Parceria
SIGMA CAMISETAS
Votação

Quem você quer entrevistar?

DELENA FOREVER I_vote_lcap64%DELENA FOREVER I_vote_rcap 64% [ 9 ]
DELENA FOREVER I_vote_lcap36%DELENA FOREVER I_vote_rcap 36% [ 5 ]

Total dos votos : 14


DELENA FOREVER

Ir em baixo

DELENA FOREVER Empty DELENA FOREVER

Mensagem por JACKIE S em Dom Fev 06, 2011 8:54 pm

Nome da fanfic : DELENA FOREVER
Classificação: 18 ANOS
Tipo:ROMANCE
Shipper: DAMON E ELENA
Restrições: SEXO, LINGUAGEM IMPRÓPRIA
Resumo:
Alguem ai já imaginou se, naquele capitulo em que o Damon entra no quarto da Elena e diz, segurando aquele colar com verbena, que a ama, se ela na verdade estivesse verbenizada e não esquecesse o que ele falou para ela??? Seria tudo de bom, ne?? Pois então, é exatamente esse o assunto dessa short fic. Espero que as DELENAS gostem.... e as STELENAS não me odeiem ...kkkkkkkk...beijos.


DELENA FOREVER Delenaforever

https://www.youtube.com/watch?v=X8-UAYPoLm4




Capitulo 2 -

Bom, ja que as lindas fãs do Damon pediram, ta ai a continuação da Fic, espero que gostem. Bjokas.

Me virei na cama e percebi que estava sozinha. Levantando de supetão, olhei em volta procurando por Damon. Mas onde será que ele estava? Ah não! Ele não teria essa coragem toda! Não!!! Ele não me deixaria sozinha, não depois de uma noite como a que tivemos! Custei tanto a enxergar o que realmente sentia por ele!

-DAMON? Está ai? DAMON???? DAMON??

Levantei da cama e fui ate o banheiro, de repente ele estaria ali, tomando um banho. Nada! Vazio! Ah não! Por que será que não me surpreendia com isso??? É bem a cara dele mesmo! Safado!!! Cretino, cínico!!!! Sem querer e contra qualquer bom senso comecei a chorar, chorar de ódio por ter acreditado no que ele me disse, naquelas juras de amor. Começava a achar que ele era realmente desprovido de qualquer carinho e verdade.

-Elena?? Tá ai? - Jeremy... sempre tentando me apoiar, mas o que será que ele queria logo agora que estou no meio de uma crise?

-Estou sim ..... – respondi fanhosa por causa do choro.

-Posso entrar?

-T.t.tudo bem....

-Que houve?? Nossa, parece que chorou a noite inteira!!!

-Não é nada realmente.....esquece....

-Diz Elena....quem te deixou assim? Foi o Stephan?

-Rá! O Stephan!!! Ele nunca faria isso comigo! Ele nunca me deixaria nesse estado!

-Que estado? Triste?

-Triste???? Estou assim por que estou furiosa!!! FURIOSA, entendeu Jeremy?

-Bom... fúria combina apenas com uma pessoa..... Damon... estou certo?

-E-está.....está sim! Alias, não é muito difícil imaginar isso, né?

-Sabe Elena.... acho que você devia parar e pensar .... você não ama o Stephan, Elena.... nunca amou .... – olhei para ele com cara de poucos amigos. – tá.... pode até ser que no inicio você gostasse dele, mas depois que o Damon chegou, mesmo com toda aquela crueldade e falta de noção dele, você sempre...sempre Elena, amou o Damon!

-Ai Jar.... queria tanto te contar uma coisa, mas não posso! Não posso!

-Bom, não posso te forçar! Conta se você achar que deve, senão, deixa... conta quando achar melhor, ok? Mas, Elena, pensa bem no que te falei, ok?

-Esta bem Jar....vou pensar...obrigada... – ele se aproximou de mim, me deu um beijo na testa e saiu, me deixando sozinha. Se ele ao menos soubesse o que aconteceu naquela noite! Se ele sonhasse o que Damon aprontou comigo! Grrrr.... Damon ia me pagar!

Me vesti rapidamente e pegando meu carro, fui ate a casa daquele cretino, não ia deixar aquilo passar em branco! Ah mas não ia mesmo! Estacionei meu carro, cantando pneu, sai dele e fui em direção à porta, batendo sem parar, ate que o cínico abriu a porta.

-Nervosa heim??? O Steph não está!

-Enlouqueceu??? Cretino!

-Hã?? Não estou entendendo nada! Ta doida? - olhei fundo nos olhos dele, mais uma vez meu corpo reagiu a ele. Afugentei essas idéias e botando o dedo no peito dele o xinguei, colocando pra fora toda a minha fúria.

- Doida???? Doida??? Você vai na minha casa, me faz juras de amor, me declaro pra você, nos amamos, você vai e me abandona no dia seguinte, e ainda por cima, diz que eu enlouqueci????? Qual é a sua Damon??? - ele sorriu e se aproximou lentamente de mim, daquele jeito sexy que.... aiiiiii que odioooooo!!!

-Hummm.... sério?? Quer dizer então que você me ama? É isso?? - disse se fazendo de desentendido, me enlaçando pela cintura e mais uma vez, me deixando louca de tesão por ele.

-DAMON DEIXA DE SER CAFAJESTE! – gritei tentando me soltar.

-Eu não estou sendo cafajeste, só não estou te entendendo!! Me explica melhor isso... você se declarou foi?? Você me ama?? Heim??? Hummm quero sentir isso na real.... sonhos não valem! – seus dedos se entrelaçaram nos meus cabelos e seus lábios roçaram nos meus, me fazendo fechar os olhos, esperando pelo beijo delicioso que só ele sabia dar.

-Damon pára de tentar me confundir! – sussurrei, tentando me conter para não agarrá-lo ali mesmo, sem pensar duas vezes.

-Não estou fazendo nada! – disse se fazendo de inocente.

-Tá sim!!!! Você está! Ta me deixando furiosa, com ódio mortal de você!! Você se aproveitou da minha fraqueza! Você é um monstro Damon! Odeio você!!

-O que foi que ele fez com você Elena? - Dei um pulo pra trás, me soltando das mãos do Damon. Stephan entrou e me puxou em um abraço apertado. Olhei para Damon, tentando vislumbrar algum tipo de reação e foi exatamente o que aconteceu. Na mesma hora seus olhos se fecharam para se abrirem em seguida, inundados de lágrimas. Ah, ele ate podia fingir que não houve nada, mas ele sempre ia ser infeliz por isso.

-Não foi nada amor! Nada mesmo! – respondi exalando maldade. Humpff, o Damon ia me pagar caro por me fazer de idiota!

-Ahnnn tudo bem então! Vou lá na garagem pegar umas coisas que Aláric me pediu e já volto.

-Tudo bem... te espero aqui...

Olhei para Damon que agora encarava o chão em silencio. Me aproximei dele e fixei meu olhar no dele, que demonstrava uma dor profunda.

-Não sei por que você esta agindo assim, sei apenas o que você disse pra mim, você disse que me amava e sei que também te amo Damon. Você pode negar o que sente, mas sei que sente algo forte por mim... e me lembro muito bem do que houve entre nós na noite passada.... quero que você saiba, me senti a mulher mais feliz e realizada do mundo! – Damon fechou os olhos com força, as lagrimas rolando em seu lindo rosto. De repente ele começou a rir, daquele jeito cínico e debochado de sempre.

-Ai Elena, você realmente não existe!!!! Eu sei que sou irresistível!! Todas me querem, mas infelizmente eu não quero nenhuma! Katherine foi apenas um capricho, eu ..... precisava medir forças com Stephan, mas nem sei se valeu a pena! – aproximando a mão do meu rosto e fazendo um carinho, continuou – se liga Elena!!! Kkkk..... é capaz realmente de eu, Damon Salvatore, perder tempo com uma paixão boba e ridícula com uma simples mortal! Ai Deus, você não existe!

Fiquei ali parada, completamente atônita olhando ele se afastar. Mas o que será que aconteceu com esse home? Aliás, vampiro de meia figa, como ele ousa fazer isso comigo? Fiquei invocada e fui atrás dele furiosa.

-DAMON..... DAMON..... VOLTA AQUI!!!! DAMON! – ele se virou e antes que eu avançasse nele, agarrou meus pulsos com força – me solta Damon!!! Ta me machucando!

Sem ouvir minhas lamurias, ele foi me empurrando até me encostar em uma parede e colar o corpo no meu. Nos perdemos nos olhos do outro, e no instante seguinte nos agarramos em um beijo alucinado. Nem sei como fui parar no escritório da casa. Damon me colocou sobre a mesa e afundou o rosto no meu pescoço, sua respiração estava entrecortada e eu sentia que o auto controle dele estava por um fio. Seu hálito ficou mais quente e senti seus dentes arranharem o meu pescoço, em um gesto que parecia a busca por um alivio.

-Damon..... vem... me morde! - sussurrei com a voz falha.

-Elena eu não posso! Com você não! Não posso!!!

-Eu ... hã.... eu quero Damon....

-NÃO!! Não insista!

-Você me ama Damon... não vai conseguir se segurar por tanto tempo!

Se afastando de mim, ele mergulhou nos meus olhos em busca de um apoio para que eu não o deixasse fazer nada comigo. Seu rosto estava transtornado pela fome, pela necessidade de me devorar.

-Eu.... eu..... – sua voz saiu num sussurro e quando ele ia continuar, Stephan entrou no escritório à minha procura.

-Demorei para encontrar a ferramenta que Aláric me pediu.... ahnn é impressão minha, ou está acontecendo alguma coisa por aqui?

-Hã... não.... nada! – respondi, descendo rapidamente da mesa.

-Não é o que parece.... por que estava em cima da mesa? E por que o Damon esta com essa cara? Ele tentou te morder? É isso????

-Não Stephan! Ele não tentou! Você é muito chato tem hora, sabia?

-Por que ta falando assim comigo? Você nunca foi assim! Esta estranha....

-Ahnnn por nada.... nada mesmo! – respondi gelada.- sem pensar Stephan avançou em cima do Damon irritadíssimo.

-O que fez com ela Damon? Te disse que não ia aceitar aquela mesma situação de novo!

-Uix! Você é bem nervozinho, heim Steph!! Deixa de ser prego!!

-Sempre bancando o engraçadinho, né Damon? Mas escuta só, não quero você perto da minha namorada, entendido?

-kkkk.... ai Deus! Se ao menos você fosse mais divertido, não precisaria ficar ai saracoteando de ciúme por minha causa! Se liga Steph!

-Damon, não me provoca!!

-Hummm... não estou ... maninho!

-Ahhh, mas que saco! Vocês querem parar com isso? Preciso ir.... você vem comigo Damon? – pra que eu fui dizer aquilo, Damon deu um sorriso sacana para Stephan que devolveu com um olhar de ódio mortal para ele.

-Ele ir com você aonde e por quê?

-Ele....err... ele vai me ajudar a ...humm.... fazer o Jeremy esquecer um problema que ta deixando todo mundo doido!

-Ah é? E por que o Damon especificamente?

-Por que você não consegue hipnotizar ninguém.... só bebe sangue de animaizinhos, esqueceu?

-Tudo bem então.... vou ver o Aláric, depois conversamos....

-Isso Stephan... vai socorrer o Aláric... pode deixar que tomo conta da sua namorada....

Stephan avançou novamente em cima do Damon, completamente transtornado.

-Você já foi avisado Damon.... morre se puser as mãos nela!

-Ai que papo cansativo! Pára com isso Stephan... – disse seca.

-Tudo bem, mas vou deixar claro que é só por você que faço isso.... – ele se aproximou e me puxou pela cintura me beijando longamente. Damon virou de costas e caminhou ate uma garrafa de whisky que estava em uma mesinha. Em seguida pegou um copo e encheu, bebendo tudo de uma só vez.

-Você aceita um Steph?? Vai precisar! Kkkkk...

-Não me torra Damon.... cuidado com ela, ok? Não se meta a besta!

-Arghh... você consegue ser bastante repetitivo irmãozinho!

-Chega vocês dois! Ah fui! Chatisse! Cansei! – peguei minha bolsa e saí pela porta da frente, deixando os dois para trás. Entrei no carro e fui embora. Assim que desci na garagem de casa, senti dois braços me envolverem por trás. Sorri para mim mesma.

-Ah...sabia que você não ia resistir e viria atrás de mim.... – me virei para abraçar.....

-STEPHAN???

-Uai, por que o espanto, estava esperando quem?

-Eu.... hã.... ninguém.... você mesmo.... eu acho...

-Acha?

-Err... é.... acho.... pensei que fosse o Jeremy... sabe eu, de vez em quando, brigo com ele e... bom achei q ele tivesse me perdoado...

-Entendo...hummm...que você acha de irmos lá pra cima?

-Bom... Steph... acho melhor você ir ver Aláric, ele não ta precisando da ferramenta? Então....

-Ta certo então.... mais tarde nos falamos?

-Isso.... mais tarde... eu....ahnnn...preciso dormir um pouco... você entende né? Dor de cabeça....

-Tudo bem.... até mais... – disse me dando um beijo. Fechei meus olhos e imaginei Damon ali....ai que coisa! Esse idiota que não sai da minha cabeça!!!! Cortei o beijo e me despedi de Stephan. Fui para o meu quarto e me joguei na cama, completamente emburrada. Rolei por um bom tempo e acabei adormecendo.

-Damon... ahnnnn..... Damon...... – gemia enquanto Damon se aproximava de mim lentamente, seus olhos tomados pelo desejo me faziam arrepiar a cada passo que ele dava em minha direção.

-Shhh....quietinha.... não vai doer....

-E se você me matar?

-Não vou te matar....gostosa.... preciso experimentar você – eu não conseguia me mexer do lugar. Sabia que devia sair correndo, me proteger, mas a hipnose dele sobre mim era enorme.

-Vai.... você..... vaiiiii ....- meu corpo inteiro amoleceu quando ele chegou até mim e enlaçou a minha cintura com um de seus braços, com o outro fez com que minha cabeça tombasse, deixando meu pescoço totalmente exposto. Senti meu corpo inteiro pedir por aquilo, por aquele toque.... o toque daquela boca linda e sedenta. Damon abriu os lábios e seus dentes foram cravando lentamente no meu pescoço. À medida que ele sugava o meu sangue, sentia um orgasmo infinito se apoderar de mim.

-Ahnnnn Damon..... isso.... eu.... vou.....ai meu Deus!!! Você não existe!!!! É um demônio! Um demônio que eu amo loucamente!!! – Ele sorriu no meu pescoço e num movimento absurdamente rápido, tirou as minhas roupas, me deixando completamente nua. Em seguida tirou suas próprias roupas e me pegando no colo, afundou seu membro na minha feminilidade encharcada pelo desejo imenso que sentia por ele. Iniciamos uma dança erótica, onde tudo que estava à minha volta girava. Damon nos movia na velocidade da luz para um lado e outro do meu quarto me fazendo incendiar! Logo estávamos os dois, atingindo o ápice e gemendo nossos nomes no meio de um beijo esmagador.

-Ahhhhhhh... DAMON!!!! – acordei aos gritos, completamente suada. De repente senti que alguém me observava, e quando olhei para o lado me deparei com ele sentado em uma poltrona, me dando mais um daqueles sorrisos sacanas.


E ai???? Deixem reviews!!! Acalentem uma escritora necessitada de incentivo...rsrs...bjokaaaaaassssss



CAPITULO 1
Estava no banheiro me vestindo para dormir, quando ouvi um ruído vindo do quarto e me deparei com Damon sentado no banco que fica próximo à janela com aquela cara de deboche usual.

-Pijama fofo!

-Estou cansada Damon..... – respondi impaciente, lá vinha ele de novo com aquelas observações irritantes, como se eu fosse uma criancinha boba que não soubesse me cuidar.

-Só vim trazer o colar que você esqueceu... – disse se levantando e aproximando de mim com o colar na mão. Seus movimentos, para variar, eram extremamente sensuais e me faziam arrepiar dos pés à cabeça. Seus olhos de um azul profundo e extremamente hipnóticos não deixavam os meus nem por um segundo. Ai Deus, por favor, não me deixe levar por essa atração louca! Não posso fazer isso com Stephan!

-Achei que tivesse perdido.... – respondi. Ele me fitou perdido no meu rosto e fez que não com a cabeça. Sorri para ele e agradeci, levantando a mão para pegar o colar das suas mãos, mas ele o puxou de volta e me encarou sério.

-Por favor Damon, me devolva - disse em um misto de zanga e suplica.

-Preciso te dizer uma coisa.... – imediatamente meu coração deu um pulo no peito.

-Por que você precisa me dizer, segurando o meu colar?

-Por que o que eu vou dizer é ...... a coisa mais egoísta que já disse na vida.

-Damon não faça isso... – respondi demonstrando estar apavorada. Se ele resolvesse me hipnotizar....

-Só preciso dizer uma vez. Você precisa ouvir – caminhou pra mais perto ainda de mim e me encarou fundo nos olhos.... nesse momento senti todo meu corpo estremecer, implorando pelo dele. Sem pensar ele continuou falando – Eu te amo Elena .... e é por que a amo que..... não posso ser egoísta com você! Você não merece isso.... eu não a mereço...... mas meu irmão merece! – disse se aproximando mais e me dando um beijo....na testa??? Mas como assim, um beijo na testa?!? Não quero isso..... não quero!!!! Assim como eu o .... Deus! O que eu estou pensando? O que eu estou querendo??? O que estou fazendo comigo mesma????? Ele se afastou me deixando com uma dor profunda no peito, e continuou com aquele discurso que estava simplesmente me tirando do prumo.

-Deus, gostaria que você não precisasse esquecer isso .... mas é preciso... – disse passando os dedos no meu rosto. Seus olhos cintilavam querendo me hipnotizar, coisa que ele não conseguiu, eu estava verbenizada, o desejo dele de me fazer esquecer o assunto foi em vão. Rose, a vampira que tinha me sequestrado, havia me dado um chá de verbena antes de concretizar o acordo com o contato de Klaus e me entregar a ele. O efeito do chá ainda não tinha passado.

Sem pensar duas vezes, segurei delicadamente em sua mão que afagava meu rosto com tanto carinho. Ele estremeceu ao meu contato e me olhou assustado, sem entender nada.

-Mas....você..... era para você estar sob o meu encanto....como.... – coloquei um dedo sobre seus lábios, fazendo-o calar.

-Não vai conseguir me fazer esquecer nada Damon....

-Mas como??

-Shh.... não diz mais nada.....

-Elena....eu....

Damon olhou em meus olhos e não resistiu mais, afundou seus dedos em meus cabelos e me prendeu em um beijo forte, apaixonado. Meu corpo foi tomado por uma sensação alucinada, uma verdadeira descarga elétrica. Nunca em toda a minha vida senti uma coisa semelhante àquela! O que sentia por Stephan, não conseguia chegar aos pés das sensações e sentimentos que estavam aprisionados dentro de mim e que Damon os trouxe à tona com tanta maestria. Eu o queria... isso era fato! O queria independente de qualquer coisa ou de qualquer pessoa! Agarrei em seus cabelos negros e macios, como se me agarrasse à vida! Sem querer soltei um gemido alto, demonstrando a ele que o que ele sentia tinha reciprocidade.

-Ahnnnn Damon....

-OMG Elena, como te quero! Como esperei por esse dia!!! O que te fez mudar de idéia?

-A forma como você falou comigo agora, totalmente desprovido de sentimentos egoístas .... você é importante pra mim Damon.... e....e eu te amo também, não posso mais negar isso, não consigo! Esta acima das minhas forças! – ele me encarou surpreso, seus olhos azuis invadiram os meus e seus lábios desceram sobre os meus violentamente, tragando-os em um turbilhão de paixões acumuladas e escondidas.

Nosso beijo foi lascivo. Damon o quebrou em busca de ar, mas pouco tempo depois, seus lábios estavam em meu pescoço, beijando-o, mordendo-o ... sua língua traçava um caminho de fogo ao longo da curva da minha nuca e desceu em direção ao meu colo. Suas mãos seguras rasgaram a minha camisetinha em um golpe certeiro e sexy. Imediatamente depois, seus lábios cobriram meu seio, enquanto suas mãos ávidas percorriam meu corpo, terminando por me deixar completamente nua. Joguei minha cabeça para trás, arfando, chamando por ele, por aquele que era e seria meu grande amor por toda a eternidade.

-Damon.... Damon eu te amo! – sussurrei.

-Também te amo Elena! – disse sorrindo em meu seio.

De repente ele me levantou em seus braços e me levou até minha cama, me colocando sobre ela delicadamente. Em um movimento sensual, Damon se aproximou, deitando-se lentamente sobre o meu corpo, seus olhos em momento algum deixaram os meus. Suas mãos percorreram todo o meu corpo, enquanto seus lábios devastavam literalmente cada pedaço de pele que ele ia descobrindo. Distribuiu beijos desde meus pés, ate chegar aos meus lábios. A eletricidade percorria o meu corpo, completamente alheia à insanidade que ia tomando conta da minha mente.

-Ahnn .....me faz sua Damon..... p-por favor..... – minha voz era quase inaudível.

-Você vai ser minha Elena e para sempre!

Ele me deu aquele sorriso safado que eu inconscientemente amava há tanto tempo e desceu até o meu sexo beijando-o delicadamente, para em seguida sua língua o invadir. Agarrei em seus cabelos, tentando em vão direcionar seus movimentos, que iam se intensificando e me enlouquecendo a cada milésimo de segundo que se passava. Soltei um gemido fraco ao sentir seu hálito quente bater em meu clitóris extremamente intumescido. Damon cerrou os olhos e deslizou um dedo para dentro da minha feminilidade, sem parar de passar a língua sobre o meu clitóris. Meu corpo inteiro reagia àquele toque másculo e inebriante. Puxei seus cabelos de novo, completamente enlouquecida.

-Vem Damon.... por favor......não agüento mais!

Ele olhou sacana para mim e apertou a minha bunda entre suas mãos, me fazendo gemer novamente.

-Gostosa! Como desejei fazer isso com você! – ele passou seus lábios em minhas coxas, dando pequenas mordidas nelas, em seguida sua língua passeava sobre elas amortecendo a dor e me fazendo arquear de tesão e desejo.

-Damon..... ahnnnnn..... – meus quadris se moviam involuntariamente em direção a ele, em um pedido silencioso para que ele me fizesse sua mulher.

Ele subiu ate meu pescoço e sussurrou no meu ouvido, enquanto eu gemia enlouquecida.

-Ah Elena, como eu te amo!!! Quero você mais que tudo!!! – Imediatamente tirei sua blusa, expondo seu peito forte e definido. Minhas mãos deslizaram por ele, sentindo o quão delicioso ele era. Em seguida Damon tirou sua calça, a cueca e pegando em minha mão a direcionou ate seu membro extremamente rígido

-Pega nele amor, sussurrou, olha como sempre fico quando você esta por perto!

Sem pensar prendi seu sexo entre as mãos e descendo ate ele o beijei com loucura, querendo lhe mostrar o quanto eu também o desejava. Passei a língua em sua cabecinha e em seguida o afundei em minha boca, dando pequenas mordidas e lambidas em torno dele. Damon falava palavras desconexas, suspirava, gemia, agarrava em meus cabelos, totalmente entregue. Em um movimento incrivelmente rápido ele me virou, jogando sobre a cama e ficando sobre mim. Passando as mãos pelas minhas costas, ele me puxou para ele e me senti sendo completada pela única coisa que faltava em mim. Seu sexo afundou no meu, firme e forte me fazendo soltar um gritinho mudo de dor e desejo.

Meus olhos se encheram de lágrimas, eu finalmente era dele, finalmente eu me entregava incondicionalmente à ele. Como eu tinha desejado e sonhado com esse momento, e por tantas e tantas vezes o refutei como se fosse um crime absurdo gostar dele! Damon sorriu novamente, demonstrando estar gostando da minha reação.

-OMG....tão linda!!!!! Tão sexy e tão entregue a mim!!! Finalmente encontrei a minha parceira de vida! – seu rosto afundou em meus cabelos, sua respiração era rápida, seus lábios roçavam em minha pele e seus dentes me arranhavam. Damon também estava entregue àquele sentimento preso em sua alma por tanto tempo.

Ele se levantou e me encarou, pegou em minhas mãos, as levou acima da minha cabeça em um movimento sensual e numa dança erótica atingimos nosso clímax juntos, sem nunca desviarmos nossos olhares, fazendo juras de um amor eterno.

Ao terminarmos, ficamos abraçados e unidos por um longo tempo, até adormecermos um nos braços do outro.

-Eu amo você – dissemos em uníssono.


E então????Gostaram??? Querem continuação??? Mandem noticias...rrs..... alguem quer me matar? bjos

Essa FIC surgiu na necessidade de ver Elena e Damon juntos, que me perdoem as haters, mas amo esses dois!!!! Espero que voces gostem. Bjokas






Última edição por JACKIE S em Dom Fev 13, 2011 12:01 pm, editado 1 vez(es)

JACKIE S

Mensagens : 2
Data de inscrição : 06/02/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

DELENA FOREVER Empty Re: DELENA FOREVER

Mensagem por pedro em Dom Fev 06, 2011 10:14 pm

adorei!!! quero muito a continuação!!! cheers
pedro
pedro

Mensagens : 840
Data de inscrição : 09/09/2010
Idade : 24
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://gleebrasil.maisforum.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

DELENA FOREVER Empty Re: DELENA FOREVER

Mensagem por Bru_Salvatore_Winchester em Seg Fev 07, 2011 11:21 am

Amei!!Delena forever *-*
Quero continuação!!
Bru_Salvatore_Winchester
Bru_Salvatore_Winchester

Mensagens : 1036
Data de inscrição : 30/11/2010
Idade : 21

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

DELENA FOREVER Empty Re: DELENA FOREVER

Mensagem por Bonnie em Seg Fev 07, 2011 2:04 pm

QRO CONTINUAÇÃOOOOOOOO *-*
menina q fic hein? Twisted Evil
Só não gostei do boquete eca*

ADOOOREEIIII
* certeza q eu e as pervinhas de plantão amaram né brun...lalala
_corre*
Bonnie
Bonnie

Mensagens : 1083
Data de inscrição : 25/05/2010
Idade : 24
Localização : Souto Soares (fim de mundo) BA g.a

Ver perfil do usuário http://www.coisasdalitta.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

DELENA FOREVER Empty Re: DELENA FOREVER

Mensagem por Bru_Salvatore_Winchester em Seg Fev 07, 2011 3:10 pm

Bonnie *olhar macabro*
A culpa da minha pervisse é sua run*
Mais eu gostei mesmo e dai? *lixa*
Bru_Salvatore_Winchester
Bru_Salvatore_Winchester

Mensagens : 1036
Data de inscrição : 30/11/2010
Idade : 21

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

DELENA FOREVER Empty Re: DELENA FOREVER

Mensagem por Bonnie em Seg Fev 07, 2011 7:19 pm

Bru_Salvatore_Winchester escreveu:Bonnie *olhar macabro*
A culpa da minha pervisse é sua run*
Mais eu gostei mesmo e dai? *lixa*

kkkkkkkkkkkkkkkkkk
i know...><
eu tb gostei brun XD
Bonnie
Bonnie

Mensagens : 1083
Data de inscrição : 25/05/2010
Idade : 24
Localização : Souto Soares (fim de mundo) BA g.a

Ver perfil do usuário http://www.coisasdalitta.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

DELENA FOREVER Empty Re: DELENA FOREVER

Mensagem por mónicasalvatore em Seg Fev 07, 2011 8:03 pm

amei *-*
quero continuação s2

mónicasalvatore

Mensagens : 2
Data de inscrição : 05/02/2011
Idade : 21

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

DELENA FOREVER Empty Re: DELENA FOREVER

Mensagem por pedro em Seg Fev 07, 2011 8:09 pm

essa coisas vcs gostam né!! g.a
pedro
pedro

Mensagens : 840
Data de inscrição : 09/09/2010
Idade : 24
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://gleebrasil.maisforum.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

DELENA FOREVER Empty Re: DELENA FOREVER

Mensagem por Bru_Salvatore_Winchester em Seg Fev 07, 2011 8:44 pm

E vc não gosta não né Pedro?
Bru_Salvatore_Winchester
Bru_Salvatore_Winchester

Mensagens : 1036
Data de inscrição : 30/11/2010
Idade : 21

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

DELENA FOREVER Empty Re: DELENA FOREVER

Mensagem por pedro em Seg Fev 07, 2011 8:55 pm

oh adoro!!! quem num gosta né!!! Twisted Evil
pedro
pedro

Mensagens : 840
Data de inscrição : 09/09/2010
Idade : 24
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://gleebrasil.maisforum.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

DELENA FOREVER Empty Re: DELENA FOREVER

Mensagem por Maria em Ter Fev 08, 2011 3:27 pm

Delena forever né
então eu tbem quero continuação....
heheheh
Maria
Maria

Mensagens : 138
Data de inscrição : 27/01/2011
Idade : 27
Localização : Guarapuava-Pr

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

DELENA FOREVER Empty Re: DELENA FOREVER

Mensagem por Bonnie em Ter Fev 08, 2011 6:27 pm

kkkkkkkkkkkkkkkkk
esse fórum e chat só tem pervos FATÃO
Bonnie
Bonnie

Mensagens : 1083
Data de inscrição : 25/05/2010
Idade : 24
Localização : Souto Soares (fim de mundo) BA g.a

Ver perfil do usuário http://www.coisasdalitta.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

DELENA FOREVER Empty Re: DELENA FOREVER

Mensagem por rafa.damon.love.tvd em Sab Abr 02, 2011 12:26 pm

continua :/
rafa.damon.love.tvd
rafa.damon.love.tvd

Mensagens : 14
Data de inscrição : 02/04/2011
Idade : 21

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

DELENA FOREVER Empty Re: DELENA FOREVER

Mensagem por apsanah em Qui Abr 28, 2011 10:59 pm

Cade o cap 3???
Continua... gostei da fic, mais acho que tem q usar uma linguagem menos "perva"... rs é nda continua assim...kkkk
apsanah
apsanah

Mensagens : 58
Data de inscrição : 28/04/2011
Localização : SP

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

DELENA FOREVER Empty Re: DELENA FOREVER

Mensagem por Gaby Souza em Ter Ago 16, 2011 5:06 pm

Jackie oq foi isso?? É uma das melhores fics delena que eu já li em toda a minha vida!!! OMG!! Você escreve muito bem, juro ameii totalmente!!! Mas cadê o terceiro episódio?
Gaby Souza
Gaby Souza

Mensagens : 1786
Data de inscrição : 17/05/2010
Idade : 25
Localização : São Paulo - SP

Ver perfil do usuário http://www.bibissouza.tumblr.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

DELENA FOREVER Empty Re: DELENA FOREVER

Mensagem por isabela c tonon em Ter Out 04, 2011 5:12 pm

menina do ceu cade vc pra postar + pra nois??
jackie aparece
isabela c tonon
isabela c tonon

Mensagens : 2789
Data de inscrição : 28/08/2011
Idade : 22
Localização : Entre lençois... Com Damon Salvatore XD

Ver perfil do usuário https://www.facebook.com/#!/profile.php?id=100002452519341

Voltar ao Topo Ir em baixo

DELENA FOREVER Empty Re: DELENA FOREVER

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum