Parceria
SIGMA CAMISETAS
Votação

Quem você quer entrevistar?

64% 64% [ 9 ]
36% 36% [ 5 ]

Total dos votos : 14


Brilho Eterno [Dedicada p/ Vaanny e Keroll]

Página 1 de 13 1, 2, 3 ... 11, 12, 13  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Brilho Eterno [Dedicada p/ Vaanny e Keroll]

Mensagem por Den!se ;D em Sab Ago 27, 2011 4:01 pm

Nome da fanfic : Brilho Eterno
Classificação: NC – 13
Tipo: Romance, Aventura, Suspense, Ficção
Restrições: contém alguns spoilers


Sinopse: Até que ponto podemos resistir e seguir em frente sem desistir? Será que desistimos por que o problema é muito grande ou por que não temos força e coragem para encará-lo? É possível termos esperança de um dia sermos felizes mesmo depois de ter perdido tudo e todos?
Samantha nós prova que sim. Se tornando mais forte a cada perda e mais feliz a cada vitória.
Conheça Samantha a garota com espirito de fogo que nunca desiste do que quer, que vai até o fim, e que luta pela justiça. A garota que nem ela própria sabe a força que tem e o destino que lhe foi emposto. Aquela que conhece os Salvatores como ninguém mais já os conheceu. Aquela que vai sofrer perdas, angustias, dores profundas, mas que acima de tudo vai amar. Um amor que vai além da vida. Um amor que nada nem ninguém consegue destruir. Um amor eterno.
Conheça a irmã dos Salvatores.


Índice de capítulos:



Capitulo 1: Sozinha
Capitulo 2: Recomeço
Capitulo 3: Dama?!
Capitulo 4: Escolha seu lado, a guerra começou
Capitulo 5: Um piquenique
Capitulo 6: Ser livre
Capitulo 7: Surpresas e mistérios
Capitulo 8: Promessa
Capitulo 9: Lembranças
Capitulo 10: Para sempre
Capitulo 11: Conversa ao luar
Capitulo 12: Descobertas
Capitulo 13: Baile (parte I)
Capitulo 14: Baile (parte II)
Capitulo 15: Baile (parte III)
Capitulo 16: Por favor, só peço que me acorde desse pesadelo
Capitulo 17: Gostinho de vingança
Capitulo 18: Algo a mais
Capitulo 19: De repente fim (parte I)
Capitulo 20: De repente fim (parte II)
Capitulo 21: Escolha
Capitulo 22: Monstro?!
Capitulo 23: Lágrima
Capitulo 24: Um estranho
Capitulo 25: Troy Blayker
Capitulo 26: Aprisionada
Capitulo 27: Primeiro passo
Capitulo 28: Cada um possui sua própria história
Capitulo 29: Amigos
Capitulo 30: Coração x Alma
Capitulo 31: Controle
Capitulo 32: Treinamento
Capitulo 33: Propósito
Capitulo 34: Fases
Capitulo 35: O que nos leva a quebrar todas as regras? (Parte I) / (Parte II)
Capitulo 36: Coisas de bruxas
Capitulo 37: Intromissão
Capitulo 38: Uma ajudinha
Capitulo 39: Planos
Capitulo 40: Más noticias
Capitulo 41: Tem males que vem para o bem
Capitulo 42: Reencontro
Capitulo 43: Estarei sempre aqui
Capitulo 44: Acima de tudo: amigos
Capitulo 45: A melodia do coração


Capitulo 1 : Sozinha
Inverno de 1853

-Vamos Samantha , está na hora de acordar– chamou Christian Dellafried, pai de Samantha, ao entrar no quarto da filha – você não vai querer perder toda a diversão, não é? – chegou mais perto da filha, que estava começando a abrir os olhos, e lhe deu um leve beijo em sua pequena cabecinha loira.

-Papai está frio, eu quero dormir –a garotinha responde, abrindo seus olhos castanhos profundos e os esfregando com suas mãozinhas.
Christian deu uma gargalhada sonora:

-E nisso que está a diversão! Como vai ter neve sem frio? Agora vamos levantar que mãe está esperando com uma deliciosa xicara de chocolate quente, e precisamos aproveitar que hoje o papai não precisará trabalhar e poderá brincar com você. – Disse, enquanto puxava as cobertas que estavam sobre ela, ajudando-a a levantar-se.

Samantha estava com apenas 6 anos e era uma criança carinhosa e esperta e que irradiava felicidade por onde quer que andasse.

-Ohhhh, está bem então, – disse, pondo-se de pé – mas vou querer que brinque comigo o dia todo.

Ele deu outra gargalhada.

-Sim, sim, meu amorzinho, vamos brincar ate você ficar esgotada, e vou fazer bonecos de neve bem melhores que os seus!

-Que mentira papai, você sabe que seus bonecos sempre ficam tudo esgualepado, e que os meus sempre ficam melhores. – disse ela colocando as mãozinhas na cintura e falando em tom sério.

Depois de se lavar e se agasalhar bem Samantha foi em direção à cozinha, onde seus pais estavam.
Seus pais eram Christian e Anne Marie Dellafried.

Christian era um homem alto e forte com cabelos e olhos castanhos, de um humor que poucos possuíam igual, e que estava na casa dos 30 anos. Ele trabalhava como ferreiro na vila que ficava a 30 km de Mistyc Falls, uma pequena cidade da Virginia, Estados Unidos, como estava nevando muito ele não precisou ir trabalhar naquele dia, e pode ficar em casa.

Anne Marie era uma mulher linda, de 29 anos, com longos cabelos loiros e com olho verde claro, que era completado por sua pele branca como porcelana. Ela era uma pessoa gentil com todos que conhecia e sempre ajudava quem precisava.

Os três moravam em uma pequena, mas muito confortável, casa de madeira, que ficava em um sítio coberto por diversos tipos de árvores e com um lindo lago perto da casa, que Samantha costumava brincar no verão. A casa não tinha nem pintura, mas era muito aconchegante, e no inverno a lareira estava sempre acesa dando um clima adorável dentro da casa.

-Bom dia meu amorzinho - disse Anne se levantando da cadeira que estava sentada e indo em direção à filha para lhe dar um beijo em suas bochechas rosadas – dormiu bem?

-Sim mamãe, mas papai me acordou .– disse ela olhando de esgueira para seu pai.
Anne deu um sorriso:

- Você sabe filha que seu pai tem que pegar você de desculpa pra ele poder brincar na neve sem que ninguém tire sarro dele.
Samantha deu uma longa gargalhada acompanhada por sua mãe enquanto seu pai fazia cara de que aquilo era uma calunia.

-Eu só estou pensando que minha filha merece aproveitar sua infância e eu devo acompanhá-la, pois ela não achará graça brincar sozinha!

-Sei, sei Chris, mas agora filha, acho melhor você tomar seu café antes que seu pai decida que não há mais nenhum segundo a perder e lhe arraste pra fora sem nem mesmo você ter se alimentado.

Depois de todos terem tomado café e se agasalhado mais um pouco os três foram para fora.

Estava tudo branco, parecendo um bolo coberto por chantili, era uma paisagem linda de se ver, mais com um vento cortante.
Christian e Samantha logo começaram a fazer seus bonecos, mas Anne preferiu ficar só olhando. Como ninguém já era de se adivinhar todos os bonecos de Samantha foram melhores do que os de seu pai. Os bonecos dele eram todos desengonçados enquanto os de Samantha eram planejados até os últimos detalhes.

- Ok, eu desisto Samy você é melhor nisso do que eu!

-Ainda bem que você admite Chris porque seu boneco tá parecendo que acabou de volta da guerra !– disse Anne dando risada.

- A não é pra exagera né! Desse jeito você me magoa – respondeu ele fazendo cara de ofendido – Mas falando em guerra você me deu uma boa ideia. – ele fez uma cara de malandro e se abaixou pra pegar um punhado de neve.

- Nem pense nis... –mas antes que ela terminasse de falar foi atingida por uma bola de neve na cara.

-Amor não me culpe que foi você que me deu a ideia – disse ele enquanto se retorcia de rir da cara de Anne.

-Amor você não devia ter feito isso, porque agora vai ter volta, vamos Samantha ele provocou a ira das Dellafried.

Samantha abriu um largo sorriso, mas não perdeu tempo pra se abaixa e pegar um punhado de neve. A guerra começou e só se via bola de neve voando pra todo quanto é lado e Chris sendo bombardeado. Eram duas contra um, mas mesmo assim ele ainda tinha tempo de acertar elas. A guerra não teve trégua ate que Chris se jogou em cima das duas e os três rolaram no chão rindo sem parar.

Do nada de repente Chris ficou sério e se levantou depressa olhando para os lados.

As duas percebendo a reação dele pararam de rir rapidamente e também se levantaram.

- O que foi Chris?

-Precisamos entrar – ele se virou em direção a Samantha e a pegou no colo – eles descobriram e estão chegando precisamos ser rápidos.

Anne prendeu a respiração e sua expressão se tornou de extremo pânico.

- Mas como? – ela perguntou enquanto corriam em direção a casa com Samantha no colo de Chris.

- Não sei, mas precisamos tirar Samantha daqui, nos não vamos dar conta deles, eles estão em vários, precisamos salvar Samantha.

http://www.youtube.com/watch?v=Sj04VxlHxVg&feature=related (musica de acompanhamento)

Anne estava chorando e Samantha não estava entendendo nada daquilo, mas vendo a mãe chorar começou chorar também.

- O que está acontecendo papai?

- Nada filha vai ficar tudo bem, ok? Mas você precisa ficar quietinha está bem?! – enquanto dizia isso abriu a porta da casa e entraram na casa quentinha.

- Chris você precisa selar um cavalo e colocar Samantha nele, enquanto isso eu vou tentar atrasa-los – sua voz estava fanha de tanto chorar.

- Sim, você nos encontra atrás da casa.

- Ok, mas vai rápido.

Ele assentiu coma cabeça e pegou Samantha novamente e saiu correndo pela porta dos fundos em direção ao estabulo.

- Filha você vai ter que ir sozinha está bem?? Mas nada vai acontecer a você! A primeira casa que você ver você pediu ajuda, pra parar o cavalo é só puxar as rédeas, não se preocupe com nós, o importante é que você fique sã e salva, nada mais importa ok?

-Não papai eu não quero ir eu quero ficar com vocês? por que eu não posso ficar oque está acontecendo? Por que vocês não me dizem nada?? – enquanto ela falava as lágrimas rolavam pelo seu rostinho e sua voz estava em tom de desespero.

- É melhor você não saber de nada disso, porque assim você está mais protegida. Agora vou colocar você em cima de Ádacs e você não pode soltar ele por nada, se segura firme.

Depois de ter selado um lindo cavalo branco ele a montou nele, e começou a correr puxando o cavalo em direção aos fundos da casa. Anne já estava lá esperando, mas pálida do que nunca, ela relou no cavalo e fechando os olhos murmurou algumas palavras que não faziam sentido nenhum para Samantha. Quando terminou abraçou fortemente Samantha dizendo:

-Filha não dessa ate você estiver em um lugar seguro está bem? O cavalo a guiara sozinho, você só precisa segura, e filha nos perdoe está bem?- ela estava se controlando pra conseguir falar através do choro – nos sempre vamos te amar minha boneca, não importa onde estejamos, e você vai ser muito e muito feliz está bem?- ela deu um sorriso lacrimejado, lhe dando um beijo na bochecha e outro abraço em Samantha – você vai ser feliz.

- E não importa onde você formos nós sempre estaremos com você minha princesa. E o papai te ama muito – os olhos dele também estavam lacrimejados, ele a abraçou e também lhe deu um beijo – Agora você precisa ir.

- NÃO PAPAI EU NÃO QUERO, EU NÃO QUERO MAMÃE POR FAVOR, NÃO ME DEIXEM – ela gritou chorando desesperadamente.
-Você precisa. –falando isso Anne deu um leve tapinha em Ádacs e o cavalo disparou.

- NÓS TE AMAMOS NOSSA PRINCESA – os dois gritaram pra que ela pudesse ouvir.

-NÃO, MAMAE, PAPAI – Samantha também gritou enquanto o cavalo disparava para longe, as lágrimas embasavam sua visão, mas ela ainda viu sua mãe e seu pai acenarem um adeus também com lágrimas sobre o rosto. Logo depois eles se viraram e de repente, fogo, fogo por tudo em volta deles. A última coisa que Samantha viu foi seis pessoas correndo em uma velocidade impressionante em direção aos dois e uma sétima mais atrás. Depois as árvores tamparam sua visão e ela estava sozinha.

Sozinha, em cima de um cavalo que corria em uma velocidade absurda sem perder o ritmo, as árvores passavam como borrão, e o vento gelado cortava, neve ia caindo das árvores conforme o cavalo passava por elas. Samantha estava ensopada, e ficando cada vez mais branca de tanto frio, sua boca estava ganhando uma coloração arroxeada. Mas ela não sentia nada, era como se seus sentidos estivessem paralisados, lágrimas silenciosas rolavam pela sua face.

Por que aquelas pessoas estão atrás dos meus pais? O que elas eram pra ser tão rápida? Por que papai disse que era melhor eu não saber? Mas meus pais iriam ficar bem, não iriam? Eles não poderiam me abandonar, eles não tinham o direito de me abandonar! Eles eram tudo o que eu tinha, e sem eles eu não seria nada, eu não seria ninguém, eu ficaria sem rumo, sem saber que direção seguir. Eu não conseguiria ser feliz sem eles. Eu precisava deles. Muito. A vida não poderia ser tão injusta a ponto de me tirar a família, as pessoas que eu mais amava no mundo, aqueles que pra mim eram tudo. Sem eles eu deixaria de viver e passaria apenas a existir.

Ela não conseguia pensar em outra coisa que não fosse seus pais. Seu coração dava a impressão de que estava sendo esmagado com força. A dor e o medo de perdê-los era tão forte que chegava a se tornar uma dor física. Depois de algum tempo ela foi adormecendo lentamente e logo começou a sonhar com seus pais.

No sonho ela estava em uma bela planície cheia de flores vermelhas por todos os lados, seus pais estavam de mãos dadas com ela, e os três estavam correndo felizes. Mas de repente eles cansaram e quiseram parar para descansar e seus pais lhe disseram:
-Filha lembre-se que sempre e estaremos com você dentro do seu coração, e nunca deixe que ninguém a faça desistir de lutar pelo que você realmente quer. Lute pelos seus sonhos, e mesmo que você não possa nos enxergar, nós sempre estaremos te apoiando, pois acreditamos em você. E acima de tudo Samantha lembre-se que você foi a maior felicidade que recebemos em nossa vida, o melhor presente de Deus, e nos sempre te amaremos.

Então eles lhe deram um sorriso e desapareceram. Samantha acordou assustada, e logo percebeu que a quantidade de árvores estava diminuindo, não demoraria muito pra ela sair da floresta.

Devia ser por volta das uma da tarde quando finalmente ela começou a ouvir barulhos que não fossem apenas os do galopar do cavalo. De repente ela passou pelas últimas árvores e saiu em uma propriedade enorme, logo a frente estava à maior casa que ela já havia visto em sua vida. Ela puxou rápido as rédeas do cavalo fazendo com que ele parasse.

A casa, que devia estar a uns 100 metros à frente dela, possui uma longa escada que levava a entrada da casa, era cercada por um lindo jardim, cheio de arbustos.

Levou um susto quando conseguiu tirar os olhos da casa e olhou para o lado.

Ali, perto dela estavam dois meninos, os meninos mais lindos que ela já havia visto.

O menor tinha olhos de um verde tom de folha de carvalho, cabelos castanho claro, e um jeitinho tímido. O mais alto tinhas os olhos de um azul impressionante, que eram destacados por um cabelo bem preto. Tanto um como o outro possuíam a pele de um bronzeado bem clarinho.

Os dois estavam com caras de surpresos, também não era pra menos não é? Havia acabado de surgir do nada uma garotinha montada em um enorme cavalo branco, pálida como a neve, e com lágrimas manchando o rosto.

O maior foi em direção a Samantha:

-Hey garotinha da onde você veio? -perguntou gentilmente.

Samantha não aguentou segurar as lágrimas ao se lembrar de sua casa e recomeçou a chorar.

-Não precisa chora está bem?- voltou a falar enquanto o menino menor também vinha em direção a Samantha – meu nome é Damon Salvatore e esse é meu irmão Stefan. E você como se chama?

-Samantha Dellafried – respondeu ela com a voz falhando.

-Prazer Samantha, mas por que você está chorando? Fale para a gente que dai poderemos lhe ajudar!

Ela bem que tentou mais foi interrompida por mais uma crise de choro ao tentar falar sobre o ocorrido.

-Damon vamos levar ela pra dentro, ela vai ficar resfriada se continuar aqui – dessa vez quem falou foi Stefan – e Samantha não precisa chorar, nós vamos te ajudar.

-É Samantha vamos com nos lá para dentro , depois que você tiver tomado algo quente, você conta pra nós o que aconteceu. E se for preciso nosso pai também pode te ajudar. Vem eu te ajudo a descer do cavalo. – ele estendeu a mão e a apoio para que ela conseguisse descer.

-Obrigada – agradeceu Samantha entre soluços.

- Não precisa agradecer, agora vamos entrar porque se você virar uma pedrinha de gelo eu não vou poder te ajudar, não é mesmo?
– perguntou Damon com um sorriso.

Samantha deu um leve sorrisinho. Damon pediu para um homem levar Ádacs para o estabulo, e logo depois com Damon segurando sua mão direita e Stefan à esquerda, os três foram em direção a enorme casa.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨
Continua


Última edição por Den!se ;D em Dom Jul 29, 2012 3:01 am, editado 18 vez(es)
avatar
Den!se ;D

Mensagens : 1811
Data de inscrição : 26/07/2011
Idade : 21
Localização : Paraná

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Brilho Eterno [Dedicada p/ Vaanny e Keroll]

Mensagem por Den!se ;D em Sab Ago 27, 2011 4:03 pm

Oi gente!! Essa é a primeira fic que to escrevendo e quero muito saber a opinião de vocês se vcs gostaram e se acham que eu devo continuar postando ok??o primeiro capitulo ficou meio grandinho e espero que vcs nao achem muito cansativo Neutral
To ansiosa pra sabe oq vcs tem a dizer sobre o primeiro capitulo kkkk
E mamy ( Vaanny) e mana (keroll) eu dedico ela a vcs pq se não fosse vcs provavelmente eu não teria nem coragem de começar a postar kkk. AMO VOCÊS.
Bjos

avatar
Den!se ;D

Mensagens : 1811
Data de inscrição : 26/07/2011
Idade : 21
Localização : Paraná

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Brilho Eterno [Dedicada p/ Vaanny e Keroll]

Mensagem por Keroll Salvatore em Sab Ago 27, 2011 4:13 pm

MANAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA

Meu Deus, que capítulo foi esse? Fantástico, incrível! Cheio de mistério!!!
Foi tão fofo ver o carinho que a família da Samantha tinha com ela... Foi tão lindo, tão doce, tão delicado. E ela pareceu-me ser uma menina muito linda, doce e gentil também...
Own, o que aconteceu com a família dela?? Foram vampiros? Tadinha da Sammy! Tão novinha!
O MEU DIVO VAI CUIDAR BEM DELA!!! KKK

Mana, eu amei d +!! Eu disse q vc era talentosa, e acertei! Seu talento é fantástico, e eu não gostei... EU AMEIIIIIIIIIIIIIIII!!!
Já ganhou sua primeira FÃ mana! Vou ler até o último ponto dessa fic!
Te amoo muito, e estou ansiosa pelo próximo cap!!
avatar
Keroll Salvatore

Mensagens : 1194
Data de inscrição : 12/06/2011
Idade : 20
Localização : Banheira do Damon com o Damon, claro =D

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Brilho Eterno [Dedicada p/ Vaanny e Keroll]

Mensagem por Den!se ;D em Sab Ago 27, 2011 4:37 pm

Ai mana fico muito mais muito feliz mesmo por vc ter gostado Very Happy
A Samy é muito gentil mana e carinhosa so q ela é forte o sufiente pra da volta por cima dos problemas q vao aparecer durante a vida dela. Mas pra frente ela vai conseguir descobrir o verdadeiro motivo da familia dela ter sido morta e quem foi. E pode ter certeza tanto o Damon como o Stefan vao cuidar muito bem dela. Very Happy
Mana se n fosse por vc e pela mamy eu ia ficar com a fic so na cabeça sem ter coragem de postar kkk mas graças a vcs eu tive coragem e vou tentar fazer cada vez melhor ok!? kkk
TE AMO MUITO MANA e obrigada de novo
bjos
avatar
Den!se ;D

Mensagens : 1811
Data de inscrição : 26/07/2011
Idade : 21
Localização : Paraná

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Brilho Eterno [Dedicada p/ Vaanny e Keroll]

Mensagem por Vaanny em Sab Ago 27, 2011 5:04 pm

Filhaa meu amoor
To em um PC qe ameaça apagar a qualquer momento... #tenso
Mas ñ posso deixar de comentar aqui.A HISTÓRIA TÁ ÓTIMA.
E mais tarde comento mais detalhadamente.
Fez sua mãe tão feliz aquii. =D
Tenho só filhaa talentosa #faaato

Fazer melhor? E tem como filhaa?
tá demais. FANTÁSTICA.

KKKK em todo caso, ganhou sua 2ª fã.

tee amo filhaa linda.
beijoos

Ps: desculpa o coment pequeno agora. depois me retrato direitinho, com um coment bem maior. Wink
avatar
Vaanny

Mensagens : 2024
Data de inscrição : 04/02/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Brilho Eterno [Dedicada p/ Vaanny e Keroll]

Mensagem por Den!se ;D em Sab Ago 27, 2011 5:17 pm

Ai mamy o importante e que vc ta aqui pra fala se gosto kkk
E muito obrigada mamy fico tao feliz que vc gostou tava com tanto medo que ningem gostace ainda mais pq achei meio grandinho o primeiro capitulo kkk
E mami vc q é super talentosa e qdeixa suas filhas mega orgulhosas, eu tenho q me esforça muito pra tentar ser tao boa como vc e a mana Very Happy

muito obrigada mesmo mamy fico super hiper mega feliz que vc gosto
TE AMO MAMY
bjos
avatar
Den!se ;D

Mensagens : 1811
Data de inscrição : 26/07/2011
Idade : 21
Localização : Paraná

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Brilho Eterno [Dedicada p/ Vaanny e Keroll]

Mensagem por Dany_Salvatore em Dom Ago 28, 2011 10:27 am

UAAUU... Nossa tá perfeito...cheio de mistério...nem dá pra imaginar o que vai acontecer.
Você ganhou mais uma FÃ. tô sem palavras... Aguardo ansiosa o próximo capitulo.
avatar
Dany_Salvatore

Mensagens : 121
Data de inscrição : 14/08/2011
Idade : 24
Localização : Senador Canedo - GO

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Brilho Eterno [Dedicada p/ Vaanny e Keroll]

Mensagem por Den!se ;D em Dom Ago 28, 2011 11:07 am

wohh muito obrigada Dany, fico mega feliz que vc tenha gostado:P , kkk e ainda vai ter muito misterio rodeando a Samantha, digamos assim que ela meio que nasceu pra um proposito kkk:D

To muito feliz mesmo de ter ganho mais uma fã, e assim que der eu vou postar a continuação cheers

bjos linda e muito obrigada mesmo!!
avatar
Den!se ;D

Mensagens : 1811
Data de inscrição : 26/07/2011
Idade : 21
Localização : Paraná

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Brilho Eterno [Dedicada p/ Vaanny e Keroll]

Mensagem por vicky_dobrev em Dom Ago 28, 2011 11:30 am

Que capítulo perfeitooo *-*
Ganhou mais uma leitora nova (:
Parabéns Denise, vc escreve super bem
Talvez vc me veja pouco por aqui, ando muito sem tempo pra acompanhar as fics, mas não resisti a comentar quando li esse capítulo Very Happy
Pode deixar que mesmo q demore um pouco eu volto com um big coment mais para frente, tá?
A família da Vany é toda talentosa, tanto mãe quanto filhas kkkk
Gostei mto mesmo da sua fic
Bjos
avatar
vicky_dobrev

Mensagens : 1857
Data de inscrição : 18/02/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Brilho Eterno [Dedicada p/ Vaanny e Keroll]

Mensagem por Dany_Salvatore em Dom Ago 28, 2011 12:50 pm

Den!se ;D escreveu:wohh muito obrigada Dany, fico mega feliz que vc tenha gostado:P , kkk e ainda vai ter muito misterio rodeando a Samantha, digamos assim que ela meio que nasceu pra um proposito kkk:D

To muito feliz mesmo de ter ganho mais uma fã, e assim que der eu vou postar a continuação cheers

bjos linda e muito obrigada mesmo!!

MEEEGAAA CURIOSA... bounce
avatar
Dany_Salvatore

Mensagens : 121
Data de inscrição : 14/08/2011
Idade : 24
Localização : Senador Canedo - GO

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Brilho Eterno [Dedicada p/ Vaanny e Keroll]

Mensagem por Den!se ;D em Dom Ago 28, 2011 2:38 pm

vicky_dobrev escreveu:Que capítulo perfeitooo *-*
Ganhou mais uma leitora nova (:
Parabéns Denise, vc escreve super bem
Talvez vc me veja pouco por aqui, ando muito sem tempo pra acompanhar as fics, mas não resisti a comentar quando li esse capítulo Very Happy
Pode deixar que mesmo q demore um pouco eu volto com um big coment mais para frente, tá?
A família da Vany é toda talentosa, tanto mãe quanto filhas kkkk
Gostei mto mesmo da sua fic
Bjos

Vc gosto Vick?? fico tão feliz com isso:D
esses dias eu comecei a ler uma fic sua "The body or the soul?" e estou adorando é muito perfeita, e vou tar anciosa esperando seu coment kkk quero muito saber sua opinião sobre os capitulos Very Happy
kkk é que a mamy é tao boa que inspira o resto da familia kkk
Obrigada Vick, fico muito feliz que vc tenha gostado muito obrigada mesmo Very Happy
bjos

avatar
Den!se ;D

Mensagens : 1811
Data de inscrição : 26/07/2011
Idade : 21
Localização : Paraná

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Brilho Eterno [Dedicada p/ Vaanny e Keroll]

Mensagem por Den!se ;D em Dom Ago 28, 2011 2:40 pm

Dany_Salvatore escreveu:
Den!se ;D escreveu:wohh muito obrigada Dany, fico mega feliz que vc tenha gostado:P , kkk e ainda vai ter muito misterio rodeando a Samantha, digamos assim que ela meio que nasceu pra um proposito kkk:D

To muito feliz mesmo de ter ganho mais uma fã, e assim que der eu vou postar a continuação cheers

bjos linda e muito obrigada mesmo!!

MEEEGAAA CURIOSA... bounce

kkk pode dexa Dany ja comecei a digitar o proximo post Very Happy
avatar
Den!se ;D

Mensagens : 1811
Data de inscrição : 26/07/2011
Idade : 21
Localização : Paraná

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Brilho Eterno [Dedicada p/ Vaanny e Keroll]

Mensagem por Den!se ;D em Dom Ago 28, 2011 7:16 pm

Capitulo 2- Recomeço

Quando chegaram na enorme escadaria de entrada Samantha já estava mais calma, tanto Damon como Stefan eram muito gentis com ela e faziam com que ela se sentisse melhor perto deles.

Eles subiram as escadas e passaram por uma enorme porta de carvalho que dava direto em uma sala toda decorada com um papel de parede de um tom chocolate clarinho, uma lareira com fogo crepitando dando um ar muito agradável ao ambiente, Samantha sentiu na hora a mudança do clima , e só então percebendo o tanto de frio que sentia ate aquele momento, do teto pendia um enorme lustre , o chão era completamente coberto por um tapete macio te um tom um pouco mais escuro que as paredes, uma enorme poltrona ficava de frente para a lareira.

-Acho melhor você colocar uma roupa seca primeiro, para depois nos contar o que aconteceu, se você continuar molhada desse jeito pode pegar uma doença séria, vou chamar Margareth para te ajudar a se lavar e lhe arranjar algo do seu tamanho pra você vestir – disse Damon .

-Não- Samantha falou subitamente olhando para Damon- primeiro eu preciso ajudar meus pais - ela completou com lágrimas nos olhos.

-O que aconteceu com seus pais?- perguntou Stefan de maneira carinhosa.

-Eles me mandaram fugir e quando eu já estava longe eu vi muito fogo... por tudo e várias pessoas indo em direção a eles em uma velocidade anormal - enquanto ela falava lágrimas começaram a escorrer novamente pelo seu rosto.

- Vamos Damon nos precisamos falar para o papai, quem sabe ele ainda pode ajudar. - murmurou Stefan ao irmão.

-Venha Samantha, vamos procurar nosso pai você precisa contar tudo direitinho para ele, está bem? - Damon se abaixou para ficar do tamanho dela - não perca as esperanças quem sabe eles conseguiram escapar.

Ela olhou fixamente para aqueles olhos extremamente azuis, e balançou levemente a cabeça fechando os olhos devagarinho enquanto mais um a lágrima lhe escapava.

Ela sabia que eles não estariam bem, aquelas pessoas lhe davam um arrepio só de pensar nelas, e elas não desistiriam ate matar eles. Ela não temia pelo fogo que ela havia visto, mas sim por aquelas pessoas assustadoras. Fosse o que elas fossem elas não eram boa coisa, isso ela sabia.

Damon se levantou e os três seguiram em direção a uma porta que ficava em um pequeno corredor em um lado da sala.
Ao chegarem na frente da porta Damon entrou direto. Stefan ficou constrangido de entrar sem bater e Samantha achou melhor esperar ate que alguém a chamasse para entrar.

O cômodo era um pequeno escritório com as paredes cercada de estantes repletas de livros. De frente a uma janela havia uma escrivaninha em que um homem estava sentado organizando alguns papeis.

Este homem era Giuseppe Salvatore, pai de Damon e Stefan. Era um homem poderoso, que exigia o respeito de todos, uma pessoa de porte nobre, que possuía muito dinheiro, e que era um cristão devoto. Havia criado os dois filhos praticamente sozinho pois sua mulher havia tido complicações no parto de Stefan e acabou falecendo. A perda da mulher fez com que ele se tornasse um homem mais fechado e isso dificultava seu relacionamento com os filhos.

Assim que viu o filho entrar levantou a cabeça e falou com uma voz profunda:

-Que eu saiba não te dei educação para ir entrando sem bater garoto!

-Ok tem como dar à bronca depois? – respondeu Damon revoltado - Agora você tem que ajudar Samantha!

-Olha como você fala comigo sou...

-Já sei, já sei “olha como você fala comigo, sou seu pai e você me deve respeito”, já perdi as contas de quantas vezes você me falou isso. Mas pelo menos uma vez você poderia me escutar? Você não percebe que tem gente que precisa da sua ajuda?

-Garoto oque você esta dizendo?

-Pai, - interveio Stefan – Samantha chegou aqui chorando e ela precisa da sua ajuda, os pais dela estão em perigo!

-Quem é Samantha? – perguntou confuso.

Samantha achando que estava na hora de se apresentar deu um passinho para o lado e depois entrou no escritório dizendo:

-Sou eu senhor – disse envergonhada e se sentido perdida perto de um homem que transparecia tanta nobreza.

Quando ouviu aquela vozinha fininha e doce, e olhou para a garotinha que estava com o rosto manchado de lágrimas, e sentiu seu coração amolecer um pouco, com tamanha inocência .

-Me diga criança, o que aconteceu?

-Meus pais senhor, eles foram atacados – ela contou toda a historia desde o momento em que havia saído com seus pais para irem brincar (o que parecia ter ocorrido a uma eternidade atrás) até o momento que encontrou Stefan e Damon.

Os três ouviram tudo atentamente e quando ela terminou de falar Damon e Stefan olharam para seu pai para saberem qual seria sua decisão. Olhando para Samantha Giuseppe falou:

-Qual é seu sobrenome Samantha?

-Dellafried – respondeu ela .

- Então você é a filha de Christian Dellafried? O ferreiro? Sei onde era sua casa. Irei mantar meus homens até o lugar onde vocês moravam pra ver o que eles descobrem. Mas em relação às pessoas que os atacaram, você pode ter se confundido elas deveriam estar correndo normalmente, mas como você estava em cima do cavalo você deve ter visto errado. Agora vocês dois – ele olhou para Damon e Stefan – chamem Margareth e mandem-na ajudar Samantha a se lavar, e arranjar alguma coisa para vestir. Depois minha querida – ele se levantou e foi em direção a Samantha - você decide se quer descansar um pouco ou ir comer alguma coisa.
Dizendo isso ele saiu a passos largos.

-Não se preocupe Samantha nosso pai vai ajudar seus pais. - Disse Stefan.

-E agora vamos achar Margareth – completou Damon, enquanto os três se dirigiam de volta a sala.

Margareth era a criada. Uma mulher magrinha e baixinha, muito simples e com um olhar maternal. Assim que a encontraram ela levou Samantha em direção a uma escada que levava ao segundo andar em direção a um quarto de hospedes. Samantha ficava cada vez mais impressionada com aquela casa enorme, as paredes eram todas decoradas com lindos quadros, e o quarto possuía uma linda cama de dossel. Ela ajudou Samantha a se lavar e depois lhe arranjou um lindo vestido, alaranjado clarinho, e um par de sapatilhas marrões. Depois Samantha foi descansar. Custou a pegar no sono, mas depois de um tempo conseguiu dormir um pouco e só foi acordar quando ouviu alguns cochichos perto dela. Continuou com os olhos fechados mas começou a prestar atenção nos cochichos.

-Damon você sabe que papai vai brigar se descobrir que o desobedecemos.

-Ai é que está Stefan se ele não descobrir ele não briga.

-Mas ele disse que não era pra nos atrapalharmos a Samantha enquanto ela dormisse.

-É simples Stef, é só você fechar a matraca que ela não vai acordar, e nos podemos ficar aqui esperando até que ela acorde.

-Mas sera que ela não vai ficar brava quando acorda e ver que nos estamos aqui?

-Claro que não Stef, ela vai ficar triste se acordar e ver que esta aqui sozinha!

- Eu ain..

-Psiu... cala a boca Stefan, você ta parecendo uma daminha tagarela.

Eu só estou preocupado Damon?! E a única daminha tagarela que tem aqui é você.

De repente Samantha ouviu um barulho estranho e abriu os olhos se sentando para ver o que havia acontecido. Quando olhou viu Damon e Stefan se rolando no chão, um batendo no outro.

-Parem de brigar vocês dois, vocês são irmãos, isso é feio.– disse ela tentando acalmar os dois.

Eles pararam e olharam para Samantha e se levantaram rapidamente.

-Viu Stefan por sua culpa ela acordou.

-Não eu já estava acordada – falou ela rapidamente antes que recomeçassem a discutir.

-Humm, mas você já descansou? – perguntou Damon levantando uma das sobrancelhas.

-Sim .

-Então acho bom você ir comer alguma coisa, você deve tar com fome?! – Stefan entrou na conversa.

-É, vem vamos à cozinha – Damon já estava puxando ela.

Quando chegaram à cozinha as cozinheiras prepararam uma mesa tão cheia que Samantha ficou se perguntando quem aguentaria comer tanta comida. Depois dos três se sentirem cheios Samantha agradeceu:

-Obrigada.

-Pelo que? – perguntou Damon.

-Uê, por vocês estarem me ajudando tanto.

-Hã isso? Não tem de que é que entre minhas várias qualidades uma delas é ser um exímio cavalheiro – respondeu Damon com uma piscadinha, fazendo Samantha abrir um leve sorriso, e Stefan balançar a cabeça com a "modéstia" do irmão.

Em seguida Giuseppe entrou e chamou os três, e foram todos novamente para o escritório dele.

Depois que todos estavam sentados ele começou a falar:

-Sinto muito Samantha, mas sua casa foi encontrada completamente destruída, e seus pais foram mortos, eles não estão mais entre nós, sinto muito querida.

Samantha já esperava por isso, mas ouvir aquilo dito em voz alta era mais difícil. Abaixou a cabeça e começou a chorar em silencio.

Giuseppe se levantou e foi em direção a Samantha a abraçando. Tanto Samantha como Damon e Stefan ficaram surpresos com o gesto dele, e provavelmente ate ele mesmo se surpreendeu com sua própria atitude. Mas recomeçou a falar:

-Samantha se você quiser eu irei lhe criar a partir desse momento como se fosse uma filha do meu próprio sangue, e irei dar o meu melhor para conseguir ao menos fazer com que você sinta que tem uma família. Não quero que você esqueça seus pais, mas quero que além dele você saiba que tem a nós como sua segunda família.

Samantha levantou a cabeça e encarou os olhos cinzentos de Giuseppe, e em seguida o abraçou fortemente, demonstrando que aceitava entrar para aquela família.

Giuseppe soltou Samantha e olhou para Damon e Stefan:

-E vocês dois meninos tratem ela da melhor maneira possível, porque agora ela também é irmã de vocês.

-Sim pai – exclamou Stefan com um sorriso sincero.

-Mas é claro pai, Stefan sabe como eu sou o melhor irmão do mundo! Não sabe Stefan?- perguntou Damon dando um empurrão no ombro do irmão.

Vendo aqueles três Samantha sabia que apesar de tudo ela conseguiria ter uma nova família, onde era bem vinda, e que a fariam feliz. E um sorriso iluminou o seu rosto. Pois ela sabia que seus pais biológicos sempre estariam com ela, e que quando a vissem feliz eles também ficariam feliz.

Seu nome passou a ser Samantha Dellafried Salvatore. Porque afinal ela nunca deixaria de ser uma Dellafried apenas será além de uma Dellafied uma Salvatore também.


................................................
Continua


Última edição por Den!se ;D em Dom Abr 29, 2012 5:24 pm, editado 4 vez(es)
avatar
Den!se ;D

Mensagens : 1811
Data de inscrição : 26/07/2011
Idade : 21
Localização : Paraná

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Brilho Eterno [Dedicada p/ Vaanny e Keroll]

Mensagem por Vaanny em Dom Ago 28, 2011 8:05 pm

Mtto bom filhaa.
Damon desde pequeno respondão.
KKKKKKKKK
O pai deles é tão legal com a Samy.
E o Damon já dá os primeiros sinais de que quer ser o favorito dela no lugar do Stefan.
O Tefinha é certinho ao exagero... Nem ficar olhando a menina fingir dormir ele consegue... aiaiai...
Isso aí Damonzito, vc é um ÓTIMO irmão. O Tefinha que ñn sabe ver o qe tem de bom.
kkkkkkkk
amei filhaa.
sua história é linda.
prende minha atenção da primeira até a última linha.
ansiosa por mais.
beijoos
avatar
Vaanny

Mensagens : 2024
Data de inscrição : 04/02/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Brilho Eterno [Dedicada p/ Vaanny e Keroll]

Mensagem por Miriam Salvatore em Dom Ago 28, 2011 8:42 pm

Denise vc tem uma leitora nova agoraaaaa
Amei tua historia
Tadinha da Samy .. quem sera que matou os pais dela? Vamoiros ..
Damon e Stefan achudando ela foi fofo e engraçado ao mesmo tempo aogra els são irmãso UAU
Quero ver o que isso vai dar ..
avatar
Miriam Salvatore

Mensagens : 3362
Data de inscrição : 29/03/2011
Idade : 25
Localização : Caxias do Sul RS

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Brilho Eterno [Dedicada p/ Vaanny e Keroll]

Mensagem por Dany_Salvatore em Dom Ago 28, 2011 8:54 pm

Nosssaaa...tiaa do céu... ta muito, muito, muito boomm mesmo. Very Happy
Adorei o Damonzito cuidando da Sammy.
o Tetefan sempre querendo ser o "certinho" rsrsrs.
O que será que vai acontecer???
Quando vai ter mais heim??
avatar
Dany_Salvatore

Mensagens : 121
Data de inscrição : 14/08/2011
Idade : 24
Localização : Senador Canedo - GO

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Brilho Eterno [Dedicada p/ Vaanny e Keroll]

Mensagem por Den!se ;D em Seg Ago 29, 2011 12:42 pm

Vaanny escreveu:Mtto bom filhaa.
Damon desde pequeno respondão.
KKKKKKKKK
O pai deles é tão legal com a Samy.
E o Damon já dá os primeiros sinais de que quer ser o favorito dela no lugar do Stefan.
O Tefinha é certinho ao exagero... Nem ficar olhando a menina fingir dormir ele consegue... aiaiai...
Isso aí Damonzito, vc é um ÓTIMO irmão. O Tefinha que ñn sabe ver o qe tem de bom.
kkkkkkkk
amei filhaa.
sua história é linda.
prende minha atenção da primeira até a última linha.
ansiosa por mais.
beijoos

kkk pois é mamy rebelde desde pequeno kkk ele gosta de ser livre pra fazer as coisas do jeito dele Wink
o Giuseppe acha que a Samantha pode diminuir um pouco a falta q a esposa dele faz e acha q seria bom para tanto Damon como Stefan ter uma irma
kkk o Damon quer fazer com que o sofrimento de Samantha diminua e vai tentar ajudar das melhores maneiras
kkk o Stefan tem muito respeito pelo pai deles principalmente pq a mae deles morreu no nascimento dele e foi seu pai quem o criou Very Happy
Acho que o Damon e o Stefan não aguentariam um viver sem o outro os dois quando juntos (mesmo brigando e tentando se mata) parecem que se completam.
Fico tão feliz que voce esteja gostando mamy, eu achei esse capitulo meio paradinho pq eu fiz ele mais so pra colocar a Samantha na familia dos Salvatores mas o proximo ja vou dar um pulo no tempo e vai começar a ter mais ação kkkk
Te Amo mamy
bjos
avatar
Den!se ;D

Mensagens : 1811
Data de inscrição : 26/07/2011
Idade : 21
Localização : Paraná

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Brilho Eterno [Dedicada p/ Vaanny e Keroll]

Mensagem por Den!se ;D em Seg Ago 29, 2011 12:53 pm

Miriam Salvatore escreveu:Denise vc tem uma leitora nova agoraaaaa
Amei tua historia
Tadinha da Samy .. quem sera que matou os pais dela? Vamoiros ..
Damon e Stefan achudando ela foi fofo e engraçado ao mesmo tempo aogra els são irmãso UAU
Quero ver o que isso vai dar ..

Oi Miriam seja super bem vinda e fico super feliz que vc esteja gostando, obrigada mesmo, Very Happy´
A Samy vai ter muita coisa pela frente mas ela vai ficar mais forte a cada obstaculo que ela vai ter que enfrenta e vai tenta proteger a todos que ela ama.
em relação aos pais dela logo, logo vcs vao descobrir quem foi e acho que vcs vao ter uma surpresinha com isso kkkk
kkk o Damon o Stefan e a Samantha vao criar uma forte ligação e mesmo ela n sendo irma biologica deles eles vao fazer ela se sentir como se fosse kkk mas vc pode ate imaginar ne ?? Samantha sendo criada apenas com irmaos e um pai ela n vai ser uma daminha como as outras meninas daquela epoca, ela vai ficar um mistura de Damon com Stefan digamos assim kkkk
a continuação nao vai demorar Wink daqui a pouco eu posto mais kkk
bjos
avatar
Den!se ;D

Mensagens : 1811
Data de inscrição : 26/07/2011
Idade : 21
Localização : Paraná

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Brilho Eterno [Dedicada p/ Vaanny e Keroll]

Mensagem por Den!se ;D em Seg Ago 29, 2011 1:19 pm

Dany_Salvatore escreveu:Nosssaaa...tiaa do céu... ta muito, muito, muito boomm mesmo. Very Happy
Adorei o Damonzito cuidando da Sammy.
o Tetefan sempre querendo ser o "certinho" rsrsrs.
O que será que vai acontecer???
Quando vai ter mais heim??

Vc gosto amr?? eu achei meio parado de mais, falto um pouco de emoção,kkk, mas ja q vc gosto fico muuuuuuito feliz, Very Happy
O Damon tem aquele jeitao dele mas a gente sabe q ele tem um coração enorme e ele vai se tornar um bom irmao pra Samy kkk
O Tetefan é o reverso do Damon ne ?? o Damon quer fazer tudo oq n pode e o Stefan quer respeitar todas as regras kkk por isso que eu acho que eles de certa forma se completam.
A continuação ja vai pro ano de 1864 e como vc pode imaginar vai ser mais emocionante kkk
se tudo der certo ainda hj eu posto mais Very Happy
bjos
avatar
Den!se ;D

Mensagens : 1811
Data de inscrição : 26/07/2011
Idade : 21
Localização : Paraná

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Brilho Eterno [Dedicada p/ Vaanny e Keroll]

Mensagem por Keroll Salvatore em Seg Ago 29, 2011 5:03 pm

kkk, Damon desde pequeno é divo né? kkk
AMEI AS CENAS DELE COM A SAMMY!!
E o Stefan? Tão certinho, tadinho. Tem mt coisa pra aprender com o irmão ainda.
A-D-O-R-E-I ver o pai deles amolecendo com a Sammy, foi mt fofo!!
Quero mais maninha, eu ameeeeeeeeeeei!!

avatar
Keroll Salvatore

Mensagens : 1194
Data de inscrição : 12/06/2011
Idade : 20
Localização : Banheira do Damon com o Damon, claro =D

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Brilho Eterno [Dedicada p/ Vaanny e Keroll]

Mensagem por Den!se ;D em Seg Ago 29, 2011 6:14 pm

Keroll Salvatore escreveu:kkk, Damon desde pequeno é divo né? kkk
AMEI AS CENAS DELE COM A SAMMY!!
E o Stefan? Tão certinho, tadinho. Tem mt coisa pra aprender com o irmão ainda.
A-D-O-R-E-I ver o pai deles amolecendo com a Sammy, foi mt fofo!!
Quero mais maninha, eu ameeeeeeeeeeei!!




kkk verdade mana Damonzito sempre divooo, kkk ele junto com a Samy vao ter varias cenas fofas, e o Tetefan é um cavalheiro perfeito e ele de vez em quando ele segue as regras ate de mais kkk.

Acho q o Giuseppe tava precisando de alguem que despertace seus sentimentos novamente, e a Samy é muito boa em fazer isso, kkk

logo,logo tem mais mana

bjos, e fico muuuuuuito feliz que vc tenha amado mana:D obrigada
avatar
Den!se ;D

Mensagens : 1811
Data de inscrição : 26/07/2011
Idade : 21
Localização : Paraná

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Brilho Eterno [Dedicada p/ Vaanny e Keroll]

Mensagem por Den!se ;D em Ter Ago 30, 2011 6:41 pm


Capitulo 3- Dama?!

Sabe aquele ditado que diz que o tempo é o melhor remédio? Ele é verdadeiro. A dor da perda de uma pessoa que amamos nunca será esquecida, mas com o tempo a gente aprende a viver com ela e ela vai diminuindo. A cada novo dia Samantha reconquistava pouco a pouco sua felicidade. Ela sempre iria amar seus pais biológicos, sempre sentiria falta deles, e nunca ninguém iria preencher o lugar que eles ocupavam no coração dela. Mas ela conseguiu abrir outras vagas em seu coração, vagas para pessoas que ela amava tanto como sempre amaria seus pais, pessoas que a ajudaram a ser feliz novamente. Pessoas como seu novo pai Giuseppe e seus irmãos Damon e Stefan, que também a amavam, cada um com sua própria maneira.

Stefan nunca teve medo de demonstrar seus sentimentos, ele sempre era atencioso, carinhoso, gentil e prestativo com ela, um verdadeiro cavalheiro. Já Damon era mais parecido com Giuseppe, os dois eram mais cautelosos com relação aos seus sentimentos, eles demonstravam mais por atos do que por palavras carinhosas.

Desde a morte de seus pais Samantha tinha o mesmo pesadelo: primeiro ela via uma mulher de costas, quando a mulher percebia a presença de Samantha ela se virava de frente, mas seu rosto não passava de um borrão, dando apenas para perceber um sorriso sínico, e em seguida a mulher ficava com o rosto deformado parecendo um monstro. Nesse momento Samantha acordava gritando, e em seguida Damon (que tinha o quarto mais perto do dela) entrava com um sorriso no rosto e com cara de sono dizendo:

- Calma, calma Samy, seu herói, alias o mais charmoso dos heróis acaba de chegar para te salvar. – e completava com uma piscadela.

Depois ele se sentava ao lado dela e lia uma estorinha até que ela pegasse no sono.

Todas as noites era sempre a mesma coisa, até que eles começaram a ser cada vez menos frequentes. Mas fosse quando fosse o super- herói de Samy sempre aparecia para lhe salvar dos seus monstros da imaginação. Até que seus pesadelos desapareceram de vez.

Não importava a forma que cada um demostrava que a amava, porque os três conseguiram fazer com que ela fosse muito feliz, de um jeito que ela achava que nunca seria novamente.

Mas Samantha não era nem de perto como as outras damas daquela época. O normal para um dama era apenas se sentar com postura perfeita, nunca sorrir demais, pois seria considerada uma oferecida, e também não sorrir de menos pois seria carrancuda, teria que arranjar um sorriso falso sem emoção alguma, escutar, sem dar opinião, e nunca discordar. Era a imagem da fragilidade. Samantha sempre acompanhava Damon e Stefan em suas brincadeiras, fosse de pique esconde, de corrida, de tudo quando é tipo de esportes, de cavalgada, (que nesse caso ela sempre ia montada em Ádacs que estava cada dia mais lindo) de pescaria. Ela nem de longe se encaixava no padrão de uma simples dama. Ela era gentil como Stefan mais buscava a liberdade como Damon.

Os anos foram se passando rapidamente e Damon não era mais aquele garotinho de 11 pra 12 anos , nem Stefan um de 7 anos. Damon estava com quase 23 anos, era simplesmente o cara mais charmoso, irônico, sádio, sensual, e sedutor. Com os olhos azuis mais lindo que se possa imaginar, que aparentavam ser mais azuis ainda por causa do contraste com seu cabelo de um tom completamente negro, e um corpo com músculos definidos perfeitamente. Resumindo ele deixava qualquer uma suspirando por ele.

Stefan estava com 17, e era gentil, cavalheiro, romântico, inteligente, e bondoso, o verdadeiro príncipe de conto de fada, que deixava várias donzelas encantadas por seus olhos verdes ,como folha de carvalho.

Samantha, com 16 anos, digamos assim que era um verdadeiro raio de sol ambulante. Iluminava todo lugar por onde passava com um sorriso que ninguém conseguia resistir. Longos cabelos sedosos de um loiro mel brilhante, olhos de um castanho profundo e um olhar intenso. Andava como se estivesse flutuando com uma leveza impressionante, mas com passos decididos. Ninguém dizia que não era uma Salvatore, pois por onde passava deixava todos de boca aberta, as mulheres querendo possuir sua beleza, e os homens querendo a ter em seus braços. Ela demostrava poder, mas com uma simplicidade admirável.

Giuseppe estava querendo que ela arranjasse um bom partido logo, mas primeiro queria ensinar maneiras de uma dama para ela. O único problema era que Samantha não queria se tornar uma bonequinha de porcelana frágil. Ela queria simplesmente ser Samantha Dellafried Salvatore. Sera que seu pai já não podia entender que já era difícil ser uma dama? E que ela já tinha que usar aqueles malditos espartilhos que a faziam se sentir mais apertada que sardinha enlatada, e aqueles vestidos que a faziam suar até não poder mais? Definitivamente ela não queria ser uma dama como as outras. Ela seria apenas ela mesma, sempre.

Mas seu pai achou que era o fim e que devia tomar providencias urgentes, trouxe uma nova hospede para casa, o que o levou a fazer isso foi o seguinte ocorrido:

Quatro meses antes Damon havia sido convocado para uma guerra que estava ocorrendo no Estado de Virginia. Damon arrumou suas coisas e três dias após a convocação partiu.

Stefan ainda era menor de idade, então não foi convocado, ele e Samantha passavam a maior parte do tempo juntos, mas do mesmo modo Samantha sentia muita falta de Damon.

-Vamos Samy você tem que se alegrar um pouquinho, Damon vai ficar bem, e você vai ver ele vai ficar mais convencido do que já é, mas você não pode ficar chorando durante todo o tempo que ele estiver fora está bem? O que você quer fazer hoje? Vamos ir pescar? Hoje esta calor e perto do lago esta soprando um vento fresco! Venha!- Stefan começou a puxa-la em direção ao lado que ficava o lago da propriedade dos Salvatores.

Como Stefan havia dito estava um vento refrescante e relaxante.

O lago possuía uma agua verde cristalina, e era rodeado por árvores. Uma ponte de madeira o atravessava de um lado a outro. E escondida entre umas árvores estava as varas de pesca que eles haviam escondido na ultima vez que vieram pescar.

Depois de cada um pegar uma vara se sentaram na margem do lago esperando algum peixe fisgar a isca.

-Stef, e se alguma coisa acontecer com Damon? – perguntou Samantha com voz preocupada.

-Samy você não confia no Damon?

-Confio mas...

-Então é só esperar que assim que ele poder ele vai estar de volta.

Stefan viu que Samantha ainda não estava convencida, se levantou largos sua vara de pesca, e deu um beijo no topo da cabeça de dela:

-Você vai mesmo querer que o Damon fique jogando na minha cara que eu não sirvo nem pra cuidar de você enquanto ele não está? – perguntou Stefan com um sorriso no rosto.

-Stef claro que você sabe cuidar de mim, e tão bem quanto o Damon, mas eu estou preocupada, e estaria do mesmo jeito se fosse você no lugar dele e ele no seu!

-Então acho que o único jeito e fazer o que ele faria se estivesse no meu lugar.

Para a surpresa de Samantha ele a levantou do chão e a pegou no colo, pulando no lago com roupas e tudo.

-STEFAN VOCÊ ESTÁ DOIDO?!- gritou Samantha quando voltou a superfície.

Stefan morria de rir, e tacava água sobre Samantha.

-Deu pra encarna o Damon agora Stef? Ele que não pensa antes de agir!

Depois disso só se ouvia o som de gargalhadas e o som de água espirrando pra todos os lados.

-Agora se você não quiser levar um banho desses todos os dias é melhor você tratar de se divertir mais enquanto o Damon estiver fora.

-Nem pense nisso, senão vou fazer você usar um vestido desses pra ver o quanto pesa.

- O pai ia ficar feliz de me ver de vestido né? Um filho rebelde, uma filha moleca, e um filho donzela.

Os dois caíram na gargalhada outra vez:

-Papai iria nos expulsar porta afora, se bem que eu acho que ele vai me expulsa da mesma forma, depois de me ver toda ensopada deste jeito.

-Provavelmente, e é melhor irmos andando por que ele ainda não deve ter chegado.

Ele a ajudou a sair do lago e os dois foram andando em direção a casa. Samantha arquejando com o peso do vestido molhado, e Stefan rindo da cara dela, e tentado ajudá-la.

-Stefan isso vai ter volta – ameaçava Samantha.

Chegando perto do jardim da frente da casa eles se esconderam atrás de uma árvore:

-Agora nós vamos ter que correr pra dentro de casa, fazendo o possível pra ninguém nos ver.

- Fácil pra você falar ne Tefan? Arghh!!

-Vou contar ate três, no três nos disparamos direto pra entrada, você vai na frente, se o pai estiver em casa provavelmente ele estará no escritório, como sempre, e dai posso te acobertar enquanto você vai pro seu quarto.

-OH meu santo eu to frita, o pai vai me fritar ainda viva e me servir de jantar.

-Não seja tão dramática, ele não vai chegar a te servir de jantar, só te fritar.

-E eu te puxo junto pra frigideira isso é tudo culpa sua.

-Eu falei que teria que tomar providencias pra você sair daquela depressão. Agora vamos....um.....dois....três

Samantha disparou, mas Stefan não conseguiu sair do lugar, quando viu a irmã correndo de um modo completamente esgualepado, quase caindo com o peso do vestido, e com os cabelos molhados batendo na cara, teve um acesso de riso tão forte que chegou a se dobrar de rir.

-EU TE MATO STEFAN - gritou Samantha furiosa.

Stefan se recuperou um pouco e antes que ela estivesse na escadaria de entrada ele a alcançou.

-EU JURO QUE TE MATO.

-Me mata depois Samy que primeiro precisamos sobreviver ao papai. - respondeu ele segurando o riso.

Os dois pararam de correr quando chegaram na porta mas continuaram a passos largos na subida da escada.

-Pronto, a pior parte já passou - Stefan respirou mais aliviado enquanto chegam na curva do corredor que levava aos quartos.

- Eu ainda te mat....

Samantha parou de súbito assim que virou a curva do corredor deu de cara com Giuseppe:

-Paiê – disse Samantha com um sorriso, de quem ta tentando abrandar a situação.

- O que isso significa?- pediu Giuseppe sério.

-E que nós estávamos perto do lago eu escorreguei e cai, e sem querer puxei a Samantha junto. – Stefan inventou um desculpa ligeira.

Samantha olhou para Stefan pensando “ Realmente hoje alguma coisa encarno no Stef, primeiro me joga no lago, agora mentindo pro papai??”

- Hunn!! Escorregou é? Sei! Dessa vez passa, mas a próxima vez que te ver desse modo Samantha, tomarei providencias, nenhuma dama de família anda por ai desse jeito, agora trate de se lavar rapidamente. – Dizendo isso Giuseppe continuou a andar.

Se fosse só esse o ocorrido nada teria acontecido, mas quando chegou uma carta de Damon dizendo que voltava em uma semana, a ansiedade de Samantha só aumentou.

No dia que estava marcado que Damon chegaria, Samantha ficou o tempo todo esperando no jardim, só entrando quando começou a cair um toro de agua.

Já que não podia mais esperar no jardim, foi esperar na janela da frente da sala de visitas. O tempo passava e nada do Damon, Samantha andava de um lado pro outro da sala.

-Sente-se Samantha, seu irmão não vai chegar mais rápido se você ficar dando voltas pela sala.

Samantha se sentava pra alguns minutos depois levantar de novo e ocorrer a mesma situação.

Stefan só observava: a irmã levantava, dava em media umas 10 voltas pela sala, e o pai a mandava sentar. A irmã levantava de novo o pai a mandava sentar. Até que Giuseppe cansado daquilo gritou:

-POR CRISTO SAMANTHA, SOSSEGUE NESSA CADEIRA DE UMA VEZ POR TODAS!

Samantha se sentou olhando de maneira magoada para o pai. De repente arregalou os olhos e levantou de novo

-SAMANT...- começou Giuseppe mais foi cortado por um grito e um pulo de alegria de Samantha.

-AAAAAAAAAAA DAMON, DAMON, PAI O DAMON CHEGOU, ELE CHEGOU STEFAN.

E realmente uma carruagem estava encostando perto da escadaria.

-Samantha pare de gritar menina.

Stefan só ria da alegria da irmã

Quando viu Damon descer da carruagem com seu uniforme de militar e com um sorriso de lado Samantha disparou para fora da porta em direção a ele se ensopando na chuva:

-DAMON, DAMON, DAMON – assim que o alcançou pulou pra cima dele o abraçando –Damon você está bem?

-Olá maninha, sentiu minha falta foi? – perguntou ele enquanto a abraçava fortemente.

-E você ainda tem coragem de perguntar?

Depois Samantha e Damon entraram na casa. Damon cumprimentou o pai e o irmão, e logo depois a bronca começou:

-Já chega Samantha, essa situação não é mais aceitável, vou mandá-la para um colégio interno, você precisa aprender bons modos! Nenhuma dama sai correndo no meio da chuva pra ir abraçar um homem dessa maneira.

Mas pai Damon é meu irmão.

-Não importa quem seja Samantha, isso não é coisa que se faça, e para mim já basta. Agora suba e vá tirar essa roupa molhada.

-Pai, que isso, não a culpe por sentir falta do irmão mais perfeito que existe. – tentou argumentar Damon.

-É pai você sabe o quanto ela é apegada ao Damon e fazem mais de três meses que ela não o via.

-Calados vocês dois, já tomei minha decisão.

Giuseppe não mudou de ideia, e apenas uma coisa salvou Samy de ir para o colégio interno. Certo dia Giuseppe voltou para casa dizendo que teriam uma nova hospede, e que Samantha dessa vez criaria juízo na cabeça.

Pelo que eles souberam, a nova hospede tinha perdido os pais em um incêndio, e precisava de hospedagem. Giuseppe a convidou para que se hospedasse na mansão dos Salvatores com o proposito de Samantha apreender boas maneiras com a nova dama.

Ninguém falou nada contra alias seria bom ter uma nova moradora em casa, ainda mais que Samantha poderia continuar estudando em casa.

Mas quando chegou o dia marcado para a hospede se mudar para a mansão, Samantha logo percebeu: ela traria problemas.

Mas nem mesmo ela imaginava o tanto de problemas que ela lhe traria.

Por que justo quando achamos que conseguiremos viver nosso “feliz para sempre”, aparece alguém para acabar com tudo?

A moça desceu da carruagem e se dirigiu em direção a Samantha, Giuseppe, e Stefan, que a estavam esperando por ela na escadaria de entrada:

- Olá – disse ela puxando um lado do vestido para o lado e dando uma leve baixadinha na cabeça – Sou Katherine Pierce, e agradeço pela hospedagem - disse dando um leve sorriso.

...........................
continua



Última edição por Den!se ;D em Sex Maio 11, 2012 6:49 pm, editado 4 vez(es)
avatar
Den!se ;D

Mensagens : 1811
Data de inscrição : 26/07/2011
Idade : 21
Localização : Paraná

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Brilho Eterno [Dedicada p/ Vaanny e Keroll]

Mensagem por Den!se ;D em Ter Ago 30, 2011 6:53 pm

Continuação postada amores:D eu queria ter postado ainda ontem mas eu não consegui:|

kkkk mas uma vez ficou enorme ne?? kkk mas logo,logo eu pego o jeito e e começo a fazer umas continuações um pouco menor

espero que vcs gostem What a Face

e amrs obridaga meeesmo pelos comentarios, sem eles eu não conseguiria nem fazer as continuações kkk

bjos
avatar
Den!se ;D

Mensagens : 1811
Data de inscrição : 26/07/2011
Idade : 21
Localização : Paraná

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Brilho Eterno [Dedicada p/ Vaanny e Keroll]

Mensagem por Miriam Salvatore em Ter Ago 30, 2011 8:16 pm

Omg Stefan encarnou Damon direitinho aquiiii
AAinda bm que ela não foi pro colegio interno ..
Kath chegou OMG problemas virão ...
avatar
Miriam Salvatore

Mensagens : 3362
Data de inscrição : 29/03/2011
Idade : 25
Localização : Caxias do Sul RS

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Brilho Eterno [Dedicada p/ Vaanny e Keroll]

Mensagem por Vaanny em Ter Ago 30, 2011 8:35 pm

Filhaaa, mto bom.
Stefan fez papel do Damon certinho...
amei ele aqui.
Quase que a Samy vai pro colégio interno. Nem o Damon conseguiu dar jeito. #teenso
Mas foi salva pela chegada da Kath...
Ih, isso vai deixar a situação feia.
mas já vi a qe Samy ñn vai gostar dela.

ameeei filhaa. (descrição do Damon tá deemais)

quero mais, viu?
Orgulhando a mamiis aqui.
beijoos

avatar
Vaanny

Mensagens : 2024
Data de inscrição : 04/02/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Brilho Eterno [Dedicada p/ Vaanny e Keroll]

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 13 1, 2, 3 ... 11, 12, 13  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum