Vidas Secretas Empty Vidas Secretas

Mensagem por Thay em Qua Set 07, 2011 8:44 pm

Parecia ser mais um dia comum em minha vida, mas pelo jeito, não iria ser. Acordei na mesma hora de sempre, tinha que ir para a escola, levantei e fui lavar meu rosto, olhando ao espelho vi a mesma imagem de antes, a mesma Katherine Petrova de antes, apenas um pouco mais magra, eu não havia me alimentado nos últimos dias, andava sem fome, apenas com muita sede e as dores que eu vinha sentindo, não me davam animo para nada, mas fazer o que, eu tinha que continuar a viver. Coloquei meu estilo de roupa de sempre, uma calça skinny, camiseta preta toda desenhada, all star e o cabelo solto e fui para a escola.
Chegando na escola logo vi minhas amigas, minhas melhores amigas, as que sabiam de tudo da minha vida, Bonnie e Elena, junto com elas estavam Jeremy, que é o namorado de Bonnie e Stefan, meu amigo quase irmão e namorado de Elena. Mesmo eu tendo uma consideração de Stefan como irmão, ele não sabia muita coisa sobre mim e nem eu sobre ele, nossa relação era cheia de mistérios e a dele com Elena também, as vezes ela aparecia marcada na escola, mas nunca contou os motivos, Bonnie acha que ela é meia suicida, mesmo Stefan sendo meu amigo, eu acho que ele tinha alguma coisa a ver com aquilo tudo, mas enfim, eles eram meus melhores amigos, cresci e fui criada junto com Bonnie e Elena, Elena e Jeremy são irmãos e Stefan só apareceu na escola no ano passado.
-Katherine, você não faz ideia do que vai ter no próximo sábado! - disse-me Bonnie toda empolgada.
-Baile de prima-vera?!
-Siiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiim! Vai ser perfeito, eu e Elena vamos ajudar na organização, você também, né?
-Sim, como sempre. - respondi rindo - E 'oi' pessoal.
-Oiiiii. -responderam em um só coro.
-Vamos entrar, já deu o sinal, você chegou atrasada e sua primeira aula é História e você já sabe quem ta na sua turma. - Falou Elena toda empolgada.
-Tyler Lockywood. -respondi eu e Bonnie em coro.
Os meninos ficaram rindo e fomos todos para a primeira aula. Eu era apaixonada por Tyler, nós já havíamos ficado algumas vezes, por isso toda a ansiedade para o Baile de prima-vera, eu sempre ficava com ele nos bailes, mas nunca chegamos a namorar, pois ele andava com a "turma da curtição", era assim que era conhecido o grupinho formado por ele, Matt, Vicky e Caroline. Além de Tyler, Elena e Bonnie também eram da minha turma de História.
Quando entrei na sala Tyler estava no seu lugar de sempre, fui me sentar ao lado dele, ele sempre guardava aquela carteira para mim, por essas e outras as pessoas da escola diziam que nós namorávamos escondido. Ele me olhou, deu um daqueles sorrisos que eu amava, seus dentes eram grandes e brancos, com a voz baixa disse:
-Bom dia minha princesa!
Antes mesmo que eu pudesse responder Caroline entrou na sala, infelizmente, ela também era da turma de História.
-Ansiosa para o baile, Katinha? - disse tentando me provocar.
-Acho que não tanto quanto você, aliás, no ultimo baile você deu um show. -respondi fazendo-a lembra da pagação de mico do ultimo baile em que ela ficou bêbada e levou um fora de Jeremy.
-Caroline, essa você perdeu e nem precisou de muita conversa. - disse Bonnie.
Todos riram e Caroline foi se sentar se sentindo sem graça.
O Sr.Alaric entrou para iniciar a aula. Durante a aula toda eu e Tyler ficamos trocando olhares e, mesmo sem olhar, percebi que Caroline não tirava os olhos de cima de mim, ela nunca gostou de mim, já tentou ficar com Tyler e não conseguiu, por isso partiu pra cima de Jeremy, mas chegou um pouco tarde. Nunca entendi essa inveja que Caroline sentia, Caroline Forbes poderia ter tudo o que quisesse, bastava estalar os dedos, ela era a garota mais desejada da escola inteira, mas também a mais esnobe e arrogante, nunca baixava o olhar.Mas, quando eu estava perto de Tyler, nem ela estragava o meu dia.

Na hora do almoço foi tudo tão normal, como em qualquer dia normal, fiquei na esperança de Tyler se sentar junto a mim e meus amigos, mas como sempre, ele passou por mim como se eu não fosse nada, sempre que ele esta ao lado de Matt age desse jeito, isso me deixa um pouco para baixo e meus amigos sempre percebem e são contra isso, mas o que é mais contra é Stefan.
-Katherine, você não merece isso, o que adianta ele ser legal com você quando os amigos não estão por perto? -disse ele um pouco nervoso.
-Hoje ele agiu normal na aula de História, mesmo com Caroline por perto, ele é assim, é dele isso.
-Mas isso não é certo! - disse ele batendo com tudo na mesa.
-Stefan! A vida é de Katherine, ela sabe o que faz. Por que isso? - disse Elena séria.
-Nada, só que vocês não conhecem o Tyler.
-E você conhece?! -respondi brava.
Stefan saiu sem me responder, Elena foi atrás, Jeremy e Bonnie ficaram me olhando e sem mais nem menos, Jeremy disse:
-Todos sabem que ele te trata diferente quando está com os amigos, você já devia ter notado, há dois Tyler e Stefan só tenta te proteger, sempre foi assim, desde que ele entrou aqui, você é esperta, mas as coisas mais obvias nunca notou, se Stefan não estivesse com Elena, diria que ele te ama.
-Jeremy, com isso você destroi uma amizade, mas, Kath, repense sobre o Tyler. - disse Bonnie saindo junto com Jeremy.

Naquele mesmo dia, a noite, todos se reuniram na casa dos Pierces, era uma festa de comemoração pelo time de futebol ter ganho mais uma, durante a festa todos bebiam, dançavam, eu estava de um lado com as minhas amigas e Tyler do outro junto com Matt, ele não parava de olhar, mas, em meio as cutucadas de Bonnie e Elena, parei de ficar olhando para ele. Fiquei praticamente de costas pra ele a noite toda. Depois de algum tempo ouvi alguém me chamando, quando me virei era Tyler.
-Katherine, sei que nunca fiz isso, mas, quer ir ao Baile de prima-vera comigo?
Todos que estava ao meu redor pararam para ouvir a minha resposta, Elena olhava com um olhar de medo para Stefan que parecia estar pronto a atacar alguém.
-Sim! -respondi emocionada.
As pessoas que ouviram e estavam por perto aplaudiram, menos Elena e Stefan. Bonnie ficou toda feliz, durante o resto da noite ficou falando como eu deveria me arrumar, mas enquanto isso, eu procurava por Elena e Stefan, até Jeremy estava empolgado como nós, isso ajudou a mudar os pensamentos de Jeremy em relação ao Tyler, para mim, isso era perfeito. Tyler me levou até em casa e me deu um beijo de despedida, mas foi interrompido quando minha mãe, Isobel abriu a porta, mesmo assim, a noite foi perfeita. Depois de muito tempo, fui dormir feliz.
Thay
Thay

Mensagens : 30
Data de inscrição : 07/09/2011
Idade : 23
Localização : São Paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Vidas Secretas Empty Re: Vidas Secretas

Mensagem por Mariana Pierce em Qua Set 07, 2011 8:55 pm

Thay seja bem vinda ao forum
Estou gostando muito da sua fic
Posta mais
Mariana Pierce
Mariana Pierce

Mensagens : 7422
Data de inscrição : 07/06/2011
Idade : 20
Localização : Belo Horizonte - MG

Ver perfil do usuário http://weloveit.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Vidas Secretas Empty Re: Vidas Secretas

Mensagem por Thay em Qua Set 07, 2011 10:11 pm

2. Capítulo

Já era a manhã de sábado, passei tanto tempo esperando por esse dia, antes mesmo de tomar meu banho, liguei para Bonnie.
-Meu Deus, não sei como me vestir, tenho dois vestidos novos aqui e não sei qual usar!
-Katherine, é você?
-Obvio né, quem mais seria?
-Ah, oi. Amiga, vai com o que mais combina com uma tarde de prima-vera. Ah, falou com Elena?
-Eu tenho um azul, vou com ele. Não, ela vai hoje?
-Obvio que sim. Amiga, tenho que me trocar, logo logo Jeremy chega e eu nem tomei banho. Beijos e até o Baile.
-Beijos, até.
Logo que desliguei o telefone fui tomar um banho, nem falei com Elena, mas com certeza ela iria. Enquanto me arrumava deixei o cabelo enrolado com grampos para meu cabelo ficar enrolado, coloquei meu vestido azul, ele era tomara que caia e tinha um caimento leve, ele tinha a barra com detalhes verdes, ficava acima do joelho, coloquei uma sandália azul de salto agulha pra combinar, a maquiagem era composta de sombra azul mesclada com verde, meu batom era um tom de rosa claro, meu brinco era uma bolinha de esmeralda e o colar era com 3 esmeraldas de tamanhos diferentes que minha mãe herdara de minha avó. Quando soltei meu cabelo, os cachos cairam perfeitamente sobre os ombros, no exato momento em que terminei de me arrumar, minha mãe me chamou.
Desci as escadas, ela estava me olhando encantada:
-Meu Deus, Katherine, se seu pai estivesse vivo, estaria encantado com sua beleza, você esta maravilhosa filha!
-Obrigada mãe, Tyler já vai chegar.
-Na verdade, ja chegou, ele esta te esperando na varanda. Boa sorte meu amor!
-Obrigada mãe. -disse-lhe dando um beijo em sua bochecha.
Quando abri a porta avistei o Tyler, ele estava com smoking preto, a gravata era azul escuro, sem querer, combinava com o meu vestido, ele estava lindo.
-Uau, se eu soubesse que você estaria tão linda, tinha vindo antes.
-Obrigada.
Ele pegou em minha mão e me guiou até seu carro.

Logo que chegamos ao baile vi Bonnie e Jeremy, Bonnie estava em um lindo vestido amarelo de alças finas. Elena estava junto com Stefan um pouco mais afastados, ela estva em um vestido rosa claro tomara que caia. Bonnie e Jeremy vieram nos cumprimentar.
-Kath! - disse me abraçando. Depois que me soltou falou com Tyler.
-Oi!
Jeremy me comprimentou com um beijo na bochecha e um aperto de mão no Tyler.
Nós quatro ficamos conversando, depois de um tempo Elena e Stefan vieram conversar com nós, nos cumprimentaram de longe e ficaram conversando normalmente.
Durante a primeira dança lenta Tyler ficou segurando em minhas mãos e olhando em meus olhos.
-Katherine, você quer namorar comigo?
-Sim!
Ele me abraçou e me deu um beijo doce. Um beijo diferente dos outros, que me fez perder os sentidos e viajar por um tempo, quando ele interrompeu o beijo me fazendo voltar, percebi que nossos amigos nos olhavam, Bonnie sorria feito boba e Elena pareceu aceitar essa minha opção.
-Parabéns amiga! -disse-me Elena e Bonnie juntas.
-Parabéns, eu posso estar errado sobre ele, mas, qualquer coisa, conte comigo. - disse Stefan.
-Obrigado a todos, estou tão feliz!

Depois do baile Tyler me levou para casa de novo, minha mãe não estava em casa, tinha saido com seu namorado, Elijah. Convidei Tyler pra entrar, nós não havíamos jantando, então pedi uma pizza e ficamos vendo alguns filmes. Durante o filme, nós nos beijavamos, cada beijo mais especial que o outro.
Aos poucos Tyler foi me deitando no sofá e deixando cada beijo mais intenso, mas antes que ele tomasse mais alguma iniciativa, o afastei com os braços.
-Tyler, não temos nem um dia de namoro e eu não estou pronta para isso.
-Tudo bem, eu respeito isso, mas quando estiver pronto... -respondeu-me com aquele sorriso lindo.
Depois disso, voltamos a nos beijar, mas não sei o que houve, mas durante esse beijo, eu sentia um forte cheiro de sangue e uma vontade imensa de morder Tyler.
Decidi interromper de vez e pedi pra que ele fosse embora, não estava me sentindo bem, não sabia o que estava acontecendo, ja havia ficado com ele e nunca senti aquele cheiro, mas depois de sentir o cheiro, fiquei com uma tremenda sede, tomei copos e copos de água e a sede não passava.
Fiquei esperando minha mãe chegar para falar com ela sobre isso, mas ela não dormiu em casa, fui dormir pensando o que seria isso, não tive respostas, nunca havia falado sobre isso.

Durante meu sono, tive pesadelos, eu sonhava que estava em uma mata sozinha, mas carregava alguma coisa em minha mão, quando eu olhava, era um coelho morto, com mordidas no pescoço, eu abaixava minha cabeça e via o corpo de um lobo, todo lambuzado de sangue, eu me abaixava e olhava os olhos dele, eram olhos que eu conhecia, eram os olhos de Tyler, mas no corpo de um lobo.

Acordei assustada, olhei no relógio eram 5:00 hrs da manhã, olhei pela minha janela e havia um carro parado do outro lado da rua, mas quando a pessoa percebeu que eu olhava, acelerou o carro.
Eu precisava dormir mais.
Thay
Thay

Mensagens : 30
Data de inscrição : 07/09/2011
Idade : 23
Localização : São Paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Vidas Secretas Empty Re: Vidas Secretas

Mensagem por Thay em Qua Set 07, 2011 11:44 pm

3. Capítulo

Meu domingo foi muito chato, passei o dia todo na cama com dor no corpo todo, até nos dentes, sede e febre, minha mãe queria me levar ao hospital, mas eu tenho pavor disso. Todos me ligavam perguntando se eu estava bem e se iria para a escola na segunda, mas é obvio que sim, eu tinha teste de calculo.

Segunda eu acordei me sentindo um pouco melhor, minha sede não passava, mas eu estava morta de fome, sai comendo tudo que eu via pela casa, minhas pupilas estavam dilatadas e meus dentes continuavam a doer, mas nem isso me impedia de comer, bebi uns 2 litros de água antes de sair de casa. Quando abri a porta vi o carro de Tyler estacionando na minha porta.
Chegando na escola todos nos olhavam, mas, Tyler passou reto por todos e veio ficar junto comigo e meus amigos.
-Oi gente! - eu disse quando chegamos mais perto.
-Oi Katherine e Tyler. - disseram, como sempre, em coro.
De repente senti meu braço balançando, foi quando percebi que Tyler segurava minha mão.
-Está melhor hoje? -perguntou-me Bonnie com um olhar preocupado.
-Estou sim, obrigada.
-O que você estava sentindo, exatamente? -perguntou Stefan.
-Dores no corpo, sede e febre, hoje acordei com uma fome de dragão.
-Deve ser gripe. -disse Elena - Mas, mesmo sendo gripe, você tem que se cuidar, pode virar uma pneumonia.
A nossa conversa foi interrompida pelo sinal da primeira aula, pra minha alegria, a primeira aula era de Calculo, sinal de que ja era o teste, só Stefan era dessa minha turma.
-Tchau gente, até o almoço. -despediu-se Stefan.
-Tchau amor. -disse dando um selinho em Tyler.

Na aula Stefan sentou-se ao meu lado. Logo que terminamos a prova ficamos conversando.
-Você parece mesmo gostar dele, não?
-Sim, eu o amo e, ainda acho que você estava errado sobre ele.
-Posso estar, mas é bom você tomar cuidado, ainda mais agora que você esta... doente. -quando Stefan disse a ultima palavra, ele baixou a voz, como se quisesse dizer outra coisa.
-As vezes você fala como se meu namoro com ele fosse uma ameaça.
-Turma - interrompeu o Sr.Tunner - vou apresentar a vocês o novo aluno, Damon Salvatore.
Nesse momento ele apontou para a porta, onde estava parado um menino lindo, sua beleza era hipnotizadora, ao mesmo tempo que eu quase babava pelo novo aluno, percebi Stefan enrijecer ao meu lado, parecia que ele conhecia aquele menino.
-Como... pode!-disse num sussurro e saiu correndo.
Fiquei olhando apavorada. Mas ao mesmo tempo vi o novo aluno se sentando no lugar que estava ocupado por Stefan.
-Olá, como você se chama?-perguntou com um sorriso de lado.
-Katherine. Katherine Petrova. - respondi sorrindo.
-Belo nome. E seu amigo?
-Stefan. Stefan Coccine, ele é italiano.
-Sério? Coccine... conheço esse sobrenome, aliás, também sou italiano.

-Stefan Coccine? Você é bem criativo não?
-O que você quer aqui?
-Vim em uma missão, já você...
-Estou aqui para protege-la, ela vai precisar de alguém nessa fase.
-Alguém que é o pai dela e não um mentiroso!
-Damon, você vai atrapalhar tudo e mata-la, Klaus vai gostar disso?
-Mais do que descobrir que além de fugitivo, você é mentiroso. Stefan Salvatore. Será que Elena e Jeremy Gilbert, Bonnie Benett e Katherine Petrova vão gostar de descobrir quem você é?
-Vá embora!

-Katherine, cade Stefan? -perguntou-me Elena na hora do almoço.
-Não sei, ele sumiu desde a aula de calculo.
-Olha ele ali! -disse Bonnie apontando para a porta do refeitorio.
Stefan estava com um olhar furioso, totalmente sério, se sentou e não falou nada, nem respondia as perguntas que Elena fez a ele. Vindo do mesmo local que ele, estava o aluno novo, com um sorriso radiante. Alguma coisa com o Aluno novo atormentava Stefan.
Tyler tinha ido embora mais cedo, estava passando um pouco mal, acho que algum virus esta chegando na cidade, todo mundo ficando doente. Jeremy faltou por que estava com febre também.

Antes de ir pra casa, passei na casa de Elena junto com Bonnie, fomos visitar Jeremy. Ficamos até umas 20:00 hrs, como estava ficando muito tarde para voltarmos sozinhas, resolvemos sair a essa hora mesmo.
Bonnie mora uma quadra da casa dos Gilberts, eu moro a 3 quadras da casa dos Gilberts e a uma da casa dos Lockywoods. Depois que Bonnie ja tinha ido, percorri o caminho sozinha, mas estava me sentindo perseguida, comecei a correr, virei na rua de Tyler. Eu corria muito rápido, a rua estava toda escura, de repente eu cai, em cima de alguém. Esse alguém era Vicky Donovan, ela morava na mesma rua que Tyler.
-O que você esta fazendo aqui? -me perguntou assustada.
-Nada, estava... só andando.
-Andando?! Parecia uma louca correndo.
-Queria cortar caminho.
-Bom, eu to indo na casa de Caroline, se quiser, pode vir comigo, ela mora na sua rua e eu tenho medo de andar sozinha a noite.
-Tudo bem. -respondi me levantando.
Vicky se levantou e veio junto comigo até na minha rua. Entrei em casa e fui me trocar, eu estava saindo do banho quando ouvi um grito. Minha mãe estava vendo um filme de terror, logo pensei que foi ela quem gritou.
Thay
Thay

Mensagens : 30
Data de inscrição : 07/09/2011
Idade : 23
Localização : São Paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Vidas Secretas Empty Re: Vidas Secretas

Mensagem por Thay em Qui Set 08, 2011 8:18 pm

4. Capítulo

No dia seguinte, enquanto eu me arrumava para ir pra escola ouvi minha mãe gritando.
-AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH!!!
-Isobel!
Desci correndo, Elijah estava em casa, quando cheguei na porta de entrada percebi o motivo dos gritos, o corpo de Vicky estava todo ensaguentado na porta de casa.
-Liga para a polícia Elijah! -disse minha mãe desesperada.
Elijah ligou correndo, a polícia chegou logo e junto a emergência. O dia todo foi de investigações, acabei até sem ir para a escola.
Vicky não morreu, estava fraca e havia perdido muito sangue, mas ficou no hospital tomando soro durante um bom tempo.
No dia seguinte foram proibidos boatos e comentários durante as aulas, mas todos davam um jeito de tocar no assunto, Mystic Falls é uma cidade pequena, qualquer coisa que acontece, todos sabem.
-Katherine, você está bem? Deve ter ficado muito assustado ao ver um corpo na porta de sua casa. -perguntou-me Jeremy.
-Um pouco, mas ainda ninguém descobriu o que houve com ela.
-Nossa, muito estranho isso.
-Katherine! -Bonnie veio e me deu um abraço bem apertado.
Deu o sinal, Elena ja estava na sala de História, Tyler e Caroline também, os dois pareciam abalados, principalmente Caroline, Vicky era sua melhor amiga. Stefan não foi a escola, Elena disse que ele estava doente. Percebi que havia alguém novo na sala, era Damon.

Isobel

Eu já imaginava quem, ou melhor, o que tinha feito aquilo com Vicky Donovan e, nessa situação, só havia um pessoa que poderia me ajudar.
Quando cheguei no pensionato não havia ninguém na recepção, Sra. Flowers deveria estar no jardim, subi direto para o quarto. A porta estava aberta, ele já estava a espera de minha visita.
-Stefan! Só você pode me ajudar agora.
-Já está na hora, Isobel. Ela já esta se transformando e merece saber.
-Eu sei, vou precisar de sua ajuda, preciso falar isso antes que Klaus fale.
-Bom, eu queria falar sobre isso... Klaus e meu irmão ja estão na cidade. - disse Stefan com um ar preocupado.
-Meu Deus! Stefan, você não pode deixa-los chegarem perto de minha filha!
-Isobel, já é tarde, Damon está matriculado na escola, na mesma turma que Katherine.

Durante a hora do almoço, Damon pediu minha ajuda para os estudos. Tyler ficou com um pouco de ciumes, mas depois de uma conversa, entendeu que Damon queria apenas uma ajuda. Depois das aulas ele veio atras de mim para uma conversa.
-Katherine, você pode me ajudar agora?
-Agora? Aqui na escola? Você não acha melhor ser em minha casa ou na sua?
-Se puder ser na sua...
-Tudo bem. Hoje eu vou sozinha mesmo.
Quando chegamos em minha casa Damon ficou esperando pro lado de fora.
-O que foi? -perguntei rindo.
-Não vai me convidar pra entrar? - disse ele sorrindo.
-Entre Damon.
Ele entrou logo em seguida. Ficamos na sala conversando e estudando um pouco, depois de estudarmos, Damon me contou algumas histórias de sua vida.
-Como são seus pais? -perguntei.
-Meus pais são falecidos. -ele deu sorrisinho de canto- Minha mãe morreu durante o parto de meu irmão mais novo e meu pai... um vigarista o matou em troca de dinheiro.
-Ah, me desculpe.
-E os seus? -perguntou-me
-Meu pai morreu atacado por um animal quando eu tinha 3 anos de idade e minha mãe me criou sozinha.
-Bom, já esta na hora de eu ir. Posso voltar amanhã?
-Claro.
O acompanhei até a porta.
-Volte quando quiser, Damon.
-Obrigada.
Thay
Thay

Mensagens : 30
Data de inscrição : 07/09/2011
Idade : 23
Localização : São Paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Vidas Secretas Empty Re: Vidas Secretas

Mensagem por Thay em Qui Set 08, 2011 9:04 pm

5. Capítulo

No dia seguinte acordei com a campainha, me troquei rapidamente e desci pra ver quem era, olhei pelo olhinho mágico da porta e eram Damon. Eu estava sozinha em casa, de novo, minha mãe saíra mais cedo para trabalhar. Mal abri a porta e Damon ja foi entrando.
-Posso falar com você? -perguntou-me sério.
-Pode. O que houve?
-Katherine, como você tem se sentido nesses ultimos dias?
-Com um pouco de dores pelo corpo, sede e muita fome. Por que?
-Eu ja me senti assim, Katherine. Você está passando por uma transformação.
-Transformação?
-Sim. Você ja se perguntou por que seu sobrenome é diferente do seus pais? O seu é Petrova e de seus pais é Smith?
-Minha mãe disse que foi em homenagem a avó de meu pai.
-Kathreine, Ryan Smith não é seu pai de verdade.
-Você ta louco? Nem te conheço direito e como você vem me dizer quem é ou deixa de ser meu pai?
-Por que eu sou seu pai de verdade. - disse um homem que estava entrando pela sala de jantar - Meu nome é Klaus Petrova, namorei com sua mãe quando ela tinha 17 anos e ela engravidou, eu sabia que não poderia ser um bom pai e a abandonei grávida, mas ela precisava de alguém pra te proteger, você não é como as outras Katherine. Você é meia humana e meia vampira, a sede e fome que você tem sentido, só pode passar com um tipo de alimento... sangue.
-Vocês são loucos. Saiam da minha casa AGORA!!!!!!!!!!!!
Depois que aqueles dois sairam, percebi que haviam deixado uma sacola em cima da mesa, havia 5 pacotes com um líquido vermelho, parecia tão apetitoso. Fiquei pensando sobre o que eles me haviam dito, isso é muito estranho, não fazia nem uma semana que eu conhecia Damon e ele vem me falar isso, é ridículo, ele e o amiguinho dele, Klaus, são dois idiotas. Mas, quando terminei meus pensamentos sobre isso, reparei que ja tinha tomado dois negocios daquele liquido vermelho, virei a embalagem que estava em minha mão para ler, me assustei com o que estava escrito: "Sangue A+". Eu havia acabado de beber dois pacotes de sangue, mas era tão bom. Meus pensamentos e sustos foram interrompidos com a chegada de minha mãe.
-Filha, preciso falar com você.
-Também acho mãe.
Quando ela entrou na cozinha e me viu naquela situação, me olhou assustada, mas a única coisa que fez, foi puxar a cadeira e se sentar de frente para mim.
-Vamos começar a conversa com você me contando quem é esse tal de Klaus Petrova. -disse olhando-a nos olhos.
-Bem, filha, isso é dificil, mas... Namorei com Klaus quando tinha 17 anos, ele sempre foi do jeito que você conheceu, ele era um sedutor e, como ja é de se imaginar, me seduziu, acabei me entregando a ele e engravidei, Klaus não poderia continuar comigo e nem me ajudar a criar você.
-E por que não? -interrompi.
-Por que ele não é um humano normal, Klaus é um vampiro, por isso você esta passando por isso, você é meia humana e meia vampira. Quando você nasceu, seu pai não estava mais em Mystic Falls e eu precisava de alguém para te proteger, a partir do momento que um bebê vampiro nasce, a vida dele ja se transformo, também precisava garantir que você fosse crescer como uma criança normal, para isso, chamei uma bruxa, a Sra. Flowers, para me ajudar, ela jogou um feitiço fazendo só algumas partes vampiricas se desenvolverem em você, por exemplo, você pode sair a luz solar e pode se alimentar de comida normal e também ajudou, pois você só se transformaria aos 17 anos. Me casei com o Ryan pois ele era um lobisomem e poderia ajudar a te proteger, pois também tinha poderes.
-Então, esse cara louco é meu pai?
-Sim. Ele não é o único vampiro da cidade, Stefan se mudou para cá, para poder te ajudar durante essa fase da sua vida, mas Klaus e Damon voltaram mais cedo.
-Espera ai, Stefan é vampiro e conhece Damon?
-Eles são irmãos. Os famosos irmãos Salvatores.
-Stefan é um mentiroso! Elena precisa saber disso.
-Ela ja sabe, ela ja sabe de tudo, tanto sobre Stefan quanto sobre você. A forma mais facil de Stefan te proteger, era ter o apoio de uma amiga sua e essa amiga foi Elena, pois ele se apaixonou por ela.
-Todo mundo sabe?
-Não e ninguém mais pode saber, só nós mesmo. Stefan contou para Elena por que confia muito nela.
-Meu Deus, preciso de ar. -disse me levantando - Mas vou levar isso comigo, ainda to com fome. -peguei as bolsas de sangue e sai.
Fui andar pela floresta, precisava respirar ar puro e ver se esclarecia minha mente, estava tudo tão confuso. De repente descubro que não sou filha de quem imaginava, meu pai adotivo é um lobisomem e o meu pai verdadeiro é um vampiro. Minha melhor amiga e seu namorado ja sabiam de tudo mas nunca me contaram, vivo sobre um feitiço e agora tenho que confiar em Damon Salvatore que é um vampiro intrometido. Meu Deus, o que vai ser de mim agora?. Precisava de mais sangue, de repente notei que todo o sangue que Klaus me dera acabou, precisava de mais. Como eu conseguiria mais sangue?
Thay
Thay

Mensagens : 30
Data de inscrição : 07/09/2011
Idade : 23
Localização : São Paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Vidas Secretas Empty Re: Vidas Secretas

Mensagem por moon em Sex Set 09, 2011 2:11 pm

Thay, olá! Vejo que você vai continuar postando e agradecemos seu interesse. Peço que, leia as regras desse fórum http://diariosdovampiro.forumeiros.com/t1555-tutorial-regras-faq-dicas-e-etc-leia-antes para regularizarmos sua fanfic, porque ela não pode ficar aqui, correto?

Obrigada!

_________________
moon
moon

Mensagens : 5770
Data de inscrição : 19/09/2009
Idade : 28
Localização : Itajaí - SC

Ver perfil do usuário http://deep-ocean.tumblr.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Vidas Secretas Empty Re: Vidas Secretas

Mensagem por Thay em Sex Set 09, 2011 10:05 pm

Oi, Moon, desculpe amr, acabei não lendo as regras x_x, mas ja vou postar, obg *-*

Nome da fanfic: Vidas Secretas
Classificação: +13
Tipo: Drama
Shipper: Triângulo entre Tyler, Katherine e Damon
Restrições: Contém violência e cenas de sexo
Resumo: Katherine é uma menina de 17 anos que tinha sua vida perfeita, até descobrir que não era tão perfeita assim, a partir do momento que Katherine descobre que é meia humana e meia vampira, tudo muda, seu coração e sua cabeça...
Thay
Thay

Mensagens : 30
Data de inscrição : 07/09/2011
Idade : 23
Localização : São Paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Vidas Secretas Empty Re: Vidas Secretas

Mensagem por moon em Sab Set 10, 2011 6:19 pm

Vou editar o seu tópico e mover para a área correta, ok? Por nada. <3

_________________
moon
moon

Mensagens : 5770
Data de inscrição : 19/09/2009
Idade : 28
Localização : Itajaí - SC

Ver perfil do usuário http://deep-ocean.tumblr.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Vidas Secretas Empty Re: Vidas Secretas

Mensagem por Thay em Sab Set 10, 2011 7:24 pm

Obg, já posso continuar postando? *-*
Thay
Thay

Mensagens : 30
Data de inscrição : 07/09/2011
Idade : 23
Localização : São Paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Vidas Secretas Empty Re: Vidas Secretas

Mensagem por Thay em Sab Set 10, 2011 8:34 pm

6. Capítulo

Ouvi um barulho de passos e senti um cheiro forte de sangue, estava com sede e fome, a quantidade de sangue que eu tomei não havia sido o suficiente, fui atras daquele cheiro, chegando perto vi que era um coelho. Coelho, meu animal favorito, tão perfeito, tão meigo, mas eu precisava me alimentar, me aproximei aos poucos, me fingi amiga, peguei-o no colo e aquele foi o momento perfeito. Foi adorável sentir meus dentes perfurando a carne daquele animal, aquele líquido quente na minha boca, aquele sabor. Enfim, eu estava satisfeita.

Na manhã seguinte me levantei para ir a escola, era sexta-feira, fui para a escola sozinha, mas chegando lá avistei Damon de um lado e meus amigos do outro. Primeiro falei com eles, não poderia deixar que eles notassem que havia algo diferente, mas Stefan ja sabia de tudo. Mesmo antes de eu chegar, ele ja foi me chamando de canto, junto com Elena.
-Katherine, precisamos conversar.
Dei um sorrisinho para Bonnie e Jeremy e sai junto com eles.
-Por que vocês nunca me contaram nada? -perguntei.
-Porque sua mãe estava esperando o momento certo.
-E o momento certo era eu descobrir através de um estranho?
-Klaus queria ser o primeiro a te contar isso, por isso dele ter contratado eu e Damon, eramos os vampiros perfeitos para te contar isso e te proteger, mas eu ja imaginava que eles fossem te fazer algum mal.
-Eles não me fizeram nenhum mal.
-Mas Damon não é muito confiável.
A conversa foi interrompida com a chegada de Tyler.
-Katherine, você sumiu. Sabia que é bom dar sinal de vida?
-Desculpe-me. Depois terminamos essa conversa.
-Vá lá em casa depois da aula, para revivermos os bons momentos. -disse Elena, mas eu ja imaginava o que seria conversado.
-Vou sim.-disse saindo junto com Tyler.
-Katherine, por que você sumiu? -perguntou-me ele.
-Ontem eu estava com alguns probleminhas com minha mãe.
-Nada muito sério, né?
-Não, coisas de família mesmo.
-Faz tempo que não ficamos juntos.
Tyler me deu um beijo e passamos a primeira aula inteira na parte de trás do colégio, juntos e sozinhos, nos beijamos o tempo todo, mas na segunda aula dele, era prova, nós tivemos que entrar.
Na aula de Calculo me sentei ao lado de Damon, ficamos conversando durante a aula, ele me disse que me ajudaria com algumas coisas sobre essa minha nova fase.
Passei o almoço com ele.
-Eu já passei por isso, é muito complicado, sua primeira caça animal, primeira caça humana, os sentidos, a sedução, até o sexo é diferente... -disse ele.
-Falando nisso, hoje eu tive minha primeira caça. -disse toda orgulhosa.
-Sério? O que foi? Um veado?
-Não né, como eu disse, foi a primeira, eu ainda não tenho habilidade, mas foi um coelho, me deu dó dele, mas ele era suculento de mais e, estava uma delícia. -respondi sorrindo.
-Espera até ter sua primeira caça humana.
-Sei lá, deve ser nojento, eu não sou uma completa vampira, então, não preciso me alimentar de sangue humano, não é?
-Sim, mas você não quer ser um dia, uma completa vampira?
-Não sei, viver sem sair na luz do sol e ser eterna, não faz meu tipo.
-Você acostuma.
Damon era uma pessoa surpreendente.

Depois da aula fomos para a casa de Elena, me surpreendi não seria mais uma conversa séria, era apenas algo entre amigos, infelizmente não deu para Tyler ir, mas foi divertido mesmo assim. Bonnie, Elena, Stefan, Jeremy e eu nos divertimos muito, ficamos vendo filmes de comédia e terror, jogando o jogo da verdade e contando piadas. Como os quatro iriam dormir na casa dos Gilberts.
Sai da casa da Elena já eram 22:00 hrs, era uma sexta feira de Lua cheia e eu ainda estava com fome, resolvi ir para casa pela floresta, mas não fui muito para dentro, estava na beirada, caso algo acontecesse, era facil de ir para a estra.
-AAAAAAAAAAAAH
Ouvi um grito de longe, era um grito de dor e a voz parecia a de Tyler. Entrei mais ainda na floresta.
-Tyler? É você?
-Katherine... vá... embora... AAAAAAAAAH. -disse ele de joelhos no chão e parecia estar com muita dor.
-Você esta bem? -perguntei me aproximando dele.
-VÁ EMBORA AGORA. AAAAAAH.
O que eu vi naquele momento foi a coisa mais horrenda da minha vida, Tyler estava se retorcendo no chão e seus ossos pareciam estar se quebrando, aos poucos ele foi se deformando, seus dentes aumentavam e seus olhos estavam arregalado. Naquele momento sai correndo desesperada de la, mas parecia que eu não tinha forças nas minhas pernas, de repente senti algo me puxando e não tocava mais os pés no chão, parecia que eu estava voando. Eu não conseguia ver quem era, mas quando cheguei na luz da estrada, vi que era Damon, ele havia me salvado daquilo que era Tyler.
Ele me levou até em casa, minha mãe não iria dormir em casa essa noite, Damon deu um pulo e, como magica, estávamos dentro meu quarto.
Sentei-me na minha cama e Damon se sentou ao meu lado.
-Obrigada. -agradeci.
-Por nada, na próxima vez que um lobo te dizer para sair de perto, é o melhor que você pode fazer.
-Está dizendo que Tyler é um lobo?
-Na verdade, sim. E você poderia ter morrido.
-Como você sabe?
-Tenho 145 anos, sei muita coisa que você nem imagina.
-Uau, me conta algumas coisas, como por exemplo, qual foi sua primeira caça?
Damon começou a me contar suas historias.
Thay
Thay

Mensagens : 30
Data de inscrição : 07/09/2011
Idade : 23
Localização : São Paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Vidas Secretas Empty Re: Vidas Secretas

Mensagem por Mariana Pierce em Sab Set 10, 2011 8:48 pm

Thay mai sum capitulo
Perfeito
Amei posta mais
Mariana Pierce
Mariana Pierce

Mensagens : 7422
Data de inscrição : 07/06/2011
Idade : 20
Localização : Belo Horizonte - MG

Ver perfil do usuário http://weloveit.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Vidas Secretas Empty Re: Vidas Secretas

Mensagem por Lys Weasley Salvatore em Sab Set 10, 2011 8:55 pm

Nossa, Thay, como eu to amando essa fic *--*
huhu, é bem engraçado ver a Kath com o Ty-Ty
Damon chegou pra virar a história Twisted Evil
to adorandooo
quando vc posta mais?
Lys Weasley Salvatore
Lys Weasley Salvatore

Mensagens : 1755
Data de inscrição : 25/03/2011
Idade : 25
Localização : Mansão Salvatore

Ver perfil do usuário https://www.youtube.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Vidas Secretas Empty Re: Vidas Secretas

Mensagem por Thay em Sab Set 10, 2011 9:31 pm

7. Capítulo

Durante a conversa fui vendo que Damon é muito mais do que demonstra ser e que seu relacionamento com Stefan era perfeito, até uns anos atrás, quando eles encontraram Klaus e disputaram para ver quem era o melhor.
-Mas, sabe, durante esse tempo todo, nunca vi nenhuma mulher tão linda quanto você. -disse-me ele.
-Você ta zuando, é obvio. -respondi rindo.
-Não, eu falo sério.
Damon foi se aproximando até que me beijou, foi o beijo mais doce de toda a minha vida, aquele sabor, o toque suave dos lábios de Damon, o gosto doce de sua língua, mesmo sabendo que durante anos ele só se alimenta de sangue, o gosto dele era doce, tinha movimento suaves. Arrepiei um pouco com o toque de sua mão, o choque que o frio da mão dele causou em meu corpo quente, aos poucos fui deitando na cama e o puxando para mim. Meu corpo não controlava o comando de minha mente, aos poucos fui desabotoando a camisa dele, sentindo seu peito frio e macio, o deslize de sua mão enquanto tirava minha blusa, eu sabia o que ia acontecer, com Tyler parecia uma pressão, mas com ele era tão sensual. Passava as mãos nos cabelos de Damon, nos cabelos macios, enquanto sentia as pontas dos dedos dele tirando meu sutiã. Me arrepiei quando senti os lábios macio dele tocando o meu pescoço. Sim, eu queria aquilo, queria me entregar a Damon, já estava me entregando, cada toque, beijo, cada palavra sussurrada era perfeito.
Acordei eram 11:00 hrs da manhã, olhei pro outro lado da cama e não vi Damon, pensei que a noite passada não passava de um sonho, mas olhei para o chão e vi nossas roupas jogadas ali, me olhei por baixo das cobertas e estava nua. Tomei um banho rápido, coloquei uma saia rodada cinza, uma blusinha de alça branca e um tênis branco. Minha mãe não havia chego ainda, mas então, de onde vinha o cheiro de panquecas? Quando cheguei na porta da cozinha avistei Damon só de cueca cozinhando para mim.
-Bom dia minha menina. -disse ele sorrindo.
Foi tão lindo ouvi aquele minha menina que eu soltei um sorriso involuntário.
-Bom dia. -respondi.
-Fiz panquecas para o café. Eu posso não comer, mas você continua humana, então ainda se alimenta. Ah, tem duas mensagens para você.
-Obrigada.
Apertei o botão do telefone para ver as mensagens, a primeira era de Bonnie.
-Amiga, hoje não vai dar para ir a lanchonete que nem tínhamos marcado ontem, vou visitar minha avó. Beijos, bom final de semana.
A segunda era de Tyler. Gelei ao ouvir a voz dele.
-Amor, precisamos conversar sobre ontem a noite, se der, passe aqui em casa. Te amo.
Senti uma queimação por dentro, um arrependimento, me levantei com tudo, estava com raiva de mim mesma pelo o que havia feito com Tyler.
-Seu canalha! O que fez comigo? Seu sedutor! -dei um tapa na cara de Damon que apenas me encarava. - E se vista antes de sair, logo mais a minha mãe chega.
Sai de casa desesperada, precisava falar com alguém, alguém que eu confiava e que sabia de tudo, alguém que esteve comigo sempre. Elena.

-Como assim?! -disse Elena espantada quando eu contei o que havia acontecido noite passada.
-Eu não sei, foi tudo tão rápido, eu nem pensei direito.
-Kath, você está louca?
-Não sei, se estiver, Damon que me deixou assim.
-Você simplesmente não pode contar nada a Tyler e nem deixar transparecer.
-Eu sei, eu amo Tyler, mas... Damon é tão sensual e sabe fazer direito. -respondi rindo.
-Bom, já que chegamos a esse ponto, foi bom? -perguntou-me ela ansiosa.
-Muuuuuuuito bom. -respondi rindo mais ainda.
-Sei que você nunca transou com um humano, mas o sexo de um vampiro, é bem melhor que o humano. - disse ela rindo.
Nós ficamos rindo e conversando a tarde inteira, acabei esquecendo que precisava passar na casa de Tyler. Quando lembrei sai correndo da casa de Elena.
Enquanto andava pela rua vi Damon, que veio falar comigo.
-O que estava pensando quando me deu aquele tapa? -disse ele segurando meu braço com força.
-Me solta, Damon.
-Se fizer isso de novo, acabo com você.
-Você ouviu Damon? Solte-a. -disse uma voz um pouco distante.
Olhei na direção em que vinha a voz, era Stefan.
-Olha quem vem dar lição de moral. O Sr.Mentiroso. -respondeu Damon zombando.
-O que dirá Klaus ao saber que você esta agredindo a filha dele?
-Acho que o mesmo ao saber que você mentiu tanto pra ele, quanto pra ela.
-Solte-a agora! Os dois terão o que merece.
Agora nós três olhamos para a mesma direção.
-Klaus! -dissemos em um coro.
-Katherine, vá. -disse ele sério, enquanto Damon soltava meu braço. -Quero conversar com vocês dois, os dois terão seus castigos.
-Não faça nada de mais. Stefan fez isso para ajudar e Damon, só estava se defendendo, eu o agredi primeiro. -disse assustada.
-Eu já disse para você sair daqui.
Obedeci meu pai e sai, não sou vampira a muito tempo, mas sei que nunca se deve desrespeitar um, eles levam tudo muito a sério. De lá fui direto pra casa de Tyler. Ele que atendeu a porta.
-Oi meu amor! -disse ele me dando um abraço.
-Oi.
-Vamos subir Kath. Precisamos conversar. -disse ele me puxando pela mão.
Chegamos no quarto de Tyler. Ele se sentou na cadeira e eu na cama.
-Queria te pedir desculpas por ontem. -começou ele.
-Eu me assustei um pouco, mas...
-E também queria que você não contasse para ninguém.
-Não vou contar, mas... você é o único da sua família?
-Na verdade, só meu pai que não é.
-Ah sim.
A conversa continuou, conversamos e depois ficamos vendo filmes juntinhos, abraçados e trocando beijinhos, por incrível que pareça me sentia bem pela noite de ontem e por estar com ele agora.
Thay
Thay

Mensagens : 30
Data de inscrição : 07/09/2011
Idade : 23
Localização : São Paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Vidas Secretas Empty Re: Vidas Secretas

Mensagem por Thay em Sab Set 10, 2011 9:32 pm

Obg *-*,ainda bem que vcs estão gostando *-*
Thay
Thay

Mensagens : 30
Data de inscrição : 07/09/2011
Idade : 23
Localização : São Paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Vidas Secretas Empty Re: Vidas Secretas

Mensagem por Thay em Dom Set 11, 2011 4:22 pm

8. Capítulo

Quando sai da casa dos Lockywoods estava tarde, então Tyler me levou até em casa.
-Boa noite minha princesa. -disse ele em frente a porta de entrada.
-Boa noite.
Nós nos beijamos, até minha mãe fazer um barulho para ser notada. Nós rimos, eu entrei e Tyler foi embora, acenando.
Minha mãe estava com Elijah assistindo a um filme de terror, dei um 'boa noite' rápido e subi para o meu quarto.
Abri a porta e dei de cara com Damon deitado na minha cama lendo.
-Como você entrou aqui? -perguntei.
-Pela janela. -respondeu sorrindo.
-O que você quer?
-Pedir desculpas, só vim aqui para te pedir desculpas, mas você demorou.
-Já esta desculpado. -disse pegando meu pijama e entrando no banheiro.
-Pode se trocar aqui. Já te vi pelada mesmo. -disse Damon rindo.
Não respondi, apenas mostrei o dedo do meio. Ouvi ele rindo por trás de mim.
Já que estava no banheiro, aproveitei e tomei um banho rápido. Voltei pro quarto.
-Esse seu shorts curto está me deixando com desejos sexuais. -disse Damon.
-Cala a boca. -respondi
Deitei ao lado de Damon, ele colocou o braço dele em volta de mim. Ele havia colocado o livro na cabeceira.
-Você ja vai dormir? -perguntou-me.
-Não sei, se você me distrair, não. Qual foi o castigo que Klaus deu em você e em Stefan hoje?
-Ele nos fez trabalhar juntos, sem brigas, ofensas, indiretas ou brincadeiras de mal gosto. Eu e ele teremos que te proteger, de dia na escola Stefan e Elena são as melhores opções, de noite, ele pode aproveitar com a namorada enquanto eu te vigio. -respondeu com um sorriso.
-Agora estou com vigilância durante 24 hrs?
-As 12 hrs comigo serão mais divertidas.
Nós rimos.
-Você sorrindo me deixa com mais desejos sexuais.
-Mesmo? -perguntei virando pra ele e dei um beijo nele.
-Com certeza. -responde colocando as mãos na minha cintura.
Subi em cima de Damon e comecei a beija-lo. Damon colocou a mão na minha bunda por dentro do shorts e começou a rir.
-Você esta sem calcinha? -perguntou.
-Só pra facilitar o seu serviço. respondi rindo.
Continuamos no beijando. Damon foi tirando meu pijama aos poucos, dessa vez foi mais rápido. As sensações eram boas, os toques de Damon sempre me arrepiavam. Mesmo depois de termos transado Damon continuou a passar as mãos pelo meu corpo. O resto da noite nós ficamos conversando, ele me contou suas historias de aventuras e romances.

Acordei cedo no dia seguinte, iria almoçar na casa de Tyler. Damon foi embora assim que peguei no sono. Tomei um banho e coloquei um vestido florido de alça e saia rodada, uma sapatilha vermelha combinando. Minha mãe tava tomando café com Elijah quando passei por eles.
-Onde vai? -perguntou-me quando passei.
-Almoçar na casa do Tyler, ele quer me apresentar a Sra. Lockywood. Depois casa da Bonnie com a Elena.
-Não volte tarde e cuidado.
Como sempre as recomendações de minha mãe.

-Como é conviver com sua mãe e o namorado dela? -perguntou-me a Sra. Lockywood.
-Normal. Minha mãe era nova quando meu pai faleceu, então ela tem todo o direito de ter um novo namorado. -respondi.
-Isobel parecia amar muito Ryan, mas parece que se recuperou bem da morte dele.
-Ela ainda chora, mas, como toda mulher, ela precisa de um companheiro e Elijah é a pessoa perfeita pra ela.
-Mãe, por favor, vamos mudar de assunto? -interrompeu Tyler. -Vocês viram o noticiário? Um grupo de jovens da cidade vizinha. Fells Church, foram encontrados com os pescoços dilacerados.
-Falando nisso, como é encontrar um corpo na porta de sua casa, Katherine? -perguntou a Sra. Lockywood.
-Terrível, tanto eu quanto minha mãe ficamos assustadas. A polícia esta atrás de provas para ver quem foi.
-Kath, vamos ver um filme? -interrompeu Tyler novamente. -Licença, mãe.
Tyler me guiou até o quarto dele. Enquanto ele subia pelas escadas, o cheiro dele tomava conta, me dando fome e sede de sangue. Eu não estava resistindo.
Entrando no quarto dele, comecei a beija-lo e joguei-o em cima da cama. Deitei em cima dele e mordi seu pescoço. Foi a melhor sensação sentir meus dentes perfurando a carne macia de Tyler, o gosto daquele líquido quente e suculento, era muito bom, comecei a viajar em um mundo diferente. Só dispertei, quando Tyler começou a falar.
-Amor, o que você está fazendo? -perguntou um pouco assustado.
Levantei minha cabeça, havia sangue no pescoço de Tyler, na cama e principalmente na minha boca.
-Desculpe, mas você não é o único que tem segredos. -respondi meio sem graça.
-Meu Deus. Você é vampira?
-Sim.
Ele me encarou durante um tempo e depois me beijou. Nós ficamos nos beijando. Tyler começou a abrir meu vestido e eu tirei a camiseta dele. A pele de Tyler era quente e macia, seu cheiro era bom e seu beijo era maravilhoso e, assim, foi indo. Tyler tinha os movimentos mais leves que os de Damon, eram mais suaves, mas da mesma maneira, eram bons. Durante o tempo todo eu arranhava as costas dele.
Quando terminamos ele começou a falar.
-Amor, você precisa de sangue, sempre que precisar, pode contar comigo, eu te doo quando você quiser.
Virei o pescoço dele lentamente.
-Obrigada.
Dei um beijo no pescoço dele e mordi. Quando terminei notei que não havia nenhuma marca nele.
-Você não ficou marcado. -falei.
-Eu tenho poderes de lobo, ou seja, me curo muito rápido, por isso você pode me morder quando quiser, não fico marcado.
Sorri e dei um beijo leve.
-Tenho que ir, Bonnie marcou para eu e Elena irmos lá hoje, então...
-Tudo bem.
Me arrumei e fui para a casa de Bonnie.
Thay
Thay

Mensagens : 30
Data de inscrição : 07/09/2011
Idade : 23
Localização : São Paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Vidas Secretas Empty Re: Vidas Secretas

Mensagem por Thay em Ter Set 13, 2011 9:49 pm

9. Capítulo

Bonnie estava toda empolgada para nos contar como havia sido o final de semana na casa da avó dela.
-Minha avó é uma fofa e me deu isso. -disse ela pegando um colar com um pingente de estrela com uma pedra nela.
-Nossa, que bonito. -disse Elena.
-Ela disse que vai me proteger de todo o mal e evitar que espíritos ruins me façam algo. -respondeu Bonnie. - Ela é fofa, mas as vezes me assusta.
-O que ele fez que te deixou assustada? -perguntei.
-Toda hora ela ficava falando 'eles estão de volta, eles voltaram, é uma guerra que ninguém pode impedir, o mal está por perto'.
-Você sabe a que ela se referia? -perguntou Elena.
-Sei lá, ela falou que eram escravos da noite.
Elena me olhou um pouco séria e continuou as perguntas.
-Como assim escravos da noite?
-Segundo minha avó, criaturas que não podem sair a luz do Sol, demônios.
-Vampiros? -perguntei.
-É, acho que sim, sei lá. Mas vocês não acreditam nisso, né?
-Não só vampiros, lobisomens também. -respondeu Elena olhando pro nada.
De repente ela se levantou e disse que precisava ir embora.
-Já? -perguntou Bonnie.- Nem comecei a contar as histórias loucas dela.
-Preciso mesmo ir e... se sua avó disse para não tirar esse colar, é o melhor a fazer. Katherine, vem comigo?
-Sim, mais tarde vai escurecer.
Nos despedimos de Bonnie, mas Elena queria falar com Stefan e queria que eu fosse junto. Fomos ao pensionato.

Quando entramos no quarto de Stefan, Damon estava lá, eles pareciam estar falando sobre algo muito sério, eles nos encaravam como se acabassem de ouvir falar do fim do mundo.
-Stefan, acho que não são só vocês na cidade. -disse Elena.
-Há mais vampiros? -perguntou ele.
-Não, mas há lobos e, pelo jeito, videntes.
-Como isso? Videntes? -perguntou Damon que estava encostado na janela.
-A avó de Bonnie deu a ela um colar que, segundo ela, a protegerá de todo espirito maligno e ela disse que 'eles' estão de volta. -respondeu ela.
-Com 'eles', ela quis dizer as criaturas noturnas, ou seja, vampiros e lobos. -respondi.
-Se são lobos, não é só o Tyler. -disse Damon.
-Precisamos fazer algo urgente, ela disse que haverá uma guerra. -disse Elena.
-Guerra? -perguntou os dois ao mesmo tempo.
-Ai que tá, se haverá uma guerra, haverá mortes. A mordida de um lobo é fatal para um vampiro.
-Nós não entraríamos em uma guerra com o Tyler. -disse Damon. -Mesmo eu não indo com a cara dele.
-Nós não e nem Tyler, o problema é, não devemos ser os únicos aqui.
-Esse outro pode ser Klaus? -perguntei.
-Por mais que ele seja um vampiro do mal e odeio lobos, ele não faria nada para destruir a cidade. -respondeu Stefan.
-Algo ou alguém está por vir. -disse Elena séria.

Mais um dia de aula estava por vir. Até a hora do almoço, tudo muito normal.
Na hora do almoço estávamos no lugar de sempre, eu sentada abraçada com Tyler, Elena com o Stefan, Damon largado em uma cadeira e Bonnie tensa esperando por Jeremy.
Jeremy apareceu junto com uma menina e um menino, ambos japoneses.
-Esses são Anna e Max. -apresentou-os antes mesmo de perguntarmos.
-Prazer em conhece-los. -disseram os dois ao mesmo tempo.
-Imagina. -respondeu Elena.
-Sejam bem-vindo a nossa escola.-respondi.
-Ah, nem apresentei direito. -disse Jeremy.-Esses são Tyler, Katherine, Stefan, Elena, Damon e minha namorada, Bonnie. -disse apontando para cada um de nós.
Continuamos conversando, Anna e Max só observavam, não falavam nada.
Thay
Thay

Mensagens : 30
Data de inscrição : 07/09/2011
Idade : 23
Localização : São Paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Vidas Secretas Empty Re: Vidas Secretas

Mensagem por Mariana Pierce em Ter Set 13, 2011 9:55 pm

Thay amei o capitulo
Muito bom mesmo
Posta mais
Mariana Pierce
Mariana Pierce

Mensagens : 7422
Data de inscrição : 07/06/2011
Idade : 20
Localização : Belo Horizonte - MG

Ver perfil do usuário http://weloveit.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Vidas Secretas Empty Re: Vidas Secretas

Mensagem por Thay em Qui Set 15, 2011 8:30 pm

10. Capítulo

-Um casal é encontrado morto, ambos com os pescoços dilacerados e sem nenhuma gota de sangue no corpo. Não há rastros de animais na cena do crime e nem digitais, a policia ainda esta em investigação. Para mais informações assistam ao Mystic Noticias. Boa noite.

Essa voz vinha da televisão que minha mãe estava assistindo.
-Filha, você não tem nada a ver com isso, né? -perguntou-me assim que fechei a porta.
-Obvio que não. -respondi.
-Nem Damon ou Stefan?
-Não que eu saiba, mas, se quiser posso perguntar para eles.
-Se não for nenhum deles, deve ser Klaus.
-Eu vou ver, mas, não sou eu e me senti ofendida com sua pergunta.
-Katherine, essa é a sua nova natureza, infelizmente.
-Mãe, eu sou meia humana e meia vampira, não preciso apenas de sangue, o sangue é para me deixar mais forte. Vou ao pensionato. -respondi já saindo.

Queria saber se Stefan ou Damon tinham algo a ver com os assassinatos. Sra. Flowers já deixou eu ir direto ao quarto. Elena também estava lá.
-Já até sei o que veio fazer. -disse Damon ao abrir a porta.
-Se não quiser falar, não precisa. -respondi entrando.
-Vim fazer a mesma coisa, mas... -disse Elena.
-Katherine, não somos nós, não temos nada a ver com isso. -disse Stefan. -Precisamos descobrir quem está fazendo isso.
-Só tem vocês e o Klaus de vampiro aqui. -respondi.
-Mas nós não somos as únicas criaturas daqui, meu amorzinho. -disse Damon irônico.
-Tyler não seria capaz. -respondi.
-Assim como é da nossa natureza, também é da dele, ele é um lobo, eles matam quando estão sem controle, ou transformados. -disse Stefan.
-Mas, já aprendi em mitologia, os lobos não tomam todo o sangue do corpo humano e eles comem quase tudo, como verdadeiros animais. -disse Elena.
-Independente, precisamos falar com Klaus. -respondi.
-Você está sendo uma má filha o julgando, mas, se isso for te deixar mais feliz, Klaus voltou para a Europa, lá é mais frio e tem menos perigo dele ser pego. -disse Damon.
-Como ele pode entrar e sair assim? Ele é meu pai, poderia ter me dado um adeus! -disse brava.
-Foi o melhor a fazer. Mas, voltando ao assunto, realmente pode ser Tyler. -disse Stefan me olhando seriamente.
Não podia ser, eu não queria aceitar que fosse. Tyler, ele não era assim, nem mesmo em forma animal, eu tinha quase certeza de que não havia sido Tyler. Mas, se não foi Damon ou Stefan, Klaus foi embora e Tyler era incapaz daquilo, quem foi?
Thay
Thay

Mensagens : 30
Data de inscrição : 07/09/2011
Idade : 23
Localização : São Paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Vidas Secretas Empty Re: Vidas Secretas

Mensagem por Thay em Dom Set 18, 2011 12:03 pm

11. Capítulo

Fui mais cedo para a escola, Tyler tinha me ligado, disse que queria falar sério comigo, o único modo de termos essa conversa, era indo mais cedo pra aula. Ele me esperava do lado do meu armário, estava sério.
-Oi. -disse dando um selinho nele.
-O que você fez? -disse ele com a voz parecendo um rosnado.
-Do que você está falando?
-Primeiro a Vicky e agora a Caroline?
-Eu não estou entendendo, Tyler. -disse confusa.
-Então deixa eu esclarecer um pouco. Vicky foi encontrada, praticamente morta, na porta da sua casa e agora Caroline aparece morta. Eu não sou burro Katherine, você é vampira e tudo aponta pra você!
-Eu?! Você acha que eu matei sua amiga? Vamos falar então dos outros assassinatos, acho que você sabe muito bem sobre eles, já que as mordidas eram animais e não de vampiros! -respondi quase gritando.
-Você quer, como sempre, inverter as coisas, não vou mais cair nessa, eu te conheço e sei como vampiros atacam, fazem de tudo para a culpa ser dos lobos, mas você sabe que não fui eu.
-Será? Eu imaginava que você confiasse em mim, mas bem que Stefan e Damon disseram, não se pode confiar em lobos.
-Você é como os outros, como o monstro que matou seu pai e está fazendo o mesmo com seus colegas!
-Cala a boca! -dei um tapa na cara dele e sai andando.
Como Tyler tinha a coragem de pensar que eu que cometi esses assassinatos, nunca iria fazer isso, muito menos discutir com ele. Eu estava andando distraída com meus pensamentos quando esbarrei em alguém sem querer.
-Desculpa. -disse.
-Não foi nada. Ah, você é a Katherine né? -perguntou.
-Sim, mas, não me lembro de você...
-Sou o Max, amigo do Jeremy.
-Ah, nossa, eu ando tão distraída que esqueci. Acho que você chegou um pouco cedo hoje.
-Eu sei, vim pegar umas coisas no meu armário. -respondeu sorrindo. -E você?
-Também, mas tenho que ir agora. Tchau.
Resolvi voltar para casa.

-Isso que da namorar com um lobisomem. -disse Damon sentado na cadeira.
-Damon, foi você que fez isso com Caroline? -perguntei.
Ele riu.
-Você acha que eu mataria minha "doadora" de sangue? Eu preciso de mais e, além disso, ela era ótima na cama.
-Você é ridículo.
-Não precisa ficar com ciumes, minha menina.
-Damon, isso é sério.
-Eu sei, mas quer que eu faça o que? Saia interrogando a cidade toda?
-Investigue, você tem mais pratica nisso do que eu.
-Ainda acho que foi seu namoradinho. -disse ele levantando. -Mas vou investigar.
-Obrigada.
Ele ficou de frente para mim.
-Sabe Katherine, mesmo Caroline sendo encantadora, ninguém supera você.
Damon me beijou. Foi um beijo suave, macio como os outros. Mas, eu não estava com cabeça para isso.
-Damon...
-Se eu te prometer que vai ser diferente?
-Apesar de tudo, eu o amo, Damon, não quero mais isso.
-Posso fazer você pensar diferente.
Ele me beijou de novo, dessa vez eu não resisti. Os braços de Damon eram confortáveis.
Thay
Thay

Mensagens : 30
Data de inscrição : 07/09/2011
Idade : 23
Localização : São Paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Vidas Secretas Empty Re: Vidas Secretas

Mensagem por Thay em Seg Set 19, 2011 10:52 pm

gente, eu queria saber o que vcs estão achando da fic?
e, no proximo capitulo, vai ter uma festa a fantasia, eu queria dicas para a fantasia deles *-*
Thay
Thay

Mensagens : 30
Data de inscrição : 07/09/2011
Idade : 23
Localização : São Paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Vidas Secretas Empty Re: Vidas Secretas

Mensagem por Mariana Pierce em Ter Set 20, 2011 9:35 am

Ahh Thay eu to amando muito a fic
To sem nenhuma ideia para beile de fantasia
Não sou nada boa com isso
Me passa seu msn
Aii agente conversa melhor sobre as fantasias I love you
Mariana Pierce
Mariana Pierce

Mensagens : 7422
Data de inscrição : 07/06/2011
Idade : 20
Localização : Belo Horizonte - MG

Ver perfil do usuário http://weloveit.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Vidas Secretas Empty Re: Vidas Secretas

Mensagem por Thay em Ter Set 20, 2011 7:48 pm

Mariana Pierce escreveu:Ahh Thay eu to amando muito a fic
To sem nenhuma ideia para beile de fantasia
Não sou nada boa com isso
Me passa seu msn
Aii agente conversa melhor sobre as fantasias I love you

meu msn é: tha_20.06@hotmail.com
obg amr *-*
Thay
Thay

Mensagens : 30
Data de inscrição : 07/09/2011
Idade : 23
Localização : São Paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Vidas Secretas Empty Re: Vidas Secretas

Mensagem por Mariana Pierce em Ter Set 20, 2011 7:54 pm

Enviei o convite
Mariana Pierce
Mariana Pierce

Mensagens : 7422
Data de inscrição : 07/06/2011
Idade : 20
Localização : Belo Horizonte - MG

Ver perfil do usuário http://weloveit.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Vidas Secretas Empty Re: Vidas Secretas

Mensagem por Anne-S em Qua Set 21, 2011 10:54 pm

Thay! Prima! Eu só li o primeiro capítulo, amanhã eu leio os outros.
Mas quero dizer que estou adorando a fic!
Anne-S
Anne-S

Mensagens : 4751
Data de inscrição : 21/08/2011
Idade : 21
Localização : Batery Cty

Ver perfil do usuário http://nopemcr.tumblr.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Vidas Secretas Empty Re: Vidas Secretas

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum