Parceria
SIGMA CAMISETAS
Votação

Quem você quer entrevistar?

64% 64% [ 9 ]
36% 36% [ 5 ]

Total dos votos : 14


Vida de Adolescente // Segundo cap postado

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Vida de Adolescente // Segundo cap postado

Mensagem por Mariana Pierce em Qui Jun 30, 2011 9:01 pm

Adorei Lys
Doida para ver o primeiro capitulo I love you
avatar
Mariana Pierce

Mensagens : 7422
Data de inscrição : 07/06/2011
Idade : 18
Localização : Belo Horizonte - MG

Ver perfil do usuário http://weloveit.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vida de Adolescente // Segundo cap postado

Mensagem por -katniss em Dom Jul 03, 2011 9:00 pm

ai irmãaaaaaaaa, posta mais, muito muito mais *-*
eu sei que a promoção acabou mas se tiver mais algum personagem (tipo a garçonete kkkkkkk) pode me colocar lá ? (:
tá ótima!
avatar
-katniss

Mensagens : 251
Data de inscrição : 15/06/2011
Localização : mundo.

Ver perfil do usuário http://www.alineag.tumblr.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vida de Adolescente // Segundo cap postado

Mensagem por Lys Weasley Salvatore em Sex Jul 08, 2011 8:30 pm

Capítulo um: Trim-Trim


Trim-Trim

Damon ainda sonolento bateu no despertador e tentou voltar a dormir.

Trim-Trim

Ele já estava ficando irritado e deu uma porrada no despertador fazendo esse cair no chão.

Trim-Trim

Sabe esse cara que está pisoteando o despertador? Sou eu mesmo, Damon Júnior Salvatore. Er, acho que fica melhor sem o Júnior. Bem, eu tenho 16 anos e moro em um bairro longe do centro de Londres. Eu estudo em McCkinley High, um colégio onde minha mãe conseguiu bolsa para mim e todos os meus irmãos. Somos sete irmãos, seis homens e uma menina, que é a caçula. Eu sou o irmão do meio, não posso mandar em ninguém e nunca consigo o que eu quero. É minha vida é uma droga.

Meu melhor amigo é o Stefan Wesley, atualmente uma das pessoas mais populares da escola. Eu, ele e o Tyler somos o trio mais "desejado" pelas mulheres (sim, aquelas que chegam a ficar babando quando a gente passa). Na verdade mais os outros dois, eu sou digamos que a “sobra”. Tenho uma namorada, a Vanessa, melhor Vany. Ela é linda e beija muito bem. Mas eu não gosto dela de verdade (bem, ela tem uns ataques de vez em quando, mas abafa o caso). Só estou com ela para não ficar sozinho.

Agora que consegui calar aquele despertador vou me arrumar para ir para o colégio. Ainda meio sonolento eu me guiei para fora do quarto.

-Caroline! Sai desse banheiro! – gritei batendo na porta.

-Não sabe esperar não?! – ela falou saindo só de toalha e depois me dando um tapa na nuca.

-Ai! – é... Nós nos amamos. Acho que eu não conseguiria viver sem aquela irritante cabecinha loira.
Depois de um bom banho botei meu jeans e uma camiseta qualquer. Hum, o cheiro esta maravilhoso, a mamãe deve ter caprichado hoje no café.

-Bom dia mamãe.

-Bom dia Damonzyto! – essa é a minha mãe, Molly. Ela é muito coruja pro meu gosto e sinceramente me dá apelidos horríveis. Imaginem ela ficar chamando vocês de "fofuxinho" na frente de seus amigos. É, assim que eu me sinto... Mas eu a amo muito e ela, sem brincadeira, é a melhor cozinheira que eu conheço! É para sair rolando depois de qualquer lanchinho.

-Bom dia querida! – esse é o meu pai, Giuseppe. Ele é muito legal. Fica horas jogando xadrez (que por acaso eu adoro) e deixa a lição de moral e os castigos para mamãe fazer. Ele não gosta de brigar com a gente. – Bom dia Caroline, Damon.

-Bom dia pai.

-Bom dia Giuseppe – minha mãe falou beijando-o.

Eu não falei, ela fez um pão-de-queijo caseiro... NOSSA!!! Isso aqui está bom demais, você tem muito azar de não estar no meu lugar. Depois de mais ou menos uns cinco minutos que eu estava me empanturrando meu pai se levantou.

-Comam rápido crianças, tenho que chegar ao trabalho mais cedo. Porque tenho coisas para resolver mais tarde.

-E o Diego e o Burkes?

-Eles vão de ônibus para a faculdade.

Eu e Caroline somos os únicos que não nos formamos ainda, todo o resto se formou e saíram de casa. Menos os gêmeos que são muito preguiçosos. E eu estou no meu último ano.

-Vamos lá gente.

Eu me levantei e fui até o nosso Monza do ano de 2000 (nós não temos muito dinheiro). Sentei-me correndo do banco da frente antes de Caroline. Ela esticou os dedos e ligou o rádio.

Estava dando a musica “Pela Última Vez” daquele grupo emo Nx Zero (sem preconceito!). Eu odeio essa mania da Caroline de mudar o estilo de musica todo mês. Antes ela só escutava sertanejo (que a propósito eu também odeio. ¬¬).

-Troca de estação!

-Não, deixa ai Damon!

Fui tentar mudar de estação quando ela segurou bem forte o meu braço.

Bem, nem preciso dizer que depois disso fechou o barraco. O meu pai suspirou enquanto a gente tentava pular um em cima do outro. Logo depois ele botou a mão entre nós dois para tentar nos afastar.

-Parem vocês dois! Não quero brigar com vocês. E Damon, deixa a sua irmã escutar a musica que ela quer!

Não falei? A caçula sempre consegue o que quer!

-Chegamos. - meu pai falou alguns minutos depois se esticando para abrir a minha porta. - Comportem-se. - e logo depois ele foi embora.

Eu e Caroline depois de descermos do carro, fomos para o pátio do colégio e eu fui cumprimentar meus amigos.

-E ai. – cumprimentei Stefan e Tyler.

-Como vai cara?

-Com sono.

-Grande novidade. - Tyler revirou os olhos deu um soco leve nos meus ombros. - A sua irmã está a maior gata... - ele comentou distraído.

Dei uma olhadinha na Caroline, ela estava já nas escadas para entrar no colégio. Conversando com a CDF da minha classe, acho que o nome dela é Hellen. Bom, isso também não importa. Meu deus, o Tyler tem um péssimo gosto, ela está usando aquela saia xadrez e All-Star preto [ok, admito que eu realmente gosto de All Star, mas se Tyler ficar sabendo vai zoar muito com a minha cara ¬¬]. Tudo bem, eu admito que a minha irmã seja muito bonita, e tem mais. Eu morro de ciúmes dela, tenho vontade de bater em todos os namorados que ela consegue. Ainda bem que no momento ela esta solteira, se bem que ai qual quer marmanjo pode chegar nela ¬¬.

-Ela não é para o seu bico Tyler! – senti meu rosto todo ficar vermelho, fico assim quando estou com raiva ou com vergonha. É a marca Salvatore, puxei isso do meu pai.

Logo depois o sinal tocou, nós nos despedimos de Tyler (já que somos de turmas diferentes) e fomos para a sala.

-Dam-Dam! – disse Vany (minha namorada) se pendurando no meu pescoço e me beijando.

-Oi Vany. – falei depois que nos separamos. Uau! Devia ser crime usar uma saia tão curta, já estou vendo os caras babando enquanto ela passa.

Depois de alguns segundinhos observando o corpo da minha namorada fui me sentar perto do Stefan e do Jeremy. Ele é outro amigo meu, nerd, que gosta da Claire. Pobre coitado! Ela é a garota mais popular e linda do colégio, ele não tem a menor chance. E o pior, fica alimentando esperanças que um dia vai ficar com ela.

A Jenna chegou, ela é minha professora de física e vice-diretora. Ela botou sua bolsa na mesa e começou a dar aula.
avatar
Lys Weasley Salvatore

Mensagens : 1755
Data de inscrição : 25/03/2011
Idade : 23
Localização : Mansão Salvatore

Ver perfil do usuário http://www.youtube.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vida de Adolescente // Segundo cap postado

Mensagem por Dawn em Sex Jul 08, 2011 8:45 pm

Lyssss
amei de mais essa fic!

ta muito boa mesmoo Very Happy

quando sai o proximo cap??
avatar
Dawn

Mensagens : 2765
Data de inscrição : 04/01/2011
Idade : 27

Ver perfil do usuário http://fanfictions.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vida de Adolescente // Segundo cap postado

Mensagem por Lys Weasley Salvatore em Sex Jul 08, 2011 8:52 pm

acho q provavelmente amanhã, Dawn
já tô com nove caps prontos da fic Very Happy
avatar
Lys Weasley Salvatore

Mensagens : 1755
Data de inscrição : 25/03/2011
Idade : 23
Localização : Mansão Salvatore

Ver perfil do usuário http://www.youtube.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vida de Adolescente // Segundo cap postado

Mensagem por Miriam Salvatore em Sex Jul 08, 2011 8:59 pm

Uoou gostei anciosa pra minha chegada
e ver o que o Tetefan vai achar
avatar
Miriam Salvatore

Mensagens : 3362
Data de inscrição : 29/03/2011
Idade : 26
Localização : Caxias do Sul RS

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vida de Adolescente // Segundo cap postado

Mensagem por Claire salvatore em Sex Jul 08, 2011 9:20 pm

Nossa gente, eu sou a garota mais popular e linda da escola? aaaaaan ALOKA gente.
Lys minha amiga, amei muito o capítulo minha floor..
avatar
Claire salvatore

Mensagens : 3603
Data de inscrição : 14/06/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vida de Adolescente // Segundo cap postado

Mensagem por Lys Weasley Salvatore em Seg Jul 11, 2011 6:02 pm

Capítulo II Primeira Parte:

Depois tive dois períodos de história com o prof. Alaric (ele é tão jovem que dá pra confundi-lo com um surfista ou coisa parecida) então aproveitei para tirar uma soneca, já que toda a classe estava praticamente dormindo também. O que é isso? Ah, acabei acordando com o meu celular vibrando no meu bolso. Deixa eu dar uma olhadinha. É uma mensagem de Tyler.
“No mesmo lugar de sempre?”
Comecei a digitar a mensagem em resposta sem que o professor visse.
“Sim”
-Quero três paginas sobre a revolução Francesa para quarta-feira.
-Que?! – perguntei para o professor, levemente desesperado
-Se você estava prestando atenção na aula Sr. Salvatore, irá saber o que fazer. Alunos, esse trabalho vai valer 40% da nota final.
-Me ferrei! – disse baixinho batendo na minha própria testa.
-Vamos Damon, Tyler já deve estar nos esperando. – Stefan falou, logo depois puxou a minha mão e saímos da sala.
Nós fomos para o pátio onde tinha varias árvores, mas caminhamos até a maior de todas, que ficava bem no centro.
-Demoraram!
-Damon inventou de falar com o professor. – ele falou se sentando na sombra da árvore ao lado e Tyler. Essa árvore não era só a maior daquele pátio (nosso colégio é bem grande e tem vários pátios), mas sim de toda McCkinley High . E tínhamos uma ótima visão debaixo dela (quando eu digo “ótima visão” quero me referir às garotas que andam por aqui). Como somos os mais populares do colégio ninguém nunca se atreveu a se sentar aqui antes. Eu nunca vi isso acontecer pelo menos.
-Como foi à aula?
-Boa, fiquei trocando mensagens de texto com a Vickie a aula toda.
-E eu ainda me pergunto como o Klaus consegue achar que você é um bom aluno. – falou Stefan.
Tyler fez uma careta.
-Ih, falando em Vickie, olha quem vem lá!
Claire, Vickie e Miriam... As meninas mais bonitas do colégio. Todas são líderes de torcida (Claire é a capitã e a pessoa mais gata que eu já vi em toda a minha vida.).
-Olá meninos! – falaram as três em coro passado por nós. Tyler pode não ter visto (estava ocupado demais tentando bancar o machão se exibindo para as garotas) mas eu vi muito bem o Stefan dar uma piscadela para a Miriam e essa sair toda risonha.
-Está afim da Petrova é Stefan?
-Estou, ela é muito bonita.
-E o Elijah?
-Ela terminou com ele dias depois de tê-lo flagrado beijando a Anna.
-Puxa, eu não tava sabendo dessa! – falei surpreso, como o Elijah foi tão burro a ponto de ter traído uma das lideres de torcida com uma Zé ninguém?
-Ih, o Damon não tem Br. Turbo! [N/A: Quem nunca viu essa propaganda? Ok, calei a boca Mad] – falou Tyler gozando com a minha cara e caindo na gargalhada junto com o Stefan. Senti minhas orelhas arderem, provavelmente estavam bem vermelhas.
-Isso aconteceu a 1 mês atrás. – Tyler completou entre os soluços.
Fiquei emburrado, sabia que dos três eu era o mais mal informado. Fiquei lá quietinho e comecei a olhar o pátio, logo vi a Hellen embaixo de uma árvore, com um livro que eu posso jurar que é a Bíblia, ou quem sabe um dicionário. Ela estava de cabelos presos, foi a primeira vez que eu vi o rosto dela, ela sempre deixa aquela juba que ela chama de cabelo na frente da face. E olha que eu estou bem longe e nem da para ver direito. Agora o Jeremy e a Caroline chegaram para ela e falaram alguma coisa, ela se levantou e os seguiu. Mas o que eu estou fazendo afinal? Relatorio de um ser que eu nunca tinha notado que existia?? Eu heim... Deve ser os hormônios.
-O que tanto olhas Romeu? – perguntou Stefan piscando os olhos de modo feminino.
-Essa frase nem tem no livro! – exclamei.
-E desde quando você o leu? – perguntou.
-Hum...
-Então, pode muito bem ter.
Béééééééééééééééééééééééééééééééé [leia-se: sinal para voltar para a aula ou troca de periodos]
-Vamos que o sinal tocou. – falei me levantando. Sério, eu ODEIO esse sinal, ele fica bem perto da “nossa” árvore e quando toca dói os ouvidos de tão forte.
Nos separamos do Tyler e novo e entramos na sala de aula. Precisei me sentar lá na frente atrás da Hellen, já que era o único lugar que restava.
O Klaus entrou na sala e todos se calaram, esse é um motivo para eu odiar química. Ele é assustador, tem um nariz gigante e não deve lavar o cabelo a mais ou menos uns 50 anos.
-Prova surpresa. – falou pegando algumas folhas no seu armário. – Qualquer material que estiver embaixo da mesa, qualquer suspiro e qualquer movimento que não seja escrever na prova será considerado como se vocês estivessem colando e tiraram um zero bem GORDO na prova. – falou seco distribuindo os testes. – Entendeu Wesley?
-Sim professor. – respondeu
Esse é outro motivo que esta na minha lista, além de ficar fazendo testes surpresas todas às semanas praticamente ele me odeia, com o Stefan então nem se fala. É uma longa história que envolve os pais dele, mas deixa isso para outra fic.
Logo que todos receberam, nós começamos. Caraca, eu não sei nada disso aqui! Sério, eu descobri o que era cloreto de sódio há um mês atrás como eu vou saber fazer isso? Cadê os nerds quando eu preciso deles?? Droga o Jeremy está do lado do Stefan lá longe. O que me resta é fazer uma nova amizade e perguntar para a Hellen mesmo.
-Hellen... – sussurrei, mas ela nem deu bola. Parecia que não era com ela que eu estava falando.
Olhei para o Klaus, ele estava ao lado do Stefan para ver se ele não estava colando. Acho melhor eu dar um cutucão nela.
-O que você quer? – perguntou se virando levemente para trás.
-Qual a respostas da 1 até a 10 Hellen?
-Meu nome é Elena! – sussurrou emburrada se virando para frente de novo.
-Não importa, qual é a resposta? – perguntei irritado. Ninguém merece sentimentalismo na hora da prova ¬¬º.
-Não vou te falar e não me obrigue a chamar o professor. – falou no mesmo tom de voz que eu usei antes.
Ninguém merece! Nunca vi uma pessoa que não aceita dar cola para os outros, principalmente para os “populares” como eu. E o pior é que tirando ela só tem burro do meu lado. O jeito vai ser apelar para o charme.
-Por favor, Elena... – falei em tom sedutor.
Ela ficou um pouco vermelha e deu uma desnorteada.
-Isso não funciona comigo Salvatore... – falou indiferente voltando à cor normal.
Como eu me enganei desse jeito? Jurava que ela tinha caído, alias ninguém nunca tinha resistido ao charme Salvatore antes. A encarei com as sobrancelhas franzidas.
-Eu prec...
-Estou interrompendo algo? - o Klaus perguntou com um sorriso perverso no rosto.
Fiquei paralisado, e parece que a CDF também. Ela ta meio pálida e um tanto nervosa, ou seria com medo? Como eu não vi que o Klaus tava vindo?
-Detenção hoje depois da aula, e creio que tiraram um zero. – falou recolhendo as nossas provas. Elena não quer soltar a prova, parece que esta em estado de choque. Ele deu um puxão e arrancou o teste da garota, logo depois foi até a sua mesa verificar o tempo num relógio de ouro que estava em cima dela.
-Tempo esgotado. – disse pegando todos os testes.
-Sr. Salvatore e Srta. Gilbert, ás três horas aqui esta bem?
A Elena afirmou com a cabeça e saiu “voando” para fora da sala.
Peguei minha mochila, mal humorado, e caminhei até a porta, passando por varios alunos que falavam algo como "A resposta da 3 era A ou B?" ou "Meu deus! Eu pensava que era a outra! Estou frito".
-O que foi aquilo cara?- perguntou o Stefan quando já tínhamos saído da sala de aula.
-A CDF não queria me dar a cola e o Klaus pegou a gente falando. E por acaso descobri que o nome verdadeiro dela é Elena.
-Claro, pensava que era qual?
-Hellen.
-Hellen?! - Stefan caiu na gargalhada. - Ô, Damon, você é mesmo muito tapado.
-Mas como eu vou saber o nome de uma criatura chata e arrogante que só serve para dar cola para as pessoas? – perguntei irritado, odeio quando ficam zombando comigo.
Senti um encontrão no meu ombro direito, fazendo minha mochila cair no chão. Me abaixei xingado baixinho e olhei para trás para ver quem tinha sido o responsavel.
Já na porta da saida um monte de cabelos castanhos sumia em um corredor.
-Ah, droga. A Hellen... Quer dizer, Elena. - falei me levantando.
-Ela escutou o que você disse cara.
-Mas é verdade, não é Stefan? – legal, fiquei me sentindo mal pelo o que eu falei da CDF, o jeito vai ser pedir desculpas na detenção. – Você acha que foi bem na prova? – perguntei tentando mudar de assunto.
-Acho que sim, enquanto tava o maior barraco com vocês dois, o Klaus largou do meu pé e foi ver o que estava acontecendo. Ai aproveitei para pegar cola do Jeremy.
Legal, vou ser o único a tirar zero na prova, tirando a Elena, claro.
-Posso pegar carona contigo? Perdi meu ônibus. – disse o Stefan checando o relógio de pulso.
-Claro Stefan, papai já deve ter chegado.
Dito e feito, papai já estava lá no carro com Caroline sentada no banco da frente.
-Pai, você pode dar carona pro Stefan?
-Claro, entrem aí.
Nos sentamos e começamos a andar. Caroline estava toda vermelha, nem tentou trocar de estação. Isso tudo por causa do Stefan, ela tem uma paixonite platônica por ele dês dos 11 anos. Paixão de criança sabe? Uma besteirinha qualquer, não é a toa que ela já teve vários namorados.
Ahh, não vou nem comentar da vez que ela gostou do Tyler, quando Caroline era menorzinha. Ela ficou tão furiosa quando ele a rejeitou que até hoje minha irmã não aquenta mais ficar no mesmo ambiente que ele sem começaram a pegar no pé um do outro.
Stefan também estava quieto, não parava de olhar para a Caroline, e tinha algo diferente nesse olhar. Ai, ai, ai, eu não gosto disso. Uma coisa é sua irmã gostar do seu melhor amigo, mas ai como ela ainda é criança não são aquelas paixões sérias. Já outra coisa é seu melhor amigo “galinha” tentar ficar com a sua irmãzinha inocente.
Chegamos na casa do Stefan, ele mora com o padrinho Zach numa mansão. Zach era milionário e super legal também.
Os pais do Stefan tinham morrido num acidente de carro provocado por uma vizinha drogada deles; Katerina Pierce. Ela não batia bem da cabeça, tinha uma gangue que os membros eram chamados de “comensais da morte” e a ajudava a cometer crimes e ela gostava de ser chamada de Katherine. Todo mundo da vizinhança caçoava dela e chamava-a de tio Kath.
Depois, todos realmente começaram a ter medo dela, pois Katerina começou a cometer milhares de crimes como espancar tanto os pais do Jeremy que eles nunca mais vão poder sair do hospital (parece que eles nem se lembram mais do proprio filho!). Bem, dias depois desse incidente ela invadiu o carro dos Wesley enquanto estavam dirigindo, baleou o pai do Stefan e jogou o carro precipício abaixo.
Por algum milagre o Stefan sobreviveu. Meses depois conseguiram ver Pierce fugindo para o Alaska mas conseguiram raptá-lo. Ela foi preso e morreu 1 mês depois. A burra foi atropelada quando estava tentando fugir da cadeia, acabou morrendo na hora. Como o Stefan era muito pequeno não se lembra de nada.
Agora, voltando ao presente... Ele saiu do carro e entrou na casa sem tirar os olhos de Caroline. Fomos para casa e comemos. Era só eu, a mamãe e a Caroline. Papai voltou para o trabalho resolver alguns assuntos importantes que ele não quis me falar o que era ¬¬.
Vou aproveitar para entrar no computador. Só o Stefan esta on.

Damz;D diz: Eae blz?
StefanGatão (saca a modéstia da criança) -Razz- diz: td, e ctg?
Damz;D diz: To indo...
Damz;D diz: Cara... Q nick é esse? Oo
StefanGatão-Razz- diz: Apostei com o Tyler, ele duvidou q eu ficasse com esse nick por mais de um mês, o idiota vai perder 5 reais logo, logo
Damz;D diz: Vcs são doentes.
StefanGatão-Razz- diz: Eu sei, é um estilo de vida.
Damz;D diz: Pq vc tava olhando a Caroline daquele jeito??
StefanGatão-Razz- diz: Olhando a Caroline? do q vc ta falando?
Damz;D diz: Vc sabe
StefanGatão-Razz- diz: Ué, n posso olhar p ela?
Damz;D diz: Pode. Mas pq vc tava olhando?
StefanGatão-Razz- diz: pq ela é gostosa

Da para acreditar? O meu melhor amigo dizendo que a minha irmã “é gostosa”? Senti minhas orelhas queimarem e uma raiva sem sentindo me tomar.

Damz;D diz: É bom vc estar de sacanagem.
StefanGatão-Razz- diz: Não, é serio

Silencio enquanto eu tentava não quebrar a tela do computador.

StefanGatão-Razz- diz: dahuasuhdhudasuhdsauhasduhdas
StefanGatão-Razz- diz: Eu estava brincando seu mané. Caroline é apenas uma criança. Tyler agora me deve 30 reais. Ele pensava q eu teria medo de dizer isso p/ nao perder um dente :B


Não engoli essa.

Damz;D diz: é serio, ñ faça nenhuma gracinha com ela
StefanGatão-Razz- diz: vc ta brincando né?
Damz;D diz: Não
StefanGatão-Razz- diz: E se eu quizer fazer alguma coisa...?
Damz;D diz: Se lembra da surra q eu dei no Matt por ter magoado ela? (essa aqui foi histórica, ficaram comentando durante meses o que eu fiz com o garoto)
StefanGatão-Razz- diz: O.O, vc ta me ameaçando??
Damz;D diz: Depende do q vc vai fazer...
StefanGatão-Razz- diz: ...
StefanGatão-Razz- diz: uhasdhasdhsadhuadshuasduh, ñ esquenta. Estou qerendo fikar com a Miriam (L)
Damz;D diz: Vc ñ tem jeito mesmo... Mal terminou com a Laila.
StefanGatão-Razz- diz: A fila anda Wink, vou sair p/ almoçar.
Damz;D diz: 'té
StefanGatão-Razz- diz: (Y)
StefanGatão-Razz- parece estar offiline
-----***----

Nota Final: Gente, eu nuunca faço uma nota final, mais é só pra avisar. Eu não ia dividir o cap em partes, mas só o segundo cap todo deu dezessete páginas, e esse que eu acabei de postar deu 10/11 pags. Tomara que gostem. Se calhar, posto ainda hj.
Beijos ;*
avatar
Lys Weasley Salvatore

Mensagens : 1755
Data de inscrição : 25/03/2011
Idade : 23
Localização : Mansão Salvatore

Ver perfil do usuário http://www.youtube.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vida de Adolescente // Segundo cap postado

Mensagem por Lys Weasley Salvatore em Qua Jul 13, 2011 10:20 am

Capítulo II segunda parte:

Legal, são 14h30min, vou para a escola a pé e até chegar lá vai ser 15h00min. Botei um tênis, penteei o cabelo e fui para a escola. No caminho não teve nada de interessante, só umas gatinhas que me jogaram o maior charme. Às vezes eu me esqueço que tenho namorada...
Chegando lá fui até a sala de aula e bati na porta.
-Entre. – escutei. Abri a porta e fechei atrás de mim.
O Klaus já estava lá e a CDF também. Ela estava bem quietinha com os cabelos tapando o rosto.
-Atrasado Salvatore...
-São 15h03min!
-Não importa, sente-se.
Me sentei numa cadeira ao lado da Hellen, quer dizer, Elena.
-Oi. - sussurrei baixinho, em uma tentativa frustrada de me desculpar enquanto Klaus fechava as janelas.
E ela simplesmente me ignorou, quer dizer. Ninguém ignora o Damon Salvatore. Ela podia pelo menos ter encarado os meus pés. Virei o rosto, emburrado.
Klaus voltou para onde nós estavamos e nos encarou com aquele olhar gelado e o sorriso debochado no rosto.
-Vocês terão que arrumar o laboratório, quero tudo brilhando até às 17h00min.
Ele se virou, balançando a capa, e com um sinal com as mãos pediu para que nós fossemos atrás dele.
Caminhou até os fundos da sala e abriu uma porta. Eu apressei o passo deixando Elena para trás. Sempre tive a curiosidade de saber o que ele tinha ali dentro.
Nós entramos e eu fiquei de boca aberta. Têm milhares de estantes, todas cheias de potes com coisas não identificáveis dentro. Materiais para fazer experiências e muitos livros. Tudo isso coberto com uma bela camada de pó.
-Quero os livros e os potes em ordem alfabética. – e ele bateu a porta, praticamente rindo na nossa cara.
Odeio o Klaus! Isso é trabalho para escravos. Hum... A CDF foi direto para os livros, vou tentar puxar um assunto para quebrar o climão que ficou desde a saída de hoje.
Peguei alguns livros em cima de uma mesa proxima, e comecei a carregá-los para a mesma estante que ela estava. Furtivamente fiquei ao lado dela e comecei a tirar o pó.
A encarei pelo canto do olho, ela estava folheando os livros enquanto tirava o pó, e por vezes ficava mais tempo lendo uma determinada pagina. Falei a primeira coisa que me veio na cabeça.
-Você gosta de ler? – que coisa mais tosca de se dizer, obvio que ela gosta! As vezes me sinto muito idiota.
Elena (há! Aprendi o nome dela Very Happy) no começo me ignorou, mas depois balançou a cabeça afirmando e voltou a arrumar os livros.
Ao ver que fui terrivelmente rejeitado (ok forcei agora) resolvi que aquelazinha não merecia as minhas bondosas desculpas. Saí de perto dela, indo em direção ao outro lado da sala. As estantes de lá estavam cheias daqueles potes nojentos que comentei com vocês um pouco antes.
Comecei a arrumar aquela nojeira toda, ficamos muito tempo em silencio e muitas vezes eu lançava um olhar para o relógio, mas parecia que ele nunca andava. Cheguei na conclusão de que estava sem pilhas.
Chegou então uma hora que (finalmente diga-se de passagem) eu terminei de arrumar os potes (Aleluia). Ainda tinha muitos livros para serem organizados e vamos combinar que Elena trabalhava muito devagar.
Me dirigi a uma estante meio distante e comecei o trabalho.
Sabe a coisa que eu mais odeio em mim? É o fato de eu me preocupar demais com as pessoas, por exemplo: Nesse exato instante eu estou a cinco metros de distancia de Elena, sentindo a culpa me corroer por dentro. Será que ela ficou chateada? Odeio magoar as pessoas, depois fica aquele peso todo nas minhas costas.
Mas não. Eu não vou lá me desculpar. Na minha última tentativa de fazer isso ela praticamente disse "Saí daqui seu idiota, eu não quero saber de você", tirando toda a minha moral. Mas você a chamou de, como foi mesmo? Ah, sim, criatura chata e arrogante que só serve para dar cola para as pessoas.
Ótimo, se agora estou começando a falar comigo mesmo é porque eu realmente me importo se ela estiver chateada. Por que eu tenho a mania de me simpatizar com pessoas estranhas?
-Desculpa!! - exclamei antes que conseguisse me segurar.
Elena deu um salto para trás com o meu repentino grito e me encarou como se eu fosse um louco. Senti minhas bochechas arderem de vergonha e desejei ter conseguido calar a minha boca.
-O que? - ela falou parecendo mandona e se abaixou para pegar os livros que ela tinha deixado cair.
Me abaixei ao seu lado e a ajudei, recolhendo os maiores. Levantei-me e os coloquei na estante, logo depois me virando para ela de novo que me encarava curiosa.
-Desculpa, sabe, pelo o que eu disse depois da aula. - eu comecei a dizer, ficando cada vez mais corado. Além de que do jeito que ela me olhava apenas complicava as coisas. - Er, eu falei sem pensar sabe? Eu nem te conheço direito... E acho que foi uma bobagem, eu estava irritado por ter ido mal na prova.
-Todo mundo diz isso, nem esquenta. – ela falou um pouco seca, mas mesmo assim chateada. Voltou a se virar na direção dos livros, mas eu puxei sua mão para ela me encarar novamente. Elena pareceu surpresa com o meu ato repentino.
-Não, é sério. - eu disse, a encarando nos olhos. - Eu que fui um idiota por ter falado aquilo.
Ela me encarou por um longo tempo, seu rosto totalmente indecifravel.
-Fazer o que né? – ela falou se virando novamente, mas consegui ver um sorriso em seus lábios. Sorri de volta, mesmo ela não podendo ver.
Voltei a ajudá-la a guardar os livros, só que agora eu estava na mesma estante que ela.
-Então... Quando que você entrou na escola? – perguntei curioso. Ela deve ter entrado esse ano, porque eu nunca tinha visto ela antes na minha sala.
-Eu estudo contigo dês dos meus 11 anos. - ela comentou normalmente. Mas percebi que ela estava escondendo uma grande onda de frustração.
-Ah... – falei, sentindo minhas orelhas arderem. Era possivel eu cometer uma mancada atrás da outra?
-Bem. Eu não me surpreendi que você não se lembrasse de mim. - Elena fechou um livro enorme com força, criando uma nuvem de pó que fez eu ter um acesso de tosse. - Afinal, nós nunca nos falamos.
Concordei com a cabeça, tentando entender o titulo descascado de um dos livros.
-Mas eu conhecia você. - ela ficou pensativa. - Acho que vi você treinando futebol um dia. Goleiro né?
-Sim. - disse a encarando sorrindo. Se o assunto é futebol, é comigo mesmo. - Eu amo jogar.
-Eu acho que é uma perda de tempo. - ela falou pegando uma nova pilha de livros.
A encarei, irritado.
-Perda de tempo? - questionei franzindo as sobrancelhas e deixando os livros de lado. - Futebol pode ser qual quer coisa, menos uma perda de tempo.
-Ahh claro. - Elena começou a falar. - Se reunir com um bando de homens gordos e suados para assistir um jogo e ficar berrando durante duas horas parece ser muito útil.
Ok, perdi toda a minha simpatia por ela agora.
-Futebol não é apenas isso. - comecei a falar, tentando lembrar o que o meu treinador tinha falado para conseguir convencer a minha mãe para me deixar jogar no time. - Também é uma atividade saudável e um meio de se socializar. - Bah, humilhei agora.
-Saudável realmente é. - Elena me encarou. - Não vou negar. Mas acho que levar um saco cheio de urina na cabeça durante o jogo não ajuda a se socializar com ninguém.
-Eu estou falando de jogar futebol! - falei sem paciencia. - E não de assistir! Mas, afinal, você não gosta de nenhum esporte?
-Claro que gosto. - ela voltou a organizar os livros. - Ou acha que a única coisa que faço é estudar?
Minha resposta verdadeira era sim, mas resolvi ficar calado.
–Já fez o tema que o prof. Alaric deu? – ela perguntou normalmente, como se nunca tivesse falado que quem gosta de futebol fica cheio de urina na cabeça.
-Não, ele deu hoje.
-Então? Eu fiz logo que cheguei em casa, os testes vão começar e eu tenho que estudar muito, principalmente em poções que já perdi boa parte da nota.
Ok, isso foi uma indireta ou foi impressão minha? Acho que foi uma impressão, está muito mais para direta mesmo.
-Mas as provas não começam só daqui a um mês?
-Sim.
Essa garota está começando a me assustar.
Ficamos mais vários minutos em silencio, até já estávamos quase acabando.
-O que esse livro esta fazendo aqui? – Elena perguntou de repente, tirando um livro que tinha umas (sem brincadeira) 1300, 1400 paginas. – “McCkinley High uma história”, nem sabia que a nossa escola tinha um livro publicado sobre ela.
-Quem é que perderia tempo lendo sobre a própria escola? – perguntei, sendo sincero.
-Vou levar. – ela disse pegando o “tijolo”. Eu tenho certeza que ela só faz isso para me irritar.
-Jura que você vai ler isso?
-Consigo em menos de uma semana. – ela disse em um tom de desafio.
Eu já ia revidar quando Klaus entrou dentro da sala.
-Espero que tenham acabado.
Ele ficou exatamente TRINTA MINUTOS vendo se a gente arrumou tudo direitinho. Quando ele liberou saí o mais rápido daquela sala. Já estava ficando enjoado ¬¬.
Cheguei em casa lá pelas 6 horas, já estava de noite já que estamos no meio do inverno. Me sentei com a Caroline para ver Malhação que ainda tava dando. É a única novela que eu me presto para ver.
-O que foi fazer no colégio maninho? – ela perguntou pegando um gole do meu refrigerante.
-Tinha uma detenção com a CDF da minha turma.
-A Elena?
-É, a conhece?
-Sim, ela é minha melhor amiga.
-Ué, mas só agora que eu tenho te visto com ela na escola.
-Eu sei, é que eu a conheci em uma das minhas atividades depois da escola, não faz muito tempo. Quando a conheci eu também fiquei amiga do Jeremy.
A Caroline faz milhares de atividades depois da escola, é inglês, espanhol, futsal, aula de desenho, aula de piano e etc. Eu nem sei todas.
-O que você achou dela?
-Meio estranha... Tipo viciada em estudo. – falei ao me lembrar da conversa que tivemos na detenção.
-Eu também achava, mas depois você vai ver que ela é bem legal. Melhor do que a Vanessa pelo menos... – falou debochando.
Ninguém gosta da minha namorada, a Caroline, o Stefan, o Tyler, todo mundo diz que ela é uma galinha, chata, paty e etc.
Dei nos ombros e quando acabou a malhação subi para o meu quarto. Liguei o “computer” e botei uma musica do Strike (que por acaso é minha banda favorita) e fui ver os recados no orkut. Seis recados novos.

$$Tyler Lockwood$$:
Parabéns pequena sereia [:p] Vou viajar amanhã e ñ vou poder te dar meu presente. Abrazz maluko.

Caraca! Tinha me esquecido que meu aniversario é amanhã, já vou fazer 17 anos. Na minha família quando um homem faz 17 ganha um presente especial e as garotas ganham quando fazem 15. O que será que eu vou ganhar? Ia ser legal um Play 3 xD, mas eu me contento com um CD da Strike. Vou escrever a resposta.

→Damon Salvatore←:
Valeu Cinderela [Very Happy] vou cobrar depois meu presente heim!
Falou.

Próximos recados....

Vany ♥️Dam-Dam♥️:
Amorxinhu comu tu ta?
Bijinhus ;*

Vany ♥️Dam-Dam♥️:
Parabéns adiantado amoreco! Beijos ;*

Vany ♥️Dam-Dam♥️:
Vamu combina de sair amanhã Dam-Dam?????
Beiju, Beiju, Beiju.

Vany ♥️Dam-Dam♥️:
Responde logu tah? ♥️beijinho♥️

Vany ♥️Dam-Dam♥️:
Eu te amu m+ viu? Mil beijos ;**********************************************************************

Meu deus! Que grude argh! Dessa vez ela exagerou!

→Damon Salvatore ←:
Obrigada, to bem e vc? Não sei, tem que ver. Já estou respondendo...
Beijo :*.

Pronto, 5 recados respondidos em apenas um. Minha mãe esta me chamando.
Desci lá pra baixo, todos estavam na mesa menos o papai.
-Onde esta o papai mãe? – perguntei me sentando ao lado de Caroline.
-Ainda resolvendo o assunto de hoje de manhã.
-Que assunto?
-Nada que você precise saber.
-Maninho, eu e o meu lindo irmão Burkes soubemos que ficou na detenção hoje.
-E com aquela menininha indefesa coitada...
Putz, eles precisavam ter contado pra mamãe um dia antes de fazer 17 anos? Vou matar os dois depois do castigo da forma mais lenta e dolorosa possível *olhando maleficamente para os gêmeos. Bah, posso matar a Caroline também, provavelmente foi ela que contou para esses dois.
-Como assim Damon Salvatore? – ela perguntou já se pondo de pé.
-Nada mãe, ele só pegou nós dois se falando na prova.
-Só faltou contar que você tirou um zero bem gordo não é mesmo Damonzyto?
-Não acredito Damon! – minha mãe falou ficando vermelha. –Vai ficar de castigo pelo resto da noite!
-Só isso? – perguntou o Burkes. Sério, eu olhei pra ele como se fosse possível eu matá-lo com os olhos. Ele acabou se afastando um pouco. Provavelmente puxei essa cara assustadora da mamãe.
-Sim, você tem sorte de que amanhã é seu aniversario e eu não sou malvada.
-Valeu mãe. – falei me sentando na frente da TV.
-Epa! Se esqueceu de que esta de castigo? Pode ir para o seu quarto.
-Droga. – falei baixinho subindo as escadas.
Sem nada para fazer acabei adormecendo.
-----------
taki o resto. missão concluída xD
avatar
Lys Weasley Salvatore

Mensagens : 1755
Data de inscrição : 25/03/2011
Idade : 23
Localização : Mansão Salvatore

Ver perfil do usuário http://www.youtube.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vida de Adolescente // Segundo cap postado

Mensagem por Miriam Salvatore em Qua Jul 13, 2011 11:06 am

Amei... Liz
O Damon se mete em cada uma..kkk
O Tetefan que ficar comigo? OMG vou realizar meu sonho kkkk
Posta mais...
avatar
Miriam Salvatore

Mensagens : 3362
Data de inscrição : 29/03/2011
Idade : 26
Localização : Caxias do Sul RS

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vida de Adolescente // Segundo cap postado

Mensagem por JúhSalvatore:) em Dom Set 11, 2011 7:46 pm

Lya to amamdo essa fic!!!
Pq vc parou de potar???
Espero q vc volte pq eu gostei mt dos capitulos q vc ja postou
Bjos
avatar
JúhSalvatore:)

Mensagens : 1443
Data de inscrição : 27/08/2011
Idade : 18
Localização : Goiânia,GO

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vida de Adolescente // Segundo cap postado

Mensagem por Lys Weasley Salvatore em Qua Set 14, 2011 1:23 pm

Oi, Juh
é, faz um tempinho já que não posto
assim q eu terminar Do You Believe In Love,
vou terminar A História de Katherine Pierce,
e vou botar essa fic em andamento de novo
okay? bj Wink
avatar
Lys Weasley Salvatore

Mensagens : 1755
Data de inscrição : 25/03/2011
Idade : 23
Localização : Mansão Salvatore

Ver perfil do usuário http://www.youtube.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vida de Adolescente // Segundo cap postado

Mensagem por JúhSalvatore:) em Qui Set 15, 2011 1:14 pm

Lys Weasley Salvatore escreveu:Oi, Juh
é, faz um tempinho já que não posto
assim q eu terminar Do You Believe In Love,
vou terminar A História de Katherine Pierce,
e vou botar essa fic em andamento de novo
okay? bj Wink
Ai q bom!!!
Vou ficar esperando aki!!!
Bjoss
avatar
JúhSalvatore:)

Mensagens : 1443
Data de inscrição : 27/08/2011
Idade : 18
Localização : Goiânia,GO

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vida de Adolescente // Segundo cap postado

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum